A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões Capacitação de Comitês de Ética em Pesquisa Considerações sobre amostragem em pesquisas envolvendo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões Capacitação de Comitês de Ética em Pesquisa Considerações sobre amostragem em pesquisas envolvendo."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões Capacitação de Comitês de Ética em Pesquisa Considerações sobre amostragem em pesquisas envolvendo seres humanos Rosana Soibelmann Glock

2 Como avaliar um Protocolo de Pesquisa? (JUSTIÇA) Metodologia Científica Metodologia Científica (AVALIAÇÃO DE) Riscos e Benefícios (BENEFICÊNCIA) (AVALIAÇÃO DE) Riscos e Benefícios (BENEFICÊNCIA) Termo e processo de Consentimento (RESPEITO À PESSOA) Termo e processo de Consentimento (RESPEITO À PESSOA) Critérios de inclusão e exclusão dos sujeitos da pesquisa Critérios de inclusão e exclusão dos sujeitos da pesquisa Privacidade e Confidencialidade Privacidade e Confidencialidade Ética em Pesquisa Rosana Soibelmann Glock

3 ocumentos que devem compor o protocolo de pesquisa Documentos que devem compor o protocolo de pesquisa Carta de apresentação do projeto e confirmação do conhecimento de seu conteúdo assinada por todos os pesquisadores, além de identificação do responsável pelo projeto o Carta de apresentação do projeto e confirmação do conhecimento de seu conteúdo assinada por todos os pesquisadores, além de identificação do responsável pelo projeto q Folha de rosto na qual constem: título do projeto, nome, número da carteira de identidade, CPF, telefone e endereço para correspondência assinaturas dos dirigentes da instituição e/ou organização (SISNEP) q Protocolo de Pesquisa em duas cópias. Se o protocolo for em língua estrangeira, cópia em português cópia em português Orçamento financeiro detalhado da pesquisa: recursos, fontes e destinação,bem como a forma e o valor da remuneração do pesquisador Orçamento financeiro detalhado da pesquisa: recursos, fontes e destinação,bem como a forma e o valor da remuneração do pesquisador Termo de Consentimento Informado ou justificativa com as causas da impossibilidade de obtê-lo ou de não apresentá-lo Termo de Consentimento Informado ou justificativa com as causas da impossibilidade de obtê-lo ou de não apresentá-lo Currículo Lattes do(s) pesquisador(es) Currículo Lattes do(s) pesquisador(es) Termo de Responsabilidade em cumprir os termos da Resolução 196/96 do CNS (SISNEP) Termo de Responsabilidade em cumprir os termos da Resolução 196/96 do CNS (SISNEP) Se pesquisa conduzida do exterior ou com cooperação estrangeira, documento de aprovação do protocolo de pesquisa no país de origem Se pesquisa conduzida do exterior ou com cooperação estrangeira, documento de aprovação do protocolo de pesquisa no país de origem Carta de conhecimento do conteúdo do projeto e autorização do Chefe de Serviço / Diretor / Responsável - do local de realização da pesquisa Carta de conhecimento do conteúdo do projeto e autorização do Chefe de Serviço / Diretor / Responsável - do local de realização da pesquisa

4 diferentes níveis de conhecimento – indicadores: 1.-das circunstâncias como foram adquiridos, isto é, se houve um planejamento prévio para analisar um determinado fenômeno ou o conhecimento resultou de uma casualidade; 2.-dos procedimentos e dos recursos que foram utilizados na aquisição dos mesmos. Eles definem a confiança que podemos depositar em um conhecimento, e 3.-dos limites de suas aplicações que dependerão da abrangência, isto é,do domínio que se consegue obter sobre as causas que produziram os fatores envolvidos nos conhecimentos estudados. dois níveis de conhecimentos: conhecimentos empíricos e conhecimentos científicos. Rosana Soibelmann Glock

5 Um conhecimento é considerado científico quando: 1- resulta de uma procura deliberada. Não é um evento aleatório. 2- os elementos utilizados para análise do fenômeno descrito são mensuraveis ou baseados em fatos anteriormente comprovados como verdadeiros e que são utilizados como referência. Portanto a descrição é confiavel 3- a verdade obtida pode servir de apoio a outros estudos sobre fatos da mesma natureza e também servir de base para o desenvolvimento da tecnologia relacionada com o assunto. `A verdade científica como toda a verdade (inclusive a empírica) é universal. Rosana Soibelmann Glock

6 conjunto de verdades = sistema de referências na busca das causas dos fenômenos uma série de ações organizadas e deliberadas, isto é NÃO aleatórias, que procuram relacionar os efeitos perceptiveis do fenômeno com suas causas = conjunto de ações - MÉTODO CIENTÍFICO varia de ciência para ciência, de acordo com a natureza dos conhecimentos abordados indicação clara e precisa das ações Rosana Soibelmann Glock

7 MÉTODOS QUALITATIVO E QUANTITATIVO DE PESQUISA EM SAÚDE EMBASAMENTO TEÓRICO ORIUNDO DAS BIOLÓGICAS EMBASAMENTO TEÓRICO ORIUNDO DAS BIOLÓGICAS DESCREVE VARIÁVEIS QUANTO A TENDÊNCIA CENTRAL, DISPERSÃO E FREQUÊNCIA DESCREVE VARIÁVEIS QUANTO A TENDÊNCIA CENTRAL, DISPERSÃO E FREQUÊNCIA QUANTITATIVO QUALITATIVO EMBASAMENTO TEÓRICO ORIUNDO DAS CIÊNCIAS HUMANAS EMBASAMENTO TEÓRICO ORIUNDO DAS CIÊNCIAS HUMANAS ENTENDIMENTO DO CONTEXTO NO QUAL UM FENÔMENO OCORRE ENTENDIMENTO DO CONTEXTO NO QUAL UM FENÔMENO OCORRE DESCRIÇÃO DE COMPORTAMENTOS DESCRIÇÃO DE COMPORTAMENTOS Rosana Soibelmann Glock

8 QUANTITATIVO QUALITATIVO POPULAÇÃO/ AMOSTRA POPULAÇÃO/ AMOSTRA CRITÉRIOS DE INCLUSÃO E EXCLUSÃO CRITÉRIOS DE INCLUSÃO E EXCLUSÃO SUJEITOS OU PARTICIPANTES A PARTIR DOS OBJETIVOS E DO CONTEXTO SUJEITOS OU PARTICIPANTES A PARTIR DOS OBJETIVOS E DO CONTEXTO NÚMERO DE PARTICIPANTES DETERMINADO POR SATURAÇÃO DOS DADOS NÚMERO DE PARTICIPANTES DETERMINADO POR SATURAÇÃO DOS DADOS CRITÉRIOS DE INCLUSÃO E EXCLUSÃO CRITÉRIOS DE INCLUSÃO E EXCLUSÃO Rosana Soibelmann Glock MÉTODOS QUALITATIVO E QUANTITATIVO DE PESQUISA EM SAÚDE

9 QUANTITATIVO QUALITATIVO INSTRUMENTOS QUESTÕES FECHADAS, PREVIAMENTE ESTABELECIDAS A PARTIR DAS VARIÁVEIS DO ESTUDO INSTRUMENTOS QUESTÕES FECHADAS, PREVIAMENTE ESTABELECIDAS A PARTIR DAS VARIÁVEIS DO ESTUDO CODIFICAÇÃO DE DADOS, BANCO DE DADOS E ANÁLISE ESTATÍSTICA CODIFICAÇÃO DE DADOS, BANCO DE DADOS E ANÁLISE ESTATÍSTICA OBSERVAÇÕES, ENTREVISTAS, GRUPOS FOCAIS OBSERVAÇÕES, ENTREVISTAS, GRUPOS FOCAIS TÉCNICA DE ANÁLISE DE CONTEÚDO TÉCNICA DE ANÁLISE DE CONTEÚDO Rosana Soibelmann Glock MÉTODOS QUALITATIVO E QUANTITATIVO DE PESQUISA EM SAÚDE

10 QUANTITATIVO QUALITATIVO AMOSTRA REPRESENTATIVA DA POPULAÇÃO GENERALIZAÇÃO AMOSTRA REPRESENTATIVA DA POPULAÇÃO GENERALIZAÇÃO TREINAMENTO PARA COLETA DE DADOS TREINAMENTO PARA COLETA DE DADOS PROJETO PILOTO PROJETO PILOTO COMPREENDE A FORMA DE VIDA DE PESSOAS E GRUPOS EM DETERMINADOS CONTEXTOS COMPREENDE A FORMA DE VIDA DE PESSOAS E GRUPOS EM DETERMINADOS CONTEXTOS IMPOSSIBILIDADE DE GENERALIZAÇÕES IMPOSSIBILIDADE DE GENERALIZAÇÕES AMOSTRA PEQUENA AMOSTRA PEQUENA Rosana Soibelmann Glock MÉTODOS QUALITATIVO E QUANTITATIVO DE PESQUISA EM SAÚDE

11 MÉTODOS QUANTITATIVO E QUALITATIVO: COMPLEMENTARIDADE E INTEGRAÇÃO São diferentes, mas não excludentes;São diferentes, mas não excludentes; Dimensões diversas em um mesmo estudo: mesmo tema com mais de um objeto. Dimensões diversas em um mesmo estudo: mesmo tema com mais de um objeto. Rosana Soibelmann Glock


Carregar ppt "Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões Capacitação de Comitês de Ética em Pesquisa Considerações sobre amostragem em pesquisas envolvendo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google