A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Teoria da Produção. Função de produção A produção como resultado de fatores ou insumos de produção – Insumos fixos: máquinas, equipamentos, instalações.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Teoria da Produção. Função de produção A produção como resultado de fatores ou insumos de produção – Insumos fixos: máquinas, equipamentos, instalações."— Transcrição da apresentação:

1 Teoria da Produção

2 Função de produção A produção como resultado de fatores ou insumos de produção – Insumos fixos: máquinas, equipamentos, instalações físicas. – Insumos variáveis: energia, matérias-primas, mão-de-obra – Uso em Proporções fixas Proporções variáveis – Curto e longo prazo No curto prazo há fatores fixos e variáveis No longo prazo todos os fatores são variáveis

3 Produtos Médio e Marginal Produto Médio – Contribuição média do fator i ao produto total – Quantidade Produzida dividida pela Quantidade de Insumo Variável i – PMe=PT/Qi Produto Marginal – Contribuição marginal ou da ultima unidade do fator i – Quantidade produzida pela última unidade de insumo variável i – PMg=dPT/dQi

4 NÚMERO DE TRABALHADORES PRODUTO MÉDIO PRODUTO MARGINAL Os Produtos Médio e Marginal Obtidos dos Dados da Tabela PRODUTO MEDIO E PRODUTO MARGINAL

5 Produtos Total, Médio e Marginal PT PMe PMg Qi = UNIDADES DO INSUMO VARIÁVEL PRODUTO 1 e 4 – Inflexão PT e Máximo PMg 2 e 5 – Máximo PMe 3 e 6 – Máximo PT e PMg = 0

6 OS ESTÁGIOS DE PRODUÇÃO PRODUTO UNIDADES DO INSUMO VARIAVEL ESTÁGIO IESTÁGIO IIESTÁGIO III PMe PMg PT PMe=PMg

7 Exercício (Pindyck & Rubinfeld) A função de produção de um fabricante de computadores é: – Q 1 = 10K 0,5 L 0,5 Q número de computadores/dia; K número de horas-máquina; L número de horas de trabalho A função do concorrente é: – Q 2 = 10K 0,6 L 0,4 Se em ambas as quantidades de trabalho são iguais às quantidades de capital, qual empresa produz mais? Se o capital é fixo no máximo de 9 horas-máquina e a oferta de trabalho é ilimitada, em qual empresa o produto marginal do trabalho é maior?

8 K=L=9

9 LQ1PMg1Q2PMg2 00,0 130,0 37,4 242,412,449,311,9 352,09,558,08,7 460,08,065,17,1 567,17,171,16,1 PMg é maior para a primeira empresa para cada unidade de trabalho acima de 1. K=9 Q 1 =10.K 0,5.L 0,5 Q 1 =10.9 0,5.L 0,5 Q 1 =30.L 0,5 K=9 Q 2 =10.K 0,6.L 0,4 Q 2 =10.9 0,6.L 0,4 Q 2 =37,37.L 0,6

10

11 Teoria do Custo

12 Curto Prazo – Insumos fixos – Custos Fixos CF – Insumos variáveis – Custos Variáveis CV Longo Prazo – Todos os insumos são variáveis

13 Custos Fixos e Variáveis Custos fixos – despesas com fatores fixos de produção (instalações, máquinas, equipamentos). Não depende da quantidade produzida. Não se altera quando muda a quantidade produzida Custos variáveis – parte do custo associada a fatores variáveis (mão-de-obra, energia, matérias-primas). Depende da quantidade que a firma deseja produzir. Varia quando muda a utilização do insumo variável e, por conseqüência, a quantidade produzida. Custo total = custo fixo + custo variável

14 Custo Fixo O Quantidade Produzida CF CUSTO (Reais)

15 O CV Quantidade Produzida As Curvas de Custo Variável e a Curva de Produção

16 Custo Total no curto prazo CT = CF + CV CUSTO (Reais) CT CF Quantidade Produzida

17 Custos Médio, Variável Médio, Fixo Médio Custo médio – CM=CT/Q – Custo de cada unidade produzida Custo variável médio – CVMe=CV/Q – Parte variável do custo de cada unidade produzida Custo fixo médio – CFMe=CF/Q – Parte fixa do custo de cada unidade produzida

18 QUANTIDADE PRODUZIDA (a)QUANTIDADE PRODUZIDA (b) A Derivação da Curva de Custo Fixo Médio O P Q R q1 q2 q3 Custo (Reais) O P1 Q1 R1 q1 q2 q3 CF CFme

19 A Derivação da Curva do Custo Variável Médio 0 q1 q2q3 Custo (REAIS) QUANTIDADE PRODUZIDA (a) QUANTIDADE PRODUZIDA (b) P Q R CV q2 0 CVMe

20 O CUSTO (Reais) O q3q3 CT Quantidade Produzida ( a ) ( b ) A Derivação da Curva de Custo Médio CMe

21 Custo Marginal Custo da última unidade produzida – CMg=CT/ Q – CMg=dCT/dQ

22 Derivação da Curva de Custo Marginal O CUSTO (Reais) O q3 CT Quantidade Produzida ( a ) ( b ) CMg q3

23 O conjunto típico de curvas de custo O Custo (Reais) QUANTIDADE PRODUZIDA CMg CMe CFMe CVMe

24 15.Suponha que você é gerente de uma empresa com a estrutura de produção do quadro abaixo, o qual mostra as mudanças observadas na quantidade total produzida quando ocorrem alterações em um insumo variável. Todos os demais insumos permanecem fixos, com um custo fixo total de 220. O preço do insumo variável é 100 por unidade. a)Construa uma tabela contendo: Produto Médio, Produto Marginal, Custo Fixo, Custo Variável, Custo Total, Custo Fixo Médio, Custo Variável Médio, Custo Médio e Custo Marginal. b)Construa gráficos que estabeleçam a relação entre as quantidades de insumo variável e os respectivos produtos médio e marginal c)Construa gráficos que estabeleçam a relação entre as quantidades produzida e os respectivos custos: total, fixo, variável, fixo médio, variável médio, médio e marginal.

25 Função de produção Onde a produção deverá ocorrer (estágio II)? PMg = PMe Máx. PMe Onde está o PMg máximo?

26 Função de produção Onde está o estágio II?

27

28 P=100 Todos os demais insumos permanecem fixos, com um custo fixo total de 220. O preço do insumo variável é 100 por unidade.

29

30 Estágio II Mínimo

31 CMg = (CT)/( Q) = ( )/( ) = 100/150 = 0,67 Onde está o CMg mínimo? Onde está o PMg máximo? 3 unidades de insumo variável

32


Carregar ppt "Teoria da Produção. Função de produção A produção como resultado de fatores ou insumos de produção – Insumos fixos: máquinas, equipamentos, instalações."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google