A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE AUDIÊNCIA PÚBLICA 1° TRIMESTRE /2006 Em 29 Maio de 2006 EM CUMPRIMENTO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE AUDIÊNCIA PÚBLICA 1° TRIMESTRE /2006 Em 29 Maio de 2006 EM CUMPRIMENTO."— Transcrição da apresentação:

1 PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE AUDIÊNCIA PÚBLICA 1° TRIMESTRE /2006 Em 29 Maio de 2006 EM CUMPRIMENTO À LEI FEDERAL Nº 8.689/93 ARTIGO 12. CÂMARA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS

2 POPULAÇÃO 2006 de FLORIANÓPOLIS: HABITANTES Homens – Mulheres

3 UnidadesTotal Unidades Básicas48 Laboratório Municipal01 Pronto Atendimento01 Equipes de PSF78 Centros de Atenção Psico-Social- CAPS 03 Rede Municipal de Saúde 1º trimestre de 2006

4 Categorias PMF- efetivo PMF-CTD SES- Efetivo MS- Efetivo Total Médico Odontólogo Enfermeiro Farmacêuticos Psicólogos Assistente Social Recursos Humanos da Secretaria Municipal de Saúde 1º trimestre de 2006

5 Categorias PMF- efetivo PMF- CTD SES- Efetivo MS- Efetivo Total Bioquímico Técnico de Enfermagem Auxiliar de Enf Agente Comunitário Atend. Consult Dentário Agente Administrativo Recursos Humanos da Secretaria Municipal de Saúde 1º trimestre de 2006

6 Categorias PMF- efetivo PMF-CTD SES- Efetivo MS- Efetivo Total Aux. De serviços gerais Motoristas47--- Técnico de Laboratório Estagiários Outros14--- TOTAL Geral de RH na SMS Recursos Humanos da Secretaria Municipal de Saúde 1º trimestre de 2006

7 1º TRIMESTRE DE 2006 PRODUÇÃO DE SERVIÇOS AMBULATORIAIS

8 ESPECIFICAÇÃO 1º trim/2006 (total) Percentual da população atendida PESSOAS ATENDIDAS NAS UNIDADES DE SAÚDE* ,96 % TOTAL DE VISITAS DOMICILIARES (toda a equipe da Unidade de Saúde)** ,51 % TOTAL DE PESSOAS ATENDIDAS X TOTAL DA POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO 1º trimestre/2006 *Fonte: Sistema RAAI/RAAC Municipal. **Fonte: SIAB Municipal/População estimada Florianópolis – IBGE ano 2006 =

9 ESPECIFICAÇÃO 1º trim/2006 (total) Percentual da população atendida (ano 2006) Procedimentos Básicos de Enfermagem (exceto as vacinas)* ,94 % Consultas de Enfermagem** ,47 % Procedimentos Odontológicos individuais* ,71 % Consultas Médicas** ,44 % TOTAL DE PROCEDIMENTOS REALIZADOS X TOTAL DA POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO 1º trimestre/2006 *Fonte: Sistema RAAI/RAAC Municipal. População estimada Florianópolis – IBGE ano 2006 =

10 ESPECIFICAÇÃO 1º trimestre/2006 (média do trimestre) Gestantes Acompanhadas pelos Agentes Comunitários Saúde (média/trimestre) 979 Crianças < 1 ano Acompanhadas pelo Agente Comunitário Saúde (média/trimestre) ATENDIMENTOS E PROCEDIMENTOS REALIZADOS Fonte: SIAB Municipal

11 ESPECIFICAÇÃO 1º trim/2006 (total) Atividade educativa com grupo fora e na unidade de saúde – nível básico e médio 8 Atividade educativa com grupo fora e na unidade de saúde – Enfermeiro PSF e PACS 10 Procedimentos coletivos em Odontologia 191 Atividade educativa com grupo fora e na unidade de saúde – médicos, enfermeiro geral, nutricionista, psicólogo, assistente social 138 TOTAL 347 PROCEDIMENTOS COLETIVOS/GRUPOS REALIZADOS

12 VIGILÂNCIA SANITÁRIA VIGILÂNCIA EM SAÚDE

13 ATIVIDADES QTDE DE ALVARÁS Meio Ambiente60 Produtos665 Saúde do Trabalhador05 Medicamentos34 Estabelecimentos de Saúde497 Zoonoses40 TOTAL DE ÁLVARÁS1.301 ALVARÁS SANITÁRIOS - LIBERADOS 1º Trimestre/2006

14 ÁREA QUANTIDADE DE ATENDIMENTOS MEIO AMBIENTE74 ZOONOSES23 PRODUTOS45 SAÚDE24 MEDICAMENTOS00 SAÚDE DO TRABALHADOR01 OUTROS104 TOTAL271 ATENDIMENTO DE DENÚNCIAS 1º Trimestre/2006

15 Atividade QUANTIDADES Denúncias atendidas228 Nº de eutanásias Praticadas ( em animais politraumatizados, doentes terminais e com doenças infecto- contagiosas) 66 Animais Doados20 Nº animais retirados por maus- tratos6 Animais Esterilizados986 TOTAL1.306 Atividades da Coordenação do Bem estar Animal 1º Trimestre/2006

16 ATIVIDADES QUANTIDADE Inspeções em imóveis Inspeções em Armadilhas para larvas Quantidade de larvas analisadas TOTAL CONTROLE DA DENGUE 1º Trimestre/2006

17 VIGILÂNCIA EM SAÚDE Vigilância Epidemiológica

18 SISVAN SISTEMA DE VIGILÂNCIA ALIMENTAR E NUTRICIONAL SISTEMA DE INFORMAÇÕES QUE TEM COMO OBJETIVO O ACOMPANHAMENTO DO ESTADO NUTRICIONAL DE UM DETERMINADO GRUPO POPULACIONAL, INTERVINDO SEMPRE QUE NECESSÁRIO, PARA EVITAR OS AGRAVOS NUTRICIONAIS

19 AVALIAÇÃO ANTROPOMÉTRICA 1º Trimestre/2006 ITENS QUANTIDADES Avaliações Crianças7.165 Gestantes2.489

20 PROGRAMA HORA DE COMER DISTRIBUIÇÃO DE CESTAS NUTRICIONAIS 1º Trimestre/2006 ITENSQUANTIDADE DISTRIBUIÇÃO DE CESTAS NUTRICIONAIS1.837 CESTAS LEITES ESPECIAIS ( EM LATAS) LATAS O OBJETIVO DO PROGRAMA É GARANTIR A SEGURANÇA NUTRICIONAL DE CRIANÇAS DESNUTRIDAS OU EM RISCO DE DESNUTRIÇÃO

21 NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS DE AGRAVOS 1º Trimestre/2006 TIPOS CASOS CONFIRMADOS DE PESSOAS RESIDENTES EM FLORIANÓPOLIS Atendimento Anti-Rábico248 Hepatite Viral15 Varicela47 Condiloma Acuminado24 Leptospirose4 Herpes Genital5 Meningite2 Acidentes com Animais Peçonhentos59

22 Cobertura Vacinal 1º Trimestre/2006 TIPOS COBERTURA ALCANÇADA ATÉ O 1º TRIMESTRE COBERTURA ESPERADA ANUAL Sabin23,4 %93,6 % Tetravalente23,6 %94,3 % BCG (dose única)24,2 %96,7 % Hepatite B23,6 %94,3 %

23 IMUNIZAÇÃO DE 1 ANO a 2 ANOS 1º Trimestre/2006 TIPOSDE VACINAS COBERTURA COBERTURA ALCANÇADA ATÉ O 1º TRIMESTRE COBERTURA ESPERADA ANUAL Triviral ( dose única) 19,7 %78,7 % Varicela ( dose única)16,8 %-

24 Sistema de Informações de Nascidos Vivos Nº de Crianças Nascidas no 1º TRIMESTRE DE

25 AÇÕES DE CONTROLE E PREVENÇÃO DAS DOENÇAS CRÔNICO DEGENERATIVAS HIPERTENSÃO / DIABETES

26 PACIENTESQUANTIDADE Cadastrados Acompanhados DIABETES 1º TRIMESTRE/2006

27 PACIENTESQUANTIDADE Cadastrados Acompanhados HIPERTENSÃO 1º Trimestre/2006

28 TUBERCULOSE 1º Trimestre/2006 TIPOSQUANTIDADE Casos em tratamento92 Casos novos42 Casos no total 134 Coletas de escarro para baciloscopia 304 TRATAMENTO de 6 meses à 12 meses, se o cliente não for resistente às drogas (MDR). Em caso de resistência, o tratamento pode se prolongar por até 2 anos.

29 TIPOS QUANTIDADE Casos em Tratamento 17 Casos Novos 16 Casos no Total 33 HANSENÍASE 1º Trimestre/2006

30 ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE

31 ATENDIMENTOS DE GESTANTES, PUÉRPERAS E RECÉM – NASCIDOS - 1º Trimestre/2006 QUANTIDADE Nº de recém-nascidos visitados nas maternidades 1870 Nº de puérperas visitadas nas maternidades 1849 Nº de puérperas visitadas nas maternidades e encaminhadas à rede básica 827 Nº de recém-nascidos visitados e encaminhados para rede básica 792 Nº de kits de 1º cuidados entregues para os recém-nascidos 1870 Nº de consulta neonatal nos Centros de Saúde 745 Nº de consultas a puérperas nos Centros de Saúde 713 Nº de Gestantes que iniciaram o pré-natal nos Centros de Saúde 2314 Nº de atendimentos de pré-natal nos Centros de Saúde 2272

32 ATENDIMENTOS DE GESTANTES, PUÉRPERAS E RECÉM – NASCIDOS- 1º Trimestre/2006 QUANTIDADE Nº de ultrassonografias para gestantes 913 Nº de amostras coletadas para exame preventivo do Câncer de ginecológico nos Centros de Saúde 4407 Nº de amostra de sangue coletados para teste do pezinho 894 Nº de recém-nascidos em situação de risco sócio-biológico 221 Nº de declarações de nascidos vivos avaliadas 1193 Nº de crianças de risco encaminhadas para acompanhamento até 6 meses 215

33 ATENDIMENTOS ODONTOLÓGICOSQUANTIDADE Nº de atendimentos odontológicos de bebês até 1 ano851 Nº de atendimentos odontológicos de criança de 1 à 2 anos928 Nº de atendimentos odontológicos de criança de 3 à 4 anos1416 Nº de atendimentos odontológicos de criança de 5 à 6 anos2031 Nº de atendimentos odontológicos em crianças de 7 até 14 anos 5638 Nº de atendimentos odontológicos de gestantes1075 Total SAÚDE BUCAL em crianças e Gestantes 1º Trimestre/2006

34 Atenção às DST/HIV/AIDS

35 ITENSQUANTIDADE Coletas CD4, CD8347 Carga Viral300 HIV1459 Total2106 Controle e Tratamento DST155 TUBERCULOSE54 HEPATITE108 PSIQUIÁTRICO335 PSICÓLOGO238 ENFERMAGEM631 GINECOLOGIA164 GESTANTES47 Procedimentos CAUTERIZAÇÃO14 BIÓPSIA17 COLPOSCOPIA49 PREVENTIVO04 TOTAL2.626 ATIVIDADES DE AMBULATÓRIO 1º Trimestre/2006

36 ATIVIDADES DO CENTRO DE TESTAGEM E ACONSELHAMENTO – CTA 1º Trimestre/2006 REALIZAÇÃO DE ACONSELHAMENTO COLETIVO E INDIVIDUAL PRÉ E PÓS TESTE PARA DETECÇÃO DO HIV ESPECIFICAÇÃOQUANTIDADE Aconselhamentos Pré e Pós Teste 764 Coletas de sangue466

37 NOTIFICAÇÕES DE AIDS E HEPATITES B e C. CASOS CONFIRMADOS 1º Trimestre/2006 ESPECIFICAÇÃOQUANTIDADE Crianças < 13 anos- Adulto > 13 anos15 Gestante HIV +14 Hepatite B07 Hepatite C38 Nota Importante para AIDS: A partir de 2005 intensificamos busca ativa nos prontuários do HNR, HIJG e capturamos casos antigos nos bancos do SIM e do SISCEL fazendo cruzamento de dados. Os números acima foram gerados por data de diagnóstico.

38 ATIVIDADES DO PROGRAMA DE REDUÇÃO DE DANOS EM DST/AIDS 1º Trimestre/2006 AÇÕESQUANTIDADES Seringas distribuidas82 Seringas recolhidas50 Comunidade4681 Usuários de Drogas atingidos2562 Preservativos distribuídos Usuário de Droga Injetável (as DI, estão sendo substituídas por Crack ) 06

39 SETOR DE H I V DO LABORATÓRIO MUNICIPAL 1º Trimestre/2006 ESPECIFICAÇÃOQUANTIDADE Exames realizados2266 RESULTADOS POSITIVOS Resultado HIV+99 Resultado HIV+ Gestante 10 Gestantes Atendidas688

40 INSUMOS DST/AIDS 1º Trimestre/2006 PARA SUPLEMENTAÇÃO ALIMENTAR (CRIANÇAS EXPOSTAS E GESTANTES) ESPECIFICAÇÃOQUANTIDADE Cestas Nutricionais 491 Leites Especiais511

41 ASSISTÊNCIA FAMACÊUTICA 1º Trimestre/2006 ITENSR$ Medicamentos Padronizados ( Relação municipal de medicamentos) ,68 Medicamentos Excepcionais ( mandados judiciais, promotoria e outros) ,64 Total em R$ ,32

42 CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL PONTA DO CORAL CAPSII 1º Trimestre/2006 ESPECIFICAÇÃO Atendimento 1º TRIMESTRE / 2006 Intensivo718 atendimentos Semi-Intensivo887 atendimentos Não Intensivo424 atendimentos T O T A L2029 atendimentos

43 CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL PARA crianças e adolescentes com problemas com álcool e drogas CAPS AD 1º Trimestre/2006 ESPECIFICAÇÃO Nº DE ATENDIMENTOS Atendim. individuais87 Oficinas terapêuticas17 Visitas domiciliares11 Total115

44 CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES CAPSi 1º Trimestre/2006 ESPECIFICAÇÃO Nº DE ATENDIMENTOS Intensivo- Semi-Intensivo516 atendimentos Não Intensivo171 atendimentos T O T A L 687 atendimentos

45 Edificações construídas e em fase de construção no 1º Trimestre/ Término da Construção e inauguração do CS do CS da Construção do CS Armação, com 575,28 m2 -Término da Construção e inauguração do CS Costa da Lagoa, com 218,50 m2 -Continuidade da construção do CS da Tapera -Reforma e adequação da área física da Farmácia Popular do Continente - Reforma e adequação da área física do Centro de Especialidades Odontológicas - CEO

46 Ações realizadas pela Assessoria de Desenvolvimento Institucional da Secr. Saúde no 1º Trimestre/ Programa de Atenção integral à Saúde do Idoso (iniciada a 1ª fase) Ações de prevenção de doenças (RCPM) Reabilitação Cardio-Pulmonar e Metabólica (exercício/caminhada).Implantação destas ações em 5 UBS ( Saco dos Limões,Fazenda do Rio Tavares, Capoeiras, Barra da Lagoa, Ingleses e Trindade) com a capacitação teórica e prática de equipe multidisciplinar para atender os usuários inscritos no Programa. - -Educação Permanente: Atualização/Alimentação Curricular dos Profissionais da Rede (Banco de Talentos) Início do Curso de Gerenciamento e Planejamento para todos os profissionais em cargo de chefia no dia 13 de março (Indicador do PROESF).Planejamento e organização do Treinamento Introdutório do PSF (Indicador do PROESF), que será realizado ainda em PROGRAMAS PROESF - Projeto de Expansão e Consolidação da Saúde da Família, realização de prestação de contas / relatório das ações e aquisições realizadas em 2005, junto ao Ministério da Saúde. PDA – Programa Docente Assistencial – Participação nas reuniões, juntamente com os demais representantes da SMS (Coordenadores Regionais), para acompanhamento e avaliação dos trabalhos realizados na Rede, buscando a readequação dentro da ótica e necessidade do serviço.Otimizar os recursos desta parceria de forma a garantir melhor atendimento para a população assistida por este Programa.

47 Acompanhamento Orçamentário

48

49

50 AÇÕES ESTRATÉGICAS

51 · Reestruturação da área de Planejamento da SMS · Contratação emergencial de profissionais · Realização de Concurso Público Realização do diagnóstico das Unidades Locais de Saúde · Revisão de todo fluxo de alimentação dos sistemas de controle e gerenciamento dos serviços e ações de saúde · Implantação do Sistema Nacional de Regulação (SNR)

52 AÇÕES ESTRATÉGICAS · Identificação de meios para aumentar as receitas da saúde; · Elaboração de projetos de investimentos para cadastramento junto ao Fundo Nacional de Saúde · Elaboração do Plano de Assistência Farmacêutica · Ingresso da SMS no Pacto de Gestão · Acompanhamento constante dos indicadores da atenção básica · Elaborar o Plano Diretor de Investimentos (PDI) · Elaborar o Plano Diretor de Regionalização da Grande Florianópolis(PDR)

53 AÇÕESESTRATÉGICAS · Ampliação da capacidade de tráfego das informações por meio da conexão fibra ótica da SMS/GAPLAN e todas as demais unidades de saúde; · Elaboração do Plano Diretor de Informática, otimizando as informações e os investimentos; · Capacitação de todos os profissionais de nível superior no curso introdutório do PSF;


Carregar ppt "PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE AUDIÊNCIA PÚBLICA 1° TRIMESTRE /2006 Em 29 Maio de 2006 EM CUMPRIMENTO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google