A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROTEÍNAS I BIOLOGIA – YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROTEÍNAS I BIOLOGIA – YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima."— Transcrição da apresentação:

1 PROTEÍNAS I BIOLOGIA – YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima

2 PROTEÍNAS Do grego= de primeira importância Ajudam a formar as membranas celulares de todos os seres vivos Estão presentes inclusive nos vírus + abundante entre os compostos orgânicos Quanto > o parentesco entre as espécies diferentes, + parecidas serão suas proteínas

3 PROTEÍNAS Catalisadores – enzimas Estruturais – colágeno, queratina Reserva – albumina, caseína Transporte – hemoglobina Contráteis – actina e miosina Protetoras – anticorpos Hormônios – insulina Receptores – permeases Pigmento – clorofila Hereditariedade - histonas FUNÇÕES:

4 PROTEÍNAS FUNÇÕES:

5 PROTEÍNAS COMPOSIÇÃO DAS PROTEÍNAS: Substâncias orgânicas de grande peso molecular Chamadas de macromoléculas Formada por 2 ou + aminoácidos (geralmente são formadas por centenas) PROTEÍNAS = AA + AA + AA + AA + AA...

6 AMINOÁCIDOS COMPOSIÇÃO DOS AMINOÁCIDOS: Grupo Amina Ácido RADICAL

7 AMINOÁCIDOS COMPOSIÇÃO DAS AMINOÁCIDOS: São conhecidos 20 tipos de Aminoácidos Vegetais produzem todos os AA que necessitam (animais não!!!!) REAÇÃO TRANSAMINAÇÃO: Produção de um tipo de AA a partir de outro obtido na alimentação (animais) CLASSIFICADOS EM: Aminoácidos naturais: produzido pelo organismo Aminoácidos essenciais: obtido na alimentação (não produzido pelo organismo)

8 AMINOÁCIDOS LIGAÇÃO PEPTÍDICA Ligação entre 2 aminoácidos = Dipeptídeo Ligação entre vários aminoácidos (< 50) = Polipeptídeo Proteína = Centenas de AA

9 PROTEÍNAS DIFERENÇA ENTRE PROTEÍNAS

10 PROTEÍNAS CLASSIFICAÇÃO DAS PROTEÍNAS FORMA Proteínas fibrosas – moléculas torcidas. Ex: Albumina (ovo) e queratina (cabelo e unhas) Proteínas globulares – moléculas enoveladas. Ex: Hemoglobina

11 PROTEÍNAS CLASSIFICAÇÃO DAS PROTEÍNAS ESTRUTURA ESPACIAL Estrutura primária – tipos de AA que formam o fio Estruturas secundárias – Cadeia forma hélice Estruturas terciárias – Hélice torce sobre si mesma Estruturas quaternárias – Presente em algumas proteínas. São 2 ou + cadeias unidas entre si.

12 PROTEÍNAS CLASSIFICAÇÃO DAS PROTEÍNAS ESTRUTURA ESPACIAL

13 PROTEÍNAS DESNATURAÇÃO DE PROTEÍNAS Influenciado pela temperatura, pH, radiação etc.

14 PROTEÍNAS DESNATURAÇÃO DE PROTEÍNAS VANTAGEM Esterilização de frascos, utensílios e alimentos DESVANTAGEM Febres altas (> 40° C)

15 PROTEÍNAS II BIOLOGIA – YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima

16 PROTEÍNAS FUNÇÃO DE DEFESA: OS ANTICORPOS SISTEMA IMUNOLÓGICO Funciona 24 hrs/dia e compreende todos os mecanismos de defesa do corpo contra bactérias, vírus ou parasitas Responsável também: Limpeza do organismo (células mortas) Rejeição de enxertos (transplantes) Memória imunológica

17 PROTEÍNAS ANTÍGENOS Corpo estranho que provoca a formação de anticorpos Geralmente formados por proteínas Um animal não produz anticorpos contra suas próprias proteínas (há exceções) ANTICORPOS OU IMUNOGLOBULINAS Proteínas produzidas pelos leucócitos (glóbulos brancos) Somente são produzidos quando houver estímulo São específicos (1 anticorpo p/ cada antígeno)

18 PROTEÍNAS ANTICORPOS x ANTÍGENOS Vídeo 3D

19 PROTEÍNAS VACINAS x SOROS Imunização ativaImunização passiva

20 PROTEÍNAS FUNÇÃO CATALISADORA: ENZIMAS ENZIMAS Proteínas com função catalítica (aumentam a velocidade das reações bioquímicas)

21 PROTEÍNAS AÇÃO ENZIMÁTICA Função das enzimas: Diminuir a energia de ativação para que uma reação ocorra. Energia de ativação: Alta temperatura necessária para ocorrer uma reação química centro ativo

22 PROTEÍNAS

23 CARACTERÍSTICAS GERAIS ESPECIFICIDADE Modelo chave-fechadura

24 PROTEÍNAS CARACTERÍSTICAS GERAIS REVERSIBILIDADE DA REAÇÃO Hidrólise

25 PROTEÍNAS CARACTERÍSTICAS GERAIS FATORES LIMITANTES - pH

26 PROTEÍNAS CARACTERÍSTICAS GERAIS FATORES LIMITANTES – concentração do substrato

27 PROTEÍNAS CARACTERÍSTICAS GERAIS FATORES LIMITANTES - temperatura Febre: Desnatura as proteínas -> ALTA TEMPERATURA Conservação de alimentos (ou órgãos): Neutraliza as enzimas -> BAIXA TEMPERATURA

28 PROTEÍNAS CARACTERÍSTICAS GERAIS INIBIÇÃO ENZIMÁTICA INIBIÇÃO COMPETITIVA: Bactérias não conseguem produzir ácido fólico (essencial para sua reprodução) e acabam morrendo

29 2/4/ :10Xuxu o seu Professor!29


Carregar ppt "PROTEÍNAS I BIOLOGIA – YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google