A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Celso Generalidades sobre Classes de Palavras -> Antes de classificarmos as palavras de acordo com a classe a qual.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Celso Generalidades sobre Classes de Palavras -> Antes de classificarmos as palavras de acordo com a classe a qual."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Celso

2 Generalidades sobre Classes de Palavras -> Antes de classificarmos as palavras de acordo com a classe a qual pertencem, vamos entender como se dá a formação de frases.

3 Para formar frases, realizamos duas operações mentais: a seleção e a combinação de palavras. Selecionamos e combinamos palavras para que elas formem enunciados com sentido. Tanto as palavras selecionadas como a combinação delas dependem do contexto.

4 Exemplo: caso deseja-se formar frases sobre o tema educação, serão selecionadas palavras como escola, aluno, educacional etc. Analisemos os dois casos abaixo: A escola ideal X A escola ideia -> A seleção de palavras está de acordo com o tema desejado (educação). -> Porém, a posição das palavras na frase, ou seja, sua combinação, está correta na primeira frase, e estranha na segunda. -> Por quê???

5 Esse estranhamento constatado na segunda frase ocorre porque determinadas palavras podem ocupar determinados lugares na cadeia da frase e não outros. Assim, a combinação a escola ideia não é correta porque a palavra ideia serve para ocupar o mesmo ponto que escola e não o mesmo ponto que ideal. Esse pertencimento de uma palavra ao mesmo ponto do de outra é o que leva à noção de Classes de Palavras.

6 -> Assim, somente palavras de mesmas características podem ocupar o mesmo lugar de outras determinadas palavras. -> Essas características comuns são o que definem se uma palavra pertence a uma dada classe ou não. -> Palavras de mesmas características ocupam a mesma classe.

7 Divisão das palavras em classes: -> Obedece a três critérios: I- Semântico: se a função da palavra é nomear, qualificar, quantificar etc. II- Morfológico: se a forma da palavra pode ou não sofrer variações de gênero, número, tempo, modo etc. III- Sintático: diz respeito aos lugares determinados que cada tipo de palavra ocupa, à maneira com ela está disposta na frase.

8 A língua portuguesa possui dez classes de palavras, que são definidas de acordo com esses três critérios. 1- Substantivo: - Critério semântico: designa todo tipo de ser; - Critério morfológico: varia em gênero e número; - Critério sintático: funciona como núcleo a que se associam modificadores. Ex.: cachorro, sapato, bruxa, Brasil, raiva.

9 2- Artigo: - Critério semântico: serve para determinar ou indeterminar o substantivo ao qual se refere; - Critério morfológico: varia em gênero e número; - Critério sintático: é um modificador do substantivo, sempre colocado antes dele. São artigos: o, a, os, as, um, uma, uns, umas. 3- Adjetivo: - Critério semântico: atribui qualidade ao substantivo (ou palavra equivalente); - Critério morfológico: varia em gênero e número; - Critério sintático: é um modificador do substantivo (ou palavra equivalente). Ex.: belo, triste, macio, cru.

10 4- Numeral: - Critério semântico: quantifica os seres ou indica a ordem que eles ocupam numa da sequência; - Critério morfológico: de modo geral, varia em gênero e número; - Critério sintático: funciona como núcleo ou como modificador do substantivo. Ex.: dois, segundo, um terço, dobro, quarto. 5- Pronome: - Critério semântico: designa as pessoas do discurso ou situa algo em relação a elas; - Critério morfológico: varia em gênero, número e pessoa; - Critério sintático: pode funcionar como núcleo ou como modificador do substantivo. Ex.: ela, meu, isso, aquele, que.

11 6- Verbo: - Critério semântico: designa ações, processos ou estados; - Critério morfológico: varia em número, pessoa, tempo e modo; - Critério sintático: é o núcleo da oração. Ex.: estudar, chover, cair, compor. 7- Advérbio: - Critério semântico: indica circunstâncias de tempo, lugar, modo, intensidade etc.; - Critério morfológico: é invariável; - Critério sintático: é um modificador de verbo, adjetivo ou de outro advérbio. Ex.: já, longe, ontem, não, comumente.

12 8- Preposição: - Critério semântico: estabelece, de modo geral, relações de sentido entre as palavras que liga; - Critério morfológico: é invariável; - Critério sintático: liga palavras entre si. Ex.: de, a, sem, sobre, por. 9- Conjunção: - Critério semântico: estabelece relações de sentido entre as orações que liga; - Critério morfológico: é invariável; - Critério sintático: liga, de modo geral, orações entre si. Ex.: quando, como, embora, se, mas.

13 10- Interjeição: -> É a palavra invariável que usamos para expressar emoções, sentimentos, sensações. Ex.: ai, oh, ei, caramba.


Carregar ppt "Prof. Celso Generalidades sobre Classes de Palavras -> Antes de classificarmos as palavras de acordo com a classe a qual."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google