A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A União Soviética e a Comunidade de Estados Independentes Prof: Jane Ilce.

Cópias: 1
A União Soviética e a Comunidade de Estados Independentes Prof: Jane Ilce.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A União Soviética e a Comunidade de Estados Independentes Prof: Jane Ilce."— Transcrição da apresentação:

1 A União Soviética e a Comunidade de Estados Independentes Prof: Jane Ilce

2 URSS

3 União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Começou a tomar forma em 1917, com a Revolução Socialista ocorrida na Rússia. Fundada oficialmente em A partir daí o Partido Comunista, centralizado em Moscou, capital da Rússia, controlou toda economia da URSS. Na prática, todos os organismos do Estado ( Parlamento, Governo, Forças Armadas) eram subordinados ao Partido Comunista.

4 Na URSS, todos os meios de produção (terra, equipamentos, fábricas, entre outros) pertenciam ao Estado, que planejava as atividades econômicas. As diretrizes do planejamento central ( do PC) eram obedecidas em todo o espaço industrial e agrícola do país. A indústria pesada ( máquinas e matérias primas semiprocessadas para outras indústrias) foi implantada próximo às fontes de energia e às reservas de matéria prima, formando parques industriais com diversos tipos de indústrias complementares entre si.

5 do aço, Combinats : Parques industriais onde as indústrias siderúrgicas utilizavam abundantes reservas de carvão mineral, ferro e manganês para produzir o aço. Próximo a estas indústrias, nas metalúrgicas, essas matérias primas semiprocessadas, como lâminas de aço ou vigotas, eram utilizadas para fabricar bens de consumo. Assim, os combinats formavam complexas cadeias produtivas : a do aço, a do alumínio... Um dos maiores combinats é do Donbass, na Ucrânia, grande produtor de carvão mineral.

6 O planejamento econômico e territorial não se restringiu à indústria. A URSS fez enormes investimentos na produção agrícola e na formação de complexos agroindustriais. Nas áreas produtoras de linho da Bielarus foram construídas indústrias têxteis; nas áreas produtoras de uva de Moldova, a produção de vinho foi incentivada; nas áreas semiáridas do Cazaquistão, do Uzbequistão e do Turcomenistão desenvolveu-se a agricultura irrigada.

7 O uso intensivo da irrigação provocou um dos maiores desastres ambientais que já ocorreram no mundo : o progressivo desaparecimento do Mar de Aral. O mar de Aral em 1960 tinha profundidade média de 53,4m área total de Km2 e volume de água de 1.050Km3; em 2000 reduziu-se a uma área total de Km2. Sua drástica redução aumentou a salinidade que passou de 10g/l para 60g/l.

8 Mar de Aral

9

10

11 Na URSS dois tipos de estabelecimentos rural eram responsáveis pela agricultura : - Kolkhozes – cooperativas de trabalhadores rurais que trabalhavam a terra coletivamente. - Sovkhozes – fazendas pertencentes ao Estado soviético, administrada por diretores escolhidos pelo Partido Comunista.

12 O fim de uma era Prioridade de investimentos : armamentos ( corrida armamentista) e setor aeroespacial ( corrida espacial): -> Guerra Fria. Os investimentos em armas e em tecnologias aeroespaciais foi muito grande e a partir da década de 80 a economia soviética já não conseguia acompanhar o desenvolvimento tecnológico das outros países. Havia muito desperdício, a produtividade industrial era baixa e a tecnologia ultrapassada

13 Faltavam empregos e mercadorias para abastecer a população. O país estava em uma grave crise econômica. Neste contexto, foram feitos vários acordos para o fim da corrida armamentista: > tratado de eliminação de mísseis de médio alcance na Europa > Acordo Start -> redução de 30% das ogivas nucleares estratégicas.

14 Comunidade dos Estados Independentes (CEI) Associação de 12 ex-repúblicas soviéticas que se transformaram em países independentes. Encontra-se na zonas ártica recoberta de tundra, taiga e calotas polares Possui extensos desertos que atravessam os seguintes países : Cazaquistão, Uzbequistão, Quirguistão e Turcomenistão. Uma das causas da aridez é a continentalidade.

15 Taiga Siberiana

16 Nas estepes estão os solos férteis com cultura de milho, trigo, cevada, centeio e beterraba, principalmente. Os países da CEI têm poucas saídas para o mar, por isso sempre se interessaram em controlar os países Bálticos, para terem acesso ao Mar Báltico, pelo rio Nemunas. Os países bálticos, porém, sempre resistiram à dominação russa e não aceitaram fazer parte da CEI.

17 Cenário econômico da CEI Mantém forte dependência da Rússia. Belarus->parques industriais diversificados : Produz tecidos, papel e fertilizantes químicos. Moldova-> produz vinho e tabaco. Geórgia->produz aço e petróleo.Tem indústrias alimentícias que processam sua produção agrícola: chá, frutas e vinhos. É conhecida por seus balneários e estações de férias no Mar Negro.

18 Ucrânia-> celeiro agrícola -> Ocupa áreas férteis das estepes ao norte da Mar Negro e do Mar de Azov, grande produtor de trigo, milho, centeio, batata, algodão e beterraba. Federação Russa -> a mais poderosa no plano político e econômico. - Grande exportadora de produtos primários ( petróleo e gás natural), que representam 40% das vendas externas do país; e de produtos metalúrgicos(aço e alumínio). Grande importador de alimentos.

19 Federação Russa Reúne 21 repúblicas, 10 distritos autônomos e uma região autônoma e 2 cidades com administração especial : Moscou e São Petesburgo. Representa 75% do território e metade da população da ex-URSS. A autoridade de Moscou é contestada no interior da própria federação: - Tartária e Chechênia -> lutam pela independência política.

20 Tartária -> os tártaros são descendentes de turco-mongóis que ocuparam a Ásia no século XII, são predominantemente muçulmanos e resistem à integração cultural com os russos.

21 Taiga Siberiana


Carregar ppt "A União Soviética e a Comunidade de Estados Independentes Prof: Jane Ilce."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google