A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 1 É um nome, termo, sinal, símbolo ou desenho, ou uma combinação dos mesmos, que identifique os bens e serviços de uma empresa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 1 É um nome, termo, sinal, símbolo ou desenho, ou uma combinação dos mesmos, que identifique os bens e serviços de uma empresa."— Transcrição da apresentação:

1 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 1 É um nome, termo, sinal, símbolo ou desenho, ou uma combinação dos mesmos, que identifique os bens e serviços de uma empresa e que tem a propriedade de diferenciá-los frente aos seus concorrentes. Conceituação de Marca

2 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 2 Podemos identificá-la por meio do produto em si, a embalagem, o nome de marca, a publicidade... A marca não existe isoladamente

3 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 3 Podemos, ainda, dizer que a marca é a síntese dos elementos físicos, racionais, emocionais e estéticos nela presentes e desenvolvidos através dos tempos. SIRVA COM IMAGINAÇÃO - SIRVA COM BAIXELAS TRAMONTINA

4 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 4 Ao comprar um produto, o consumidor não adquire apenas um bem, mas um conjunto de valores e atributos da marca. A relação é a bilateral: a marca tanto ganha quanto a empresa empresta um valor ao produto.

5 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 5 O objetivo maior de qualquer produto é ganhar a fidelidade do consumidor. Essa fidelidade dos consumidores é responsável pela diminuição da ação dos concorrentes, que de certa forma sentem-se desencorajados em investir recursos para atrair consumidores leais e satisfeitos. Fidelidade à Marca

6 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 6 Num mercado competitivo, as marcas conhecidas serão aquelas que terão a preferência do consumidor. Isto porque geralmente o consumidor dá preferência ao produto ou serviço que lhe é familiar. Conhecimento do nome de marca

7 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 7 A percepção global de qualidade associada a uma marca pode possibilitar na influencia de decisão na compra, na escolha e na fidelidade à marca. A percepção global de qualidade associada a uma marca pode possibilitar na influencia de decisão na compra, na escolha e na fidelidade à marca. Qualidade percebida

8 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 8 Personagens utilizados na publicidade que representam o produto ou seviço, testemunho de personalidades, características tangíveis; por exemplo: superioridade tecnológica, intangíveis; segurança, prestígio, status, entre muitos outros tipos de associações que podemos utilizar para agregar valor a marca. Cada vez mais a publicidade é considerada um dos elementos mais importantes da globalização. Associações com a marca

9 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 9 VW. Você conhece. Você confia.

10 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 10 Você conhece. Você confia.

11 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 11 Você conhece. Você confia.

12 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 12 Sentir-se bem. Na verdade, em inúmeros casos temos obtido sucesso utilizando a lei biológica de que as pessoas tendem a procurar situações nas quais se sintam bem. Júlio Ribeiro

13 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 13 Quando se decide por um posicionamento, é preciso que a empresa realmente acredite e passe a operar em função dele. Exemplo: Seguros para uma vida melhor. Manter a liderança Manter a liderança dentro do conceito depende da capacidade de ser único e coeso, combatendo todas as possibilidades da segmentação pela concorrência.

14 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 14 Exemplo: A DOMINO PIZZA (1982) nos Estados Unidos em sua estratégia tinha como promessa: entrega a domicílio em 30 minutos. O negócio cresceu de zero a um bilhão de dólares em dez anos. A especialização fortalece o conceito

15 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 15 Conforme Martins (1992), o posicionamento da marca deve começar no conceito emocional e posteriormente definir o conceitual e o físico, do que o contrário: Espírito: aventureiro Produto: um carro tipo jeep, robusto, off road, moderno... Exemplo: se formos lançar um carro, o produto deve ser em função do espírito do usuário: O fator emocional da imagem.

16 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 16 BOOMERANG NOSSA NOVA MONTANHA RUSSA TE ANIMAS SUBIR? O fator emocional da imagem.

17 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 17 Old Eight - o bom Whisky voce conhece no dia seguinte O desenvolvimento de uma boa idéia que seja apropriada para responder a um problema comercial, e essa idéia dure anos porque ela está bem formatada e está contida em palavras. Exemplos: Tabacow - uma base de carinho Petybom - o macarrão da mama O que é conceito? Para que a cada peça publicitária que se faça, se acumule, um ao outro, no consumidor através dos anos, agregando valor a marca.

18 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 18 Esta campanha para a Ford pick-up Courrier mostra dois rapazes estacionando o veículo numa praia deserta e fixam uma placa de sinalização, saindo da cena com ares de dever cumprido. Entra, então, a locução: Nova Courrier, A pick-up para quem trabalha pensando no futuro.... Na seqüência, o carro chega na mesma praia, agora lotada, onde há vaga apenas em frente à placa. Os espertinhos descem contentes, enquanto a câmera dá um close no aviso: Estacionamento permitido para veículos de carga. O locutor ainda completa: No Sábado e no Domingo. Agência: Young&Rubicam Robustez e bom humor.

19 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 19 Este comercial trabalha o bom humor sem ferir a moral de quem participa ou quem o assiste. Tratando a questão do nudismo com naturalidade e beleza. Sensualidade e bom humor.

20 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 20 A campanha criada para a RBS trabalha a questão ideológica. Procura passar uma idéia, não tem fins lucrativos. Procura a conscientização das pessoas. Sem fins lucrativos.

21 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 21

22 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 22 O ser humano move-se sempre por duas razões básicas; uma é a necessidade e outra é o estímulo. Júlio Ribeiro - TALENT Carência zero.

23 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 23 O comprador pode comprar por necessidade – sabonete ou estímulo – uma roupa para ir à festa ou pelos dois fatores combinados – um pacote com três sabonetes pelo preço de um. Promoção mês das mães.

24 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 24 A compra do produto é feita por necessidade, mas a escolha da marca é feita, na maioria das vezes, por estímulo. Promoção microempresas. Estímulo DIRETO – é resultante de alguma característica física do produto: disponibilidade, preço, promoção, diferencial de qualidade, etc. Estímulo INDIRETO – são aqueles relacionados com a forma como a pessoa se sente ao escolher determinada marca.

25 PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 25 McLuhan – 1969 – afirma: Os anúncios não são destinados a um consumo consciente. O seu destino é ocupar o lugar de pílulas subliminares para o subconsciente. A marca é uma imagem, uma sugestão, uma emoção, um símbolo. Sensações.


Carregar ppt "PUCRS J. FERNANDO AZEVEDO 1 É um nome, termo, sinal, símbolo ou desenho, ou uma combinação dos mesmos, que identifique os bens e serviços de uma empresa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google