A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O SISTEMA FEUDAL NA EUROPA OCIDENTAL Resultou da combinação de heranças romanas e germânicas. Resultou da combinação de heranças romanas e germânicas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O SISTEMA FEUDAL NA EUROPA OCIDENTAL Resultou da combinação de heranças romanas e germânicas. Resultou da combinação de heranças romanas e germânicas."— Transcrição da apresentação:

1 O SISTEMA FEUDAL NA EUROPA OCIDENTAL Resultou da combinação de heranças romanas e germânicas. Resultou da combinação de heranças romanas e germânicas. Elementos romanos: a villae (latifúndio); o sistema de colonato e a clientela ou patrocínio, ou seja, o trabalho em troca de proteção (servidão). Elementos romanos: a villae (latifúndio); o sistema de colonato e a clientela ou patrocínio, ou seja, o trabalho em troca de proteção (servidão).

2 Elementos germânicos: a economia natural e agrária, a inexistência de um Estado centralizado e o comitatus, que representou a base das relações de vassalagem. Elementos germânicos: a economia natural e agrária, a inexistência de um Estado centralizado e o comitatus, que representou a base das relações de vassalagem.

3

4

5 Estrutura econômica do feudalismo Feudo: uma concessão, ou seja, um benefício doado por um nobre (suserano) a outro nobre (vassalo), geralmente em troca de serviço militar. Feudo: uma concessão, ou seja, um benefício doado por um nobre (suserano) a outro nobre (vassalo), geralmente em troca de serviço militar. A concessão podia ser terra, dinheiro, o direito de cobrar pedágio ou qualquer outro bem. A concessão podia ser terra, dinheiro, o direito de cobrar pedágio ou qualquer outro bem.

6

7 Senhorio: território dominado por um senhor que se utiliza de meios variados para se apropriar do rendimento do trabalho realizado pelos servos. Senhorio: território dominado por um senhor que se utiliza de meios variados para se apropriar do rendimento do trabalho realizado pelos servos.

8

9 Divisão de um senhorio Manso senhorial: terras mais férteis, o castelo; a Igreja e as construções tais como o forno, moinho, estábulo, oficinas, lagar. Manso senhorial: terras mais férteis, o castelo; a Igreja e as construções tais como o forno, moinho, estábulo, oficinas, lagar. Toda a produção é revertida para o senhor (nobre). Toda a produção é revertida para o senhor (nobre). Manso servil: lotes divididos entre os camponeses (servos). Subsistência e pagamento de tributos ao nobre e à Igreja. Manso servil: lotes divididos entre os camponeses (servos). Subsistência e pagamento de tributos ao nobre e à Igreja.

10 Manso comunal: terras utilizadas tanto pelo senhor (caçadas, torneios...) quanto pelos servos (coleta de frutos, madeira...). Correspondia aos bosques e pastagens. Manso comunal: terras utilizadas tanto pelo senhor (caçadas, torneios...) quanto pelos servos (coleta de frutos, madeira...). Correspondia aos bosques e pastagens.

11

12 Estrutura social do feudalismo A sociedade era hierarquizada, dividida em estamentos ou ordens. A sociedade era hierarquizada, dividida em estamentos ou ordens. Cada estamento possuía uma honra social e específica. Cada estamento possuía uma honra social e específica. O clero reza, a nobreza luta e os servos trabalham. O clero reza, a nobreza luta e os servos trabalham.

13 Clero: alto clero (bispos, cardeais...) e o baixo clero (padres, monges...). Clero: alto clero (bispos, cardeais...) e o baixo clero (padres, monges...). Havia o clero regular, que vivia dentro dos mosteiros ou secular, que possuía funções relacionadas às coisas do mundo. Havia o clero regular, que vivia dentro dos mosteiros ou secular, que possuía funções relacionadas às coisas do mundo.

14 Nobreza: alta nobreza (duques, marqueses, condes, príncipes) e a pequena nobreza (viscondes, barões e cavaleiros). Nobreza: alta nobreza (duques, marqueses, condes, príncipes) e a pequena nobreza (viscondes, barões e cavaleiros). Cavaleiros: defesa da sociedade; ideais de coragem e a fidelidade. Cavaleiros: defesa da sociedade; ideais de coragem e a fidelidade. Entre os membros da cavalaria havia grandes desigualdades de fortuna. Entre os membros da cavalaria havia grandes desigualdades de fortuna.

15

16 Camponeses: maioria servos. Camponeses: maioria servos. Viviam miseravelmente, eram muito explorados. Viviam miseravelmente, eram muito explorados. Trabalhavam em seus lotes de terra e obrigatoriamente nas terras do senhor. Trabalhavam em seus lotes de terra e obrigatoriamente nas terras do senhor. Também realizavam trabalhos artesanais nos feudos. Também realizavam trabalhos artesanais nos feudos.

17 Diversão: festas religiosas e as comemorações relacionadas às colheitas. Diversão: festas religiosas e as comemorações relacionadas às colheitas. Havia também os vilões, homens livres que prestavam serviços ao senhor. Havia também os vilões, homens livres que prestavam serviços ao senhor. Os escravos eram muito reduzidos e, posteriormente, desapareceram. Os escravos eram muito reduzidos e, posteriormente, desapareceram.

18 Estrutura econômica Comércio reduzido e à base de trocas. Comércio reduzido e à base de trocas. Escassez de moedas; cunhadas pelo senhor feudal. Escassez de moedas; cunhadas pelo senhor feudal. Técnicas rudimentares: baixa produtividade também devido às constantes guerras. Técnicas rudimentares: baixa produtividade também devido às constantes guerras. Sistema de rodízio das terras. Sistema de rodízio das terras.

19 Os servos trabalhavam, estavam presos à terra e tinham várias obrigações: Os servos trabalhavam, estavam presos à terra e tinham várias obrigações: Talha: parte de sua produção anual. Talha: parte de sua produção anual. Banalidades: taxas pagas pelo uso das benfeitorias do senhor como o forno e o moinho. Banalidades: taxas pagas pelo uso das benfeitorias do senhor como o forno e o moinho. Corvéia: trabalho obrigatório nas terras do senhor pelo menos três vezes por semana. Corvéia: trabalho obrigatório nas terras do senhor pelo menos três vezes por semana.

20

21 Censo: uma taxa fixa pelo uso da terra. Censo: uma taxa fixa pelo uso da terra. Formariage: pagamento ao senhor na ocasião de seu casamento. Formariage: pagamento ao senhor na ocasião de seu casamento. Mão morta: taxa paga quando um camponês sucedia seu pai na posse do manso. Mão morta: taxa paga quando um camponês sucedia seu pai na posse do manso. Dízimo: imposto in natura pago à Igreja. Dízimo: imposto in natura pago à Igreja.

22 Estrutura política do feudalismo Poder descentralizado Nobres: poder militar, legislativo, político, o direito de cunhar moedas, cobrar impostos. Caráter militar: cavaleiros. Relação de vassalagem, exclusivamente entre nobres: Cerimônia: homenagem

23

24 A IGREJA CATÓLICA MEDIEVAL Recebia doações (terras...) da nobreza. Monopólio da educação/monges copistas. Pensamento teocêntrico. Controle: moral, ética, política, vida familiar, casamento, rituais fúnebres, economia (combate à usura) Fundou hospitais e asilos.

25

26 Avignon (França)

27 AS HERESIAS Ideias e/ou ações contrárias aos princípios e dogmas católicos. Exemplos: Valdenses, Albigenses, Hussitas. Séc. XIII: criação dos Tribunais da Santa Inquisição ou Santo Ofício: julgar e condenar hereges. Penalidades: excomunhão, prisão, exílio, morte na fogueira...

28

29 O processo: a partir da delação. O denunciante ficava com metade dos bens do acusado e a Inquisição com a outra metade. Interrogação e tortura. Execução: auto de fé.

30


Carregar ppt "O SISTEMA FEUDAL NA EUROPA OCIDENTAL Resultou da combinação de heranças romanas e germânicas. Resultou da combinação de heranças romanas e germânicas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google