A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

II SEMINÁRIO BANCO CENTRAL SOBRE MICROCRÉDITO. Contribuir para o desenvolvimento do setor microempresarial mediante oferta de serviços financeiros e de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "II SEMINÁRIO BANCO CENTRAL SOBRE MICROCRÉDITO. Contribuir para o desenvolvimento do setor microempresarial mediante oferta de serviços financeiros e de."— Transcrição da apresentação:

1 II SEMINÁRIO BANCO CENTRAL SOBRE MICROCRÉDITO

2 Contribuir para o desenvolvimento do setor microempresarial mediante oferta de serviços financeiros e de capacitação, de forma sustentável, oportuna, adequada e de fácil acesso, assegurando novas oportunidades de ocupação e renda da região Nordeste do Brasil Objetivo do Crediamigo

3 Características Modelo desenvolvimentista Garantia Solidária Auto-sustentabilidade Assessor de Crédito Tecnologia Diferenciada Urbano Público alvo: Proprietários de microempreendimentos do setor informal

4 Capital de Giro Crédito para grupo Solidário Crédito Individual Crédito para investimento fixo Produtos/Serviços

5 Condições de Acesso Grupo solidário Um ano de atividade Prazo - 1 a 6 meses Valor inicial: mínimo – R$ 200,00 máximo - R$ 1.000,00 Valor endividamento: R$ 6.000,00

6 Maior cobertura geográfica Melhoria no relacionamento institucional Maior proximidade com o cliente Melhoria na produtividade Estrutura logística e de recursos humanos a partir da demanda de mercado Capacidade de replicação de maneira eficaz e baixos custos Estrutura de Atendimento Atendimentos em bairros e municípios, com foco no cliente:

7 Estrutura de Atendimento Municípios atendidos Número de Agências Postos de Atendimento Equipe de Assessores Estrutura de Atendimento Coordenação Executiva 26 Gerências Regionais 14 5% 95% Unidades de Atendimento 882

8 Monitoração – supervisão operacional Auditoria do Banco – preventiva/corretiva Tribunal de Contas da União – cumprimento de lei Auditoria Independente – aprovação das contas de balanço Due Dilligence – validação da consistência do programa Supervisão e Controle

9 Assessores Treinamento e Desenvolvimento Comunidade Virtual de Aprendizagem Metodologia – 20h Português – 40h Matemática – 50h Contabilidade – 40h Presencial Metodologia – 80h Liderança – 96h Campo Aprendizagem em Ação – 176h A Distância (virtual) A Distância (virtual) Vivencial Oport. Trein./ Colaborador Horas Aula/Homem Treinamento Modalidade de Treinamento

10 Plano de Cargos e Salários Remuneração Variável (Produtividade) Remuneração POR DESEMPENHO FIXA Assessores Remuneração Variável

11 57% Homens 74% Solteiros 52% até 25 anos 48% ensino médio Assessor de Crédito Perfil

12 Assessor Coordenador Gestão Operacional Acompanhamento ao assessor de crédito Visita a clientes Gerenciamento das despesas Gestão da inadimplência Contatos institucionais Gestão dos indicadores operacionais Gestão da equipe Gestão de Programa de Ação Empresarial

13 Assessor de Crédito Gestão Operacional Plano Empresarial Individual Definição de zona de trabalho Instrumento de gestão Acompanhamento das metas Conhecimento do mercado (área, clientes ativos e potenciais) Remuneração Variável Agenda de compromisso automatizada Relatório operacionais diários Clientes inadimplidos Clientes a renovar Desempenho da carteira Clientes em carteira (data de aniversário, etc.) Reuniões de avaliações de desempenho

14 Captação do Cliente Captação do Cliente Manutenção do cliente Manutenção do cliente Gerenciamento de área: Clientes Ativos e Clientes Potenciais Gerenciamento de área: Clientes Ativos e Clientes Potenciais Quantos clientes tenho para atender ? Quantos clientes tenho para acompanhar? Como atender a todos os clientes com qualidade? Presença Acompanhamento Assessoria empresarial Conhecer o cliente e suas necessidades Conhecer o cliente e sua as necessidades Gerenciamento de Área

15 Gerência da Carteira Formação Saldo Anterior + Desembolsos Novos + Vr Renovações - Vr Reembolsos - Atraso > 90 dias Cl. Ativos Anterior + Clientes Novos - Qt N/Renovações - Cl.Atraso > 90 dias Carteira Ativa Clientes Ativos

16 Gerenciamento da Carteira Principais Indicadores de Desempenho IndicadoresSinalizaçãoLimite Atual CRESCIMENTO DA CARTEIRA ATIVA (QUANTIDADE E VALOR) Afeta diretamente o resultado financeiro Média de 6% ao mês RENOVAÇÃO Concessão inadequada do crédito; Falta de acompanhamento ao cliente 90% ao ano – Evasão de 0,8% ao mês CLIENTES NOVOS POR ASSESSOR Volume de captação Produtividade Média de 25 Clientes Novos ao mês INADIMPLÊNCIA( ATRASO RECENTE COM PERIODICIDADE ATÉ 30 DIAS) má concessão do crédito e falta de acompanhamento dos assessores CARTEIRA DE RISCO (ATRASO ATÉ 90 DIAS + SALDO DAS OPERAÇÕES > 30 DIAS DE ATRASO) Sinaliza o risco da perda de operações 4% da Carteira Ativa 3% da carteira ativa

17 PeriodicidadeAcompanhamentoInstrumentos DIÁRIA Clientes inadimplidos Principais indicadores Processo de renovação Captação de clientes Clientes Ativos Inadimplência Carteira Ativa Reembolso x desembolso SEMANAL Indicadores de inadimplência e clientes novos 3 últimas semanas Inadimplência Carteira de Risco Clientes Novos QUINZENAL Avaliação de performance (metas e principais indicadores operacionais) Realização das metas Crescimento carteira Inadimplência/C.Risco MENSAL Avaliação do programa de ação empresarial SEMESTRAL/ANUAL Avaliação do programa de ação empresarial e desempenho do ano Indicadores de eficácia e eficiência, dificuldades, ações de sucesso Indicadores de qualidade e crescimento da carteira e realização das metas e ações Gerenciamento da Carteira Periodicidade

18 Acompanhamento ao Cliente Cultura de inadimplência ZERO Educação para o crédito Visita no dia anterior ao vencimento da parcela Visita no primeiro dia de atraso Visita do assessor Coordenador Avisos (correio) Sanções sociais Gerenciamento da Carteira Gestão da Inadimplência

19 Clientes ativos Carteira Ativa (R$ mil) Carteira Ativa

20 Inadimplência A partir de um dia Maior que 30 dias 0,94%

21 Perfil por Região Da Carteira Dos Clientes

22 Fatores de Sucesso Confiança Presença local Assessor de Crédito Empresariamento Imagem e Credibilidade Institucionais Ações antecedentes e subsequentes ao crédito

23 Fator de aprendizagemCircunstânciaLição Aprendida GRUPO SOLIDÁRIO E TAXA DE JUROS Resistência Desconfiança Focar o público alvo PRAZO DA OPERAÇÃO E VALOR DO EMPRÉSTIMO Limites mínimos e máximos Adequação às necessidades dos clientes SEGMENTAÇÃO DE MERCADO Extensão da área por assessor Área assessor delimitada em função das metas CAPACITAÇÃO DE CLIENTE Profissional específico no programa PRODUTIVIDADE DO ASSESSOR Parâmetros internacionais Compatível com o modelo para assegurar a qualidade da carteira Parceirização Ampliação das oportunidades Lições Aprendidas

24 Avaliar o impacto socioeconômico Ampliar a oferta de capacitação ao cliente Investir na manutenção de clientes com serviços e produtos inovadores Permitir o acesso ao cliente em todos os municípios da Região Nordeste Regulamentação adequada Garantir os Princípios Fundamentais de Microcrédito – Base Referencial Desafios

25 II SEMINÁRIO BANCO CENTRAL SOBRE MICROCRÉDITO


Carregar ppt "II SEMINÁRIO BANCO CENTRAL SOBRE MICROCRÉDITO. Contribuir para o desenvolvimento do setor microempresarial mediante oferta de serviços financeiros e de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google