A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

POLUIÇÃO DAS ÁGUAS AULA 4. POLUIÇÃO DA ÁGUA DEFINIÇÃO: é qualquer alteração das suas propriedades físicas, químicas ou biológicas, que possa prejudicar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "POLUIÇÃO DAS ÁGUAS AULA 4. POLUIÇÃO DA ÁGUA DEFINIÇÃO: é qualquer alteração das suas propriedades físicas, químicas ou biológicas, que possa prejudicar."— Transcrição da apresentação:

1 POLUIÇÃO DAS ÁGUAS AULA 4

2

3 POLUIÇÃO DA ÁGUA DEFINIÇÃO: é qualquer alteração das suas propriedades físicas, químicas ou biológicas, que possa prejudicar a saúde, a segurança e o bem-estar das populações, causar dano à flora e à fauna, ou comprometer o seu uso para fins sociais e econômicos. DEFINIÇÃO: é qualquer alteração das suas propriedades físicas, químicas ou biológicas, que possa prejudicar a saúde, a segurança e o bem-estar das populações, causar dano à flora e à fauna, ou comprometer o seu uso para fins sociais e econômicos.

4 Contaminação da água Definição: é quando a poluição resulta em prejuízos à saúde humana.

5 PRINCIPAIS FONTES DE POLUIÇÃO E SUAS CONSEQUÊNCIAS Águas residuais sais minerais, substâncias não bio-degradáveis, fertilizantes, pesticidas, detergentes e micróbios

6 Classificação dos Poluentes da Água 1) De acordo com a origem: Pontual: Esgotos urbanos, industriais, mistos, de minas Pontual: Esgotos urbanos, industriais, mistos, de minas Difusa: Drenagem agrícola, águas pluviais, escorrimento de lixeiras Difusa: Drenagem agrícola, águas pluviais, escorrimento de lixeiras

7 Poluição térmica das águas Lançamento de água aquecida - utilizada na refrigeração de centrais elétricas, térmicas e nucleares -nos rios e na costa. Reduz [O 2 dissolvido]

8 COR DAS ÁGUAS 1. Definição: Cor de uma amostra de água é o grau de redução de intensidade que a luz sofre ao atravessá-la, devido à presença de sólidos dissolvidos, tais como: Cor de uma amostra de água é o grau de redução de intensidade que a luz sofre ao atravessá-la, devido à presença de sólidos dissolvidos, tais como: Colóides Orgânicos: Poluição Natural (ácido húmico, ácido fúlvico); Efluentes Industriais (Indústrias de Celulose e Papel – lignina e celulose, Indústrias Têxteis – anilinas, Curtumes – tanino) Colóides Orgânicos: Poluição Natural (ácido húmico, ácido fúlvico); Efluentes Industriais (Indústrias de Celulose e Papel – lignina e celulose, Indústrias Têxteis – anilinas, Curtumes – tanino) Colóides Inorgânicos: Ferro e Manganês Colóides Inorgânicos: Ferro e Manganês

9 COR DAS ÁGUAS 2. Importância nos Estudos de Controle da Qualidade da Água Abastecimento Público de Água: Prejuízo Estético da Água. Padrão de Potabilidade (Portaria 1469 do Ministério da Saúde: 15 mg Pt / L Abastecimento Público de Água: Prejuízo Estético da Água. Padrão de Potabilidade (Portaria 1469 do Ministério da Saúde: 15 mg Pt / L Estações de Tratamento de Água: Controle da coagulação e floculação, sedimentação, filtração, etc. Estações de Tratamento de Água: Controle da coagulação e floculação, sedimentação, filtração, etc. Poluição das Águas Naturais: Redução na penetração de luz com desequilíbrios ecológicos. Cor é padrão de classificação de águas naturais (RESOLUÇÃO 20 DO CONAMA). Exemplo: Classe 2: Limite Máximo de 75 mg Pt / L Poluição das Águas Naturais: Redução na penetração de luz com desequilíbrios ecológicos. Cor é padrão de classificação de águas naturais (RESOLUÇÃO 20 DO CONAMA). Exemplo: Classe 2: Limite Máximo de 75 mg Pt / L Cor é pouco usada nas Estações de Tratamento de Esgotos Cor é pouco usada nas Estações de Tratamento de Esgotos

10 TURBIDEZ DAS ÁGUAS 1. Definição: Turbidez de uma amostra de água é o grau de redução de intensidade que a luz sofre ao atravessá-la, devido à presença de sólidos em suspensão, tais como: areia, silte, argila, detritos orgânicos, bactérias e algas, plâncton em geral, etc. Turbidez de uma amostra de água é o grau de redução de intensidade que a luz sofre ao atravessá-la, devido à presença de sólidos em suspensão, tais como: areia, silte, argila, detritos orgânicos, bactérias e algas, plâncton em geral, etc. A turbidez das águas naturais superficiais é decorrente do carreamento de solos (processos erosivos em estações chuvosas), esgotos sanitários e efluentes industriais e fontes difusas (áreas urbanas e rurais) A turbidez das águas naturais superficiais é decorrente do carreamento de solos (processos erosivos em estações chuvosas), esgotos sanitários e efluentes industriais e fontes difusas (áreas urbanas e rurais)

11 TURBIDEZ DAS ÁGUAS 2. Importância nos Estudos de Controle da Qualidade da Água Abastecimento Público de Água: Prejuízo Estético da Água. Padrão de Potabilidade (Portaria 1469 do Ministério da Saúde: Abastecimento Público de Água: Prejuízo Estético da Água. Padrão de Potabilidade (Portaria 1469 do Ministério da Saúde: 5 UNT Estações de Tratamento de Água: Controle da coagulação e floculação, sedimentação, filtração, desinfecção, etc. Estações de Tratamento de Água: Controle da coagulação e floculação, sedimentação, filtração, desinfecção, etc. Poluição das Águas Naturais: Redução na penetração de luz com desequilíbrios ecológicos. Poluição das Águas Naturais: Redução na penetração de luz com desequilíbrios ecológicos. Turbidez é pouco usada nas Estações de Tratamento de Esgotos Turbidez é pouco usada nas Estações de Tratamento de Esgotos

12 Turbidez das Águas 3. Determinação da Turbidez Turbidimetria: Turbidímetro de Vela de Jackson (importância histórica) Turbidimetria: Turbidímetro de Vela de Jackson (importância histórica) Nefelometria: Turbidímetros atuais detectam raios dispersos segundo ângulo de 90 o. Nefelometria: Turbidímetros atuais detectam raios dispersos segundo ângulo de 90 o. 4. Remoção de Turbidez: Operações unitárias tais como sedimentação, filtração e flotação com ar dissolvido. sedimentação, filtração e flotação com ar dissolvido.

13 Turbidímetro

14 Temperatura Influência na solubilidade de gases na água Influência na solubilidade de gases na água Influência na velocidade das reações, especialmente nas reações lentas (exemplo: reações bioquímicas – enzimáticas) Influência na velocidade das reações, especialmente nas reações lentas (exemplo: reações bioquímicas – enzimáticas) A velocidade das reações dobra para um aumento de 10 o C na temperatura (Vant´Hoff) A velocidade das reações dobra para um aumento de 10 o C na temperatura (Vant´Hoff) Equação de Vant´Hoff - Arrhenius Equação de Vant´Hoff - Arrhenius


Carregar ppt "POLUIÇÃO DAS ÁGUAS AULA 4. POLUIÇÃO DA ÁGUA DEFINIÇÃO: é qualquer alteração das suas propriedades físicas, químicas ou biológicas, que possa prejudicar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google