A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Modelo Keynesiano Simples 24. (AFRF, 2002) Considere os seguintes dados: C = 500 + cY I = 200 G = 100 X = M = 50 onde: C = consumo; c = propensão marginal.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Modelo Keynesiano Simples 24. (AFRF, 2002) Considere os seguintes dados: C = 500 + cY I = 200 G = 100 X = M = 50 onde: C = consumo; c = propensão marginal."— Transcrição da apresentação:

1 Modelo Keynesiano Simples 24. (AFRF, 2002) Considere os seguintes dados: C = cY I = 200 G = 100 X = M = 50 onde: C = consumo; c = propensão marginal a consumir; I = investimento; G = gastos do governo; X = exportações; M = importações.

2 Com base nestas informações, é correto afirmar que: a) se a renda de equilíbrio for igual a 2500, a propensão marginal a poupar será igual a 0,68. b) se a renda de equilíbrio for igual a 1000, a propensão marginal a consumir será maior que a propensão marginal a poupar. c) se a renda de equilíbrio for igual a 2000, a propensão marginal a consumir será igual a 0,5. d) se a renda de equilíbrio for igual 1600, a propensão marginal a consumir será igual a propensão marginal a poupar. e) não é possível uma renda de equilíbrio maior que Modelo Keynesiano Simples

3 26. (AFTN, 1998) Considerando uma economia definida pelas seguintes relações: C = ,8Yd T = 0,25Y I = i G = 100 M = 0,1Y X = 200 Considerando também uma taxa de juros de 10%, temos que: a) a renda de equilíbrio é igual a 1500 b) uma queda para 5% na taxa de juros eleva a renda em 125 c) um aumento de 50 nos gastos públicos piora o saldo orçamentário em 25 d) um aumento das exportações em 50 melhora as contas públicas na mesma magnitude e) um aumento das exportações não tem qualquer impacto sobre as importações Modelo Keynesiano Simples

4 28. (BACEN, 2002 – Analista) Considere: C = ,8Y I = 300 G = 100 X = 100 M = ,6Y Onde: C = consumo agregado; I = investimento agregado; G = gastos do governo; X = exportações; e M = importações. Supondo um aumento de 50% nos gastos do governo, pode-se afirmar que a renda de equilíbrio sofrerá um incremento de, aproximadamente: a) 55,2 % b) 15,2 % c) 60,1 % d) 9,1 % e) 7,8 % (LINK PAD) Modelo Keynesiano Simples


Carregar ppt "Modelo Keynesiano Simples 24. (AFRF, 2002) Considere os seguintes dados: C = 500 + cY I = 200 G = 100 X = M = 50 onde: C = consumo; c = propensão marginal."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google