A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Grupo 3 Bruno Galli Érika Consoli Letícia Mizuhira Suzan Blima.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Grupo 3 Bruno Galli Érika Consoli Letícia Mizuhira Suzan Blima."— Transcrição da apresentação:

1 Grupo 3 Bruno Galli Érika Consoli Letícia Mizuhira Suzan Blima

2 Introdução OGM ou transgênicos: genes estranhos de um organismo inseridos no código genético de um outro organismo O objetivo é alterar as características ou funções do organismo receptor, a fim de torná-los mais produtivos, ou mais resistentes a inseticidas e herbicidas

3

4 Vantagens Redução de resíduos e uso de agrotóxicos na agricultura; Aumento da produção de alimentos; Melhoria do conteúdo nutricional e desenvolvimento de nutricênicos; Maior resistência e durabilidade na estocagem e armazenamento;

5 Vantagens Biofortificação: - alimentos produzidos com maior valor nutricional pela via do melhoramento genético - Ferro, zinco e vitamina A

6

7 Golden Rice Alimento básico para 60% da população mundial; Dentre os grãos comestíveis, possui o código genético mais curto; Contém grandes quantidades de beta-caroteno, que é convertido no organismo em vitamina A; Dependência dos países ricos

8 Desvantagens Aumento das reações alérgicas; As plantas que não sofreram modificação genética podem ser eliminadas pelo processo de seleção natural; Aumento da resistência aos pesticidas e gerando maior consumo deste tipo de produto; Matar populações benéficas como abelhas, minhocas e outros animais e espécies de plantas; Sementes estéreis - Patenteadas por grandes empresas - Agrotóxico específico

9 Impactos sobre a biodiversidade Efeitos Colaterais Possibilidade de afetarem a saúde humana Resultados inesperados / Desconfiança

10 Alimentos Transgênicos X Saúde Falta de estudos e resultados concretos entretanto existe a possibilidade destes alimentos transgênicos diminuírem ou anularem o efeito de antibióticos no organismo; Produção de novas proteínas alérgicas ou de substâncias tóxicas não identificadas em testes preliminares;

11 Alimentos Transgênicos X Saúde E.U.A. : suplemento alimentar transgênico, chamado L-tryptophan; Inglaterra: alergias à soja dispararam em 50% depois que a soja transgênica foi introduzida no mercado

12 Testes em animais Testes de alimentacão desenvolvidos em ratos e camundongos - Aumento de glóbulos brancos, elevada glicose e aumento de infecções renais, problemas de crescimento, no sistema imunológico, sangramento estomacal, crescimento anormal e potencialmente cancerígeno de células no intestino, desenvolvimento anormal de células sanguíneas, problemas nas estruturas celulares do fígado, pâncreas e intestino, alteração da expressão genética e do metabolismo celular, cérebros menos desenvolvidos, redução das enzimas digestivas, alta no açúcar no sangue, inflamação no tecido pulmonar e aumento nas taxas de mortalidade.

13 Testes em animais Estudos em animais demonstraram que o DNA ingerido pode viajar pelo corpo, incluindo até o feto por meio da placenta O único teste publicado sobre alimentação humana com comida transgênica verificou que o material genético inserido na soja transgênica foi transferido para o DNA das bactérias do intestino

14 Decreto n° 4.680, de 24 de abril de 2003 Na comercialização de alimentos e ingredientes alimentares destinados ao consumo humano ou animal que contenham ou sejam produzidos a partir de organismos geneticamente modificados, com presença acima do limite de um por cento do produto, o consumidor deverá ser informado da natureza transgênica desse produto. Legislação

15 Tanto nos produtos embalados como nos vendidos a granel ou in natura, o rótulo da embalagem ou do recipiente em que estão contidos deverá constar, em destaque, no painel principal e em conjunto com o símbolo a ser definido mediante ato do Ministério da Agricultura. Os alimentos e ingredientes produzidos a partir de animais alimentados com ração contendo ingredientes transgênicos deverão trazer no painel principal, a seguinte expressão: "(nome do animal) alimentado com ração contendo ingrediente transgênico"

16 Exemplos de alimentos trangênicos Soja tolerante a glifosato Milho tolerante a insetos e herbicidas Canola tolerante a herbicida Tomate com amadurecimento tardio Batata resistente a insetos e vírus Chicória, arroz e beterraba resistente tolerante a herbicidas Mamão resistente a vírus

17 Detecção de OGMs em alimentos Método imunoquímico - fita com anticorpos específicos para OGMs Molecular - PCR -Fatores críticos Homogeneidade da amostra analisada Adequado protocolo de extração do DNA Rendimento da purificação e pureza da amostra

18 Suíça: sistema de PCR quatitativo baseado na presença do promotor 35S Para a aplicação da legislação suíça, o sistema oficial PCR35S foi padronizado, estipulando as concentrações dos reagentes, as sequências de nucleotídeos dos primers e o programa a ser utilizado para várias marcas de termocicladores Detecção

19 Fig. 1 Fluxograma para análise de PCR em alimentos que contenham Soja Roundup Ready (RRS) de acordo com o Swiss Food Manual

20 Considerações finais Implementação de medidas para avaliação dos riscos para a saúde humana e ambiente Considerar os potenciais benefícios sem descuidar dos potenciais riscos Equacionar os riscos cientificamente, a fim de eliminá-los

21 OBRIGADO


Carregar ppt "Grupo 3 Bruno Galli Érika Consoli Letícia Mizuhira Suzan Blima."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google