A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Expositora: Ana Nilce Silveira Maia Elkhoury Data: 06 de novembro de 2003 OFICINA DE TRABALHO MANUAL DE LEISHMANIOSE DE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Expositora: Ana Nilce Silveira Maia Elkhoury Data: 06 de novembro de 2003 OFICINA DE TRABALHO MANUAL DE LEISHMANIOSE DE."— Transcrição da apresentação:

1 Expositora: Ana Nilce Silveira Maia Elkhoury Data: 06 de novembro de 2003 OFICINA DE TRABALHO MANUAL DE LEISHMANIOSE DE VISCERAL »Aspectos Clínicos, Laboratoriais e Tratamento

2 HOMEM Exames imunológicos: Imunofluorescência indireta= positiva Títulos >ou = 1:80 Exames parasitológiocos: Padrão ouro Aspirado de medula óssea ASPECTOS IMPORTANTES DIAGNÓSTICO LABORATORIAL

3 CÃO Exames imunológicos: Punção de sangue venoso Imunofluorescência indireta= Sororreagente Títulos >ou = 1:40 ELISA Exames parasitológiocos: Aspirado de medula óssea, linfonodos e outros ASPECTOS IMPORTANTES DIAGNÓSTICO LABORATORIAL

4 HOMEM Droga de escolha: Antimoniato de N-metil glucamina - Sal Cada ampola de 5 ml (1,5 g) contém 405 mg/Sb +5 /Kg/dia ANTIMÔNIO PENTAVALENTE ASPECTOS IMPORTANTES TRATAMENTO

5 HOMEM Prescrição = Antimônio pentavalente (Sb +5 ) Cada 1 ml contém 81 mg/Sb +5 /Kg/dia Dose= 20 mg/Sb +5 /Kg/dia por 20 dias ASPECTOS IMPORTANTES TRATAMENTO

6 HOMEM Exemplo: Paciente com 50 Kg 50Kg x 20mg/ Sb +5 /dia = 1000 mg/Sb +5 /Kg/dia 1000 mg/Sb +5 /Kg/dia : 81 = 12,3 ml = 2,46 ampolas 2 ampolas e meia ASPECTOS IMPORTANTES TRATAMENTO

7 CÃO Ministério da Saúde não recomenda o tratamento canino Não reduz a importância do cão como reservatório Tratamento canino com AM Risco de selecionar parasitos resistentes ASPECTOS IMPORTANTES TRATAMENTO

8


Carregar ppt "Expositora: Ana Nilce Silveira Maia Elkhoury Data: 06 de novembro de 2003 OFICINA DE TRABALHO MANUAL DE LEISHMANIOSE DE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google