A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal de Campina Grande – UFCG Departamento de Engenharia Civil – DEC Área de Engenharia de Recursos Hídricos - AERH SISTEMAS DE INFORMAÇÕES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal de Campina Grande – UFCG Departamento de Engenharia Civil – DEC Área de Engenharia de Recursos Hídricos - AERH SISTEMAS DE INFORMAÇÕES."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal de Campina Grande – UFCG Departamento de Engenharia Civil – DEC Área de Engenharia de Recursos Hídricos - AERH SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS E SUPORTE ÀS DECISÕES EM RECURSOS HÍDRICOS DISCIPLINA: SIGAD PROFESSORES: IANA E CARLOS GALVÃO ALUNOS: WHELSON OLIVEIRA DE BRITO JOÃO VIRGÍLIO FELIPE LIMA NOVEMBRO DE 2006

2 OBJETIVOS Definir o conceito de SIG e SSD; Definir o conceito de SIG e SSD; Abordar o uso dos Sistemas de Informações em Recursos Hídricos; Abordar o uso dos Sistemas de Informações em Recursos Hídricos; Estudos de caso. Estudos de caso.

3 SSD – Sistemas de Suporte as Decisões Sistemas computacionais de fácil entendimento e utilização, cujo objetivos é auxiliar os grupos decisórios a solucionar problemas: Problemas não-estruturados – aqueles que não são passiveis de serem sistematizados por equacionamento matemático;Problemas não-estruturados – aqueles que não são passiveis de serem sistematizados por equacionamento matemático; Problemas estruturados – possuem uma estrutura conceitual lógica.Problemas estruturados – possuem uma estrutura conceitual lógica. CONCEITOS DE SIG E SSD

4 SSD – Sistemas de Suporte as Decisões São compostos de três partes: SSD Interface Gráfica (módulo diálogo) Base de Dados Modelos (otimização e simulação) (Walsh, 1993)

5 CONCEITOS DE SIG E SSD SIG – Sistemas de Informações Geográficas São sistemas criados para trabalhar com dados referenciados através de coordenadas geográficas. Ou seja, é um sistema de banco de dados com capacidades bem específicas para dados referenciados geograficamente, bem como um conjunto de operadores para trabalhar com estes dados. (MENDES; CIRILO, 2001, p. 15); Estes dados geográficos podem ser naturais (rios, relevo, vegetação) ou antrópicos (reservatórios, cidades, estradas); Os componentes básicos do SIG, são: hardware, software, dados geográficos e pessoais.

6 SISTEMAS DE INFORMAÇÕES EM RECURSOS HÍDRICOS O uso do SSD e SIG em recursos hídricos, é uma ferramenta de vasta importância, no intuito de espacializar as informações, melhorando assim, o processo de tomada de decisão (Almeida et al, 2003); Um Sistema de Informações de RH, consiste em um conjunto de conhecimentos necessários à gestão dos mesmos e ao acompanhamento das políticas governamentais deste setor (Campos, 2001); O processamento de informações, por meio de sistemas específicos, é uma tecnologia de desenvolvimento relativamente recente e que vem acompanhando os avanços computacionais (Tavares, 2005); O surgimento e aperfeiçoamento de equipamentos e programas computacionais têm impulsionado a utilização desses sistemas nas mais diferentes áreas do conhecimento, apresentando-se como poderosa ferramenta de manipulação de dados (Tavares, 2005).

7 SISTEMAS DE INFORMAÇÕES EM RECURSOS HÍDRICOS Tomada de Decisão Geração da Informação Dados Informações Conhecimentos Disponibilizar a Informação

8 ESTUDOS DE CASO É o Sistema de Suporte a Decisão Espacial, formado a partir da união de um SIG a um SSD; Vem sendo desenvolvido pela COGERH, para dar apoio ao planejamento operacional de várias bacias hidrográficas, no estado do Ceará, no que se refere a operação de reservatórios, construção de obras hídricas e outorga; É um SSD direcionado a dar suporte à tomada de decisão com relação a problemas não-estruturados com dimensão espacial; Sua estrutura baseia-se em uma interface padrão entre SIG e o modelo. Sistemas de Suporte as Decisões Espaciais - SSDE

9 ESTUDOS DE CASO Sistemas de Suporte as Decisões Espaciais - SSDE SSDE SIG (cidades, estradas, rios, vegetação, etc) BANCO DE DADOS ESPACIAIS (forma e posição) (vector e raster) ATRIBUTOS (vol. de reservatórios, curvas cota/área/vol. SISTEMA DE MAPAS DIGITAIS SIST. DE ANÁLISE GEOGRÁFICA SIT. DE APRESENT. CARTOGRÁFICA PROCESSAMENTO DE IMAGENS GERENCIAMENTO BANCO DE DADOS ANÁLISE ESTATÍSTICA

10 ESTUDOS DE CASO Sistemas de Suporte as Decisões Espaciais - SSDE Para compreender como os fenômenos ocorrem e a maneira que eles interagem na tomada de decisão, o SSDE necessita da interação de modelos de ordem matemática, do tipo: a.Modelos de água subterrânea; b.Modelos de escoamento na bacia; c.Modelos de otimização e simulação; d.Modelos de qualidade da água, entre outros.

11 ESTUDOS DE CASO SIG Aplicado a Escassez da Água Luna et al (2005), realizou um estudo tendo por finalidade quantificar os núcleos populacionais da Bacia do Rio Curu, no Ceará, em função da estrutura hídrica local, para delimitar os locais a serem atendidos por carros-pipas, durante o regime de escassez hídrica, sendo esta, uma medida encontrada pelo poder público, para prover de água potável, as populações que sofrem devido a vulnerabilidade das fontes de água que suprem as suas necessidades.

12 ESTUDOS DE CASO SIG e GPS– foi utilizado para identificar na bacia, dados sobre a infra- estrutura hídrica, tais como: rede de drenagem, leitos perenizados, poços, açudes, cisternas, adutoras, população, e projetos que viabilizem o armazenamento de água; Através de dados demográficos do IBGE (2000), foram agrupados as unidades com mais de 20 famílias, cujo acesso a água potável localizava-se num raio maior do que 2Km; Com todos esse dados, foi possível agrupar localidades que necessitariam de atendimento por carros-pipas, bem como, foi possível determinar as melhores formas de acesso as localidades, afim de reduzir custos operacionais. SIG Aplicado a Escassez da Água

13 ESTUDOS DE CASO Principais reservatórios da Bacia do rio Curu SIG Aplicado a Escassez da Água

14 ESTUDOS DE CASO SIG Aplicado a Escassez da Água Infra-estrutura hídrica e localização das demandas prioritárias em épocas de crise.

15 ESTUDOS DE CASO SIG Aplicado a Escassez da Água O estudo concluiu que o SIG e o GPS permitiram um melhor conhecimento da localização exata das populações rurais e das fontes hídricas potencialmente utilizadas; Entretanto, é necessário obter maiores informações sobre: a.posicionamento geográfico das fontes hídricas; b.posicionamento e levantamento da densidade populacional em cada um dos povoados.

16 CONCLUSÕES Frente ao que foi analisado neste trabalho, verificamos que os sistemas de informação geográfica e suporte a decisão, são ferramentas de grande ajuda na resolução dos mais diversos problemas, servindo de meio de auxilio, levantamento e agrupamento de dados necessários a tomada de decisões racionais.

17 BIBLIOGRAFIA ALMEIDA, C.,N., BRAGA, A.,C.,F.,M., ROSA, M.,S.,M. O Sistema de Gestão de Outorgas do Estado da Paraíba. Anais do XV Simpósio Brasileira de Recursos Hídricos, 2003; CAMPOS, N., STUDART, T. Gestão das Águas, princípios e práticas. ABRH. Fortaleza, 2001; TAVARES, P., R., L. Modelagem Hidrológica e Hidráulica Associada a Sistemas de Informações Geográficas para Identificação de Planícies de Inundação e Simulação do Perfil Dágua em um Trecho do Rio Maranguapinho. Disesertação de Mestrado. Universidade Federal do Ceará, 2005; MENDES, C. A. B.; CIRILO, J. A. Geoprocessamento em recursos hídricos: princípios, integração e aplicação. Porto Alegre: Associação Brasileira de Recursos Hídricos, 2001; LUNA, R., M., CAMPOS, J., N., B., STUDART, T., M., C., PINHEIRO, M., I., T., SILVA, A., P. Análise do Processo Oferta X Demanda na Época de Escassez no Semi-árido Utilizando Sistemas de Informações Geográficas. VIII Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste, Gravatá, 2006.

18 Fim Muito Obrigado


Carregar ppt "Universidade Federal de Campina Grande – UFCG Departamento de Engenharia Civil – DEC Área de Engenharia de Recursos Hídricos - AERH SISTEMAS DE INFORMAÇÕES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google