A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Perfil do Público-Alvo no Paraná Elaborado para: Sebrae Por: Diferencial Pesquisa de Mercado Março de 2008 Parte I Informações dos Empresários.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Perfil do Público-Alvo no Paraná Elaborado para: Sebrae Por: Diferencial Pesquisa de Mercado Março de 2008 Parte I Informações dos Empresários."— Transcrição da apresentação:

1 Perfil do Público-Alvo no Paraná Elaborado para: Sebrae Por: Diferencial Pesquisa de Mercado Março de 2008 Parte I Informações dos Empresários

2 2 Sumário I –Introdução03 II – A Presença dos Empresários e Empreendedores em Curitiba e Região Metropolitana 21 Primeira Parte – Informações dos Empresários III –Características Gerias dos Empresários34 IV –História da Empresa e Trajetória do Empresário86 V –Apoio Institucional aos Empresários111 VI –Necessidade dos Empresários144 Segunda Parte – Informações dos Empreendedores VII –Características Gerais dos Empreendedores04 VIII –Formas de Abertura das Empresas47 IX –Apoio Institucional aos Empreendedores72 X –Necessidades e Demandas dos Empreendedores107 XI –Percepções Preliminares do Estudo do Público-Alvo do Sebrae120

3 I – Introdução Apresentação do Relatório, Objetivos do Estudo, Metodologia e Amostra

4 4 Background O Sebrae desenvolve várias atividades de apoio às micro e pequenas empresas em todo o território nacional, com o objetivo de seu fortalecimento, buscando a sua sobrevivência, crescimento e elevação do emprego neste setor. Como ferramenta de atuação, a entidade conta com duas linhas de esforços. A primeira delas são os programas oferecidos para empresas e empreendedores que buscam apoio técnico e suporte operacional no Sebrae. São cursos, programas de orientação, mecanismos de abertura de empresa, consultoria, entre outros recursos que são consumidos pelos empresários e empreendedores a partir de sua ação pró-ativa, ou seja, eles buscam estes recursos. Na outra ponta encontram-se os projetos junto a Arranjos Produtivos Locais ou grupos de empresas homogêneas. São projetos onde o Sebrae e outras entidades participam para aumentar a competitividade de um grupo de empresas através da capacitação e preparação para atuação conjunta. Estes são conhecidos como projetos GEOR. No Paraná o Sebrae executa estas duas linhas de ações através de cinco escritórios centrais, localizados em Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel e Pato Branco.

5 5 Background O Sebrae deseja aprofundar o conhecimento que possui de seu público-alvo para poder elaborar e implantar estratégias de atuação que cumpram com seus objetivos centrais. Existem várias estatísticas sobre a quantidade de empresas existentes no Paraná e sua distribuição por faturamento e número de funcionários. Estas estatísticas, entretanto, não atingem dois públicos de interesse do Sebrae: os empreendedores e as empresas que ainda não concluíram sua formalização. Para complementar as informações que o Sebrae já possui, foi solicitado à Diferencial Pesquisa de Mercado a execução de um projeto de pesquisa que aumente a confiança nos números de micro e pequenas empresas existentes, aponte a incidência de empreendedores e mostre a penetração e atuação do Sebrae nestes públicos para balizar suas estratégias de atuação. Além disto, a pesquisa apontará também as principais necessidades do público-alvo e as oportunidades do Sebrae enriquecer suas ações. O estudo está sendo realizado com amostra representativa para todos os escritórios do Paraná.

6 6 Objetivos Estudar o Perfil e o Comportamento do Público- Alvo do Sebrae a Fim de Balizar a Atuação da Entidade no Estado.

7 7 Metodologia e Amostra Este estudo foi conduzido através de metodologia quantitativa com a realização de entrevistas pessoais em amostra probabilística domiciliar. Esta metodologia está sendo utilizada para determinar a penetração de empreendedores e empresários na população paranaense. Além das abordagens em domicílios, um conjunto adicional de entrevistas complementares estão sendo aplicadas em pontos de fluxo das cidades, mantendo-se as proporções e características básicas apontadas na etapa probabilística. Para a elaboração desta amostra foram seguidas 3 etapas: 1º - Sorteio das cidades; 2º - Sorteio dos setores censitários a serem pesquisados em cada cidade; 3º - Pesquisa complementar em ponto de fluxo. Conceito Geral

8 8 Metodologia e Amostra 1ª Etapa – O Sorteio das Cidades O primeiro passo foi o levantamento, por fontes oficiais, do número de pequenas e micro empresas das cidades que fazem parte de cada um dos 5 escritórios Sebrae. As cidades foram sorteadas através de probabilidade não linear, ou seja, quanto maior o número de empresas a cidade possuía, maior suas chances de ser sorteada. Por motivos estratégicos, algumas cidades foram puladas e desconsideradas do sorteio. Isso ocorreu quando a cidade sorteada já possuía uma equivalente, como por exemplo, duas cidades da região metropolitana, duas cidades litorâneas ou até mesmo a presença de duas cidades muito pequenas. Foram realizados cinco sorteios, um para cada escritório.

9 9 Metodologia e Amostra 1ª Etapa – O Sorteio das Cidades Exemplo de Sorteio das Cidades do Escritório Curitiba

10 10 Metodologia e Amostra A Amostra Final

11 11 Metodologia e Amostra A Amostra Final

12 12 Metodologia e Amostra A Amostra Final

13 13 Metodologia e Amostra Resumo da Amostra Final

14 14 Metodologia e Amostra O setor censitário é a menor unidade territorial, com limites físicos identificáveis em campo, com dimensão adequada à operação de pesquisas e cujo conjunto esgota a totalidade do Território Nacional, o que permite assegurar a plena cobertura do País. O sorteio dos setores ocorreu da mesma forma que o sorteio das cidades, porém com a utilização do número de domicílios para definição da probabilidade de escolha de cada setor 2ª Etapa – O Sorteio dos Setores Censitários Exemplo de Sorteio dos Setores Censitários

15 15 Metodologia e Amostra Exemplo de Mapa dos Setores Censitários Ponto Inicial 2ª Etapa – O Sorteio dos Setores Censitários

16 16 Metodologia e Amostra Para percorrer o setor censitário o entrevistador deve partir do ponto inicial indicado no mapa caminhando para o sentido horário até retornar ao ponto de partida. Desta forma, todas as residências do setor possuem chances iguais de serem abordadas. Em terrenos com mais de uma residência, apenas uma das casas é entrevistada. Em edifícios, a abordagem deve iniciar sempre pelo último apartamento e segue até o primeiro. Ao abordar uma residência com um empresário ou empreendedor pula-se 3 casas para abordar a próxima. 2ª Etapa – O Sorteio dos Setores Censitários

17 17 Metodologia e Amostra Foram realizadas pesquisas em pontos de fluxo da cidade e em estabelecimentos comerciais a fim de complementar a amostra estabelecida. Desta forma, quando um volume suficiente de lares era abordado para se obter dados de penetração de empresários e empreendedores, o restante das entrevistas eram realizadas em pontos de fluxo ou em pontos visíveis de comércios, indústrias e serviços, mantendo as proporções identificadas nas entrevistas com amostra probabilística 3ª Etapa – As Pesquisas Complementares

18 18 Os Segmentos Analisados Os Diversos Públicos Analisados Segmentos por Escritório Regional Escritório Curitiba Cidades englobadas na pesquisa: Curitiba, São José dos Pinhais, Araucária, Almirante Tamandaré, Ponta Grossa, Guarapuava, Paranaguá, Castro, Morretes, Tibagi, Mallet Escritório Maringá Cidades englobadas na pesquisa: Maringá, Paranavaí, Sarandi, Jussara Escritório Cascavel Cidades englobadas na pesquisa: Cascavel, Foz do Iguaçu, Toledo, Mercedes Escritório Londrina Cidades englobadas na pesquisa: Londrina, Arapongas, Rolândia, Ivaiporã Escritório Pato Branco Cidades englobadas na pesquisa: Pato Banco, Francisco Beltrão, Palmas, Coronel Vivida

19 19 Os Segmentos Analisados Os Diversos Públicos Analisados Tipo de Cidade Capital Cidades englobadas na pesquisa: Curitiba RM de Curitiba Cidades englobadas na pesquisa: Araucária, Almirante Tamandaré e São José dos Pinhais Cidades Pólo Cidades englobadas na pesquisa: Londrina, Maringá, Cascavel e Pato Branco Interior Cidades Maiores (maior que 100 mil habitantes) Cidades englobadas na pesquisa: Foz do Iguaçu, Ponta Grossa, Guarapuava, Paranaguá e Toledo Interior Cidades Menores (menor que 100 mil habitantes) Cidades englobadas na pesquisa: Arapongas, Sarandi, Paranavaí, Francisco Beltrão, Castro, Rolândia, Palmas, Ivaiporã, Coronel Vivida, Tibagi, Morretes, Mallet, Jussara e Mercedes.

20 20 Os Segmentos Analisados Os Diversos Públicos Analisados Por Faixa de IDH

21 Apresentação das Informações das Proporções de Empresários e Empreendedores no Paraná II – A Presença dos Empresários e Empreendedores no Paraná

22 22 Presença de Empresários e Empreendedores O Empresário e o Empreendedor para o Sebrae O conceito de empresário foi um tema de suma importância tratado no início do projeto. Foi dado um tratamento amplo ao conceito de empresário. Segundo o IBGE, empresário pessoa física é considerado aquele que exerce profissionalmente atividade econômica, organizada para a produção ou circulação de bens ou de serviços, sem se constituir pessoa jurídica e sem a participação de qualquer sócio, mas que, para fins do Imposto de Renda é equiparado à pessoa jurídica. É obrigatória a inscrição do empresário na Junta Comercial, antes do início de sua atividade. O empresário responde ilimitadamente pelas obrigações empresárias assumidas. Dentro do projeto, desta forma, uma pessoa que vende produtos porta a porta e faz desta a sua principal atividade ou fonte de renda foi considerada como empresário. Alguns exemplos de ocupações consideradas empresários e que normalmente não o seriam: - proprietários de carrinhos de cachorro-quente e de outros lanches - vendedoras porta a porta de cosméticos - Trabalhadores autônomos como: pedreiro, vendedor ambulante Para detectar o empreendedor foi questionado ao entrevistado que não se encaixava em nenhuma categoria de empresário, se ele possuía a intenção de iniciar alguma atividade por conta própria nos próximos 12 meses de maneira que esta venha a se converter em fonte de renda

23 23 Presença de Empresários e Empreendedores Ocupação Atual dos Moradores do Paraná Base: Ocupações consideradas para classificação do Empresário 11,6% de empresários, no sentido mais amplo adotado no estudo

24 24 Presença de Empresários e Empreendedores Percentual de Empresários e Empreendedores Pretende Iniciar Alguma Atividade Por Conta Própria ou Transformar sua Atividade de Geração de Renda na Principal Fonte de Rende Base: ,1% Da população adulta é a participação de empresários e empreendedores, ou seja, o Público-Alvo do Sebrae

25 25 Presença de Empresários e Empreendedores Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Faixa de IDH Percentual de Empresários* por Escritório Regional * Considerando a soma de Empresários, Autônomos e Profissionais Liberais Ocupação Atual dos Moradores do Paraná

26 26 Presença de Empresários e Empreendedores Intenção de Abrir um Negócio nos Próximos 12 Meses Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Faixa de IDH Percentual de Empreendedores por Escritório Regional

27 27 Presença de Empresários e Empreendedores Ramo de Atividade dos Empresários, Autônomos e Profissionais Liberais Base: Comparando com os dados oficiais da RAIS, há um achatamento da Indústria e Construção e o crescimento de Agricultura e Comércio e Serviços. Nestes últimos setores, é onde há a maior aglomeração de empresários que podem não ser assim considerados pelas estatísticas oficiais e empresas informais (principalmente na agricultura) Segmento *Indústria Construção Civil ComércioServiçoAgropecuáriaTotal Paraná ,2%3,0%44,9%36,1%5,8%100% * Fonte: RAIS MTE Para os segmentos de Indústria e Construção Civil considerou-se as empresas entre 0 a 499 funcionários e nas demais considerou-se as empresas entre 0 e 99 funcionários

28 28 Presença de Empresários e Empreendedores Presença de Empresários e Empreendedores no Paraná Os lares pesquisados representam uma amostra de 1,58% de margem de erro e se considerarmos os moradores destes lares a amostra possui 1,00% de margem de erro com 95% de confiança.

29 29 Presença de Empresários e Empreendedores Presença de Empresários e Empreendedores no Paraná – Por Escritório

30 30 Presença de Empresários e Empreendedores Projeção do Número de Empresários no Paraná

31 31 Presença de Empresários e Empreendedores Projeção do Número de Empreendedores no Paraná

32 32 Presença de Empresários e Empreendedores Projeção do Número de Empresários no Paraná As estatísticas diferem pelo conceito de empresariado e pela informalidade. Como se verá no relatório, para cada 13 empresas formais existem mais 9 informais Existem* micro, pequenas e médias empresas formais no Paraná Além disto existem 1,34 proprietário por empresa * Fonte: RAIS MTE Incluem as empresas sem qualquer vínculo ativo registrado em A pesquisa do Sebrae aponta a existência de 812 mil empresários e 528 mil empreendedores, somando um público de 1,3 milhões de paranaenses adultos que pertencem ao Público-Alvo do Sebrae

33 Primeira Parte – Informações dos Empresários Características Gerais dos Empresários, História da Empresa e Trajetória do Empresário, Necessidades dos Empresários

34 III – Características Gerais dos Empresários Sexo, Idade, Escolaridade dos Empresários e Características das Empresas

35 35 Sexo dos Empresários Perfil dos Empresários Base: 2222

36 36 Sexo dos Empresários – Por Segmentos Perfil dos Empresários Percentual de Mulheres Empresárias Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

37 37 Perfil dos Empresários Definições de Média e Mediana – Definição de Mediana – – Definição de Média – A média é a soma de todos os valores de uma distribuição divididos pelo número total de indivíduos. Embora seja uma poderosa medida de tendência central, é afetada por valores extremos Mediana é o valor central em um conjunto de dados ordenados. Pela mediana o conjunto de dados é dividido em duas partes iguais, sendo metade dos valores abaixo da mediana e, a outra metade acima IndivíduoDistribuição 1Distribuição 2 a 10,0 b 12,0 c 13,0 d 14,0 e 16,0 50,0 Média 13,0 19,8 Mediana 13,0

38 38 Perfil dos Empresários Faixa Etária dos Empresários Base: 2.222** Idade Média da População Adulta de Curitiba e Região Metropolitana* 43 anos * Fonte: Brasil em Foco – Target Marketing 2007 ** Um entrevistado não informou a idade Idade Média: 42 Anos Idade Mediana: 41 anos

39 39 Perfil dos Empresários Faixa Etária dos Empresários – Por Segmentos Média de Idade dos Empresários Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

40 40 Perfil dos Empresários Renda Familiar dos Empresários (em R$) Base: Renda Média : R$ 2.211,36 Renda Mediana: R$

41 41 Perfil dos Empresários Renda Familiar dos Empresários Renda Média Familiar Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

42 42 Perfil dos Empresários Grau de Escolaridade dos Empresários Base: * Fonte: Banco de Dados SIDRA - Sistema IBGE de Recuperação Automática (Censo 2000) ** Dos entrevistados, 34 não responderam essa questão, o que representa 1,5% do total 26% 46%

43 43 Perfil dos Empresários Grau de Escolaridade dos Empresários – Por Localidade Percentual de Empresários com Superior Completo, Pós-Graduação, Especialização, Mestrado ou Doutorado Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

44 44 Perfil dos Empresários Estado Civil dos Empresários Base: 2.222

45 45 Perfil dos Empresários Estado Civil dos Empresários – Por Localidade Percentual de Empresários Casados Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

46 46 Solteiro Casal sem Filhos Casal com Filhos Pequenos Casal com Filhos Adolescentes Casal com Filhos Independentes Casal Idoso Idoso Sozinho Pessoa que não é responsável por uma família. Homens ou mulheres separados sem filhos dependentes também são classificadas nesta categoria Casais jovens que não tenham filhos em casa. Casais que os filhos já são independentes são classificados em outra categoria Casais com crianças com idade até 9 anos. Mães separadas que cuidam dos filhos pequenos são encaixadas nesta categoria Casais com filhos que moram com os pais, que são dependentes financeiramente e possuem 10 anos ou mais Casais com filhos que não moram mais em casa Casais maduros morando sozinhos Pessoa madura morando sozinha Ciclo de Vida Familiar Perfil dos Empresários

47 47 Perfil dos Empresários Ciclo de Vida dos Empresários Base: 2.222

48 48 Perfil dos Empresários Ciclo de Vida dos Empresários – Por Segmento Percentual de Casais com Filhos Pequenos Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

49 49 Perfil dos Empresários Resumo do Perfil das Empresas Maiores Destaques RM de Curitiba (49%) Comércio (45%) Escritório Cascavel (42%) Percentual de Empresários com Superior Completo ou mais Percentual de Empresários com Família Constituída Idade Média dos Empresários Percentual de Mulheres Empresárias Menores Destaques Renda Média Familiar Escritório Pato Branco (35%) Agrobusiness (25%) Agrobusiness (42 anos) - Capital (14%) Escritório Cascavel (6%) RM de Curitiba (3%) Agrobusiness (3%) Agrobusiness (84%) Escritório Pato Branco (83%) RM de Curitiba (82%) Serviço (75%) Escritório Curitiba (74%) Capital (71%) Indústria (R$ 2,7 mil) Escritório Pato Branco (R$ 2,5 mil) Escritório Maringá (R$ 1,09 mil) Agrobusiness (R$ 1,6 mil)

50 50 Características das Empresas Situação Legal da Empresa A Empresa é Formalizada*? Base: A cada 13 empresas formalizadas no mercado há mais 9 empresas que não estão formalizadas. *Foi considerado como Empresa Formalizada aquela que possui CNPJ ou registro de autônomo

51 51 Características das Empresas Situação Legal da Empresa – Por Segmento Percentual de Empresas Formalizada Por Segmento Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

52 52 Características das Empresas Ano em que a Empresa Começou a Atuar no Mercado (Formal ou Informal) Base: Idade Média das Empresas: 8 Anos

53 53 Características das Empresas Ano em que a Empresa Começou a Atuar no Mercado (Formal ou Informal) – Por Segmento Idade Média das Empresas Por Segmento Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

54 54 Características das Empresas Tempo para a Formalização das Empresas Período Entre a Abertura da Empresa e sua Formalização Entre aqueles que não abriram a empresa de maneira formalizada, o tempo médio para sua formalização é de 4 anos. * Total de empresas devidamente formalizadas Base: 1.308*

55 55 Características das Empresas Tempo para a Formalização das Empresas – Por Segmento Percentual de Empresários que Já Abriram Suas Empresas Formalizadas Por Segmento Base: 34 – 787 Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

56 56 Características das Empresas Tempo para a Formalização das Empresas – Por Segmento Tempo Médio Para a Formalização das Empresas Por Segmento (em anos) Base: 34 – 787 Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

57 57 Características das Empresas Principal Atividade Desenvolvida pela Empresa Base: ComércioServiço

58 58 Características das Empresas Principal Atividade Desenvolvida pela Empresa Base: Indústria

59 59 Características das Empresas Base: 2.193* A Atividade Principal é a Mesma Desenvolvida no Período da Fundação? Qual era a Principal Atividade Desenvolvida no Período da Fundação da Empresa? Base: 106 Principal Atividade Desenvolvidas pela Empresa Em média as empresas estão desenvolvendo a atividade atual há 7 anos

60 60 Características das Empresas Base: 2.193* Participação em Associações É Associado a Alguma Entidade, como Sindicato ou Associação? Quais Associações ou Entidades? Base: 398 * Base diferente do total pois 30 entrevistados não responderam essa questão Entre as empresas dos Projetos Geor das regiões pesquisadas, o índice de associação sobe para: 92% Projeto Móveis de Arapongas, 89% Projeto Construção Civil, 85% Projeto Desenvolvimento de Supermercados, 68% Projeto Parceiros Orgânicos, 61% Projeto Cachaça Sudoeste

61 61 Características das Empresas Participação em Associações – Por Segmento Percentual de Empresas Associadas a Alguma Entidade, Como Sindicato ou Associação Por Segmento Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

62 62 Características das Empresas Base: Número de Funcionários Fixos e Prestadores de Serviços Exclusivos das Empresas Atualmente * Para o cálculo da média as empresas que informaram não possuir nenhum funcionário foram consideradas com zero funcionário. Considerando apenas as empresas que possuem algum funcionário a média passa para 3,45. ** Média oficial do Paraná considerando o número de funcionários e empresas declaradas na RAIS MTE 2006 considerando inclusive as empresas sem funcionário. Média: 1,41 Funcionários Mediana: Nenhum Funcionário Média Oficial**: 4,22 Funcionários

63 63 Características das Empresas Número de Funcionários Fixos e Prestadores de Serviços Exclusivos das Empresas Atualmente – Por Segmento * Para o cálculo da média as empresas que informaram não possuir nenhum funcionário foram consideradas com zero funcionário Média de Funcionários Fixos e Prestadores de Serviço Exclusivo por Segmento Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

64 64 Características das Empresas Base: 243 Número de Funcionários Fixos e Prestadores de Serviços Exclusivos das Empresas 34% dos funcionários fixos e prestadores de serviços são familiares. Possuí Funcionários Fixos e Prestadores de Serviços? Entre os Funcionários Fixos e Prestadores de Serviços, Quantos São Familiares? Base: 2.222

65 65 Características das Empresas Número de Funcionários Fixos e Prestadores de Serviços Exclusivos das Empresas – Por Segmento Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Média de Funcionários Fixos e Prestadores de Serviços que São Familiares por Segmento

66 66 Características das Empresas Evolução no Número Médio de Funcionários das Empresas -3,43% Base: – ,68%

67 67 Características das Empresas Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Evolução do Número Médio de Funcionários Entre os Anos de 2006 e 2007 Evolução no Número Médio de Funcionários das Empresas – Por Segmento Pato Branco Londrina Cascavel Curitiba Maringá Cidades Pólo Capital Interior Cidades Menores RM de Curitiba Indústria Serviço Comércio Agrobusiness

68 68 Características das Empresas Base: 2.195* Faturamento Anual das Empresas – Previsão para 2007 (em R$) Média de Faturamento: R$ ,40 Mediana de Faturamento: R$ ,50 * Base diferente do total, pois 8 empresas iniciaram as atividades em 2008.

69 69 Características das Empresas Faturamento Anual das Empresas – Previsão para 2007 – Por Segmento Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Média de Faturamento Anual por Segmento

70 70 Características das Empresas Base: – Evolução no Faturamento Médio Anual das Empresas (em R$) 1,89% -3,08%

71 71 Características das Empresas Evolução no Faturamento Médio Anual das Empresas – Por Segmento (em R$) Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Evolução do Faturamento Médio Anual Entre os Anos de 2006 e 2007 Pato Branco Londrina Cascavel Curitiba Maringá Cidades Pólo Capital Interior Cidades Menores Interior Cidades Maiores RM de Curitiba Indústria Serviço Comércio Agrobusiness

72 72 Características das Empresas Base: Papel da Empresa como Fonte de Renda* A Atividade que Desenvolve Hoje é sua Única Fonte de Renda, Sua Fonte de Renda Principal ou Uma Fonte de Renda Complementar? *Fonte de Renda Única – Não manterá outras fontes de renda Fonte de Renda Principal – Manterá outras fontes de renda, mas esta representará mais de 50% Fonte de Renda Complementar – Manterá outras fontes de renda, mas esta atividade representará menos de 50%

73 73 Características das Empresas Papel da Empresa como Fonte de Renda Base: 112 – Percentual de Empresários cuja a Atividade Desenvolvida é sua Única Fonte de Renda Por Segmentos Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

74 74 Características das Empresas Base: 162 Parcerias Entre as Empresas Principais Tipos de Parceria Base: Possui Parceria com Outras Empresas?

75 75 Características das Empresas Parcerias Entre as Empresas – Por Segmento Percentual de Empresas que Possuem Parcerias com Outras Empresas Por Segmento Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

76 76 Características das Empresas Base: Fatos Ocorridos nas Empresas nos Últimos 5 Anos – Estimulado Entre os entrevistados que citaram algum fato, eles citaram em média 2 fatos ocorridos nas empresas nos últimos 5 anos

77 77 Características das Empresas Fatos Ocorridos nas Empresas nos Últimos 5 Anos – Estimulado Percentual de Empresas que Compraram Novas Maquinas - Por Segmento Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

78 78 Características das Empresas Fatos Ocorridos nas Empresas nos Últimos 5 Anos – Estimulado Percentual de Empresas que Expandiram sua Área Física - Por Segmento Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

79 79 Características das Empresas Tipo de Cliente Atendidos – Estimulado Base: Tipos de Cliente para os Quais Vende Atualmente? *Nesta pergunta o entrevistado poderia responder quantas alternativas fossem necessárias, por isso o total é superior a 100% já para o principal cliente atendido o entrevistado apontou apenas 1 opção. Entre as empresas que atendem o setor público este cliente representa em média das vendas 30%

80 80 Características das Empresas Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Tipo de Cliente Atendidos – Estimulado Percentual de Empresas que Vendem para Outras Empresas Por Segmentos

81 81 Características das Empresas Posse de Equipamentos na Empresa Base: Média: 1,17 linhas telefônicas Média: 1 Fax Média: 2,01 Microcomputadores Média de Equipamento que Possui* * Para o cálculo da média foram consideradas apenas as empresas que informaram possuir o equipamento

82 82 Características das Empresas Posse de Equipamentos na Empresa Percentual de Empresas que Possuem Microcomputador Por Segmento Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

83 83 Características das Empresas Posse de Equipamentos na Empresa Percentual de Empresas que Possuem Internet Banda Larga - Por Segmento Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

84 84 Características das Empresas Resumo das Características das Empresas Maiores Destaques Regional Pato Branco (71%) Comércio (70%) Cidades Pólo (63%) Percentual de Empresários que Já Abriram Suas Empresas Formalizadas Percentual de Empresas Associadas a Alguma Entidade, Como Sindicato ou Associação Idade Média das Empresas Percentual de Empresas Formalizada Menores Destaques Média de Funcionários Fixos e Prestadores de Serviço Exclusivo Regional Cascavel (51%) RM de Curitiba (51%) Agrobusiness (30%) Agrobusiness (17 anos) Regional Pato Branco (10 anos) Escritório Maringá (7 anos) Escritório Pato Branco (89%) Interior Cidades Menores (88%) Capital (87%) Escritório Londrina (78%) Serviço (79%) Agrobusiness (51%) Escritório Pato Branco (27%) Escritório Curitiba (13%) Serviço (13%) Capital (10%) Indústria (2,81 funcionários) Escritório Pato Branco (2,12) Escritório Cascavel (1,08) Interior Cidades Maiores (1,01) Agrobusiness (0,42)

85 85 Características das Empresas Resumo das Características das Empresas Maiores Destaques Capital (47%) Escritório Curitiba (39%) Serviço (37%) Média de Faturamento Anual Evolução do Faturamento Médio Anual Entre os Anos de 2006 e 2007 Evolução do Número Médio de Funcionários Entre os Anos de 2006 e 2007 Média de Funcionários Fixos e Prestadores de Serviços que São Familiares Menores Destaques Percentual de Empresas que Possuem Parcerias com Outras Empresas Escritório Maringá (28%) Interior Cidades Maiores (28%) Escritório Pato Branco (4,95%) Cidades Pólo (1,35%) RM de Curitiba (-11,03%) Agrobusiness (-6,67%) Indústria (187 mil) Escritório Pato Branco (130,8 mil) Escritório Maringá (121,8 mil) RM de Curitiba (69,1 mil) Serviço (69,0 mil) Capital (59,5 mil) Agrobusiness (12,55%) Capital (7,63%) Escritório Cascavel (-12,21%) Interior Cidades Maiores (-7,88%) Escritório Pato Branco (9%) Capital (9%) Indústria (9%) Escritório Londrina (6%) Interior Cidades Maiores (6%) Agrobusiness (5%)

86 IV –História da Empresa e Trajetória do Empresário Fundação da Empresa, Capital Necessário para a Abertura da Empresa e Motivos que Influenciaram a Tornar-se Empresário

87 87 História da Empresa e Trajetória do Empresário Base: 2222 Fundação da Empresa Foi o Senhor Mesmo que Fundou a Empresa? Como Entrou No Negócio? Base: 430

88 88 História da Empresa e Trajetória do Empresário Fundação da Empresa – Por Segmentos Percentual de Entrevistados que Fundaram a Empresa Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

89 89 História da Empresa e Trajetória do Empresário Base: 1.792* Fundou a Empresa Sozinho ou Possuía Sócios Quantos Sócios? Base: 492 * Total de entrevistados que fundaram a empresa. Média: 1,13 sócios

90 90 História da Empresa e Trajetória do Empresário Fundou a Empresa Sozinho ou Possuía Sócios – Por Segmento Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Percentual de Entrevistados que Fundaram a Empresa Sozinho Por Segmentos

91 91 História da Empresa e Trajetória do Empresário Capital Necessário para Abertura ou Compra da Empresa (em R$) Base: Média: R$ ,00 Mediana: R$ 7.500,00

92 92 História da Empresa e Trajetória do Empresário Capital Necessário para Abertura ou Compra da Empresa – Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Capital Médio para a Abertura de Empresa Por Segmentos

93 93 História da Empresa e Trajetória do Empresário Base: 2.214* Retorno Sobre o Capital Investido * Base diferente do total, pois 8 entrevistados não realizaram nenhum investimento para abertura no negócio. ** Média Interna considerando 80% dos casos O Senhor já Obteve Retorno Sobre o Capital Investido? Quanto Tempo Após a Abertura da Empresa Obteve Retorno do Capital? Média: 19 meses Mediana: 12 meses Média Interna**: 15 meses Em Quanto Tempo Estima Receber o Retorno do Capital Investido? Média: 25 meses Mediana: 18 meses Média Interna**: 21 meses

94 94 História da Empresa e Trajetória do Empresário Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Percentual de Empresas que Já Obtiveram Retorno Sobre o Capital Investido Por Segmento Retorno Sobre o Capital Investido

95 95 História da Empresa e Trajetória do Empresário Base: Origem do Capital Utilizado para Abertura ou Compra da Empresa Média: 68% Mediana: 70% Percentual que este Empréstimo em Instituições Financeiras Representou do Capital Base: 149

96 96 História da Empresa e Trajetória do Empresário Origem do Capital Utilizado para Abertura ou Compra da Empresa Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Percentual Médio de Empresas que Recorreram ao Empréstimo em Instituições Financeiras Por Segmento

97 97 História da Empresa e Trajetória do Empresário Origem do Capital Utilizado para Abertura ou Compra da Empresa Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Percentual Médio que Representou o Empréstimo em Instituições Financeiras no Capital para Abertura da Empresa Por Segmentos

98 98 História da Empresa e Trajetória do Empresário Base: 149 Origem do Capital Utilizado para Abertura ou Compra da Empresa Em Qual Instituição foi Obtido o Empréstimo?

99 99 História da Empresa e Trajetória do Empresário Base: 2222 Sociedade Atual da Empresa

100 100 História da Empresa e Trajetória do Empresário Sociedade Atual da Empresa Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Percentual de Entrevistados que Controlam a Empresa Sozinhos Por Segmentos

101 101 História da Empresa e Trajetória do Empresário Base: 63 O que Busca com a Associação?Pretende Associar-se a Outras Pessoas? Pretensão de Formar Novas Sociedades Base: % pretende associar-se a membros da família 70% a outras pessoas que não são da família A Quem Pretende Associar-se? Base: 63

102 102 História da Empresa e Trajetória do Empresário Pretensão de Formar Novas Sociedades Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Percentual de Entrevistados que não Pretendem Associar-se a Outras Pessoas Por Segmentos

103 103 História da Empresa e Trajetória do Empresário Base: Motivos que Levaram a se Tornar Empresário – Estimulado * Resposta Múltipla, Total superior a 100%

104 104 História da Empresa e Trajetória do Empresário Motivos que Levaram a se Tornar Empresário – Estimulado Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Percentual de Entrevistados que se Tornaram Empresários por Motivo de Perda de Emprego Por Segmento

105 105 História da Empresa e Trajetória do Empresário Motivos que Levaram a se Tornar Empresário – Estimulado Base: Por Setor Por IDH Percentual de Entrevistados que se Tornaram Empresários por Motivo de Perda de Emprego Por Segmento

106 106 Base: 2222 História da Empresa e Trajetória do Empresário Principal Motivo que Levou a se Tornar Empresário – Estimulado * Neste caso o entrevistado deveria responder o Principal Motivo que o levou a se tornar empresário, ou seja, só poderia dar uma única resposta.

107 107 História da Empresa e Trajetória do Empresário Base: 2222 Atividade Desenvolvida Antes de Começar a Atuar como Empresário Baixíssimo empreendedorismo entre os estudantes

108 108 História da Empresa e Trajetória do Empresário Atividade Desenvolvida Antes de Começar a Atuar como Empresário Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Percentual de Empresários que eram Estudantes Antes de Atuar como Empresário Por Segmento 18,8% eram estudantes do ensino médio quando tornaram- se empresários

109 109 História da Empresa e Trajetória do Empresário Resumo da História da Empresa e Trajetória do Empresário Maiores Destaques Indústria (98%) Interior Cidades Menores (84%) Capital Médio Necessário para a Abertura ou Aquisição do Negócio Percentual de Empresários que Fundaram a Empresa Menores Destaques Agrobusiness (76%) RM de Curitiba (76%) Agrobusiness (81%) Escritório Cascavel (80%) Comércio (68%) Indústria (67%) Escritório Maringá (67%) Agrobusiness (R$ 47,1 mil) Escritório Pato Branco (R$ 37,8 mil) Indústria (R$ 30 mil) Escritório Cascavel (R$ 18,8 mil) Serviços (R$ 18,3 mil) Capital (R$ 15,2 mil) Percentual de Empresários que Fundaram a Empresa Sozinhos Agrobusiness(19%) Escritório Pato Branco (12%) Percentual Médio de Empresas que Recorreram ao Empréstimo em Instituições Financeiras Comércio (64%) Cidades Pólo (64%) RM de Curitiba (61%)

110 110 História da Empresa e Trajetória do Empresário Resumo da História da Empresa e Trajetória do Empresário Maiores Destaques Menores Destaques Agrobusiness (89%) Indústria (80%) Escritório Cascavel (74%) Escritório Maringá (71%) Agrobusiness (78%) Escritório Cascavel (75%) Escritório Maringá (63%) Indústria (62%) Percentual de Empresas que já Obtiveram Retorno Sobre o Capital Investido Percentual de Entrevistados que Controlam a Empresas Sozinhos Agrobusiness (38%) Escritório Cascavel (37%) Escritório Curitiba (23%) Escritório Maringá (20%) Agrobusiness (20%) Escritório Pato Branco (9%) Escritório Maringá (5%) Percentual de Entrevistados que se Tornaram Empresários por Motivo de Perda de Emprego Percentual de Empresários que eram Estudantes Antes de Atuar como Empresário

111 V – Apoio Institucional aos Empresários Recebimento de Apoio Institucional, Conhecimento do Sebrae, Tipos de Contato Realizado com o Sebrae e Motivos para Não Procurar o Sebrae

112 112 Principais Instituições das Quais Recebeu Apoio ou Orientações – Estimulado Apoio aos Empresários Base: Procurou Alguma Instituição para Receber Apoio ou Orientação Empresarial no Início de sua Carreira? Instituições Pelas Quais Procurou para Receber Apoio ou Orientação Base: 2.222* *Manteve-se o percentual sobre o total da base para apontar a penetração do Sebrae na procura por orientação.

113 113 Principais Instituições das Quais Recebeu Apoio ou Orientações – Estimulado Apoio aos Empresários Base: Percentual de Empresários que Procuraram Alguma Instituição para Receber Apoio ou Orientação Por Segmentos Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

114 114 Principais Instituições das Quais Recebeu Apoio ou Orientações – Estimulado Apoio aos Empresários Base: Percentual de Empresários que Procuraram o Sebrae para Receber Apoio ou Orientação Por Segmentos Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

115 115 Tipo de Apoio ou Orientação que Recebeu do Sebrae Apoio aos Empresários Base: 387* * Total de entrevistados que receberam apoio e orientação do Sebrae

116 116 Tipo de Apoio ou Orientação que Recebeu do SENAI Apoio aos Empresários Base: 91* * Total de entrevistados que receberam apoio e orientação do SENAI

117 117 Tipo de Apoio ou Orientação que Recebeu do SENAC Apoio aos Empresários Base: 131* * Total de entrevistados que receberam apoio e orientação do SENAC

118 118 Conhecimento do Sebrae - Estimulado Apoio aos Empresários Base: % dos entrevistados conhecem o Sebrae

119 119 Conhecimento do Sebrae – Estimulado Apoio aos Empresários Percentual de Empresários que Já Tiveram Algum Contato Com o Sebrae Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

120 120 Imagem que o Entrevistado Possui do Sebrae Apoio aos Empresários Base: 2.125* * Total de entrevistados que conhecem o Sebrae mesmo que só de ouvir falar.

121 121 Apoio aos Empresários Percentual de Empresários que Conhecem o Sebrae por Oferecer Cursos e Treinamentos Profissionalizantes Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Imagem que o Entrevistado Possui do Sebrae

122 122 Apoio aos Empresários Percentual de Empresários que Conhecem o Sebrae por Prestarem Ajuda Financeira às Empresas Através de Empréstimos para Aplicação na Mesma Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Imagem que o Entrevistado Possui do Sebrae

123 123 Apoio aos Empresários Percentual de Empresários que Conhecem o Sebrae Apenas de Ouvir Falar Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Imagem que o Entrevistado Possui do Sebrae

124 124 Tipo de Contato Realizado com o Sebrae Apoio aos Empresários Base: 560* Entrou em contato para pedir informações 40% * Total de entrevistados que tiveram algum contato com o Sebrae

125 125 Tipo de Contato Realizado com o Sebrae Apoio aos Empresários Percentual de Empresários que Tiveram Contato com Sebrae Através do Fácil Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

126 126 Tipo de Contato Realizado com o Sebrae Apoio aos Empresários Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Percentual de Empresários que Tiveram Contato com Sebrae Através de Grupos de Trabalho (Geor, APL) Por Segmentos

127 127 Principais Benefícios Obtidos Após Contato com o Sebrae – Estimulado Apoio aos Empresários Base: 560* * Total de entrevistados que tiveram algum contato com o Sebrae Foram apresentadas aos entrevistados 6 alternativas de benefícios dos quais eles respondiam se tinham adquirido ou não após o contato com o Sebrae. Aqueles que responderam não para todos os benefícios tiveram sua resposta classificada como Não obteve nenhum benefício. É pequena a interferência do Sebrae em uma das maiores necessidades do empresariado, que é aumentar vendas e faturamento

128 128 Principais Benefícios Obtidos Após Contato com o Sebrae Apoio aos Empresários Percentual de Empresários que Obtiveram Aumento no Volume de Vendas Após Contato com o Sebrae Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

129 129 Principais Benefícios Obtidos Após Contato com o Sebrae Apoio aos Empresários Percentual de Empresários que Obtiveram Acesso à Tecnologia Após Contato com o Sebrae Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

130 130 Principais Benefícios Obtidos Após Contato com o Sebrae Apoio aos Empresários Percentual de Empresários que Não Obtiveram Nenhum Benefício Após Contato com o Sebrae Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

131 131 Apoio aos Empresários Principais Motivos para não Ter Procurado pelo Sebrae Base: 1.565* * Total de entrevistados que conhecem o Sebrae mas não tiveram nenhum contato com a Instituição

132 132 Apoio aos Empresários Principais Motivos por Não ter Procurado pelo Sebrae – Por Localidade Percentual de Empresários que Não Procuraram o Sebrae por Desconhecer as Atividades da Instituição Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

133 133 Apoio aos Empresários Principais Benefícios ou Serviços que o Fariam Procurar o Sebrae Existe Algum Benefício ou Serviço que o Faria Procurar pelo Sebrae? Base: Quais Benefícios ou Serviços que o Faria Procurar pelo Sebrae? Base: 1.565* * Total de entrevistados que conhecem o Sebrae mas não tiveram nenhum contato com a Instituição

134 134 Apoio aos Empresários Principais Benefícios ou Serviços que o Fariam Procurar o Sebrae Percentual de Empresas que Citaram que Algum Benefício ou Serviço Fariam Aproximá-los do Sebrae Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

135 135 Apoio aos Empresários Principais Benefícios ou Serviços que o Fariam Procurar o Sebrae Percentual de Empresários que Procurariam o Sebrae para Obter Informações sobre Captação de Recursos Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

136 136 Apoio aos Empresários Principais Atividades Conhecidas e Desenvolvidas pelo Sebrae – Estimulado Para levantar o conhecimento das atividades desenvolvidas pelo Sebrae foi entregue ao entrevistado um cartão com 9 atividades que o Sebrae desenvolve. As atividades apresentadas são: Auxílio para abertura da empresa Cursos e treinamentos para administração da empresa Consultoria com preço mais barato Formação de grupos de trabalho de empresas do mesmo setor para promover cooperação e desenvolvimento conjunto Auxílio no desenvolvimento de projetos para captação de financiamentos Promoção de rodadas de negócio para aproximar empresas e gerar vendas entre elas Realização de esforços para a aprovação de políticas que favoreçam as pequenas e microempresas Desenvolvimento de conteúdos sobre empreendedorismo para o ensino médio e fundamental Orientação aos empreendedores para e elaboração do plano de negócios Quando o entrevistado não conhecia nenhum atividade era classificado como: Não conhece nenhuma atividade desenvolvida pelo Sebrae.

137 137 Apoio aos Empresários Principais Atividades Conhecidas e Desenvolvidas pelo Sebrae – Estimulado Base: 2125* * Total de entrevistados que conhecem o Sebrae mesmo que só de ouvir falar

138 138 Apoio aos Empresários Principais Atividades Conhecidas e Desenvolvidas pelo Sebrae – Estimulado

139 139 Apoio aos Empresários Principais Atividades Conhecidas e Desenvolvidas pelo Sebrae – Estimulado

140 140 Apoio aos Empresários Principais Atividades Conhecidas e Desenvolvidas pelo Sebrae – Estimulado

141 141 Apoio aos Empresários Para levantar o conhecimento das ferramentas utilizadas pelo Sebrae foi entregue ao entrevistado um cartão com 6 projetos ou atividades. As ferramentas apresentadas são: Programa Próprio Programa Empretec Publicações especializadas para as pequenas e microempresas Feiras de negócio Atendimento no balcão Projetos Geor O entrevistado deveria classificar cada ferramenta como: Participou ou teve acesso ao programa ou ferramenta Conhece informações sobre o programa ou ferramenta, mas não participou Conhece apenas de ouvir falar Não conhece Conhecimento dos Programas e Ferramentas do Sebrae

142 142 Apoio aos Empresários Conhecimento dos Programas e Ferramentas do Sebrae Base: 2.125* * Total de entrevistados que conhecem o Sebrae mesmo que só de ouvir falar.

143 143 Apoio aos Empresários Resumo do Apoio aos Empresários Maiores Destaques Escritório Pato Branco (32%) Agrobusiness (32%) Percentual de Empresas que Citaram que Algum Benefício ou Serviço Fariam Aproximá-los do Sebrae Percentual de Empresários que Procuraram Alguma Instituição para Receber Apoio ou Orientação Menores Destaques Escritório Londrina (22%) RM de Curitiba (21%) Indústria (36%) Escritório Pato Branco (31%) Capital (30%) RM de Curitiba (16%) Agrobusiness (9%) Indústria (78%) Interior Cidades Maiores (73%) Escritório Cascavel (71%) Escritório Londrina (58%) Interior Cidades Menores (58%) Percentual de Empresas que Já Tiveram Algum Contato com o Sebrae

144 VI – Necessidades dos Empresários Dificuldades Enfrentadas na Condução da Empresa, Orientações e Conhecimentos que Ajudariam na Condução da Empresa

145 145 Principais Dificuldades Enfrentadas Atualmente na Condução da Empresa Necessidades dos Empresários Base: % dos entrevistados informaram não enfrentar nenhuma dificuldade na condução e administração da empresa

146 146 Necessidades dos Empresários Percentual de Empresários que Informaram Não Enfrentar Nenhuma Dificuldade na Condução da Empresa Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Principais Dificuldades Enfrentadas Atualmente na Condução da Empresa

147 147 Necessidades dos Empresários Principais Dificuldades Enfrentadas Atualmente na Condução da Empresa O Que Ajudaria a Enfrentar as Dificuldades e Obter Mais Sucesso? Base: 1.686* * Total de entrevistados que informaram passar por dificuldades na condução da empresa Sebrae – 70% SENAI – 4% Associações Comerciais – 2% Quais Instituições? Base: 120

148 148 Necessidades dos Empresários Percentual de Empresas que Acreditam que Injeção de Capital Ajudaria a Enfrentar as Dificuldades por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Principais Dificuldades Enfrentadas Atualmente na Condução da Empresa

149 149 Período de Dificuldade Enfrentado pelos Empresários Necessidades dos Empresários Base: 859 Já Passou por Períodos de Dificuldade em que Pensou em Fechar a Empresa? Quais os Principais Motivos que o Levaram a Pensar em Fechar a Empresa? Base: 2222

150 150 Período de Dificuldade Enfrentado pelos Empresários – Por Segmentos Necessidades dos Empresários Percentual de Empresários que já Passaram por Períodos de Dificuldade e Pensaram em Fechar a Empresa Por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

151 151 Necessidades dos Empresários Período de Dificuldade Enfrentado pelos Empresários O que Evitou o Fechamento da Empresa? Base: 859* * Total de entrevistados que informaram já ter passado por períodos de dificuldade em que pensaram em fechar a empresa

152 152 Necessidades dos Empresários Período de Dificuldade Enfrentado pelos Empresários Percentual de Empresas que Afirmam que a Injeção de Capital Evitou o Fechamento da Empresa por Segmentos Base: Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor

153 153 Principais Orientações e Conhecimentos que Ajudariam no Início da Vida como Empresário Necessidades dos Empresários Base: 2222

154 154 Necessidades dos Empresários Percentual de Empresários que Acreditam que Orientações sobre Captação de Recursos Ajudariam no Início por Segmentos Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Principais Orientações e Conhecimentos que Ajudariam no Início da Vida como Empresário Base:

155 155 Principais Orientações e Conhecimentos que Favoreceriam a Atividade da Empresa no Presente Necessidades dos Empresários Base: 2222

156 156 Necessidades dos Empresários Percentual de Empresários que Acreditam que Orientações Sobre Gestão Financeira e do Negócio Ajudariam no Presente Por Segmento Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Principais Orientações e Conhecimentos que Favoreceriam a Atividade da Empresa no Presente Base:

157 157 Principais Carências a Serem Desenvolvidas para o Aumento do Desempenho Empresarial Necessidades dos Empresários Base: % dos entrevistados afirmam que não existem carências a serem desenvolvidas para o aumento do desempenho empresarial

158 158 Necessidades dos Empresários Percentual de Empresários que Não Demandam Nenhuma Melhoria para a Elevação do Desempenho Empresarial por Segmentos Por Escritório Regional Por Tipo de Cidade Por Setor Base: Principais Carências a Serem Desenvolvidas para o Aumento do Desempenho Empresarial

159 159 Necessidades dos Empresários Resumo das Necessidades dos Empresários Maiores Destaques Interior Cidades Menores (33%) Agrobusiness (30%) Escritório Pato Branco (30%) Percentual de Empresários que já Passaram por Períodos de Dificuldade e Pensaram em Fechar a Empresa Percentual de Empresas que Afirmam que a Injeção de Capital Evitou o Fechamento da Empresa Percentual de Empresas que Acreditam que Injeção de Capital Ajudaria a Enfrentar as Dificuldades Percentual de Empresários que Informaram Não Enfrentar Nenhuma Dificuldade na Condução da Empresa Menores Destaques Indústria (17%) Escritório Curitiba (16%) Capital (13%) Escritório Pato Branco (59%) Interior Cidades Menores (58%) Agrobusiness (57%) Escritório Curitiba (38%) RM de Curitiba (34%) Capital (32%) Agrobusiness (47%) RM de Curitiba (43%) Escritório Curitiba (42%) Indústria (36%) Interior Cidades Menores (36%) Escritório Maringá (33%) Escritório Pato Branco (49%) Interior Cidades Maiores (42%) Indústria (26%) Capital (20%)

160 160 Necessidades dos Empresários Resumo das Necessidades dos Empresários Maiores Destaques Menores Destaques Percentual de Empresários que Acreditam que Orientações sobre Captação de Recursos Ajudariam no Início Agrobusiness (67%) Escritório Cascavel (45%) Escritório Londrina (45%) Escritório Maringá (32%) RM de Curitiba (25%) Percentual de Empresários que Acreditam que Orientações Sobre Gestão Financeira e do Negócio Ajudariam no Presente Escritório Pato Branco (41%) Indústria (40%) Escritório Londrina (32%) RM de Curitiba (32%) Percentual de Empresários que Não Demandam Nenhuma Melhoria para a Elevação do Desempenho Empresarial Agrobusiness (25%) Interior Cidades Maiores (22%) Escritório Londrina (22%) Escritório Curitiba (16%) Escritório Pato Branco (16%)


Carregar ppt "Perfil do Público-Alvo no Paraná Elaborado para: Sebrae Por: Diferencial Pesquisa de Mercado Março de 2008 Parte I Informações dos Empresários."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google