A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Algoritmo e Programação Tathiana E. Silva

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Algoritmo e Programação Tathiana E. Silva"— Transcrição da apresentação:

1 Algoritmo e Programação Tathiana E. Silva

2 Dados Os dados em um computador devem ser armazenados de acordo com o tipo de informação que se deseja representar e com o tipo de operação que será realizada com eles. Inteiro Real Caractere Lógico

3 Dados Inteiro Inteiro são os números pertencentes ao conjunto dos Inteiros, isto é, que não possuem parte fracionária. Podem ser positivos, nulos ou negativos. Exemplos: 2, 72, 65535, 0, -2. Real Real são os números pertencentes ao conjunto dos Reais, isto é, que podem possuir parte fracionária. Também são chamados de ponto flutuante devido à maneira como o computador os armazena. Exemplos: 2.12, 3.5, ,

4 Dados Caractere Caractere são os valores pertencentes ao conjunto de todos os caracteres numéricos (0...9), alfabéticos (a...z,A...Z) e especiais # $ % & *). Esse conjunto também é conhecido como conjunto de caracteres alfanuméricos. Exemplos: "João Francisco", "Rua Ismael Soares", "Hotel Feliz", "?" Obs: As aspas duplas (") são usadas para indicar o início e o fim das cadeias de caracteres mas não fazem parte dela. Já o espaço em branco entre as palavras é um caractere.

5 Dados Lógico Lógico é o tipo utilizado para representar informações que só podem assumir dois valores, o valor verdadeiro (V) ou o valor falso (F). Estes valores também podem ser entendidos como: ligado/desligado, 1/0, alto/baixo, fechado/aberto, etc.

6 Constantes e Variáveis No algoritmo existem os dados constantes e os variáveis. Um dado é constante quando seu valor não se altera, permanece o mesmo desde o início até o final da execução. Já um dado que pode ter seu valor alterado durante a execução do programa é uma variável. Por exemplo, no cálculo da área de uma circunferência (A = r 2 ), o valor de é constante, pois é sempre igual a , e o raio r é variável, pois pode assumir diferentes valores a cada cálculo da área.

7 Identificação de Dados Todo dado deve estar associado a um nome, um identificador. O conteúdo deste identificador será o dado em si e o seu nome será usado para acessar o dado e realizar operações com o mesmo.

8 Identificação de Dados Regras de identificação de dados: 1.Sempre começar com uma letra ou com o caractere _ ; 2.Pode ser seguido por um ou mais caracteres alfanuméricos; 3.Não conter caracteres especiais nem espaços com exceção do sublinhado _ ; 4.Não é permitido utilizar palavras reservadas (palavras próprias da linguagem de programação, como os comandos, tipos de variáveis, etc).

9 Identificação de Dados Exemplos de identificadores válidos: raio, _nome, R, num_clientes, BJ33f15, NumPessoasDoentes. Exemplos de identificadores inválidos: (ee), 32-vr, mil*, 12ddd, o:P

10 Definição de Dados O primeiro passo para utilizarmos os dados é a nomeação do seu idenficador e a definição do seu tipo da seguinte forma: Variáveis [,,...] : Constantes

11 Definição de Dados Exemplos: Variáveis marca, modelo : caractere ano : inteiro preco : real vendido : logico Constante PI< MAXIMO<-100

12 Atribuição de Dados Processo de atribuir ou alterar o valor dos dados de um identificador. É representada pelo símbolo =. Ex: TipoVeiculo <- motocicleta Aceleracao < Massa < Forca <- Massa * Aceleracao Usado <- FALSO

13 Atribuição de Dados Uma variável pode armazenar apenas um único valor por vez e sempre que um novo valor é atribuído o valor anterior é perdido. Por exemplo: Algoritmo ex1 var I : inteiro inicio I <- 222 I < I <- 23 fimalgoritmo

14 Expressões Aritméticas Operadores aritméticos com valores numéricos OperaçãoOperadorExemplo Adição+2+3, 9+x Subtração-x-1, f(x)-2 Multiplicação*2*x, 2*g(x) Divisão/1/x, 2/f(x) Divisão Inteira \5\2 = 2 Resto da Divisão %8%3 = 2 Potenciação^10^x, 2^3

15 Expressões Aritméticas As regras de precedência de operadores são respeitadas normalmente nos algoritmos. ( 5+3)^2*(5-2) ^2* ^2* * *

16 Expressões Lógicas Valor só pode ser verdadeiro ou falso. Operadores relacionais: OperadorSímbolo Maior > Menor < Igual = Diferente <> Maior ou igual >= Menor ou igual <=

17 Comandos de Saída Para imprimir algum tipo de informação na tela do computador usamos o comando: escreva (lista-de-expressões) Exemplos: escreva (Olá Mundo!)

18 Comandos de Saída As aspas definem a sequência de caracteres mas não são impressas. Exemplos: ttt <- 123ttt <- 123 escreva (ttt) escreva (ttt)

19 Comandos de Saída É possível escrever quaisquer tipos de dados existentes, inclusive resultado de expressões. Exemplos: escreva (8<9) escreva (8<9)

20 Comandos de Saída É possível especificar o número de espaços no qual se deseja escrever um determinado valor. Exemplos: x<-200 escreva ("Valor de x é ", x) x<-200 escreva ("Valor de x é ", x:10) escreve em 10 espaços

21 Comandos de Saída Para variáveis reais, pode-se também especificar o número de casas fracionárias que serão exibidas. Exemplos: P< escreva ("Valor de P é ", P) P< escreva ("Valor de P é ", P:5:2) escreve em 5 espaços com 2 casas decimais

22 Comandos de Saída O comando escreval (lista-de-expressões) tem o mesmo funcionamento que o escreva com a diferença de pular uma linha em seguida. Exemplos: escreva (Olá Mundo!)

23 Comandos de Saída algoritmo "exemplo" var x: real y: inteiro a: caractere l: logico inicio x < y <- 6 a <- "teste" l <- VERDADEIRO escreval ("x", x:4:1, y+3:4) escreval (a, "ok") escreval (a, " ok") escreval (a + " ok") escreva (l) fimalgoritmo 1-> 2-> 3-> 4-> 5->

24 Comandos de Entrada Para receber informações de fora do algoritmo, a partir do teclado do computador usamos o comando: leia (lista-de-variaveis) As variáveis que irão armazenar os valores lidos já devem ter sido declaradas e os valores lidos devem ser compatíveis com os tipos de cada variável. Por exemplo, a informação do código de cliente deve ser um valor do tipo inteiro, a informação do nome deve ser do tipo caractere, etc.

25 Comandos de Entrada No comando leia, a tela de execução é aberta e fica aguardando que um valor seja digitado. A leitura é encerrada quando é pressionada a tecla Enter (< ). Exemplo: algoritmo exemplo" var codigo_cliente: inteiro nome_cliente: caractere inicio leia(codigo_cliente) leia(nome_cliente) fimalgoritmo

26 Comandos de Entrada É possível avisarmos o usuário sobre qual tipo de informação o algoritmo está precisando. algoritmo exemplo" var codigo_cliente: inteiro nome_cliente: caractere inicio escreva(Digite código do cliente e tecle ) leia(codigo_cliente) escreva(Digite o nome do cliente e tecle ) leia(nome_cliente) fimalgoritmo

27 Comandos de Entrada Após execução:

28 Comandos de Entrada Quando a execução ocorre sem ser pelo DOS, o próprio VisuAlg abre uma janela informando qual valor deverá ser informado. leia(codigo_cliente) leia(nome_cliente)


Carregar ppt "Algoritmo e Programação Tathiana E. Silva"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google