A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx – DEPA – CMF DISCIPLINA: HISTÓRIA 2º ANO DO ENSINO MÉDIO ASSUNTO: A UNIFICAÇÃO ITALIANA OBJETIVOS ANALISAR OS ANTECEDENTES DA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx – DEPA – CMF DISCIPLINA: HISTÓRIA 2º ANO DO ENSINO MÉDIO ASSUNTO: A UNIFICAÇÃO ITALIANA OBJETIVOS ANALISAR OS ANTECEDENTES DA."— Transcrição da apresentação:

1 EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx – DEPA – CMF DISCIPLINA: HISTÓRIA 2º ANO DO ENSINO MÉDIO ASSUNTO: A UNIFICAÇÃO ITALIANA OBJETIVOS ANALISAR OS ANTECEDENTES DA UNIFICAÇÃO ITALIANA, TENDO EM VISTA OS MOVIMENTOS NACIONALISTAS DESCREVER AS ETAPAS QUE RESULTARAM NA UNIFICAÇÃO POLÍTICA DA ITÁLIA INTRODUÇÃO: EM PLENA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL, A BURGUESIA SARDO-PIEMONTESA QUERIA A CENTRALIZAÇÃO POLÍTICA, MAS SEM MUDANÇAS ESTRUTURAIS

2 Ponto de partida da futura Itália – O Reino sardo-piemontês Apesar de ter uma economia baseada na Agricultura, o Reino sardo- piemontês tinha uma burguesia comercial e industrial forte O Rei Victor Emanuel II e o Primeiro-ministro Conde de Cavour aparelharam militar e economicamente o Reino, procurando desenvolver-lhe a Indústria, o Comércio e as ferrovias A península itálica pré-unificação Ao norte, os Reinos de Milão e Veneza, anexados ao Império austríaco Ao centro-norte, os ducados de Parma, Modena e Toscana Ao centro-oeste, o Reino Sardo-piemontês (Dinastia de Savóia) Ao centro, os Estados pontifícios Ao sul, o Reino das duas Sicílias (domínio dos Bourbon franceses) Através de guerras contra a Áustria e de plebiscitos junto à população, todo o norte da Itália foi unificado ao Reino Sardo-piemontês, à exceção de Veneza Ao mesmo tempo, partindo de Gênova, Giuseppe Garibaldi (herói de dois mundos), à frente de um pequeno exército (os camisas vermelhas), chega ao Reino das duas Sicílias e contando com forte apoio popular, conquistou o sul da península e avançou para o centro da Itália Victor Emanuel II foi proclamado Rei da Itália

3 Veneza foi anexada em seguida (1866 – Prússia X Áustria) Os Estados pontifícios foram invadidos pelo exército italiano Após a saída das tropas francesas, Roma tornou-se a capital do novo país (1870 – Guerra Franco-Prussiana) O Papa não reconheceu a autoridade de Victor Emanuel II, declarou- se prisioneiro e proibiu os católicos de votarem nas novas eleições na Itália A Questão só foi resolvida com a assinatura do Tratado de Latrão entre Pio XI e o ditador italiano Benito Mussolini, em 1929 (Questão Romana) Criação do Estado do Vaticano dentro de Roma, mas politicamente independente, com área inferior a 1Km 2, na qual se incluem os palácios pontifícios, a Praça de São Marcos e a Basílica de São Pedro Grandes disparidades regionais entre o norte e o sul italianos Consequências: O surgimento da Máfia Milhões de imigrantes foram para o Brasil e para os Estados Unidos CONCLUSÃO: Pela unificação tardia, a Itália chegou com atraso à corrida colonial na África e na Ásia, onde as melhores regiões já eram inglesas ou francesas. Solução: GUERRA!

4 ITÁLIA PRÉ-UNIFICAÇÃO

5 VICTOR EMANUEL II

6 CONDE DE CAVOUR

7 GIUSEPPE GARIBALDI

8 PARTINDO DE GÊNOVA

9 ETAPAS DA UNIFICAÇÃO

10 REVOLUCIONÁRIO E REPUBLICANO


Carregar ppt "EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx – DEPA – CMF DISCIPLINA: HISTÓRIA 2º ANO DO ENSINO MÉDIO ASSUNTO: A UNIFICAÇÃO ITALIANA OBJETIVOS ANALISAR OS ANTECEDENTES DA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google