A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal de Campina Grande Unidade Acadêmica de Engenharia Civil Disciplina:Ciências do Ambiente Professora: Márcia Maria Eduardo Victor Feitosa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal de Campina Grande Unidade Acadêmica de Engenharia Civil Disciplina:Ciências do Ambiente Professora: Márcia Maria Eduardo Victor Feitosa."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal de Campina Grande Unidade Acadêmica de Engenharia Civil Disciplina:Ciências do Ambiente Professora: Márcia Maria Eduardo Victor Feitosa da Silva.

2 Conceito São alimentos criados em laboratórios com a utilização de genes(parte do código genético), cuja estrutura genética - a parte da célula onde está armazenado o código da vida - foi alterada pela inserção de genes de outro organismo, de modo a atribuir ao receptor características não programadas pela natureza.

3 Produtos transgênicos

4 Grenpeepeace: Queremos produtos Rotulado!

5 Pontos Positivos Aumento da produção de alimentos; Maior resistência e durabilidade na estocagem e armazenamento; Melhoria do conteúdo nutricional, desenvolvimento de nutricênicos (alimentos que teriam fins terapêuticos); O desenvolvimento de espécies com características desejáveis;

6 Pontos Negativos Aumento das reações alérgicas; Apesar de eliminar pragas prejudiciais à plantação, o cultivo de plantas transgênicas pode, também, matar populações benéficas como abelhas, minhocas e outros animais e espécies de plantas; Desequilíbrio na cadeia Alimentar; O empobrecimento da biodiversidade; O desconhecimento das conseqüências da utilização dos alimentos geneticamente alterados a longo prazo.

7 Regulamentação comercial dos transgênicos CTNBio (Comissão Técnica Nacional de biossegurança),órgão que regulamenta a liberação Comercial dos transgênicos no mercado. É um colegiado multidisciplinar, criado com a finalidade de prestar apoio técnico consultivo e de assessoramento ao governo federal na formulação, atualização e implementação da Política Nacional de Biossegurança. Tem a função, ainda, de estabelecer normas técnicas de segurança e pareceres técnicos conclusivos referentes à proteção da saúde humana, dos organismos vivos e do meio ambiente.

8 CNBS (Conselho Nacional de Biossegurança) Órgão de assessoramento superior do Presidente da República para a formulação e implementação da Política Nacional de Biossegurança – PNB.

9 Lei de Biossegurança Art. 1o Esta Lei estabelece normas de segurança e mecanismos de fiscalização sobre a construção, o cultivo, a produção, a manipulação, o transporte, a transferência, a importação, a exportação, o armazenamento, a pesquisa, a comercialização, o consumo, a liberação no meio ambiente e o descarte de organismos geneticamente modificados – OGM e seus derivados, tendo como diretrizes o estímulo ao avanço científico na área de biossegurança e biotecnologia, a proteção à vida e à saúde humana, animal e vegetal, e a observância do princípio da precaução para a proteção do meio ambiente.

10 Mitos A Biotecnologia beneficiará os pequenos agricultores e favorecerá os famintos e os pobres do Terceiro Mundo. Ainda que exista fome no mundo e se sofra devido à poluição por pesticidas, o objetivo das corporações multinacionais é obter lucros e não praticar a filantropia. É por isto que os biotecnologistas criam as culturas transgênicas para uma nova qualidade de mercado ou para substituir as importações e não para produzir mais alimentos (Mander e Goldsmith 1996). No geral, as companhias que trabalham com biotecnologia estão dando ênfase a uma faixa limitada de culturas para as quais existe um mercado seguro e suficiente, visando os sistemas de produção exigentes em capital. Se os biotecnologistas estiverem realmente interessados em alimentar o mundo, porque o gênio científico da biotecnologia não procura desenvolver variedades de culturas que sejam mais tolerantes a ervas daninhas em vez de ser tolerantes a herbicidas? Ou porque não estão sendo desenvolvidos outros produtos mais promissores da biotecnologia tais como plantas fixadoras de nitrogênio e plantas resistentes à seca?

11 A Biotecnologia estimulará a conservação da biodiversidade. Embora a biotecnologia tenha a capacidade de criar uma grande variedade de plantas comerciais e desta forma contribuir para a biodiversidade, este fato é improvável de ocorrer. A estratégia das multinacionais é criar grandes mercados a nível internacional para um único produto.Os sistemas agrícolas desenvolvidos com plantas transgênicas mediante a biotecnologia favorecerão as monoculturas, as quais estão caracterizadas por níveis perigosamente elevados de homogeneidade genética levando a uma maior vulnerabilidade dos sistemas agrícolas

12 Bibliografia a/transgenicos/perguntas1.htm a/transgenicos/perguntas1.htm /consumidorbrasil/textos/cidadao/ali mentostrans.htm /consumidorbrasil/textos/cidadao/ali mentostrans.htm


Carregar ppt "Universidade Federal de Campina Grande Unidade Acadêmica de Engenharia Civil Disciplina:Ciências do Ambiente Professora: Márcia Maria Eduardo Victor Feitosa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google