A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PADU – PROGRAMA DE ACESSO DEMOCRÁTICO À UNIVERSIDADE DISCIPLINA - HISTÓRIA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PADU – PROGRAMA DE ACESSO DEMOCRÁTICO À UNIVERSIDADE DISCIPLINA - HISTÓRIA."— Transcrição da apresentação:

1 PADU – PROGRAMA DE ACESSO DEMOCRÁTICO À UNIVERSIDADE DISCIPLINA - HISTÓRIA

2 FORMAÇÃO DO FEUDALISMO

3 Séc. V Séc. XI Séc. XV

4 BÁRBAROS Para os romanos, bárbaros eram todos aqueles que não faziam parte da cultura romana, que estavam fora das fronteiras do Império.

5 A Sociedade Feudal GRUPOS BÁRBAROS * Tártaro-mongóis: hunos, turcos, búlgaros, húngaros(magiares). * Eslavos: russos, poloneses, tchecos, sérvios. * Germanos: visigodos, ostrogodos, hérulos, anglos, saxões, lombardos, vândalos, francos.

6 A Sociedade Feudal: as bases do sistema feudal. O Feudalismo surge da fusão de duas culturas: a Germânica e a Romana. O elemento principal da cultura Germânica era o Comitatus (susserania e vassalagem), de onde surge a vassalagem. O elemento principal da cultura Romana era o Colonato (servilismo).

7

8

9 Junta tudo Colonato Romano Comitatus Germânico

10 OS REINOS ROMANO-GERMÂNICOS: - Frágeis e efêmeros. Reino dos Suevos. Reino dos Visigodos. Reino dos Borgúndios. Reino dos Ostrogodos. Reino dos Vândalos. Reino dos Francos. A Sociedade Feudal: os reinos germânicos da Europa feudal.

11

12 A SOCIEDADE FEUDAL: O REINO FRANCO Em 772, com 30 anos, Carlos tomou o governo de todo o Reino Franco. Foi o apogeu do feudalismo.

13 COMPONENTES ECONÔMICOS E SOCIAIS.. ECONOMIA: - agrária e rural. - auto-suficiente. - feudo: unidade de produção propriedade feudal ou senhorial. - pouco uso de moeda. - comércio reduzido localizado. - baixo nível técnico. - sistema trienal de rotação de culturas: preservação do solo.

14 OS GRUPOS SOCIAIS Nobres Clero Servos

15 POVO CLERONOBREZAREI

16 Religião - Clero Na Idade Média, a Igreja Católica dominava o cenário religioso. Detentora do poder espiritual, a Igreja influenciava o modo de pensar, a psicologia e as formas de comportamento na Idade Média. A igreja também tinha grande poder econômico, pois possuía terras em grande quantidade e até mesmo servos trabalhando. Os monges viviam em mosteiros e eram responsáveis pela proteção espiritual da sociedade. Passavam grande parte do tempo rezando e copiando livros e a bíblia.

17 RELAÇÕES FEUDO-VASSÁLICAS Relações vassálicas. - relações de dependência pessoal e de obrigações recíprocas. - suserania e vassalagem: nobre e nobre. - suserano: doava a terra (beneficium) proteção. - vassalo: recebe a terra (fidelidade), auxílio nas guerras, pagamento de resgate. - homenagem (cerimônia): juramento de fidelidade. - ajuda (auxilium) e consulta (consilium) mútuas.

18 RELAÇÕES DE SUSSERANIA E VASSÁLICAS

19 FEUDO Manso Comunal Manso Servil Manso Senhorial Manso Servil

20 DEVERES DOS SERVOS Corvéia Trabalho gratuito de 3 a 5 dias por Semana no Manso Senhorial. Talha Dar parte da produção (3/4) ao Suserano. Banalidades Pagamento, em espécie, pela utilização de instrumentos do Feudo. Tostão De Pedro Dar 10 por cento da produção feudal para a Igreja Católica. Formariage Noite de núpcias do vassalo é, na verdade, do Suserano.

21 POLÍTICA: * Descentralização política: fragmentação do poder em função do parcelamento das terras. - o rei exercia pouca influência. - guerras contínuas: invasões e disputas pelo poder. - direito consuetudinário. Monarquias Feudais: poder particularizado, laços de dependência pessoal, caráter simbólico do poder real e fragmentação político-territorial.

22 CULTURA

23 Descentralização Economia Agrícola Sociedade Estamental Cultura influenciada pela Igreja Religião Cristã Nobreza Feudal Subsistência Poder Clerical Trevas/Ignorância Poder do Papado


Carregar ppt "PADU – PROGRAMA DE ACESSO DEMOCRÁTICO À UNIVERSIDADE DISCIPLINA - HISTÓRIA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google