A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ENEM 2008 HABILIDADE 11 COMPREENDER A DIVERSIDADE DA VIDA Diante da diversidade da vida, analisar, do ponto de vista biológico, físico ou químico, padrões.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ENEM 2008 HABILIDADE 11 COMPREENDER A DIVERSIDADE DA VIDA Diante da diversidade da vida, analisar, do ponto de vista biológico, físico ou químico, padrões."— Transcrição da apresentação:

1

2 ENEM 2008

3 HABILIDADE 11 COMPREENDER A DIVERSIDADE DA VIDA Diante da diversidade da vida, analisar, do ponto de vista biológico, físico ou químico, padrões comuns nas estruturas e nos processos que garantem a continuidade e a evolução dos seres vivos.

4 Processos que necessitam ser dominados pelo aluno. RESPIRAÇÃO CELULAR; FOTOSSÍNTESE; FERMENTAÇÃO; CLONAGEM; TRANGÊNICOS; CÉLULAS TRONCO; MUTAÇÕES; ALTERAÇÕES CROMOSSÔMICAS.

5 Respiração Celular Estrutura do ATP O ATP consiste numa molécula de Adenina, unida a uma molécula de Ribose que se liga a três fosfatos Como podemos perceber o ATP é um nucleotídeo de RNA As ligações entre os grupos fosfatos do ATP possui grande quantidade de energia armazenada. Energia! Quando o essas ligações são rompidas há liberação de energia que a célula utiliza para realizar trabalho. O ATP é produzido para fornecer energia para célula imediatamente e não para armazenar energia. Quando o organismo quer armazenar energia a longo prazo ele o faz convertendo carboidratos em lipídios. Então, o objetivo da Respiração Celular é converter energia contida em compostos orgânicos em ATP para este fornecer energia para a célula.

6 Respiração Celular Visão Geral da Respiração O combustível mais comum para as células é a glicose. C 6 H 12 O 6 As células obtém energia quando oxidam (queimam) a glicose A respiração celular é dividida em 3 Etapas 1) Glicólise 2) Ciclo de Krebs 3) Cadeia Respiratória

7 Fermentação Fermentação Lática

8 Fermentação As fibras musculares são células que necessitam constantemente de O2 para realizar sua função de contração Durante uma atividade física prolongada a quantidade de O2 que chegam as fibras é limitada. Para continuar gerando ATP as células musculares realizam em condições anaeróbicas a fermentação lática. O excesso de ácido lático nos tecidos musculares pode causar vários problemas como fadiga muscular e câimbra. Fibra relaxada Fibra contraída O2O2 Respiração Glicose Ácido Lático 2 ATPs Fermentação Lática Mas...

9 FOTOSSÍNTESE H2OH2O ETAPA CLARA LOCAL: H2OH2O O 2 ETAPA ESCURA LOCAL: NADPH 2 ATP Tilacóides Estroma Glicídio CO 2 LUZ

10 FOTOSSÍNTESE

11

12 CÉLULAS TRONCO

13

14

15

16 CLONAGEM REPRODUTIVA

17

18 DNA MACROMOLÉCULA ORGÂNICA CONSTITUIDA POR NUCLEOTÍDEOS – POLÍMERO NUCLEOTÍDICO

19

20 DNA ESTRUTURA DO DNA ( WATSON e CRICK – 1953)

21 CROMATINA ESTRUTURA DO DNA NÃO CONDENSADO

22 CODENSAÇÃO DO CROMOSSOMO DURANTE A DIVISÃO CELULAR

23 CARIÓTIPO e GENOMA CARIÓTIPO - CONJUNTO DE TODOS CROMOSSOMOS DE UMA CÉLULA SOMÁTICA GENOMA - CONJUNTO DE HAPLÓIDE DE CROMOSSOMOS DE UMA CÉLULA GAMÉTICA

24 CARIÓTIPO HUMANO

25 MUTAÇÃO ( Latim mutare = mudança) Estudo das Mutações: As mutações podem ser: Mutações genéticas – alterações no DNA; Mutações cromossômicas – envolve todo o cromossomo, alterando o número ou sua estrutura. Fatores mutagênicos: A)Físicos – radiações ionizantes(raios X,gama, elétrons, nêutrons e prótons) e não-ionizantes ( raios ultravioleta). B)Químicos – benzopirenos, alcatrão, etc.

26 ALTERAÇÕES NO CARIÓTIPO SÍNDROME DE TURNER = MONOSSOMIA SEXUAL 44 +X0 = 45 CROMOSSOMOS

27 ALTERAÇÕES NO CARIÓTIPO SÍNDROME DE KLINEFELTER = TRISSOMIA SEXUAL 44 +XXY = 47 CROMOSSOMOS

28 ALTERAÇÕES NO CARIÓTIPO SÍNDROME DE DOWN = TRISSOMIA AUTOSSÔMICA 45 +XX ou XY

29 IMUNIDADE VIRULÊNCIA – POTENCIAL DE AÇÃO DO PATÓGENO. RESISTÊNCIA – CAPACIDADE DE RESISTÊNCIA DO HOSPEDEIRO IMUNIDADE ATIVA PASSIVA NATURAL = PRÓPRIA DOENÇA ARTIFICIAL= VACINA ( Antígeno atenuado - longa duração) NATURAL = ALEITAMENTO ARTIFICIAL= SOROTERAPIA.( Anticorpos` – curta duração)


Carregar ppt "ENEM 2008 HABILIDADE 11 COMPREENDER A DIVERSIDADE DA VIDA Diante da diversidade da vida, analisar, do ponto de vista biológico, físico ou químico, padrões."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google