A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

L ESTE E UROPEU E CEI. L ESTE E UROPEU Também Chamada de Europa Oriental, correspondia ao então países socialistas ligados à URSS, incluindo a Alemanha.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "L ESTE E UROPEU E CEI. L ESTE E UROPEU Também Chamada de Europa Oriental, correspondia ao então países socialistas ligados à URSS, incluindo a Alemanha."— Transcrição da apresentação:

1 L ESTE E UROPEU E CEI

2 L ESTE E UROPEU Também Chamada de Europa Oriental, correspondia ao então países socialistas ligados à URSS, incluindo a Alemanha Oriental. Após a 2º GM, o continente europeu estava dividido por uma cortina de ferro. Os países do Leste Europeu ficaram sob influência soviética, onde foi adotado o sistema de partido único e a economia planificada. Com isso ocorre a Bipolarização do Mundo.

3

4

5 Início da década de 80 Superioridade tecnológica do Ocidente; URSS – necessidades básicas atendidas ( CASA, COMIDA, SAÚDE, EMPREGO, EDUCAÇÃO) X regime autoritário

6 GOVERNO GORBATCHEV – Solução para salvar o Estado soviético: PERESTROIKA – reestruturação (liberação e flexibilização da economia); GLASNOST – transparência (abertura política) estabelecimento de um socialismo humanitário, a partir do rompimento com o "sistema de administração burocrático e autoritário. uma sociedade com economia eficaz, ciência, tecnologia e cultura avançadas, estruturas sociais humanizadas e democratizadas. Uma sociedade que crie as premissas para a existência criativa das pessoas.

7 Política Externa Redução das tensões herdadas da Guerra Fria; Encolhimento dos arsenais nucleares; Em 1989 migração em massa de pessoas da Alemanha Oriental para a Alemanha Ocidental; Abertura das fronteiras da Hungria e Tchecoslováquia para Europa Ocidental; Queda do Muro de Berlim. DISTENSÃO Política de desarmamento; 1990 – fim do Pacto de Varsóvia 1991 – remodelação da OTAN

8 Política Interna Fim do monopartidarismo do PC; Eleições diretas em 1994; Legalização das funções de artesão e comerciante; Restabeleceu a propriedade privada no campo, embora com limites; Concedeu licenças para entrada de empresas estrangeiras; Voto direto dos trabalhadores da fábricas para escolha dos seus diretores; Autorização de funcionamento de pequenas empresas privadas (padarias, oficinas; Liberdade de imprensa. Consequência: O fim da URSS e adoção da maioria dos países do Leste Europeu dos modelos democráticos e parlamentares semelhantes aos da Europa ocidental. Fim da Pacto de Varsóvia. Adoção da economia de mercado.

9 Modernização das ex-repúblicas Foi necessário resolver o problema do atraso tecnológico; Incentivar a população à livre iniciativa; Incorporar tecnologias mais modernas e aumentar com isso a competitividade de seus produtos no mercado mundial Privatização das empresas públicas. Combate a corrupção.

10

11 CEI Comunidade dos Estados Independentes

12 Em 8 de dezembro de 1991, Rússia, Ucrânia e Bielarus assinaram o Acordo de Minsk, proclamando a formação da CEI e declarando que a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas como sujeito da lei internacional e da realidade geopolítica não existe mais.

13 O QUE É A CEI? A Comunidade de Estados Independentes, formada pelas repúblicas da antiga União Soviética, tende cada vez mais a dar ênfase à independência dos Estados-membros e desprezar o aspecto de comunidade. Apesar de manterem laços econômicos muito estreitos, como herança da antiga União, e de formalmente constituírem forças armadas unificadas, cada república procura estruturar suas próprias forças armadas e libertar-se das antigas dependências econômicas, criando relações separadas tanto com a Europa e os Estados Unidos quanto com a Ásia. Das ex-repúblicas soviéticas que não aderiram a CEI foram Letônia, Estônia e Lituânia, que ingressaram na UE

14 C ARACTERÍSTICAS Setor Agrário: Privatização das propriedades agrícolas e declínio das cooperativas de propriedades privadas (Kolkhoses) e das fazendas coletivas altamente mecanizadas e gerenciadas pelo Estado (sovkhoses). Fim do Comecom ( Conselho de Asistência Econômica Mútua)

15 D ESVANTAGENS Os países apresentam um sistema produtivo pouco diversificado e tecnologicamente atrasado. Desemprego e diminuição de renda das camadas sociais mais desfavorecidas. Falta de competitividade e de investimentos em pesquisas: estagnação da economia e limitada produtividade, além da baixa qualidade dos bens de consumo. Apesar disso muitos países da CEI são grandes produtores agrícolas, especialmente grãos (Ucrânia – milho)

16 C OMÉRCIO ENTRE OS PAÍSES DA CEI Cada país passou a se integrar ao comércio internacional da maneira mais favorável aos seus interesses. CEI – dificuldades para se manter: pois muitos países se aproximam da UE e a Rússia tenta manter certa hegemonia sobre esses bloco à custa de algumas tensões.

17 CHECHÊNIA 1859 – Região anexada à Rússia 1934 – Chechênia – Rep. Autônoma da URSS 1991 – fim URSS Chechênia independente Rússia não reconhece

18 – 1ª GUERRA Tropas russas invadem Chechênia – controle de diversas regiões x Guerrilheiros – controle das montanhas - atentados na Rússia 1996 – Rússia oferece autonomia Rebeldes – luta pela independência total Agosto/96 – Rússia retira tropas e admite derrota - acordo à ser assinado 2001 sobre status da Chechênia

19 Agosto/99 – rebeldes chechenos (islâmicos) invadem Daguestão e retomam atentados Reação russa – bombardeios, ocupam capital Novos atentados

20 Consequências: Destruição; Mortes; Desabrigados; refugiados

21 Polônia Indústria mecânica e mineração Membro da UE Hungria Não tem saída para o mar, tem boa comunicação fluvial pelo rio Danúbio Exporta máquinas, produtos mecânicos e alimentos Bom padrão de vida

22 República Tcheca Economia dinâmica Produção de alimentos, bebidas e eletrodomésticos Parceiro da UE Ingressou na OTAN Eslováquia Área menos desenvolvida da Tchecoslováquia Produz cereais e madeira Membro da UE e da Otan

23 E CONOMIAS F RÁGEIS Albânia País agrícola Islâmico Baixo IDH Recebe refugiados de kosovo, e encaminha imigrantes para Grécia e Itália Letônia Pertence a UE Exporta madeira e derivados

24 E CONOMIAS F ORTES Estônia Centro industrial, produtor de alcatrão, benzina e gás. Possui maior desenvolvimento na economia de mercado Pertence a UE Enfrenta a poluição do mar Báltico, que prejudica a pesca. Lituânia Religião católica Pertence a UE Depende da Rússia para fornecer combustível.

25 E CONOMIAS F RÁGEIS Bulgária Enfrenta a corrupção e o desemprego. Pertence a OTAN e a UE Romênia Grande potencial hidrelétrico Possui reservas minerais e indústria pesada. Dificuldade na economia de mercado

26 1918 – FORMAÇÃO da Iugoslávia – Sérvia, Eslovênia, Croácia, Bósnia, Macedônia e Montenegro..

27 Pós-2ª Guerra Mundial – Tito mantém unidade territorial – endividamento e inflação – morre Tito – Sérvia – pretensão de manter domínio sobre a região

28

29 E CONOMIAS F ORTES Croácia Centro de atração turística graças a extensão do seu litoral e qualidade de suas praias. Setor industrial diversificado Eslovênia Parque industrial avançado Maior renda per capita e maior IDH da região Pertence a UE

30 E CONOMIAS FRÁGEIS Bósnia – Herzegovina 1992 – 1995 conflitos entre sérvios, bósnios muçulmanos e croatas, que compõem em partes quase iguais a população do país. Sérvia Sofreu o Bloqueio continental imposto pela ONU durante a Guerra da Bósnia. Conflitos em kosovo, região integrada ao país mas com maioria albanesa

31 E CONOMIAS F RAGÉIS Montenegro Tornou-se independente em 2006 Macedônia Separação pacífica Sofre devido um Bloqueio Continental feito pela Grécia, que teme uma anexação do norte do seu território pelos macedônios. Com isso impede exportação de produtos agrícolas pelo Porto de Salônica, no mar Egeu. Boa parte da economia pertence ao setor informal


Carregar ppt "L ESTE E UROPEU E CEI. L ESTE E UROPEU Também Chamada de Europa Oriental, correspondia ao então países socialistas ligados à URSS, incluindo a Alemanha."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google