A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Recomenda-se escolher pontos equidistantes, e também aqueles localizados sobre os pontos de máxima curvatura das linhas. Rio Azul BR 446 A polilinha criada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Recomenda-se escolher pontos equidistantes, e também aqueles localizados sobre os pontos de máxima curvatura das linhas. Rio Azul BR 446 A polilinha criada."— Transcrição da apresentação:

1 Recomenda-se escolher pontos equidistantes, e também aqueles localizados sobre os pontos de máxima curvatura das linhas. Rio Azul BR 446 A polilinha criada com o comando PLINE pode parecer um tanto rústica, com arestas ou cotovelos, mas existe um comando utilizado durante a fase de edição em que a polilinha é suavizada, aproximando-se bastante da original

2 Command:PLINE (POLYLINE) From point: Current line-width is Arc/Close/Halfwidth/Length/Undo/Width/ : Command:PLINE (POLYLINE) From point: Current line-width is Arc/Close/Halfwidth/Length/Undo/Width/ : Captura de Polilinhas (segmentos interligados) Primitivas Geométricas Desenhar segmentos (polilinhas) paralelas agrupadas Command:MLINE (POLYLINE) Specify starting point or (Justification/Scale/Style) Command:MLINE (POLYLINE) Specify starting point or (Justification/Scale/Style)

3 Command: BOUNDARY Organização da digitalização Transforma digitalização de polígonos efetuados pelo MODELO TOTAL em MODELO ESPAGUETE. - Após acionar o comando, selecionar a opção REGION em seguida selecionar um ponto interno ao polígono em questão.

4 Nos casos em que exige-se uma precisão absoluta, ou há disponibilidade de tempo, pode-se utilizar o comando SKETCH. Este comando funciona como uma caneta que traça uma linha contínua por onde o cursor passar. Na verdade a linha traçada pelo comando SKETCH não é contínua, e sim uma sequência de pequenos segmentos de reta com tamanho definível pelo usuário na opção RECORD INCREMENT. Para mapa em escalas diferentes, o tamanho de cada pequeno segmento deve ser modificado, de acordo com sugestão da tabela abaixo: Nos casos em que exige-se uma precisão absoluta, ou há disponibilidade de tempo, pode-se utilizar o comando SKETCH. Este comando funciona como uma caneta que traça uma linha contínua por onde o cursor passar. Na verdade a linha traçada pelo comando SKETCH não é contínua, e sim uma sequência de pequenos segmentos de reta com tamanho definível pelo usuário na opção RECORD INCREMENT. Para mapa em escalas diferentes, o tamanho de cada pequeno segmento deve ser modificado, de acordo com sugestão da tabela abaixo: P RINCIPAIS C OMANDOS - Comandos de DESENHO ESCALARECORD INCREMENTESCALARECORD INCREMENT 1: : : : : : : : :

5 P RINCIPAIS C OMANDOS - Comandos de DESENHO PROMPT Command: Record increment : Sketch.Pen RESPOSTA sketch 1.00 P EXPLICAÇÃO Inicia o comando sketch Aumenta o tamanho dos segmentos Pen Up and Pen Down (up - caneta inativa; down - caneta ativa)

6 F QUANDO A PRECISÃO ABSOLUTA É NECESSÁRIA - TEMPO DISPONÍVEL: Command:SKETCH Record increment : Sketch. Pen eXit Quit Record Erase Connect CUIDADO!! Verifique SEMPRE a condição do comando SKETCH através do comando auxiliar SKPOLY. -SKPOLY: (0) - comando sketch digitalizará LINHAS - SKPOLY: (1) - comando sketch digitalizará POLILINHAS Command:SKETCH Record increment : Sketch. Pen eXit Quit Record Erase Connect CUIDADO!! Verifique SEMPRE a condição do comando SKETCH através do comando auxiliar SKPOLY. -SKPOLY: (0) - comando sketch digitalizará LINHAS - SKPOLY: (1) - comando sketch digitalizará POLILINHAS Captura de Polilinhas (segmentos interligados) Primitivas Geométricas

7 Command:DONUT (DOUGHNUT) Inside diameter : Outside diameter : Center of doughnut: Command:DONUT (DOUGHNUT) Inside diameter : Outside diameter : Center of doughnut: Captura de Pontos F Este comando é utilizado para a digitalização de caracteres pontuais, ou simplesmente pontos do mapa. O DONUT gera um circulo cheio ou um anel; no caso é o CIRCULO CHEIO que nos interessa. F Por que não utilizar o Command:Point do AutoCAD? => A entidade DONUT é uma POLILINHA FECHADA que pode ser compreendida desta forma no momento de importação/exportação de dados pontuais para outros software. => A entidade fornecida pelo POINT não é reconhecida em outros software como tal. F Este comando é utilizado para a digitalização de caracteres pontuais, ou simplesmente pontos do mapa. O DONUT gera um circulo cheio ou um anel; no caso é o CIRCULO CHEIO que nos interessa. F Por que não utilizar o Command:Point do AutoCAD? => A entidade DONUT é uma POLILINHA FECHADA que pode ser compreendida desta forma no momento de importação/exportação de dados pontuais para outros software. => A entidade fornecida pelo POINT não é reconhecida em outros software como tal. Primitivas Geométricas

8 F Comando utilizado quando se deseja uma melhor visualização de algum detalhe ou uma visão mais ampla do desenho. F As opções do comando são interessantes: a (All) : mostra a área definida pelo comando limits. É o zoom total. e (Extents): mostra o desenho com o ajuste máximo de tamanho na tela (ignora comando limits). p (Previous): apresenta o zoom anterior. w (Window) : permite ao usuário determinar uma janela de observação. F Comando utilizado quando se deseja uma melhor visualização de algum detalhe ou uma visão mais ampla do desenho. F As opções do comando são interessantes: a (All) : mostra a área definida pelo comando limits. É o zoom total. e (Extents): mostra o desenho com o ajuste máximo de tamanho na tela (ignora comando limits). p (Previous): apresenta o zoom anterior. w (Window) : permite ao usuário determinar uma janela de observação. Command: ZOOM All/Center/Dynamic/Extents/Left/Previous/Vmax/Window/

9 F Comando utilizado para deslocar-se através do desenho (função complementar àquela de se aproximar ou afastar do desenho - ZOOM) F O primeiro ponto selecionado é deslocado (junto com todo o desenho) até o segundo ponto. F Comando utilizado para deslocar-se através do desenho (função complementar àquela de se aproximar ou afastar do desenho - ZOOM) F O primeiro ponto selecionado é deslocado (junto com todo o desenho) até o segundo ponto. Command: PAN Pan displacement:Second point: Command: PAN Pan displacement:Second point: P RINCIPAIS C OMANDOS - Comandos de VIZUALIZAÇÃO

10 Após todas as principais entidades serem digitalizadas, passa-se à fase de edição, onde são realizadas as correções de linhas, entrada de texto e definição do padrão de hachuramento. O dispositivo de apontamento mais utilizado nesta fase é o mouse (e não a mesa digitalizadora), devido à sua maior agilidade. Os principais comandos de edição são apresentados a seguir. Após todas as principais entidades serem digitalizadas, passa-se à fase de edição, onde são realizadas as correções de linhas, entrada de texto e definição do padrão de hachuramento. O dispositivo de apontamento mais utilizado nesta fase é o mouse (e não a mesa digitalizadora), devido à sua maior agilidade. Os principais comandos de edição são apresentados a seguir. C OMANDOS DE E DIÇÃO

11 Comandos que permitem a modificação de entidades já existentes. Após a ativação de um comando de edição qualquer, a interação será: Command: (qualquer um de edição) (ERASE por ex.) Select Objects: A. OPÇÕES PARA A SELEÇÃO DE OBJETOS 1. Um a um indicando através do botão de dados do cursor. 2. (W) modo Window (janela). O usuário define uma janela através de sua diagonal. Somente as entidades totalmente contidas no interior da janela são selecionadas. 3. (C) modo Crossing (cruzamento). Similar ao modo Window (W), entretanto os objetos que deseja-se selecionar não precisam estar totalmente contidos na janela. 4. (U) undo. Elimina a última ou últimas entidades selecionadas. 5. (L) last. Qualquer edição da última entidade desenhada pode ser feita apenas utilizando o modo de seleção (L). 6. (END). Localiza o ponto final de uma linha-polilinha-ponto. 7. (ALL). Seleciona TODAS as entidades da figura. Comandos que permitem a modificação de entidades já existentes. Após a ativação de um comando de edição qualquer, a interação será: Command: (qualquer um de edição) (ERASE por ex.) Select Objects: A. OPÇÕES PARA A SELEÇÃO DE OBJETOS 1. Um a um indicando através do botão de dados do cursor. 2. (W) modo Window (janela). O usuário define uma janela através de sua diagonal. Somente as entidades totalmente contidas no interior da janela são selecionadas. 3. (C) modo Crossing (cruzamento). Similar ao modo Window (W), entretanto os objetos que deseja-se selecionar não precisam estar totalmente contidos na janela. 4. (U) undo. Elimina a última ou últimas entidades selecionadas. 5. (L) last. Qualquer edição da última entidade desenhada pode ser feita apenas utilizando o modo de seleção (L). 6. (END). Localiza o ponto final de uma linha-polilinha-ponto. 7. (ALL). Seleciona TODAS as entidades da figura. C OMANDOS DE E DIÇÃO

12 A. OPÇÕES PARA A SELEÇÃO DE OBJETOS - OUTRAS BOX 9. Fence 10. WPolygon 11. Cpolygon 12. Add 13. Remove 14. Multiple 15. Previous 16. AUto 17. Single A. OPÇÕES PARA A SELEÇÃO DE OBJETOS - OUTRAS BOX 9. Fence 10. WPolygon 11. Cpolygon 12. Add 13. Remove 14. Multiple 15. Previous 16. AUto 17. Single

13 C OMANDOS DE E DIÇÃO - UNDO Sempre que um erro ocorrer, pode-se voltar atrás com o auxílio do comando UNDO PROMPT Command: PROMPT Command: RESPOSTA UNDO (ENTER) RESPOSTA UNDO (ENTER) EXPLICAÇÃO Desfaz o último comando EXPLICAÇÃO Desfaz o último comando

14 C OMANDOS DE E DIÇÃO - ERASE Para apagar uma entidade qualquer, utilize o comando ERASE PROMPT Command: Select objetcs: Select objects: 1 found Select objects: PROMPT Command: Select objetcs: Select objects: 1 found Select objects: RESPOSTA ERASE (ENTER) selecione o objeto confirma seleção ENTER RESPOSTA ERASE (ENTER) selecione o objeto confirma seleção ENTER EXPLICAÇÃO Inicia o comando erase Seleciona o objeto a ser apagado Apaga o objeto selcionado EXPLICAÇÃO Inicia o comando erase Seleciona o objeto a ser apagado Apaga o objeto selcionado

15 Comando ERASE (a) (b) (c) (a) arranjo inicial; (b) duas polilinhas são selecionadas; (c) figura após a finalização do comando C OMANDOS DE E DIÇÃO - ERASE

16 C OMANDOS DE E DIÇÃO - MOVE Objetos podem ser movidos de posição através do comando MOVE PROMPT Command: Select objetcs: Select objects: 1 found Select objects: /Multiple: Second point of displacement PROMPT Command: Select objetcs: Select objects: 1 found Select objects: /Multiple: Second point of displacement RESPOSTA MOVE (ENTER) Selecione o objeto ENTER (teclado) RESPOSTA MOVE (ENTER) Selecione o objeto ENTER (teclado) EXPLICAÇÃO Inicia o comando move Seleciona o objeto a ser movido Confirma seleção Encerra a seleção de objetos Ponto a partir do qual será feita a moção. (M = cópias multiplas) Ponto específico para onde o objeto será movido EXPLICAÇÃO Inicia o comando move Seleciona o objeto a ser movido Confirma seleção Encerra a seleção de objetos Ponto a partir do qual será feita a moção. (M = cópias multiplas) Ponto específico para onde o objeto será movido

17 Comando CHANGE C OMANDOS DE E DIÇÃO - CHANGE se várias entidades são selecionadas somente é possível editar Color, Layer, LineType e Thickness se uma única entidade é selecionada a edição é mais detalhada e dados a serem modificados dependem do tipo de entidade selecionada se várias entidades são selecionadas somente é possível editar Color, Layer, LineType e Thickness se uma única entidade é selecionada a edição é mais detalhada e dados a serem modificados dependem do tipo de entidade selecionada Properties edição mais amigável através de bloco de diálogo Properties edição mais amigável através de bloco de diálogo

18 C OMANDOS DE E DIÇÃO - COPY Objetos podem ser duplicados através do comando COPY PROMPT Command: Select objetcs: Select objects: 1 found Select objects: /Multiple: Second point of displacement PROMPT Command: Select objetcs: Select objects: 1 found Select objects: /Multiple: Second point of displacement RESPOSTA COPY (ENTER) Selecione o objeto ENTER (teclado) RESPOSTA COPY (ENTER) Selecione o objeto ENTER (teclado) EXPLICAÇÃO Inicia o comando copy Seleciona o objeto a ser copiado Confirma seleção Encerra a seleção de objetos Ponto a partir do qual será feita a cópia. (M = cópias multiplas) Ponto espcífico para onde o objeto será copiado EXPLICAÇÃO Inicia o comando copy Seleciona o objeto a ser copiado Confirma seleção Encerra a seleção de objetos Ponto a partir do qual será feita a cópia. (M = cópias multiplas) Ponto espcífico para onde o objeto será copiado O objeto é copiado para a posição delimitada pelos dois pontos requeridos: leva-se o objeto da posição 1 para a posição 2. Quando são necessárias várias cópias do mesmo objeto, pode-se usar a opção m (Multiple). A figura vai sendo duplicada até que se interrompa o comando pressionando a tecla [ENTER]

19 C OMANDOS DE E DIÇÃO - ROTATE Objetos podem ser rotacionados através do comando ROTATE PROMPT Command: Select objetcs: Select objects: 1 found Select objects: Base point: /Reference PROMPT Command: Select objetcs: Select objects: 1 found Select objects: Base point: /Reference RESPOSTA ROTATE(ENTER) Selecione o objeto ENTER (teclado) Clicar sobre o ponto de rotação desejado Digitar o valor do ângulo OU manipular o mouse para acerto de ângulo arbitrário RESPOSTA ROTATE(ENTER) Selecione o objeto ENTER (teclado) Clicar sobre o ponto de rotação desejado Digitar o valor do ângulo OU manipular o mouse para acerto de ângulo arbitrário EXPLICAÇÃO Inicia o comando rotate Seleciona o objeto a ser rotacionado Confirma seleção Encerra a seleção de objetos Especifica o ponto pivô de rotação Especifica o valor do ângulo ou manipula o mouse para rotacionar o objeto de um ângulo arbitrário. EXPLICAÇÃO Inicia o comando rotate Seleciona o objeto a ser rotacionado Confirma seleção Encerra a seleção de objetos Especifica o ponto pivô de rotação Especifica o valor do ângulo ou manipula o mouse para rotacionar o objeto de um ângulo arbitrário.

20 C OMANDOS DE E DIÇÃO - EXTEND Intersecção de 2 linhas: ocorrem duas situações diferentes: 1. uma linha NÃO chega a interceptar a outra; 2. uma linha ultrapassa a outra Caso 1: utiliza-se o comando EXTEND Command: EXTEND Select boundary edge(s)... Select objects: 1 found Select objects: Undo: selecione primeiro uma entidade que indica o limite (boundary) da extensão selecione extremidade das entidades a serem estendidas Intersecção de 2 linhas: ocorrem duas situações diferentes: 1. uma linha NÃO chega a interceptar a outra; 2. uma linha ultrapassa a outra Caso 1: utiliza-se o comando EXTEND Command: EXTEND Select boundary edge(s)... Select objects: 1 found Select objects: Undo: selecione primeiro uma entidade que indica o limite (boundary) da extensão selecione extremidade das entidades a serem estendidas

21 comando EXTENT (a)(b) (c)(d) (a) duas linhas que não se interceptam; (b) seleciona-se a linha limite; (c) seleciona-se a linha a ser estendida; (d) intersecção corrigida (a) duas linhas que não se interceptam; (b) seleciona-se a linha limite; (c) seleciona-se a linha a ser estendida; (d) intersecção corrigida

22 C OMANDOS DE E DIÇÃO - TRIM Intersecção de 2 linhas: ocorrem duas situações diferentes: 1. uma linha NÃO chega a interceptar a outra; 2. uma linha ultrapassa a outra - HÁ EXCESSO; UMA LINHA CORTA A OUTRA. Caso 2: utiliza-se o comando TRIM Command: TRIM Edge/NoExtend: trim somente de entidades que se cruzam explicitamente Edge/Extend: trim de entidades que se cruzam implicitamente Project: trim de entidades em planos diferentes (3D) primeiro selecionar entidades que indicam limites de cortes depois selecionar entidades a serem cortadas Intersecção de 2 linhas: ocorrem duas situações diferentes: 1. uma linha NÃO chega a interceptar a outra; 2. uma linha ultrapassa a outra - HÁ EXCESSO; UMA LINHA CORTA A OUTRA. Caso 2: utiliza-se o comando TRIM Command: TRIM Edge/NoExtend: trim somente de entidades que se cruzam explicitamente Edge/Extend: trim de entidades que se cruzam implicitamente Project: trim de entidades em planos diferentes (3D) primeiro selecionar entidades que indicam limites de cortes depois selecionar entidades a serem cortadas

23 comando TRIM (a)(b) (c)(d) (a) duas linhas que excedem a intersecção; (b) seleciona-se a superficie cortante; (c) seleciona-se o excesso; (d) intersecção corrigida (a) duas linhas que excedem a intersecção; (b) seleciona-se a superficie cortante; (c) seleciona-se o excesso; (d) intersecção corrigida


Carregar ppt "Recomenda-se escolher pontos equidistantes, e também aqueles localizados sobre os pontos de máxima curvatura das linhas. Rio Azul BR 446 A polilinha criada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google