A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Patologias do sistema genital masculino Prof a Rosaura Leite Rodrigues.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Patologias do sistema genital masculino Prof a Rosaura Leite Rodrigues."— Transcrição da apresentação:

1 Patologias do sistema genital masculino Prof a Rosaura Leite Rodrigues

2 1.1. Criptorquidismo É a retenção, em caráter permanente, de um ou ambos os testículos na cavidade abdominal ou no canal inguinal É a retenção, em caráter permanente, de um ou ambos os testículos na cavidade abdominal ou no canal inguinal Geralmente unilateral Geralmente unilateral Bilateral esterilidade Bilateral esterilidade Testículos predispostos às neoplasias sertoliomas Testículos predispostos às neoplasias sertoliomas 1. ANOMALIAS DO DESENVOLVIMENTO

3 1.2. Alterações numéricas monorquidismo monorquidismo triorquia triorquia tetraorquia tetraorquia

4 uni ou bilateral bilateral infertilidade observada na puberdade diferenciar da degeneração testicular causas: genética – criptorquidismo- endócrina – deficiências nutricionais testículos propensos à degeneração testicular macroscopia - microscopia 1.4. Intersexos 1.3. Hipoplasia testicular

5 SISTEMA HIPOTALÂMICO - HIPOFISÁRIO HIPOTÁLAMO Neurônios endócrinos ou neurossecretores FATORES DE LIBERAÇÃO OU INIBIÇÃO ACTH TSH FSH LH /ICSH ADH PROLACTINA OCITOCINA HIPÓFISE GH

6 2. DEGENERAÇÃO TESTICULAR Alterações degenerativo-necróticas das células da linhagem Alterações degenerativo-necróticas das células da linhagem Causas gerais: Causas gerais: relacionadas ao aumento da temperatura corporal (febre, calor) relacionadas ao aumento da temperatura corporal (febre, calor) distúrbios nutricionais (Zn, vit. A, E – desnutrição grave) distúrbios nutricionais (Zn, vit. A, E – desnutrição grave) confinamento (depressão-peso-calor) confinamento (depressão-peso-calor) distúrbios hormonais distúrbios hormonais (hipotálamo – hipófise – testículo) (hipotálamo – hipófise – testículo)

7 2. DEGENERAÇÃO TESTICULAR Causas locais: Causas locais: miíases escrotais miíases escrotais dermatites escrotais dermatites escrotais orquites orquites distúrbios circulatórios (senilidade) distúrbios circulatórios (senilidade) obstrução ao fluxo do esperma (aplasia segmentar – epididimite – torção do cordão espermático) obstrução ao fluxo do esperma (aplasia segmentar – epididimite – torção do cordão espermático)

8 2. DEGENERAÇÃO TESTICULAR MACROSCOPIA MACROSCOPIA Fase aguda Fase crônica MICROSCOPIA MICROSCOPIA Fase aguda Fase crônica Diagnóstico diferencial ? Diagnóstico diferencial ?

9 3. INFLAMAÇÕES Testículo = orquite Testículo = orquite Epidídimo = epididimite Epidídimo = epididimite Canal deferente= deferentite Canal deferente= deferentite Cordão espermático = funiculite Cordão espermático = funiculite Túnica vaginal= vaginalite Túnica vaginal= vaginalite Glândula vesicular = vesiculite seminal ou espermatocistite Glândula vesicular = vesiculite seminal ou espermatocistite Próstata = prostatite Próstata = prostatite Prepúcio = postite ou acrobustite Prepúcio = postite ou acrobustite Pênis = Balanite ou falite Pênis = Balanite ou falite Prepúcio + pênis = balanopostite Prepúcio + pênis = balanopostite Bolsa escrotal = dermatite Bolsa escrotal = dermatite

10 3.1. Orquites Macroscopia - Microscopia Traumáticas ou infecciosas Traumáticas ou infecciosas

11 3.1. Orquites Causas infecciosas comuns: Causas infecciosas comuns: Touro: Touro: clamidiose / brucelose /corinebacteriose / tuberculose clamidiose / brucelose /corinebacteriose / tuberculose Cão: Cão: Brucelose/ E. coli e (uretra) Brucelose/ E. coli e Proteus vulgaris (uretra) Garanhão: Garanhão: Arterite Viral Eqüina / AIE / Salmonella abortus equi Arterite Viral Eqüina / AIE / Salmonella abortus equi Suíno: Suíno: brucelose / Pseudomonas pseudomallei brucelose / Pseudomonas pseudomallei

12 3.2. Prostatites Importância clínica no cão Importância clínica no cão Associada (cães idosos) ou não com a hiperplasia prostática Associada (cães idosos) ou não com a hiperplasia prostática Brucella canis ou outras bactérias Brucella canis ou outras bactérias Invasão pela uretra Invasão pela uretra Focal ou difusa Focal ou difusa Aguda ou crônica Aguda ou crônica Macroscopia - Microscopia Macroscopia - Microscopia

13 4. HIPERPLASIA PROSTÁTICA (HIPERPLASIA BENIGNA CÍSTICA DA PRÓSTATA Importante no cão e no homem – eventualmente no touro Importante no cão e no homem – eventualmente no touro Idosos Idosos Parece ter relação hormonal (não ocorre nos castrados) Parece ter relação hormonal (não ocorre nos castrados) Complicações... Complicações... Macroscopia – Microscopia... Macroscopia – Microscopia... Não precede o carcinoma prostático Não precede o carcinoma prostático

14 4. HIPERPLASIA PROSTÁTICA Macroscopia - aumento simétrico - superfície externa irregularmente nodular - cistos flutuantes, com líquido claro ou turvo na superfície de corte

15 4. HIPERPLASIA PROSTÁTICA Microscopia - expansão gradual dos ácinos afetados; - projeções papilíferas do epitélio prostático

16 4. HIPERPLASIA PROSTÁTICA Complicações: Complicações: constipação constipação retenção urinária retenção urinária infecções do trato urinário infecções do trato urinário hidronefrose hidronefrose

17 5. NEOPLASIAS 5.1. TESTICULARES 5.2. PREPÚCIO – PÊNIS 5.3. PRÓSTATA 5.4. BOLSA ESCROTAL

18 5.1. Neoplasias testiculares Seminoma - provável origem: erpermatogônia - principalmente no cão - afuncional (não produtor de hormônios) (não produtor de hormônios) - crescimento lento

19 5.1. Neoplasias testiculares Seminoma Macroscopia: massas nodulares, lobadas, brancacentas ou róseo- acinzentadas, podendo comprometer totalmente o órgão com aumento do volume da bolsa escrotal Macroscopia: massas nodulares, lobadas, brancacentas ou róseo- acinzentadas, podendo comprometer totalmente o órgão com aumento do volume da bolsa escrotal Microscopia... Microscopia...

20 5.1. Neoplasias testiculares Tumor das células de Leydig Produtor de testosterona Produtor de testosterona Freqüente em cães e touros velhos Freqüente em cães e touros velhos Quase sempre benigno Quase sempre benigno Macroscopia: geralmente esférico ou ovóide, único e encapsulado; raramente múltiplo, amarelado ou alaranjado Macroscopia: geralmente esférico ou ovóide, único e encapsulado; raramente múltiplo, amarelado ou alaranjado Microscopia... Microscopia...

21 5.1. Neoplasias testiculares – Tumor das células de Sertoli - Tem sido observado exclusivamente no cão - Benigno ou maligno - Raramente dá metástase - Funcional... feminilização do macho: perda de interesse por fêmeas, atração por machos, atrofia do testículo oposto, ginecomastia... perda de interesse por fêmeas, atração por machos, atrofia do testículo oposto, ginecomastia...

22 5.1. Neoplasias testiculares – Tumor das células de Sertoli Macroscopia: semelhante ao seminoma... Macroscopia: semelhante ao seminoma... Microscopia... Microscopia...

23 5.1. Neoplasias testiculares – Teratoma - origem em duas ou três camadas germinativas - Macroscopia: pode ser volumoso, cístico ou policístico, conter pêlo, muco, osso, dente Microscopia....

24 5.2. Neoplasias de prepúcio-pênis Tumor Venéreo Transmissível do Cão (TVT ou TVTC) Papiloma (cavalo, porco, cão) Fibropapiloma (touros jovens) Carcinoma escamoso (cavalos)

25 5.3. Neoplasias da próstata Adenomas Adenocarcinomas - raros - diferenciar das hiperplasias (sintomatologia semelhante) - aumento do órgão não é simétrico nos adenocarcinomas

26 6. OUTRAS ALTERAÇÕES 6.1. BOLSA ESCROTAL Hidrocele Hidrocele Hematocele Hematocele - causa traumática

27 6.2. CORDÃO ESPERMÁTICO Varicocele Varicocele - importante no carneiro Torção Torção 6.3. PRÓSTATA Atrofia Atrofia Metaplasia escamosa Metaplasia escamosa

28 6.4. EPIDÍDIMO A plasia segmentar - ocorre em touros - principalmente corpo e cauda Espermatocele - oclusão congênita ou adquirida - acúmulo de esperma


Carregar ppt "Patologias do sistema genital masculino Prof a Rosaura Leite Rodrigues."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google