A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Logística Integrada Prof. Fernando Augusto Silva Marins

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Logística Integrada Prof. Fernando Augusto Silva Marins"— Transcrição da apresentação:

1 1 Logística Integrada Prof. Fernando Augusto Silva Marins

2 2 Sumário Cenário Fatores para o Desenvolvimento da Logística Bases da Logística Integrada Conceitos Definição

3 3 Cenário Extraordinárias mudanças na década de 90: Nas práticas empresariais Na eficiência Na qualidade Na infraestrutura de transportes & comunicações (?) Período de Riscos (mudanças) e Oportunidades (competitividade)

4 4 Crescimento do Comércio Exterior – Logística InternacionalLogística Internacional Economia Estável (!) – Início de cooperação entre Fornecedores & Produtores & Clientes: SCM – Supply Chain Management CPFR – Collaborative Planning, Forecasting & Replenishment. Liderança: Grande varejo (ABRAS: Movimento ECR – Brasil - Efficient Customer Response) AutomobilísticoAutomobilístico (JIT, JIS, Milk Run, Prestadoras de Serviço Logístico)

5 5

6 6 ECR é um movimento global, no qual empresas industriais e comerciais e os demais integrantes* da cadeia de abastecimento trabalham em conjunto para identificar padrões comuns e processos eficientes que permitam minimizar os custos e otimizar a produtividade em suas relações. * Operadores logísticos, Bancos, fabricantes de equipamentos & veículos,... Para saber mais sobre ECR acesse o site: Conceito ECR

7 7 Importância Econômica Logística = 11,5% do PIB Brasil (EUA – 9,5% ) Total = R$271 bilhões/ano (2007) Transporte de carga – 58% Estoques – 33% Armazenagem – 5% Administração – 4%

8 8 Deveria ser modelo... Sistema Logístico mais competitivo na Cadeia do Minério de Ferro: Estrada de Ferro Vitória – Minas e Porto de Tubarão Estrada de Ferro Carajás e Porto da Madeira MRS e Porto Sepetiba Além disso: Brasil é a 10a. Economia mundial com PIB de R$2,3 tri ou US$1,12 tri

9 9 Mas: 56o. Colocado no Ranking Mundial de Competitividade – 2009 (2008 – 64o.), China – 29o., India – 49o. e Russia – 51o. (Fórum Econômico Mundial – Folha de SP, 09/09/2009) Brasil versus Tigres Asiáticos Anos 70 – produção = 3x(Coréia do Sul + Malásia + Tailândia) 2005 – produção = 1/3x(Coréia do Sul + Malásia + Tailândia) Brasil versus China e India Anos 80 – produção = China + India 2005 – produção = 1/8 (China + India) 29o. Lugar em Eficiência dos Negócios – Produtividade e Práticas Gerenciais (2007 – 40o.) (International Institute for Management Development - Folha de SP, 15/05/08) E com respeito à Logística?

10 10 Ranking de Desempenho Logístico 14/05/2008 Cingapura – 84% Holanda – 82% Alemanha – 82% … 14. EUA – 77% … 30. China – 66%… 39. India – 61%… … 61. Brasil – 55% … 99. Russia – 47% Fatores avaliados pelo Banco Mundial: alfândega, infraestrutura, transações internacionais, competência logística, rastreabilidade, custos logísticos, pontualidade.

11 11 Fatores que Influenciaram o Desenvolvimento da Logística 1. Mudanças Econômicas (Novas exigências Competitivas) Globalização Incertezas Econômicas Proliferação de Produtos com Menores Ciclos de Vida Maiores Exigências de Serviços pelo Cliente

12 12 Fatores que Influenciaram o Desenvolvimento da Logística Aplicações Hardware Microcomputadores, palmtops Códigos de Barras & Coletores de Dados RFID GPS Picking Automático Aplicações Software Roteirizadores WMS, TMS, EDI GIS / Data Mining Simuladores, Otimização de Redes & Previsão de Vendas 2. Evolução da Tecnologia da Informação

13 13 RESULTADOS Nova Visão Empresarial sobre Logística: Atividade Estratégica, Ferramenta Gerencial, Fonte Potencial de Vantagem Competitiva Aplicações de TI permitem: Otimizar projeto Logístico, Gerenciar de Forma Integrada e Eficiente os Estoques, a Armazenagem, o Transporte, o Processamento dos Pedidos, as Compras e a Produção Logística é uma Importante Atividade Econômica!

14 14 Entendendo o Conceito de Logística Integrada Base: Logística como um Instrumento de Marketing Ferramenta Gerencial Capaz de Agregar Valor (Serviços)

15 15 Interface Cooperação entre Marketing e Logística

16 16 Interface Marketing & Logística 1. Revisar o desempenho da previsão. 2. Discutir as futuras ações de marketing planejadas e produtos afetados. 3. Estabelecer futuras mudanças de mercado e a influência nas previsões. 4. Discutir problemas de abastecimento e as conseqüências. 5. Analisar a condição das medições de desempenho da previsão e o estoque de segurança para diferentes produtos. 6. Investigar novas possibilidades de melhoria.

17 17 Estudo de Casos: WAL-MART – Maior rede varejista do mundo - US$378,8 Bilhões/ano (2008), 1o. Lugar no ranking da Fortune (2008), 2o. Lugar no Brasil (R$12,9 bi). Atacadista Martins – Maior Atacadista do Brasil - R$4 Bilhões/ano (2008), 106o. no ranking das 500 da Exame, 18a. – Comércio por vendas (2007).

18 18 WAL-MART: Reduzindo custos por meio da estratégia logística Oferece enorme sortimento de produtos, com alta disponibilidade. Sistema de Distribuição próprio Preços baixos todos os dias! – Reduz campanhas promocionais, aumenta estabilidade e previsibilidade da demanda Relacionamento de longo prazo com principais fornecedores: contrato de longo prazo e alto volume, troca intensiva de informações de demanda Uso intensivo da TI para: Controlar Vendas e Estoques Contatos Lojas & Fornecedores – para gerenciamento de veículos e CD

19 19 ATACADISTA MARTINS: Logística agregando valor aos clientes Prestador de Serviços Logísticos ao pequeno varejista: entrega rápida, variedade de produtos pedido fracionado e em pequenas quantidades, com financiamento e assistência técnica) Estoque Centralizado em CD - Uberlândia: Frota própria (OMNILINK, GMS/GPRS) e Rede Nacional de Transit Points (transbordo) – Reduz prazos de entrega e custos de transporte Processamento rápido e eficiente do pedidos – consulta on line – reduz ciclo do pedido (handhelds) Uso intensivo da TI – facilita colocação de pedidos, melhora gerenciamento da armazenagem e otimiza o transporte

20 20 Entendendo o Conceito de Logística Integrada Marketing Mix Marketing Mix – Composto Mercadológico - 4 Variáveis (Ps): Produto (Linha & Qualidade, Marca, Embalagem), Preço (Básico, Ofertas & Descontos, Créditos), Promoção (Propaganda) e Praça (Serviço - Canais) Logística como um sistema de componentes interligados – trabalhando de forma coordenada – com mesmo objetivo Trade-off – Princípio da Compensações Componentes do Sistema Logístico: Processamento de Pedidos, Compras & Vendas Embalagem & Manuseio & Transporte & Armazenagem & Estoques Serviço ao Cliente Informação

21 21

22 22 Excelência Logística: Busca de dois objetivos: Redução de custos Melhoria do nível de serviço ao Cliente Quebra de Paradigma Antigo: Melhoria do nível de serviço implica em aumento do custo totalParadigma Exige: Grande esforço e criatividade Mudanças Culturais & Organizacionais Investimentos em T I

23 23 Resultados do Stock Game: Custos e Nível de Serviço

24 24 Parte do SCM que planeja, opera, controla Fluxo (Forward & Reverse) e Armazenagem de Bens, Serviços e Informações Do ponto de origem Ao ponto de destino de forma econômica eficiente e efetiva satisfazendo as necessidades e preferências dos clientes (Council of Supply Chain Management Professionals) (http://www.cscmp.org)www.cscmp.org

25 25 Definição de SCM – Supply Chain Management (Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos) SCM abrange o planejamento e gerenciamento de todas as atividades envolvidas no sourcing & procurement, conversion e todas as atividades do Gerenciamento da Logística. Inclui, também, coordenação e colaboração com os parceiros (fornecedores, intermediários, 3 PL e clientes). SCM integra o gerenciamento da oferta e da demanda dentro e entre empresas.

26 26 AFINAL...O QUE É LOGÍSTICA? Processo que agrega valor de: Lugar Tempo Qualidade Informação À cadeia produtiva, atendendo ao Cliente Final

27 27 Missão da Logística

28 28 Questões Logísticas (Pesquisa Operacional)


Carregar ppt "1 Logística Integrada Prof. Fernando Augusto Silva Marins"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google