A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O mundo do ponto de vista de Moscou O mundo do ponto de vista de Moscou Aula 12 – Geografia Política Prof. Raul Borges Guimarães.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O mundo do ponto de vista de Moscou O mundo do ponto de vista de Moscou Aula 12 – Geografia Política Prof. Raul Borges Guimarães."— Transcrição da apresentação:

1

2 O mundo do ponto de vista de Moscou O mundo do ponto de vista de Moscou Aula 12 – Geografia Política Prof. Raul Borges Guimarães

3 As planícies do centro-norte da Europa, entre o Rio Elba e os Montes Urais, constituem uma região de contato entre diferentes povos e culturas. Os grupos étnico-culturais da Rússia central formaram-se ao longo das florestas e estepes a partir do contato dos agricultores do noroeste da Europa com nômades da Ásia central. Entre esses grupos destacam-se, principalmente, os eslavos, que se originaram de grupos indo-europeus que praticavam a agricultura. Os turcomanos, originados dos povos arianos do Irã e indo-arianos da Índia, ocupavam as imensas estepes semidesérticas.

4 Durante os séculos VIII e IX, núcleos urbanos surgidos nessa região da Europa oriental, tais como Novgorod e Kiev, transformaram-se em importantes entrepostos comerciais, ligando os mercados de seda do leste islâmico e os fornecedores de marfim e peles de morsas das regiões árticas da Escandinávia. Através do Rio Dnieper e do Mar Negro, os habitantes de Kiev mantinham contato com o Império Romano do Oriente (Constantinopla), sofrendo influência da cultura bizantina e convertendo-se ao cristianismo ortodoxo. Kiev e Novgorod foram então invadidas por guerreiros vikings da Escandinávia, que se transformaram em senhores das terras russas, formando os numerosos principado que existiram até o século XII. Basílica de Santa Sofia, na atual Stambul

5 Expansão do território A expansão do Império Russo foi iniciada pelo czar Ivan, o Terrível ( ), a partir de um principado centralizado em Moscou, e prosseguiu até o início do século XX, incorporando terras em todas as direções. Apesar de divididos, os principado russos tinham em comum a língua, a linhagem dinástica da maioria dos príncipes, a religião católica ortodoxa e o reconhecimento da liderança do grão-príncipe de Kiev, centro cultural da região.

6 Em outubro de 1917, os comunistas derrubaram o regime czarista, pondo fim ao Império Russo. A propriedade privada foi abolida, e todos os organismos do Estado passaram a ser controlados e subordinados ao Partido Comunista. A União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS ou União Soviética), fundada em 1922, ampliou essa estrutura de poder nas outras catorze repúblicas federadas à Rússia. Araújo, Regina; Corrêa, ângela, Guimarães, Raul. Observatório de Geografia (volume 4). São Paulo: Moderna, 2009.

7 Araújo, Regina; Corrêa, ângela, Guimarães, Raul. Observatório de Geografia (volume 4). São Paulo: Moderna, 2009.

8

9

10 Araújo, Regina; Corrêa, ângela, Guimarães, Raul. Observatório de Geografia (volume 4). São Paulo: Moderna, 2009.

11 Araújo, Regina; Corrêa, ângela, Guimarães, Raul. Observatório de Geografia (volume 4). São Paulo: Moderna, 2009.

12 A Federação Russa, nascida de um tratado firmado em 1992, reúne 21 repúblicas, dez distritos autônomos e duas cidades com administração especial – Moscou e São Petersburgo. Ela representa 75% do território da ex-União Soviética e a metade de sua população.

13

14 . Pierre Gentelle (org). Géopolitique du monde contemporain : États, continents, puissances. Paris: Nathan, 2008.

15 A Federação Russa transformou-se em grande exportadora de produtos primários e metalúrgicos. A exportação de produtos primários (principalmente petróleo e gás natural) representa cerca de 40% das vendas externas do país.

16

17

18


Carregar ppt "O mundo do ponto de vista de Moscou O mundo do ponto de vista de Moscou Aula 12 – Geografia Política Prof. Raul Borges Guimarães."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google