A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O SESI Lazer Ativo apresenta um arcabouço conceitual construído com conhecimentos das áreas de Educação, Lazer e Saúde, o que possibilita que os trabalhadores.

Cópias: 1
Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Cuida SESI LAZER ATIVO Trabalhador que se Cuida.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O SESI Lazer Ativo apresenta um arcabouço conceitual construído com conhecimentos das áreas de Educação, Lazer e Saúde, o que possibilita que os trabalhadores."— Transcrição da apresentação:

1 O SESI Lazer Ativo apresenta um arcabouço conceitual construído com conhecimentos das áreas de Educação, Lazer e Saúde, o que possibilita que os trabalhadores da indústria sejam beneficiados com o que há de mais atual quanto a pesquisas, estudos científicos e boas práticas sobre estilo de vida ativo e saudável em ambientes laborais. Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo

2 pilar conceitual Para tornar a ideia de pilar conceitual bastante concreta, selecionamos como símbolo um pilar da arquitetura clássica greco-romana, como o mostrado na foto ao lado. Era o pilar que sustentava a estrutura dos templos e das grandes construções, assim como serão os pilares conceituais os responsáveis pela sustentação conceitual do SESI Lazer Ativo.

3 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que Aprende Trabalhador que se Cuida Trabalhador que se Diverte SESI LAZER ATIVO

4 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que Aprende SESI LAZER ATIVO Trabalhador que Aprende

5 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que Aprende Trabalhador que Aprende O 1º passo para compreender o pilar Trabalhador que Aprende é identificar que a educação tornou-se uma das maiores preocupações do mundo contemporâneo. No Brasil, o Ministério da Educação criou em 2007 o IDEB – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica com objetivo de medir a qualidade de cada escola e rede de ensino. Pretende-se que o Brasil atinja em 2022, ano de comemoração de seu 2º centenário de Independência, um índice 6, correspondente à qualidade do ensino em países desenvolvidos. O recado é direto: sem educação não é possível que uma pátria seja, de fato, independente.

6 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que Aprende Atualmente, estamos longe da meta estabelecida. O índice de 2007 (última avaliação publicada até a elaboração do presente texto) está abaixo de 4,5 na maioria dos sistemas estaduais de educação. Temos, portanto, muito trabalho nos próximos anos. No entanto, sabemos que a chamada educação formal (a oferecida nas escolas e universidades) não garantirá, por melhor que seja, a formação necessária para toda a vida adulta do cidadão. Está distante no tempo aquela época em que, após a formatura, o indivíduo poderia ficar anos sem estudar. Atualmente, todo espaço no qual pessoas convivem pode e deve assumir-se enquanto espaço educativo!

7 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que Aprende Na sociedade em que vivemos, são inúmeros os espaços educativos: Empresa Outros Associações (de Bairro, Profissionais) Igreja Clube Universidade Escola

8 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que Aprende A definição de educação presente no Caderno Metodológico SESI Lazer Ativo (Kallas et al., 2009), elaborada a partir das ideias de Brandão (1995), expressa o conceito que temos desenvolvido: A educação é uma parte do modo de vida dos inúmeros grupos sociais, ocorrendo a todo momento, em qualquer lugar, sempre na busca de tornar comuns os saberes, as ideias, as crenças, enfim, tudo que precisa ser comunitário, transmitido de geração a geração para a própria existência dos indivíduos daquela cultura.

9 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que Aprende Peter Senge Nas empresas, foco de interesse do SESI Lazer Ativo, a compreensão de sua existência como espaço educativo é recente, tendo sido despertada após trabalhos como o de Peter Senge, que na década de 1990 falava de organizações que aprendem.

10 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que Aprende Desde então, outros pesquisadores abordaram a mesma possibilidade, visualizando a organização como local educativo no qual o desenvolvimento humano pode ocorrer: Empresa como local educativo

11 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que Aprende Trabalhadores mais educados Trabalhadores menos educados Oferecem contribuições mais qualitativas à empresa e à sociedade Oferecem contribuições menos qualitativas à empresa e à sociedade

12 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que Aprende Trabalhador que Aprende O pilar Trabalhador que Aprende oportuniza aos trabalhadores das empresas industriais a construção e incorporação de conhecimentos sobre os 5 temas do Pentáculo do Bem Estar: Alimentação Atividade Física Comportamento Preventivo Gestão do Estresse Relacionamentos

13 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que Aprende SESI Lazer Ativo Desta forma, o SESI Lazer Ativo assume seu papel com os processos educativos e com o desenvolvimento do trabalhador da empresa industrial, cumprindo a missão da instituição no que se refere às relações entre qualidade de vida e educação.

14 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Cuida SESI LAZER ATIVO Trabalhador que se Cuida

15 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Cuida Trabalhador que se Cuida O pilar Trabalhador que se Cuida está vinculado com outras duas demandas do mundo contemporâneo: a saúde e a qualidade de vida. Saúde Vamos começar pela Saúde, esclarecendo nosso ponto de partida: quando falamos de saúde, estamos nos referindo a um conceito que transcende a perspectiva tradicional de saúde como ausência de doenças ou como um fenômeno explicado simplesmente pelas Ciências Biológicas.

16 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Cuida A própria Organização Mundial de Saúde (OMS) a define como um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não simplesmente a ausência de doenças ou enfermidades. SaúdeAusência de Doenças

17 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Cuida Sendo um conceito bastante abrangente, a OMS aponta 6 dimensões da saúde, a saber:

18 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Cuida Tamanha abrangência ajuda a explicar a diversidade de intervenções nos programas de promoção de saúde nas organizações. Programas de atividade física, orientação nutricional, apoio psicológico, capacitação profissional, entre inúmeras outras.

19 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Cuida Qualidade de Vida Quanto à Qualidade de Vida, trata-se de uma percepção de bem estar influenciada por variáveis individuais, sociais e ambientais. Nahas (2006) destaca os seguintes aspectos: Variáveis Individuais Hereditariedade Estilo de Vida Variáveis Sócio-ambientais Moradia Transporte Segurança Acesso a educação Outras

20 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Cuida Nos últimos tempos temos visto a expressão qualidade de vida empregada em inúmeros formatos, de anúncios de imóveis a prestação de serviços de segurança. No entanto, isoladamente um aspecto dificilmente garantirá boa qualidade de vida a determinado cidadão. Um bom imóvel, por exemplo, ainda que seja uma variável sócio-ambiental presente na lista de Nahas, não significará muito se seu morador enfrentar péssimas condições de trânsito, insegurança, falta de acesso à educação e lazer, estilos de vida inadequados etc.

21 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Cuida Trabalhador que se Cuida O pilar Trabalhador que se Cuida oportuniza aos trabalhadores das empresas industriais o acesso a intervenções variadas sobre os 5 temas do Pentáculo do Bem Estar: Alimentação Atividade Física Comportamento Preventivo Gestão do Estresse Relacionamentos

22 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo SESI Lazer Ativo Desta forma, o SESI Lazer Ativo coloca-se como parceiro do trabalhador da empresa industrial em sua busca por bem estar, cumprindo a missão da instituição no que se refere às relações entre saúde e qualidade de vida. Trabalhador que se Cuida

23 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Diverte SESI LAZER ATIVO Trabalhador que se Diverte

24 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Diverte Trabalhador que se Diverte O pilar Trabalhador que se Diverte destaca aspectos essenciais do ser humano, normalmente esquecidos na história organizacional, como a ludicidade, o sonho e o prazer. Veremos como tais aspectos articulam-se com as empresas, merecendo sua presença dentro de um dos pilares conceituais do SESI Lazer Ativo. Se o senso comum costuma considerar que o trabalho não é lugar de brincadeiras, ou se ainda ouvimos com frequência que aqui se trabalha sério, a compreensão do pilar Trabalhador que se Diverte implica a capacidade de superar certos olhares, vendo o mundo organizacional com outros olhos.

25 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Diverte A imagem clássica da organização como uma máquina repleta de engrenagens, desumana, voraz devoradora de pessoas, foi imortalizada pelo talento artístico de Charles Chaplin no filme Tempos Modernos (de 1936).

26 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Diverte O link abaixo permite uma rápida apreciação de parte da obra: Link????? Importante notar que os aspectos humanos que destacamos anteriormente passam longe daquele contexto retratado por Chaplin: a ludicidade, o sonho e o prazer são absolutamente postos de lado pela organização. Tudo é severo, rígido, sisudo, sem graça... Definitivamente aquela empresa não era lugar de brincadeiras.

27 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Diverte Vamos passo a passo. Devemos lembrar que vivemos atualmente uma transição de paradigmas, isto é, de formas de compreender o mundo. Enquanto o paradigma mecanicista (presente no contexto de Tempos Modernos) apresenta sinais de enfraquecimento, o paradigma holístico cresce e se fortalece. Mas quais seriam as características do paradigma holístico? A resposta virá a seguir, e ajudará a entender o pilar Trabalhador que se Diverte.

28 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Diverte Em linhas gerais, podemos dizer que o paradigma holístico defende uma visão de mundo mais complexa, interativa, inter-dependente, de equilíbrio entre seres humanos e meio ambiente, entre outros fatores. Completar!!!

29 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Diverte Boog, respeitado pesquisador do mundo organizacional, aponta características da aplicação do paradigma holístico nas empresas: Paradigma Holístico nas organizações Foco na qualidade dos processos Espírito de equipe Trabalho participativo Compatibilidade entre empresa, pessoas e meio ambiente Transparência na gestão

30 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Diverte As características citadas por Boog demandam uma forma de compreender o mundo e nele atuar que é diferente daquela criticada por Chaplin. Afinal, como dar ênfase na qualidade, valorizar o trabalho em equipe e a participação, buscar equilíbrio entre empresas, pessoas e meio ambiente, entre outras questões, e esquecer o próprio ser humano, suas necessidades e particularidades? Você consegue imaginar um processo de qualidade no qual o trabalhador sente-se tratado como um objeto, desrespeitado, desvalorizado e coisas do tipo?

31 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Diverte Qual seria, então, a perspectiva de ser humano que veremos no século XXI? Morin (2007) faz considerações que nos ajudam a identificar tendências: Ser Humano Racional (Homo Sapiens) Ser Humano Técnico (Homo Faber) Ser Humano Utilitário (Homo Economicus) Ser Humano cheio de obrigações (Homo Prosaicus) Ser Humano Lúdico (Homo Ludens) Ser Humano Imaginário (Homo Imaginarius) Ser Humano Poético (Homo Poeticus) Ser Humano Louco (Homo Demens)

32 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Diverte o lúdico Morin não questiona a importância dos elementos racionais do ser humano, seu lado técnico, utilitário e suas obrigações. Mas destaca que há um outro elemento que não pode mais ficar esquecido: justamente o lúdico, típico de todo ser humano! Veja a foto a seguir e faça um rápido teste: analise-a, e considerando as ideias de Morin, reflita a respeito.

33 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Diverte Você conhece esta torre. Quando foi erguida, muitos franceses a criticaram pois não viam nela nenhuma utilidade, apenas algo sem sentido no qual estavam gastando muito dinheiro... Hoje, é considerada a obra humana mais fotografada no planeta.

34 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Diverte O que você vê na torre Eiffel? Um aspecto racional do ser humano? Ou algo a mais? Talvez algum aspecto lúdico, relacionado ao sonho e ao prazer?

35 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo Trabalhador que se Diverte Trabalhador que se Diverte O pilar Trabalhador que se Diverte oportuniza aos trabalhadores das empresas industriais a defesa de sua dimensão humana, representada pelo lúdico, pelo sonho e pelo prazer. O acesso aos 5 temas do Pentáculo do Bem Estar deve permitir que sonhe com sua qualidade de vida, e que, de fato, a viva lúdica e prazerosamente. Alimentação Atividade Física Comportamento Preventivo Gestão do Estresse Relacionamentos

36 Pilares Conceituais do SESI Lazer Ativo SESI Lazer Ativo Desta forma, o SESI Lazer Ativo alinha-se ao paradigma holístico e luta pela valorização do trabalhador da empresa industrial enquanto ser humano com necessidade do lúdico, do sonho e do prazer, cumprindo a missão da instituição no que se refere às relações entre qualidade de vida e lazer. Trabalhador que se Diverte


Carregar ppt "O SESI Lazer Ativo apresenta um arcabouço conceitual construído com conhecimentos das áreas de Educação, Lazer e Saúde, o que possibilita que os trabalhadores."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google