A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tópicos Preliminares Prof. Alexandre Parra

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tópicos Preliminares Prof. Alexandre Parra"— Transcrição da apresentação:

1 Tópicos Preliminares Prof. Alexandre Parra

2 Índice Seção 1 – Tipos Primitivos Seção 2 – Constantes Seção 3 – Variável Seção 4 – Expressões Aritméticas Seção 5 – Expressões Lógicas Seção 6 – Comando de Atribuição Seção 7 - Comandos de Entrada e Saída Seção 8 - Blocos

3 Tipos Primitivos Seção 1 Conceito muito importante: Informação Informação: é a matéria-prima que faz com que seja necessária a existência dos computadores, pois eles são capazes de manipular e armazenar um grande volume de dados com alto desempenho. A Ciência que estuda a informação e suas aplicações é a Ciências da Computação. O computador manipula as informações e como armazená-las ?

4 Tipos Primitivos Inteiro: toda e qualquer informação numérica que pertença ao conjunto dos números inteiros; Real: toda e qualquer informação que pertença ao conjunto dos números reais; Caractere: toda e qualquer informação composta por um conjunto de caracteres alfanuméricos (0..9/a..z/A..Z) e/ou especiais Obs:delimitadas por um par de aspas duplas ( ). Lógico: toda e qualquer informação que pode apenas assumir duas situações (bi-estável). Obs: por convenção verdadeiro ou falso.

5 Constantes Seção 2 Entende-se que uma informação é constante quando ela não sofre nenhuma variação no decorrer do tempo. Para diferenciar informações constantes do tipo primitivo caractere iremos delimitá-las por um par de aspas simples ( ).

6 Variável Seção 3 Uma informação é dita ser variável quando tem a possibilidade de ser alterada em algum instante ao decorrer do tempo.

7 Formação de Identificadores São nomes que são atribuídos a parâmetros que representam valores em mutação. Ex: o parâmetro peso da pessoa. Esses nomes que expressam informações de caráter variável são os identificadores. Regras de formação de identificadores: Devem começar por um caractere alfabético; Podem ser seguidos por mais caracteres alfabéticos e/ou numéricos; Não é permitido o uso de caracteres especiais;

8 Expressando a formação dos identificadores Sintaxe Geral: os caracteres alfabéticos devem ser escritos em maiúsculo. letra dígito identificador

9 Declaração de Variáveis (1/2) Em ambientes computacionais, as informações variáveis são guardadas em dispositivos eletrônicos chamados memórias. Analogia: memória equivale armário (repleto de gavetas); gavetas equivale locais físicos onde armazena-se objetos (informações). Logo, as variáveis seriam as gavetas. Como diferenciar uma gaveta de outra do armário ? Cada variável (gaveta), no entanto, pode guardar apenas uma informação (objeto) de cada vez, sendo sempre do mesmo tipo de material.

10 Declaração de Variáveis (2/2) Portanto, precisa-se definir identificadores (distintos) para as gavetas especificando o material dos objetos que lá podem ser armazenados. Em outras palavras, deve-se declarar as variáveis conforme as seguintes regras sintáticas: declaração de variáveis tipo :; lista de variáveis inteiro real caractere lógico tipo

11 Exemplos de Variáveis inteiro: X; caractere: NOME, ENDERECO, DATA; real: ABC, XPTO, PESO, DOLAR; lógico: ESTADO, H286;

12 Expressões Aritméticas Seção 4 Denomina-se expressão aritmética aquela cujos operadores são aritméticos e cujos operandos são constantes e/ou variáveis do tipo numérico (inteiro e/ou real). expressão aritméticaoperandooperador aritméticooperando constante numérica variável numérica função matemática

13 Operadores Aritméticos É o conjunto de símbolos que representa as operações básicas da matemática. Exemplos: 2 + 2; XPTO/5; X**2; X – 3; 3**2; 3//X; 2*NOTA e 3//9. Outras operações matemáticas (não-convencionais): mod (resto da divisão) e div (quociente da divisão inteira).

14 Funções Matemáticas Pode-se usar nas expressões aritméticas, além dos operações básicas, algumas funções da matemática: sen(x), cos(x), tg(x), arctg(x), abs(x), sinal(x) e rnd(x). Obs: onde x pode ser um nº, variável, expressão aritmética ou também outra função matemática. Exemplos: sinal(-44) resulta -1 e abs(X-5). sen cos tg arctg abs sinal... ) ) ( operando

15 Prioridades Na resolução das expressões aritméticas, as operações e funções matemáticas guardam entre si uma hierarquia. parênteses mais internos funções matemáticas ** // * / div mod + - Exemplo: Qual o resultado da expressão 3**2-4/2+abs(5-3*5)/2 ?

16 Expressões Lógicas Seção 5 Denomina-se expressão lógica aquela cujos operadores são lógicos e/ou relacionais e cujos operandos são relações e/ou variáveis e/ou constantes do tipo lógico. operando lógicooperador lógico constante lógica variável lógica expressão relacional não expressão lógica operando lógico

17 Operadores Relacionais Os operadores relacionais são utilizados para realizar comparações entre dois valores (constantes, variáveis ou expressões aritméticas) de mesmo tipo primitivo. O resultado obtido de uma expressão relacional é sempre um valor lógico.

18 Operadores Lógicos Os operadores lógicos mais utilizados são:

19 Comando de Atribuição Seção 6 Permite-nos fornecer um valor a uma certa variável, onde o tipo dessa informação deve ser compatível com o tipo da variável. O comando da atribuição possui a seguinte sintaxe: identificadorexpressão ; expressão aritmética expressão lógica atribuição expressão Exemplo: lógico: A, B; inteiro: X; A verdadeiro; X div 5; B 5 = 3;

20 Comandos de Entrada e Saída Seção 7 Sintaxe do comando da entrada de dados: entrada de dados leia variável (), ; Exemplos: leia (X); leia (A, XPTO, NOTA);

21 Saída de Dados Sintaxe do comando da saída de dados: saída de dados escreva variável (), ; Exemplos: escreva (Y); escreva (B, XPTO, MEDIA); escreva (Bom Dia, NOME); escreva (Você pesa, X*2, quilos.); constante expressão

22 Blocos Seção 8 Um bloco é definido como um conjunto de ações com uma função definida. Algoritmo seria um bloco !? Serve também para definir os limites nos quais as variáveis declaradas em seu interior são conhecidos. Para delimitar um bloco, utiliza-se os delimitadores: inicio e fim, como segue: blocos inicioaçãofim;,

23 Exemplo de Bloco inicio {início do bloco (algoritmo)} | |{declaração de variáveis} |{seqüência de ações} | fim. {bloco (algoritmo)}

24 Leitura e Exercícios Ler o capítulo 2 Tópicos Preliminares do Livro: Lógica de Programação que encontra-se no Xerox. (págs ) Resolver os seguintes exercícios: 1, 2 e 3 da página 21 1 da página 25 1 da página 30 1 da página 31 1, 2 e 3 páginas 34-35

25 Referências Bibliográficas FORBELLONE, Andre Luiz Villar; EBERSPACHER, Henri Frederico. Lógica de Programação. 1ª edição, São Paulo: Makron Books, p.


Carregar ppt "Tópicos Preliminares Prof. Alexandre Parra"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google