A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ergonomia de Interface de Software. Critérios Elementares Presteza Agrupamento por localização Agrupamento por formato Feedback Legibilidade Concisão.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ergonomia de Interface de Software. Critérios Elementares Presteza Agrupamento por localização Agrupamento por formato Feedback Legibilidade Concisão."— Transcrição da apresentação:

1 Ergonomia de Interface de Software

2 Critérios Elementares Presteza Agrupamento por localização Agrupamento por formato Feedback Legibilidade Concisão Ações Mínimas Densidade informacional Ações explícitas Controle do usuário Flexibilidade Experiência do usuário Proteção contra erros Mensagens de erros Correção de erros Consistência Significados Compatibilidade

3 Presteza –Projete um sistema que conduza o usuário na interação. Agrupamento por localização –Certifique-se de que a distribuição espacial dos itens nas telas conduz o usuário na interação.

4 Agrupamento por Formato –Use os formatos dos itens como meio de transmitir associações e diferenças. Feedback –Forneça feedback imediato e de qualidade às ações do usuário. Legibilidade –Garanta a legibilidade das informações apresentadas nas telas do sistema.

5 Concisão A capacidade da memória de curto tempo é limitada. Conseqüentemente, quanto menos entradas, menor a probabilidade de cometer erros. Além disso, quanto mais sucintos forem os itens, menor será o tempo de leitura.

6 Concisão Recomendações 1 - Quando prováveis valores default podem ser definidos para a entrada de dados em uma tarefa particular, ofereça tais valores default para acelerar a entrada de dados.

7 Concisão Recomendações 2 - Escolha identificadores de telas, janelas e caixas que sejam pequenos e significativos o suficiente para serem aprendidos e relembrados facilmente.

8 Concisão Recomendações 3 - Nomes concisos para as opções de menus. É conveniente que as opções sejam formuladas de maneira coerente e expressas de forma concisa.

9 Concisão Recomendações 4 - Ícones econômicos. Símbolos devem ser projetados tão economicamente quanto possível no que se refere ao uso do espaço das telas e à complexidade da imagem. Representação compacta.

10 Concisão Recomendações 5 - Denominações breves. As informações devem ser apresentadas tão concisamente quanto possível.

11 Concisão Recomendações 6 - Abreviaturas curtas. Use abreviaturas somente se forem significativamente menores.

12 Concisão Recomendações 7 - Códigos arbitrários curtos. Os códigos arbitrários a serem memorizados pelo usuário, devem ser os mais curtos possíveis, não ultrapassando 4 ou 5 caracteres. REFERÊNCIA: Os códigos numéricos, quando não têm significado particular, não podem exceder 5 dígitos. COMENTÁRIO: A digitação de códigos que são significativos e que ultrapassam 7 caracteres deve ser dividida em unidades menores de três ou quatro caracteres.

13 Concisão Recomendações 8 - Rótulos concisos. Os rótulos descritivos devem ser breves.

14 Concisão Recomendações 9 - Entradas de códigos alfanuméricos curtos. Para dados codificados, números, etc,.. mantenha as entradas de dados curtas, de modo que o comprimento de um item individual não exceda os 7 caracteres.

15 Concisão Recomendações 10 - Maiúsculas e minúsculas como equivalentes. Para a entrada de dados codificados, considere letras em caixa alta e baixa como equivalentes.

16 Concisão Recomendações 11 - Preenchimento automático do ponto decimal. Considere a entrada ou omissão de um ponto decimal pelo usuário como alternativas equivalentes no final do preenchimento de um número inteiro. EXEMPLO: A entrada "56." deve ser processada de modo equivalente ao número "56" simplesmente, e vice versa. COMENTÁRIO: Se o ponto decimal é necessário para o processamento dos dados e no caso de sua omissão pelo usuário, então o sistema deve estar definido de modo a adicioná-lo automaticamente. A maior parte dos usuários ir á esquecer dele.

17 Concisão Recomendações 12 - Preenchimento automático dos zeros fracionários. Para dados numéricos, a entrada de zeros à esquerda não deve ser necessária. EXEMPLO: Se os usuários entram "56 num campo que tenha um comprimento para quatro caracteres, o sistema deve reconhecer essa entrada sem exigir uma entrada precedida de zeros "0056".

18 Concisão Recomendações 13 - Preenchimento automático das unidades de medida. Quando uma unidade de medida está associada a um campo de dados, não faça com que o usuário tenha de digitá-la, inclua a unidade como parte do campo ou do rótulo.

19 Concisão Recomendações 14 - Nas entradas de dados pelo teclado, permita que os usuários reaproveitem as entradas anteriores, (incluindo os valores default apresentados), através de edições de apagamento e de inserção.

20 Critérios Elementares Presteza Agrupamento por localização Agrupamento por formato Feedback Legibilidade Concisão Ações Mínimas Densidade informacional Ações explícitas Controle do usuário Flexibilidade Experiência do usuário Proteção contra erros Mensagens de erros Correção de erros Consistência Significados Compatibilidade

21 Ações Mínimas Quanto mais numerosas e complexas forem as ações necessárias para se chegar a uma meta, a carga de trabalho aumentará e, com ela, a probabilidade de ocorrência de erros.

22 Ações Mínimas Recomendações 01 - Posicionamento automático do cursor. Quando um formulário de entrada de dados é apresentado, o sistema deve colocar o cursor automaticamente no começo do primeiro campo de entrada. EXCEÇÃO: Se um formulário for reapresentado para a correção de um erro, o cursor deverá ser colocado no campo no qual o erro foi detectado.

23 Ações Mínimas Recomendações 02 - Movimentos do cursor minimizados. A ordenação dos objetos interativos de ação deve minimizar o tempo de deslocamento do cursor em direção das ações fundamentais.

24 Ações Mínimas Recomendações 03 - Movimentação do cursor entre os campos de dados facilitada. Se o cursor deve ser posicionado seqüencialmente através de áreas pré-definidas, como campos de entrada de dados, assegure-se de que isso possa ser realizado através de ações simples. COMENTÁRIO: Teclas de tabulação são costumeiramente usadas para esse fim. COMENTÁRIO: O avanço automático do cursor é geralmente indesejável. COMENTÁRIO: No projeto de formulários para entrada de dados, minimize as ações dos usuários necessárias para a movimentação do cursor de um campo a outro. COMENTÁRIO: O posicionamento de todos os campos obrigatórios deve ser anterior aos opcionais para que as inserções, em alguns casos, sejam mais eficientes.

25 Ações Mínimas Recomendações 04 - Botão default para grupos de botões. Todo o grupo de botões de comando deve ter um botão definido por default. COMENTÁRIO: A ação mais plausível, em um dado momento do diálogo, deve sempre ser apresentada e proposta ao usuário. COMENTÁRIO: Em toda ação destrutiva, o botão por default não deverá atuar sobre a própria ação destrutiva, mas sobre sua anulação.

26 Ações Mínimas Recomendações 05 - Mínimos passos para uma seleção. Minimize o número de passos necessários para fazer uma seleção em menu. COMENTÁRIO: Quando várias páginas estiverem envolvidas, possibilite o acesso direto a uma página sem ter que passar pelas intermediárias.

27 Critérios Elementares Presteza Agrupamento por localização Agrupamento por formato Feedback Legibilidade Concisão Ações Mínimas Densidade informacional Ações explícitas Controle do usuário Flexibilidade Experiência do usuário Proteção contra erros Mensagens de erros Correção de erros Consistência Significados Compatibilidade

28 Densidade Informacional Na maioria das tarefas, a performance dos usuários piora quando a densidade de informação é muito alta ou muito baixa. Nesses casos, é mais provável a ocorrência de erros.

29 Densidade Informacional Recomendações 01 - A densidade de apresentação de uma tela, de uma caixa de diálogo e de uma janela não devem ultrapassar 40%. COMENTÁRIO: Não mais do que 10% da apresentação deve ser destacado de uma só vez. Exemplos...

30

31

32 Densidade Informacional Recomendações 02 - Adaptar as apresentações de dados às necessidades dos usuários, oferecendo em qualquer situação, somente dados necessários e imediatamente úteis; não sobrecarregue apresentações com dados impertinentes.

33 Densidade Informacional Recomendações 03 - Quando o usuário necessitar do disparo de uma ação em um diálogo através de um código, os códigos associados deverão estar apresentados de uma maneira coerente e distinguível.

34 Densidade Informacional Recomendações 04 - Memória do usuário pouco exigida. Não faça com que os usuários tenham de se lembrar de dados exatos de uma tela para outra.

35 Densidade Informacional Recomendações 05 - A organização dos objetos principais em uma tela devem antecipar e guiar os movimentos de olhar do usuário.

36 Densidade Informacional Recomendações 06 - Apresentação de poucas janelas. Uma janela não deve ser dividida em muitas janelas menores. COMENTÁRIO: Informação em demasia na tela desvia a atenção do usuário de sua tarefa principal. Evite, portanto, veicular muita informação em muitas janelas ao mesmo tempo.

37 Densidade Informacional Recomendações 07 - Apresente os dados diretamente aos usuários na forma usual e não faça com que o usuário tenha que converter dados apresentados. COMENTÁRIO: Não exija que o usuário transponha, compute, interpole ou traduza dados apresentados em outras unidades ou recorra à documentação para determinar o significado do dado apresentado.

38 Densidade Informacional Recomendações 08 - Numa lista de seleção ou de combinação, a quantidade máxima de itens apresentados não pode ser superior ao intervalo de cinco a nove.

39 Densidade Informacional Recomendações 09 - Nenhum item independente da tarefa do usuário pode ser apresentado no menu. COMENTÁRIO: As opções de menu devem ser necessárias e suficientes.


Carregar ppt "Ergonomia de Interface de Software. Critérios Elementares Presteza Agrupamento por localização Agrupamento por formato Feedback Legibilidade Concisão."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google