A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MINISTÉRIO da DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E C Ex - DEPA COLÉGIO MILITAR de FORTALEZA.

Cópias: 1
MINISTÉRIO da DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E C Ex - DEPA COLÉGIO MILITAR de FORTALEZA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MINISTÉRIO da DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E C Ex - DEPA COLÉGIO MILITAR de FORTALEZA."— Transcrição da apresentação:

1 MINISTÉRIO da DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E C Ex - DEPA COLÉGIO MILITAR de FORTALEZA

2 Objetivos: a. Conceituar os diferentes tipos de fontes luminosas; b. Conceituar raio e feixe luminoso; c. Diferenciar corpos transparentes, translúcidos e opacos; d. Identificar os princípios de propagação da luz; e e. Explicar a reflexão da luz por meio de suas leis.

3 A Óptica é o ramo da Física que estuda a luz, sua natureza, suas propriedades, suas fontes, propagação e medição.

4 Qual a importância da Óptica? Essa parte da física é muito presente no cotidiano, sua aplicação vai desde o uso dos óculos ao uso dos mais eficientes e sofisticados equipamentos utilizados para pesquisas científicas como, por exemplo, os aparelhos de telescópio e microscópio. São algumas das aplicações da óptica: Na correção de defeitos visuais; Na construção de instrumentos de observação como, por exemplo, os telescópios e microscópios; Utilizado em câmeras fotográficas e na cinematografia. Entre muitas outras aplicações.

5 Qual a importância da Óptica? Óptica é o ramo da Física que estuda os fenômenos relacionados à luz. Devido ao fato do sentido da visão ser o que mais contribui para a aquisição do conhecimento, a óptica é uma ciência bastante antiga, surgindo a partir do momento em que as pessoas começaram a fazer questionamentos sobre o funcionamento da visão e sua relação com os fenômenos ópticos.

6 A Óptica pode ser dividida para fins de estudo em: Óptica Geométrica e Óptica Física.

7 Óptica geométrica - estuda a trajetória da propagação da luz, considerando-a como um feixe, sem se preocupar com a natureza da luz. N essa parte são estudados os fenômenos ópticos relacionados às trajetórias seguidas pela luz. Para isso é necessária a noção de raio de luz e as leis que regulamentam o comportamento desses raios.

8 Óptica física ou ondulatória - estuda a natureza da luz, considerando a propagação da luz em forma de ondas. Quer dizer, estuda os fenômenos ópticos levando-se em conta a teoria sobre a composição da luz.

9 Todos os corpos são fontes de luz e podem classificar-se em: Fonte de luz primária ou secundária.

10 Fonte de luz primária ou corpo luminoso é aquele que emite luz própria.

11 Fonte de luz secundária ou corpo iluminado é aquela que reflete a luz que recebe de outros corpos.

12 Fonte puntiforme: Fonte extensa:

13 Os princípios fundamentais da óptica são: 1º - Princípio da Propagação Retilínea: a luz sempre se propaga em linha reta;

14 Os princípios fundamentais da óptica são: 2º - Princípio da Independência de raios de luz: os raios de luz são independentes, podendo até mesmo se cruzarem, não ocasionando nenhuma mudança em relação à direção dos mesmos;

15 Os princípios fundamentais da óptica são: 3º - Princípio da Reversibilidade da Luz: a luz é reversível. Por exemplo, se vemos alguém através de um espelho, certamente essa pessoa também nos verá. Assim, os raios de luz sempre são capazes de fazer o caminho na direção inversa.

16 Raio de luz Cônico convergente Cônico divergente Cilíndrico ou paralelo

17

18

19

20 Conceitos de Transparência, Translucidez e Opacidade

21 A luz pode ser propagada em três diferentes tipos de meios. Os meios transparentes permitem a passagem ordenada dos raios de luz, dando a possibilidade de ver os corpos com nitidez. Exemplos: vidro polido, ar atmosférico, etc.

22 Nos meios translúcidos a luz também se propaga, porém de maneira desordenada, fazendo com que os corpos sejam vistos sem nitidez. Exemplos: vidro fosco, plásticos, etc. Os meios opacos são aqueles que impedem completamente a passagem de luz, não permitindo a visão de corpos através dos mesmos. Exemplos: portas de madeira, paredes de cimento, pessoas, etc.

23 Conceitos de Transparência, Translucidez e Opacidade

24 REFLEXÃO DA LUZ Quando os raios de luz incidem em uma superfície, eles podem ser refletidos regular ou difusamente, refratados ou absorvidos pelo meio em que incidem. A reflexão regular ocorre quando um raio de luz incide sobre uma superfície e é refletido de forma cilíndrica, diferentemente da reflexão difusa, onde os feixes de luz são refletidos em todas as direções.

25 REFRAÇÃO DA LUZ A refração da luz ocorre quando os feixes de luz mudam de velocidade e de direção quando passam de um meio para outro.

26 ABSORÇÃO DA LUZ A absorção é o fenômeno onde as superfícies absorvem parte ou toda a quantidade de luz que é incidida. VER WORD

27 Assunto da Próxima Aula e Exercícios. Assunto: UD VIII. ÓPTICA Explicar reflexão difusa da luz. Explicar refração da luz por meio de suas leis. Classificar espelhos. Classificar lentes.

28 Assunto da Próxima Aula e Exercícios. Assunto: UD VIII. ÓPTICA Explicar reflexão difusa da luz. Explicar refração da luz por meio de suas leis. Classificar espelhos. Classificar lentes.

29 ESTUDE


Carregar ppt "MINISTÉRIO da DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E C Ex - DEPA COLÉGIO MILITAR de FORTALEZA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google