A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 ACONSELHAMENTO. 2 Os princípios de um processo de mudança de comportamento requerem que o indivíduo esteja preparado para a mudança, tenha tratamento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 ACONSELHAMENTO. 2 Os princípios de um processo de mudança de comportamento requerem que o indivíduo esteja preparado para a mudança, tenha tratamento."— Transcrição da apresentação:

1 1 ACONSELHAMENTO

2 2 Os princípios de um processo de mudança de comportamento requerem que o indivíduo esteja preparado para a mudança, tenha tratamento e ajuda adequada, aprenda com as fraquezas e encontre melhores caminhos para se manter em um novo comportamento. Princípios da mudança: Estar preparado Tratamento e ajuda adequada Aprender com as fraquezas Encontrar melhores caminhos (PROCHASKA, 2002) ACONSELHAMENTO

3 3 PARA REFLETIR... Como provocar mudanças para os estágios de comportamentos seguintes? Para refletir... Gerar oportunidades de escolha; Criar um plano de continuidade; Celebrar as vitórias; Aprender com as dificuldades; Quebrar barreiras; Ouvir o trabalhador e considerar suas preferências.

4 4 TÉCNICAS DE ACONSELHAMENTO Aconselhamento - intervenção que tem como foco a modificação de comportamentos que levam a doenças crônicas não comunicáveis, tais como: dieta, exercício e uso de tabaco, com o emprego do Modelo de Estágios de Mudança de Comportamento como fundamento para as estratégias e atividades do serviço. Para auxiliar as pessoas a aprenderem mais sobre elas mesmas, seu ambiente e seus métodos para resolução de problemas, são empregadas ferramentas diagnósticas, de acompanhamento e materiais. As ferramentas são desenhadas para cada estágio de mudança. No aconselhamento a ferramenta principal de intervenção é a entrevista motivacional, que pode ser adaptada para o perfil de cada empresa.

5 5 OBJETIVOS DO ACONSELHAMENTO Aumentar a prontidão para a mudança de comportamentos nutricionais e de atividade física; desenvolver maior habilidade e conhecimento para lidar com os processos de mudanças; diminuir a interrupção das condutas positivas já alcançadas; aumentar o sucesso no cumprimento de metas de mudança; aumentar a proporção de trabalhadores com condutas saudáveis.

6 6 ESTRATÉGIAS E ATIVIDADES DO ACONSELHAMENTO Diagnóstico dos estágios de mudança de comportamento para atividade física, alimentação saudável e tabagismo; avaliação das barreiras e processos de mudança de comportamento; palestras informativas e motivacionais; entrevistas motivacionais, individuais e em grupos, para a promoção de comportamentos saudáveis; distribuição de materiais auxiliares para o estabelecimento de objetivos, identificação de barreiras e aumento do conhecimento sobre os processos de mudança; oficinas de atividades físicas e nutricionais para aprendizagem de habilidades e conhecimentos auxiliares nos processos de mudança.

7 7 Discussão com os trabalhadores de temas apresentados por eles como questões do seu dia-a-dia. Plantão de dúvidas relacionadas à prática do exercício físico, alimentação saudável, gerenciamento do estresse, comportamento preventivo e relacionamentos. Realização de workshop dentro das empresas (palestras, teatro, atividades artísticas, exposição documental/resultados). Realização de atividades de arte com temas relacionados ao Circuito do Bem- Estar como ação agregadora e sensibilizadora (dança, teatro, música, paródia). Criação de biblioteca na empresa com livros, revistas, vídeos e textos informativos sobre os temas discutidos no Circuito do Bem-Estar. Resgate da cultura local nas atividades do Circuito do Bem-Estar (oração, festas populares, reflexão etc). SUGESTÕES E DICAS

8 8 Atuação intensiva da família e empresa no tempo de lazer – estimular a realização de atividades e ações com a participação da família. Discussão sobre a possibilidade das atividades serem vivenciadas e oportunizadas para outras pessoas da família (jovens, idosos etc). Criação do hábito de, a cada dia, algo novo acontecer (modo de abordar o conteúdo, reflexão abordando um aspecto diferente, a utilização de outros locais ou materiais etc.). Parceria com outros setores da empresa no desenvolvimento do Programa (RH/restaurante/nutricionista e outros). Realização de ações integradas entre lazer, saúde e educação. Busca de orientações de profissionais da saúde. Construção integrada de ações (informática, vídeos, murais, cartazes etc). Aplicação permanente do Sistema de Avaliação do SESI Lazer Ativo. Avaliação conjunta com os clientes do SESI. SUGESTÕES E DICAS

9 9 Consulte o caderno técnico para mais informações e outras dicas!


Carregar ppt "1 ACONSELHAMENTO. 2 Os princípios de um processo de mudança de comportamento requerem que o indivíduo esteja preparado para a mudança, tenha tratamento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google