A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Semiótica Organizacional Amanda Meincke Melo RA: 007250 Disciplina: Engenharia de Software I Professora: Eliane Martins.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Semiótica Organizacional Amanda Meincke Melo RA: 007250 Disciplina: Engenharia de Software I Professora: Eliane Martins."— Transcrição da apresentação:

1 Semiótica Organizacional Amanda Meincke Melo RA: Disciplina: Engenharia de Software I Professora: Eliane Martins

2 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 2 Roteiro n Semiótica Organizacional n Semiótica n MEASUR n MEASUR - Ferramentas/Linguagens n MEASUR - Abordagens n Estudos de Caso n Conclusão

3 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 3 Semiótica Organizacional Ramo da Semiótica particularmente relacionado aos negócios e organizações. OSW 1995: estudo de organizações usando os conceitos e métodos da semiótica.

4 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 4 Doutrina formal dos signos (Peirce, ) Representamen Objeto Interpretante Imprimir meu documento... Signo Relação Triádica Semiótica

5 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 5 Um propósito básico dos seres humanos é a criação e uso de signos na comunicação, a menos que o signo seja apenas para uso pessoal Todos os tipos de signos são objetos de estudo da semiótica: linguagem verbal, figuras, literatura, animação, teatro, linguagem corporal, etc Semiótica

6 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 6 n Paradigma: –Subjetivista Radical n Escopo –Organizações públicas e privadas n Preocupação –O trabalho destas organizações, suas interações com o ambiente e umas com as outras Semiótica Organizacional

7 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 7 n Objetivo –descobrir novas maneiras de analisar, descrever e explicar a estrutura e o comportamento organizacional n Papel do Analista –ajudar os usuários a articular seus problemas, descobrir seus requisitos de informação e desenvolver uma solução sistemática. Semiótica Organizacional

8 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 8 Estrutura dos Sistemas de Informação SI Informal Significados são estabelecidos. Intenções são compreendidas. Crenças são formadas. Comprometimentos com responsabilidades são construídos. SI Formal Burocracia onde formas e regras substituem significado e intenção. SI Técnico Sistema baseado em máquina para automatizar parte do sistema formal.

9 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 9 MEASUR: uma abordagem semiótica para sistemas de informação Methods, Means, Models... for Exploring, Eliciting, Evaluating... Articulating, Analysing, Assessing... and Structuring, Specifying, Stimulating... Users Requirements

10 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 10 MEASUR n O que é? –Conjunto de métodos orientado por normas para modelagem de sistemas de negócios e especificação de requisitos para o desenvolvimento de software. n Conceito subjacente –As próprias organizações são sistemas de informações e a norma social é a unidade apropriada de especificação.

11 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 11 MEASUR n Origem –Final dos anos 70 n Responsável –Ronald Stamper

12 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 12 MEASUR Em uma situação convencional, ajudaria os gerentes e outros usuários do sistema na identificação e resolução de problemas, levando-os a um especificação precisa dos requisitos de informação, antes que um sistema baseado no computador fosse projetado.

13 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 13 MEASUR - Métodos n Métodos de Articulação de Problemas (PAM) n Método de Análise Semântica (SAM) n Método de Análise de Normas (NAM) n Metódo de Análise de Comunicação e Controle n Método de Análise Meta-Sistemas

14 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 14 PAM n Conjunto de métodos que podem ser aplicados no estágio inicial de um projeto, quando ainda se tem um problema vago, complexo; n Auxilia o usuário a identificar problemas que requeiram atenção; n O usuário é auxiliado na definição de unidades de sistemas que são validados pelas partes interessadas (staketholders); n Ferramenta: PAT (Problem Articulation Tool)

15 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 15 SAM n A unidade de sistema ou um problema focal é tomado como entrada para análise; n Auxilia o usuário ou dono do problema a elicitar e representar seus requisitos num modelo formal e preciso (o diagrama de ontologias); n Com a ajuda de um facilitador, funções requisitadas pelo sistema serão especificados no modelo ontológico que descreve uma visão dos agentes responsáveis no domínio do negócio focal; n O significado do signo usado no modelo semântico, para representar o mundo do negócio, é tratado como um relacionamento entre o signo e as ações apropriadas.

16 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 16 Fases da Análise Semântica Candidato a affordance produzir uma lista de vocabulário de unidades semânticas que pode ser utilizada no modelo semântico, para descrever agentes e seus padrões de comportamento. Agrupando Candidatos permitir a análise de unidades semânticas. Mapeamento Ontológico modelo completo semântico é produzido. Definição de problema Análise de Normas

17 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 17 NAM n Focado nas normas sociais, culturais e organizacionais que governam as ações dos agentes no domínio do negócio; n Uma norma pode definir a responsabilidade de um agente ocupando certa incumbência ou condição (pode, não pode, deve, etc). n Cada norma é associada com um padrão de ações no sistema computacional.

18 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 18 Passos para Análise de Normas Quatro passos são sugeridos para uma Análise de Norma: Análise de Responsabilidade Análise de Proto Norma Análise de Gatilho Especificação Detalhada

19 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 19 Análise de Comunicação e Controle n Auxilia nas análise das diversas comunicações existentes entre todos os possíveis agentes responsáveis e unidades de sistemas (identificados com o PAM) dentro de um sistema focal. n As mensagens são classificadas em informativas, coordenação e controle, de acordo com a intenção do emissor. n As normas serão adicionadas para orientar procedimentos, fluxo de mensagens, recompensas e punições.

20 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 20 Análise de Meta-Sistema n Permite planejamento, sincronização, análise de custo/benefício, gerenciamento de projetos, etc., baseados nos resultados das fases anteriores. n O próprio processo de mudança é tratado como um sistema social que requer análise, projeto e suporte.

21 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 21 MEASUR - ferramentas/linguagens n PAT –Problem Articulation Tool n NORMA (NORMs and Affordances) –Linguagem para representação de conhecimento usado para a modelagem semântica e especificação de normas n LEGOL –Linguagem computacional (se um sistema computacional for implementado) n Normbase –STDB (Semantic Temporal Database)

22 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 22

23 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 23 Estudos de Caso n Amanda Meincke Melo –Portal Web Caleidoscópio Júnior n Rodrigo Bonacin –CSCW Delphi n Carlos Alberto Cocozza Simoni –Metodologias de Desenvolvimento Siemens Serpro Gradiente.

24 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 24 Conclusão Outro paradigma Cobre aspectos que outras abordagens não cobrem Interessante para sistemas CSCW Análise e Especificação de Requisitos Como fazer é bem especificado Ainda não comercial Necessidade de ferramentas CASE para integrar com outros métodos

25 março/2003 Engenharia de Software I - Semiótica Organizacional 25 Referências Liu, K. (2000). Semiotics in Information Systems Engineering. Cambridge University Press. 218 p. Simoni, C. A. C.; Baranauskas, M. C. C (2002). Um Estudo Comparativo de Metodologias de Desenvolvimento de Software na Prática de Trabalho e a Abordagem da Semiótica Organizacional. Projeto de Mestrado. IC-UNICAMP.


Carregar ppt "Semiótica Organizacional Amanda Meincke Melo RA: 007250 Disciplina: Engenharia de Software I Professora: Eliane Martins."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google