A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

The dialetics of sketching Gabriela Goldschmidt Creativity Resarch Journal, 4 (2), 123-143, 1991.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "The dialetics of sketching Gabriela Goldschmidt Creativity Resarch Journal, 4 (2), 123-143, 1991."— Transcrição da apresentação:

1 The dialetics of sketching Gabriela Goldschmidt Creativity Resarch Journal, 4 (2), , 1991

2 Objetivo Identificar padrões de raciocínio numa atividade específica de um domínio: o skecthing no início do processo de criação; É importante pontuar que Goldschmidt está ciente que o métodolo think-aloud coloca design como problem-solving, mas que ela deixa esta discussão (uso do método vs. natureza do design) para outra hora.

3 A importância do skecth como subsídio para raciocínio imagístico A minipulação mental de imagens é feita a partir de coisas que lembramos. Porém, no caso do design, como uma coisa que não existe (que nunca foi percebida) pode ser imaginada?

4 A importância do skecth como subsídio para raciocínio imagístico A hipótese de Goldschmidt é: O designer gera imagens parciais de aspectos possíveis da entidade a ser projetada Tais imagens são recoleções que servem de referência Mas eleger imagens adequadas é tão complexo que não pode ser feito de uma vez só, e precisa ser feito em partes. Através de sketching, se prepara um conjunto que enriquece o espaço de busca do designer. Por isso to sketch é to think

5 Seeing as, seeing that Sugere duas modalidades para o raciocínio pictórico (em oposição à proposicional) enquanto sketching: Seeing as Seeing that Este seria um processo dialético. Os argumentos dos moves (ver mais adiante) são classificados desta forma

6 Quem e como Think aloud com referências cruzadas de desenhos. Sessões duravam de 1 a 2 horas 7 arquitetos experientes e 1 estudante A tarefa era uma biblioteca (arquitetura).

7 Como: mais detalhadamente Divide os protocolos nas menores unidades de raciocínio: moves e arguments. MOVES -> ato d eraciocínio que apresenta uma proposiçao coerente sobre uma entidade que está sendo projetada (designed) ARGUMENTS -> Menor declaração que estão junto com os moves.

8 Como: mais detalhadamente O mesmo é aplicado para as análises com sketches: Feitos enquanto desenhando Feitos enquanto contemplando ou lendo Moves sem input gráfico.

9 Moves, arguments: resultados


Carregar ppt "The dialetics of sketching Gabriela Goldschmidt Creativity Resarch Journal, 4 (2), 123-143, 1991."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google