A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DESENHO TÉCNICO AULA 10 AUTOCAD – comandos básicos 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DESENHO TÉCNICO AULA 10 AUTOCAD – comandos básicos 1."— Transcrição da apresentação:

1 DESENHO TÉCNICO AULA 10 AUTOCAD – comandos básicos 1

2 2

3 P ONTOS E SISTEMAS DE COORDENADAS Coordenadas relativas cartesianas 3

4 P ONTOS E SISTEMAS DE COORDENADAS Coordenadas relativas polares 4

5 D ESENHO DE SEGMENTOS - LINE LINE, L - Barra Draw - Menu Draw Exemplo Command: Line Specify first point: Ponto 1 Specify next point or [Undo]: Ponto 2 Specify next point or [Undo]: Ponto 3 Specify next point or [Close/Undo]: Ponto 4 Specify next point or [Close/Undo]: ou c 5

6 OPÇÕES DO COMANDO 6 Undo – Anula o último ponto marcado dentro do comando. Pode ser usado em sequência até voltar ao início do comando Close – Une o último ponto marcado com o primeiro marcado dentro do comando, fechando a sequência e saindo do comando Observação : a introdução de pontos por coordenadas absolutas não tem utilidade prática. É preferível aplicar coordenadas relativas ou os auxiliares gráficos.

7 EXERCÍCIO 1: DESENHAR UM RETÂNGULO DE 100 POR Se não temos o AutoCAD aberto, entramos no programa. 2. Executamos o comando LINE, digitando o nome, e introduzimos os pontos tal como estão na figura. Terminamos o comando com a opção Close 7 Command: Line Specify first point: 30,30 Specify next point or [Undo]: 130,30 Specify next point or [Undo]: 130,80 Specify next point or [Close/Undo]: 30,80 Specify next point or [Close/Undo]: C

8 E XERCÍCIO 2: D ESENHAR UM TRAPÉZIO SIMÉTRICO COM COMPRIMENTO 100, ALTURA 50 E COMPRIMENTO Executamos o comando LINE, digitando o nome, e introduzindo os seguintes pontos. O primeiro ponto é marcado com o mouse numa posição qualquer e os restantes pontos são introduzidos em coordenadas relativas cartesianas. Terminamos o comando com a opção Close. Command: Line Specify first point: Ponto 1 (com o mouse) Specify next point or Specify next point or Specify next point or Specify next point or [Close/Undo]: C 8 Observação Lembre-se de que se coloca primeiro

9 E XERCÍCIO 3: A PAGAR OBJETOS C OMANDO ERASE 1. Abrimos o desenho DB07.DWG, que inclui vários objetos a branco e com outras cores. 2. Usamos o comando ERASE e selecionamos os objetos, marcando os seguintes pontos para abrir retângulos de seleção: 9 Command: ERASE Select objects: P1 Specify opposite corner: P2 96 found Select objects: P3 Specify opposite corner: P4 4 found, 100 total Select objects: P5 Specify opposite corner: P6 4 found, 104 total Select objects: P7 Specify opposite corner: P8 5 found, 109 total

10 DESENHO DE CIRCUNFERÊNCIAS – CIRCLE COMANDO: CIRCLE, C Este comando desenha circunferências. O comando pede o centro e o raio. 10 Command: CIRCLE Specify center point for circle or [3P/2P/Ttr (tan tan radius)]: Ponto Specify radius of circle or [Diameter]: Ponto ou Valor

11 OPÇÕES DO COMANDO: Diameter - Após a marcação do centro e em alternativa ao raio, permite dar o diâmetro ; 3P - Desenha uma circunferência que passa por três pontos não colineares; 11

12 OPÇÕES DO COMANDO: 2P - Permite desenhar uma circunferência através da marcação de dois pontos que definem o seu diâmetro; TTR (tan tan radius) - Permite desenhar uma circunferência que é tangente a dois objetos existentes e que tem um determinado raio. Pede a seleção dos objetos (o modo tangente é automático) e o valor do raio. 12

13 EXERCÍCIO 4: ABRIR O DESENHO DB15 E DESENHAR AS CIRCUNFERÊNCIAS MOSTRADAS. l. Abrimos o desenho DB15, que já contém duas linhas. 2. Começamos por desenhar a circunferência exterior que passa pelos três extremos das linhas. Desenhamos, em seguida, as circunferências de raio 10 com centros nos pontos médios das linhas. 13

14 3. Desenhamos a circunferência de raio 20, tangente às duas circunferências de raio Para desenhar a circunferência pequena, apenas sabemos que o seu diâmetro é tangente às duas circunferências de raio 10. Assim, usamos a opção 2P. 14 Pontos precisos osnaps Os pontos precisos de objetos (osnaps) são os seus pontos característicos, como os extremos, pontos médios, interseções, tangentes, pontos perpendiculares, centros, etc. Os pontos precisos são representados por símbolos amarelos (laranjas, a partir da versão 2006), que indicam a localização e qual o seu tipo. Ao fazer-se clique sobre um destes símbolos, marcamos o ponto exatamente sobre esse ponto preciso.

15 D ESENHO DE ARCOS – ARC COMANDO : ARC, A Este comando desenha arcos de circunferência, através de diversos métodos. Pede o ponto inicial, um ponto intermédio e o ponto final do arco. 15 Command: ARC Specify start point of are or [Center]: Ponto Specify second point of are or [Center/End]: Ponto Specify end point of are: Ponto

16 Temos onze métodos para o desenho de arcos, dados basicamente pela escolha de três parâmetros que definem o arco e pela sua ordem de introdução. Apresentam-se, na seguinte figura, os parâmetros disponíveis: 16

17 EXERCÍCIO 5: F AZER O SEGUINTE DESENHO, COMPOSTO POR LINHAS E ARCOS. 17

18 l. Vamos começar o desenho pelo canto inferior esquerdo, pelo segmento de 4 metros Vamos fazer o primeiro arco. Seguindo o sentido escolhido e aproveitando os extremos da linha vertical para início e centro, o arco é desenhado no sentido dos ponteiros do relógio, pelo que usamos o método Start, Center, Angle. 3. Como o segundo arco é também desenhado no sentido dos ponteiros do relógio, usamos o mesmo método. Neste caso, o centro é dado pela função auxiliar OTRACK, a partir do extremo do arco.

19 19 4. Com o comando LINE, desenhamos os dois segmentos seguintes. O arco com raio 4 é feito de forma contínua, já que o seu ponto inicial e a tangente no ponto inicial são dados pelo último ponto da linha. 5. Desenhamos os dois segmentos seguintes. Para o arco seguinte, também desenhado no sentido horário, aplicamos novamente o método Start, Center, Angle. Desenhamos, ainda, o segmento de 5 metros.

20 20 7. Para desenhar o arco de raio 1,5, temos de analisar quais os parâmetros dados. Não sabemos o ângulo nem o centro, mas temos o raio e o ponto inicial Aparentemente, falta-nos um parâmetro. Mas, se virmos bem, o ponto final pode ser dado por coordenadas ou auxiliares gráficos a partir do ponto inicial. Para completar o perímetro da planta, desenha-se a linha. 6. A seguir, vem mais um arco desenhado no sentido horário. Desta vez, aplicamos o método Start, End, Angle. Desenhamos, também, o segmento de 1 metro.

21 21 8. Os parâmetros disponíveis para os dois arcos que faltam são os pontos iniciais, 0,5 metros no alinhamento da porta dupla, os pontos finais, por coordenadas relativas e as tangentes (ângulos de saída) nos pontos iniciais. Assim, o método correto para ambos é Start, End, Direction.


Carregar ppt "DESENHO TÉCNICO AULA 10 AUTOCAD – comandos básicos 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google