A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Direito Desportivo, novos rumos legais 29/03/05 OAB/SP – Comissão de Direito Desportivo IBDD – Instituto Brasileiro de Direito Desportivo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Direito Desportivo, novos rumos legais 29/03/05 OAB/SP – Comissão de Direito Desportivo IBDD – Instituto Brasileiro de Direito Desportivo."— Transcrição da apresentação:

1 Direito Desportivo, novos rumos legais 29/03/05 OAB/SP – Comissão de Direito Desportivo IBDD – Instituto Brasileiro de Direito Desportivo (www.ibdd.com.br) Felipe L. Ezabella

2 Direito Desportivo, novos rumos legais 29/03/05 Breve Histórico do associativismo Decreto-lei 3.199/41 – proibição de clube empresa (arts. 48 e 50) Lei 6251/75 – manteve a proibição Lei Zico, 8672/93 – facultou, arts. 7 e 11

3 Direito Desportivo, novos rumos legais 29/03/05 Transformação dos clubes em empresas – alvo de inúmeras medidas legislativas 1º - Lei Pelé originária – primeira tentativa não vingada – artigo 27 – prazo 2 anos

4 Direito Desportivo, novos rumos legais 29/03/05 2º - MP 39/02 editada em 14 de junho de 2002, que estabeleceu a obrigatoriedade da transformação dos clubes em sociedade comercial ou a contratação desta para a gestão de suas atividades esportivas. Porém, referida MP foi rejeitada no Congresso Nacional em novembro do mesmo ano.

5 Direito Desportivo, novos rumos legais 29/03/05 3º - MP 79/02 – mesmo assunto da anterior, editada em 27 de novembro, poucos dias depois da rejeição. Aqui há que ser ressaltado, sem adentrar ao mérito da impossibilidade jurídica de se reeditar, na mesma sessão legislativa, medida provisória que tenha sido rejeitada ou que tenha perdido sua eficácia por decurso de tempo.

6 Direito Desportivo, novos rumos legais 29/03/05 4º - Lei /03 – 15 de maio – é a conversão da MP 79/02 – não obriga a transformação, apenas faculta fajutamente Duvidosa constitucionalidade dessa obrigatoriedade - artigo 217 da Constituição que fala em autonomia e o novo Código Civil.

7 Direito Desportivo, novos rumos legais 29/03/05 Art § 9o É facultado às entidades desportivas profissionais constituírem-se regularmente em sociedade empresária, segundo um dos tipos regulados nos arts a do Código Civil. § 10. Considera-se entidade desportiva profissional, para fins desta Lei, as entidades de prática desportiva envolvidas em competições de atletas profissionais, as ligas em que se organizarem e as entidades de administração de desporto profissional.

8 Direito Desportivo, novos rumos legais 29/03/05 §11Apenas as entidades desportivas profissionais que se constituírem regularmente em sociedade empresária na forma do §9 não ficam sujeitas ao regime da sociedade em comum e, em especial, ao disposto no art. 990 do CC. CC - Art Todos os sócios respondem solidária e ilimitadamente pelas obrigações sociais...

9 Direito Desportivo, novos rumos legais 29/03/05 a Lei não equipara os associados aos sócios, apenas diz que as associações devem ficar sujeitas ao regime da sociedade comum. Estatuto da Fifa – 1 clube por empresa Lei Pelé, artigo 27-A (incluído pela 9981/01)

10 Direito Desportivo, novos rumos legais 29/03/05 Felipe L. Ezabella Tel Cel


Carregar ppt "Direito Desportivo, novos rumos legais 29/03/05 OAB/SP – Comissão de Direito Desportivo IBDD – Instituto Brasileiro de Direito Desportivo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google