A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MINI CURSO Instrumentação de Barragens 21 a 25 de abril de 2008 Ouro Minas Palace Hotel – Belo Horizonte – MG André Jum Yassuda Diretor BUREAU de Projetos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MINI CURSO Instrumentação de Barragens 21 a 25 de abril de 2008 Ouro Minas Palace Hotel – Belo Horizonte – MG André Jum Yassuda Diretor BUREAU de Projetos."— Transcrição da apresentação:

1 MINI CURSO Instrumentação de Barragens 21 a 25 de abril de 2008 Ouro Minas Palace Hotel – Belo Horizonte – MG André Jum Yassuda Diretor BUREAU de Projetos e Consultoria Ltda VI Simpósio Brasileiro sobre Pequenas e Médias Centrais Hidrelétricas

2 Objetivos do Mini Curso -Prática Instrumentação de Campo - Exemplos no Desenvolvimento de Instrumentos – IPT a partir de Barragem Rio Verde – PETROBRAS - Barragem Rio Verde – PETROBRAS - Barragem Jacareí e Jaguari – SABESP - Barragem Jacareí e Jaguari – SABESP - Barragem Itaparica – CHESF - Barragem Itaparica – CHESF

3 -Exemplos na BUREAU de Projetos e Consultoria - após BEFC Xingó, Itá, Itapebi, Barra Grande - BEFC Xingó, Itá, Itapebi, Barra Grande - Paraitinga – SABESP - Paraitinga – SABESP - Canabrava – TRACTEBEL - Canabrava – TRACTEBEL - Corumbá IV - Corumbá IV - Funil, Capim Branco I e II, Irapé – CEMIG - Funil, Capim Branco I e II, Irapé – CEMIG - São Salvador, Corumbá III e São Domingos (construção) - São Salvador, Corumbá III e São Domingos (construção) - 9 PCHs em construção - 9 PCHs em construção -Acesso à Apresentação e Apostila: - ftp:// ftp:// Usuário: bureau -Senha: girassol

4 Índice A - Introdução aos Princípios de Transdução e Instrumento Ideal B - Medidas de Pressão dágua C - Célula de Pressão Total D - Medidas de Deslocamento E - Medidas de Cargas e Deformação F - Planejamento de um Programa de Monitoramento G - Caso Prático – Instrumentação UHE IRAPÉ H - Caso Prático - Automação AHE CORUMBÁ IV

5 Questões para Discussão - Automação x Manual - Interação Civil x Eletromecânica - Instrumentação no Programa de Segurança - Reavaliação e Reinstrumentação - Desempenho e Vida Útil - Sensores Nacionais x Importados - Interação Projetista – Instrumentador – Construtor - Proprietário - PCH Instrumentação Obrigatória - PCH Problemas Atuais na Implantação

6 Referências Bibliográficas - Anais do II Simpósio Sobre Instrumentação de Barragens Comitê Brasileiro de Grandes Barragens. Belo Horizonte. - Anais do III Simpósio Sobre Instrumentação de Barragens Comitê Brasileiro de Grandes Barragens. São Paulo. - Boletim Automated dam Monitoring Systems, International Comission on Large Dams – ICOLD. Tradução Comitê Brasileiro de Barragens. - Dunnicliff Geotechnical Instrumentation For Monitoring Field Performance. John Wiley & Sons, Inc,. - Silveira, J.F.A Instrumentação e Comportamento de Fundações de Barragens de Concreto. Oficina de Textos. - Silveira, J.F.A Instrumentação e Segurança de Barragens de Terra e Enrocamento. Oficina de Textos.

7 ITEM A Introdução aos Princípios de Transdução e Instrumento Ideal

8 Introdução às Medidas MensurandoMensurando ReferênciaReferência ComparadorComparador Tipos de Medida Tipos de Medida Comparação Padrão - Escala / Voltímetro Coleta de Informação - Processamento e saída. ITEM A

9 Erros Características dos instrumentosCaracterísticas dos instrumentos Condições do ambiente (afeta também o mensurado)Condições do ambiente (afeta também o mensurado) SistemaBásico Sistema Básico SensorSensor CondicionadorCondicionador SaídaSaída

10 ITEM A

11

12

13

14

15

16 Objetivos da Instrumentação SegurançaSegurança Controle da ConstruçãoControle da Construção EconomiaEconomia Verificação de HipótesesVerificação de Hipóteses DesenvolvimentoDesenvolvimento Ensaio de Verdadeira GrandezaEnsaio de Verdadeira Grandeza

17 ITEM A Terminologia SensibilidadeSensibilidade Campo de leitura - MAX - MINCampo de leitura - MAX - MIN ErroErro Precisão - ConsistênciaPrecisão - Consistência ConfiabilidadeConfiabilidade ReprodutibilidadeReprodutibilidade EstabilidadeEstabilidade RobustezRobustez DurabilidadeDurabilidade

18 ITEM A RequisitosBásicos Requisitos Básicos SimplicidadeSimplicidade Robustez e estabilidadeRobustez e estabilidade Facilidade de CalibraçãoFacilidade de Calibração Possibilidade de CalibraçãoPossibilidade de Calibração ReprodutibilidadeReprodutibilidade SensibilidadeSensibilidade Pouca influência ambiente externoPouca influência ambiente externo Mínima interferênciaMínima interferência Medição DiretaMedição Direta


Carregar ppt "MINI CURSO Instrumentação de Barragens 21 a 25 de abril de 2008 Ouro Minas Palace Hotel – Belo Horizonte – MG André Jum Yassuda Diretor BUREAU de Projetos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google