A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ATIVIDADE BIOLOGIA CARBOIDRATOS - LIPÍDIOS – PROTEÍNAS AMANDA PORTO – GABRIEL LAZARINI 1ºA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ATIVIDADE BIOLOGIA CARBOIDRATOS - LIPÍDIOS – PROTEÍNAS AMANDA PORTO – GABRIEL LAZARINI 1ºA."— Transcrição da apresentação:

1 ATIVIDADE BIOLOGIA CARBOIDRATOS - LIPÍDIOS – PROTEÍNAS AMANDA PORTO – GABRIEL LAZARINI 1ºA

2 CARBOIDRATOS Os carboidratos são biomoléculas encontradas em abundancia na natureza, presentes em todos os alimentos, exercem varias funções no corpo humano. Os carboidratos são biomoléculas encontradas em abundancia na natureza, presentes em todos os alimentos, exercem varias funções no corpo humano. Eles são: 1- Fonte de energia 2- Reserva de energia 3- Estrutural 4- Materia prima para biossintese deoutras moléculas

3 Os carboidratos são armazenados em três lugares, fígado, músculo e sangue. Por outro lado o pouco consumo de carboidratos pode causa o canibalismo muscular, que é o consumo do músculo pela energia produzida e seu excesso causa doenças cardiovasculares e entupimento das artérias.

4 LIPÍDIOS Os lipídios ou gorduras, são biomoléculas orgânicas compostas, principalmente, por moléculas de hidrogênio, oxigênio, carbono. Fazem parte ainda da composição dos lipídios outros elementos como, por exemplo, o fósforo. Os lipídios possuem a característica de serem insolúveis na água. Porém, são solúveis nos solventes orgânicos (álcool, éter, benzina, etc).

5 Os lipídios possuem quatro funções básicas nos organismos: - Fornecimento de energia para as células. Porém, estas preferem utilizar primeiramente a energia fornecida pelos glicídios. - Alguns tipos de lipídios participam da composição das membranas celulares. - Nos animais, atuam como isolantes térmicos. - Facilitação de determinadas reações químicas que ocorrem no organismo dos seres vivos. Possuem esta função os seguintes lipídios: hormônios sexuais, vitaminas lipossolúveis (vitaminas A, K, D e E) e as prostaglandinas.

6 PROTEÍNAS São compostos orgânicos de alto peso molecular, são formadas pelo encadeamento de aminoácidos. Representam cerca do 50 a 80% do peso seco da célula sendo, portanto, o composto orgânico mais abundante de matéria viva. São compostos orgânicos de alto peso molecular, são formadas pelo encadeamento de aminoácidos. Representam cerca do 50 a 80% do peso seco da célula sendo, portanto, o composto orgânico mais abundante de matéria viva.

7 Função estrutural - participam da estrutura dos tecidos. - Colágeno: proteína de alta resistência, encontrada na pele, nas cartilagens, nos ossos e tendões. - Actina o Miosina: proteínas contráteis, abundantes nos músculos, onde participam do mecanismo da contração muscular, Função enzimática - toda enzima é uma proteína. As enzimas são fundamentais como moléculas reguladoras das reações biológicas. Dentre as proteínas com função enzimática podemos citar, como exemplo, as lipases - enzimas que transformam os lipídios em sua unidades constituintes, como os ácidos graxos e glicerol. Função hormonal - muitos hormônios de nosso organismo são de natureza protéica.) Função de defesa - existem células no organismo capazes de "reconhecer" proteínas "estranhas" que são chamadas de antígenos. Na presença dos antígenos o organismo produz proteínas de defesa, denominados anticorpos. 0 anticorpo combina-se, quimicamente, com o antígeno, do maneira a neutralizar seu efeito. A reação antígeno-anticorpo é altamente específica, o que significa que um determinado anticorpo neutraliza apenas o antígeno responsável pela sua formação. Os anticorpos são produzidos por certas células de corpo (como os linfócitos, um dos tipos de glóbulo branco do sangue). São proteínas denominadas gamaglobulinas. Função nutritiva - as proteínas servem como fontes de aminoácidos, incluindo os essenciais requeridos pelo homem e outros animais. Coagulação sangüínea - vários são os fatores da coagulação que possuem natureza protéica, como por exemplo: fibrinogênio, globulina anti-hemofílica, etc... Transporte - pode-se citar como exemplo a hemoglobina, proteína responsável pelo transporte de oxigênio no sangue. Função estrutural - participam da estrutura dos tecidos. - Colágeno: proteína de alta resistência, encontrada na pele, nas cartilagens, nos ossos e tendões. - Actina o Miosina: proteínas contráteis, abundantes nos músculos, onde participam do mecanismo da contração muscular, Função enzimática - toda enzima é uma proteína. As enzimas são fundamentais como moléculas reguladoras das reações biológicas. Dentre as proteínas com função enzimática podemos citar, como exemplo, as lipases - enzimas que transformam os lipídios em sua unidades constituintes, como os ácidos graxos e glicerol. Função hormonal - muitos hormônios de nosso organismo são de natureza protéica.) Função de defesa - existem células no organismo capazes de "reconhecer" proteínas "estranhas" que são chamadas de antígenos. Na presença dos antígenos o organismo produz proteínas de defesa, denominados anticorpos. 0 anticorpo combina-se, quimicamente, com o antígeno, do maneira a neutralizar seu efeito. A reação antígeno-anticorpo é altamente específica, o que significa que um determinado anticorpo neutraliza apenas o antígeno responsável pela sua formação. Os anticorpos são produzidos por certas células de corpo (como os linfócitos, um dos tipos de glóbulo branco do sangue). São proteínas denominadas gamaglobulinas. Função nutritiva - as proteínas servem como fontes de aminoácidos, incluindo os essenciais requeridos pelo homem e outros animais. Coagulação sangüínea - vários são os fatores da coagulação que possuem natureza protéica, como por exemplo: fibrinogênio, globulina anti-hemofílica, etc... Transporte - pode-se citar como exemplo a hemoglobina, proteína responsável pelo transporte de oxigênio no sangue.


Carregar ppt "ATIVIDADE BIOLOGIA CARBOIDRATOS - LIPÍDIOS – PROTEÍNAS AMANDA PORTO – GABRIEL LAZARINI 1ºA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google