A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LIMITES E APLICABILIDADE. ASPECTOS DESTACADOS PARA ENTENDER CONCEITO 1. Interesse de A e B (importância) 2. Cobiça de A (poder / Lib Ação) (histórico.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LIMITES E APLICABILIDADE. ASPECTOS DESTACADOS PARA ENTENDER CONCEITO 1. Interesse de A e B (importância) 2. Cobiça de A (poder / Lib Ação) (histórico."— Transcrição da apresentação:

1 LIMITES E APLICABILIDADE

2 ASPECTOS DESTACADOS PARA ENTENDER CONCEITO 1. Interesse de A e B (importância) 2. Cobiça de A (poder / Lib Ação) (histórico de A) 3. Vulnerabilidade de B AMEAÇA AMEAÇA E PROBLEMA PROBLEMA: afeta Seg e Def, mas país tem recursos próprios. AMEAÇA: afeta Seg e Def e país não tem ou tem dúvidas a respeito de seus recursos. PROBLEMA pode se tornar AMEAÇA.

3 PODER NACIONAL X AMEAÇAS a. CAPACIDADE (recursos) (+) VONTADE a. CAPACIDADE (recursos) (+) VONTADE de empregar. b. Relações de Poder - Racionalidade Objetivos – Meios – Estratégia compatível - Racionalidade Objetivos – Meios – Estratégia compatível ALFA BRAVO O P MEIOS PERSUASÃO ATO DE FORÇA DESVIO COAÇÃO Racionalidade de ALFA Racionalidade de BRAVO

4 NÍVEIS POLÍTICO E ESTRATÉGICO e. Posicionamento Estratégico e Modos de Ação da Estratégia diante de uma ameaça. diante de uma ameaça. Negociação ( Persuasão + Desvio ) CONFLITO Negociação ( Persuasão + Desvio ) CONFLITO Compulsão ( Negociação + Coação ) CRISE Destruição (Compulsão + Ato de Força) CONFLITO ARMADO

5 PROPÓSITOS NOS MODOS DE AÇÃO DA ESTRATÉGIA PERSUASÃO – Convencimento, Transação e Identificação de interesses comuns DESVIO – Mediação, Arbitragem, Busca de Alianças e Identificação de interesses comuns COAÇÃO – Intimidação e Erosão ATO DE FORÇA – Submissão e Aniquilamento

6 POSICIONAMENTOS ESTRATÉGICOS 1. Opções militares Ajuda militar Ajuda militar Apoio militar Apoio militar Equilíbrio de poder Equilíbrio de poder Controle de armas Controle de armas A NEGOCIAÇÃO E SUAS OPÇÕES

7 POSICIONAMENTO ESTRATÉGICO (NEGOCIAÇÃO) 2. Opções políticas Alianças e Pactos Apoio Cultural Apoio Cultural Intercâmbio cultural Intercâmbio cultural Doutrinação Doutrinação 3. Opções econômicas Cartéis Acordos Acordos Ajuda econômica e Apoio econômico Ajuda econômica e Apoio econômico Comércio Comércio Investimentos Investimentos

8 POSICIONAMENTOS ESTRATÉGICOS 1. Opções militares Ajuda ou apoio militar: suspensão - adversário Armamentismo Armamentismo Paz armada Paz armada Diplomacia armada Diplomacia armada Apontar as armas Apontar as armas Guerrilha Guerrilha Ação punitiva Ação punitiva A COMPULSÃO E SUAS OPÇÕES

9 POSICIONAMENTO ESTRATÉGICO (COMPULSÃO) 2. Opções políticas Debate Debate Postura Postura Ameaça Ameaça Pressão política Pressão política 3. Opções econômicas 3. Opções econômicas. Dependência. Dependência. Protecionismo. Protecionismo.Dumping.Dumping. Pressão econômica. Pressão econômica. Sanções econômicas. Sanções econômicas

10 POSICIONAMENTOS ESTRATÉGICOS 1. Opções militares Guerrilha Ação punitiva Ação punitiva Intervenção militar Intervenção militar Guerra convencional limitada Guerra convencional limitada Guerra Total Guerra Total A DESTRUIÇÃO E SUAS OPÇÕES

11 POSICIONAMENTO ESTRATÉGICO (DESTRUIÇÃO) 2. Opções políticas Terrorismo político Terrorismo político Guerra psicológica Guerra psicológica 3. Opções econômicas 3. Opções econômicas Sanções econômicas Sanções econômicas Terrorismo econômico Terrorismo econômico Guerra econômica Guerra econômica

12 A - Impor a vontade ou negar interesse a B – Ameaça de dano grave ou insuportável para B. - Finalidade: Evitar o choque. - Finalidade: Evitar o choque. 1- PND e END – Dissuasão Militar Não se restringe ao campo militar Não se restringe ao campo militar 2- Dissuasão outros campos – impor ou suspender: - pressões / alianças / acordos - diplomacia; - pressões / alianças / acordos - diplomacia; - sanções / bloqueios / acordos - econômico; e - sanções / bloqueios / acordos - econômico; e - acordos campo cultural e humanitário. - acordos campo cultural e humanitário. 3. Emprego nos três Posicionamentos Estratégicos

13 1. CONVENCIONAL E/OU NUCLEAR (TÁTICA E/OU ESTRATÉGICA). ESTRATÉGICA). 2. OFENSIVA – A age sem oposição de B (danos). DEFENSIVA – A tem capacidade de revide e inibe ou DEFENSIVA – A tem capacidade de revide e inibe ou deixa B inseguro de agir (danos). deixa B inseguro de agir (danos). 3. PODER (+) COMUNICAÇÃO (+) CREDIBILIDADE. 4. VARIÁVEIS (algumas ajudam, mas não garantem): - poder relativo entre os atores e valor do interesse; - poder relativo entre os atores e valor do interesse; - coesão nacional e conceito internacional; - coesão nacional e conceito internacional; - pressões internacionais e alianças; e - pressões internacionais e alianças; e - proteção de uma potência (esfera de influência). - proteção de uma potência (esfera de influência). 5. E o BRASIL? Tem ameaças? Como dissuadi-las?

14 1. Interesses: riquezas da Amazônia, da plataforma continental e do Aquífero Guarani, escassez mundial de recursos e o valor da posição geopolítica dessas áreas. 2. Cobiça: necessidade manter status e impedir ascensão do Brasil (novo rival) – a cobiça é historicamente ostensiva. 3. Vulnerabilidades: integração da Amz, ausência do Estado, política indigenista (segregação e TI), ONG, falta de visão estratégica (tempo estratégico), indigência militar e C/T, exposição do litoral Atlântico e histórico das potências com seus interesses importantes. 4. Ameaças: Amazônia (Calha Norte), Atlântico Sul (plataformas e áreas petrolíferas), Prata (passagem forçada ou permitida, segurança de retaguarda, Aquífero e Itaipu) e Instabilidade política AS (x) nossos interesses.

15 BRASIL OCEANO PACÍFICO OCEANO ATLÂNTICO RJ SP D F BACIAS DE PETRÓLEO E GÁS ÁREAS SENSÍVEIS BH AMEAÇAS AMAZÔNIA BRASILEIRA ATRATIVOS ? IMPORTÂNCIA ? COBIÇA ? VULNERABILIDADES ? PODER RELATIVO ?

16 AQUÍFERO GUARANI ÁREAS SENSÍVEIS HE ITAIPU

17 BRASIL AMEAÇA

18 1. Jogo de Interesses – negociação e compulsão (mínimo) 2. Disputas – Conflitos – Crises - liderança do processo. - Venezuela, Equador, Bolívia e Paraguai (x) Brasil - Colômbia – interno e externo - Instabilidades internas em países da AS Operações de Paz e Defesa do Sistema Democrático 3. Prevalece – persuasão e arbitragem, mas Dissuasão Militar Brasileira – Convencional - Forte no campo Militar - Relativa no campo Militar Em função do Oponente

19 - Negociação – Compulsão – Ato de Força (já visto) - Campos Político, Econômico e Militar - Ostensiva ou Velada - EXEMPLOS: 1. Guerra Cisplatina (1828 – Grã-Bretanha) 2. Acordo de Munich (1938 – Sudetos – Alemanha x Grã-Bretanha, França e Checoslováquia) 3. Guerra do Sinai (1956 – EUA e URSS x França e Grã-Bretanha) 4. Crise do Mísseis (1962 – EUA x URSS e Cuba) 5. Guerras no Golfo (1991 e 2003 – EUA x Iraque)


Carregar ppt "LIMITES E APLICABILIDADE. ASPECTOS DESTACADOS PARA ENTENDER CONCEITO 1. Interesse de A e B (importância) 2. Cobiça de A (poder / Lib Ação) (histórico."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google