A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RECUPERAÇÃO DA RENDA DO CAFEICULTOR 9 o AGROCAFÉ – SALVADOR/BA Celso Luis Rodrigues Vegro fev.2008.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RECUPERAÇÃO DA RENDA DO CAFEICULTOR 9 o AGROCAFÉ – SALVADOR/BA Celso Luis Rodrigues Vegro fev.2008."— Transcrição da apresentação:

1 RECUPERAÇÃO DA RENDA DO CAFEICULTOR 9 o AGROCAFÉ – SALVADOR/BA Celso Luis Rodrigues Vegro fev.2008

2 SUMÁRIO 1 – Composição da Renda 2 – Políticas Públicas 3 – Gestão do FUNCAFÉ 4 – Coordenação do Agronegócio

3 1 - Fatores de Produção Relações de trocas Custos da mão-de-obra Custo de produção Produtividade Paridade de compra

4 Relação de troca e preço fertilizantes Fonte: IEA

5 Preços da Uréia e Relação de Troca Fonte: IEA

6 Relação de troca e preço cesta defensivos Fonte: IEA

7 Preços do Roundap e Relação de Troca

8 Custos de produção Safra 2005/06 Fonte: IAC/IEA/UFLA.

9 Custos de produção – C. arábica Safra 2006/07 Fonte: UFV. SistemaDensidade (pl/ha) Produtividade (sc/ha) Custo (R$/sc) A ,10 B ,72

10 Amplitude de variação das cotações de café arábica, 1 a posição, Bolsa de Nova Iorque, * dados até novembro. Fonte: CAMARGO, A. (2007) 6.

11 Paridade do Poder de Compra

12 Produtividade: Inovações: projeto genoma. Tecnologias de manejo: adensamento; podas; colheita mecânica; e irrigação. Incremento da produtividade: 1sc/3 safras

13 Ciclo das cotações 1998 a 2006 – PRODUTIVIDADE DE 20 SC/HA Fonte: Gazeta Mercantil

14 Evolução das Cotações Petróleo Fonte: BM&Fe BACEN.

15 Paridade Milho/Café Fonte: IEA.

16 ESTIMATIVA DO AUMENTO DO CONSUMO MUNDIAL © Copyright P&A

17 SUMÁRIO 1 – Composição da Renda 2 – Políticas Públicas 3 – Gestão do FUNCAFÉ 4 – Coordenação do Agronegócio

18 2 - POLÍTICAS PÚBLICAS Macroeconômica; Negociações internacionais; Estímulo às exportações; Garantia de preços e renda; Apoio à comercialização; Subvenção de seguro; Incentivos a produção c/qualidade.

19 Inflação - longo prazo Alimentos: âncora da inflação BASE: Jan

20 Inflação: curto prazo Alimentos: escalada inflacionária BASE: set. 2005

21 Cotações: Café e US$ Fonte: BM&F e BACEN.

22 Evolução dos custos com a mão-de- obra Fonte: IEA

23 Fonte: Valor Econômico Evolução da massa salarial

24 TAMANHO DO MERCADO PAULISTANO Volume diário Fora do lar No lar Total: 25 milhões xícaras Taxa de cresc. = 10% a.a Total: 37 milhões xícaras Taxa de cresc. = 1%a.a Fonte: IEA.

25 EXPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO E CÂMBIO Fonte: MDICT e BACEN.

26 EXPORTAÇÕES: ações públicas e privadas Abertura de novos mercados: Surto de cafeterias verdeamarelas, e Verde certificado (4C, orgânico, etc). Exportações com valor agregado: PSI-ABIC/APEX, e Torrefadoras no varejo internacional. Drawback café.

27 Negociações internacionais: duas correntes Alta generalizada das commodities agrícolas: Desbloqueio para avanço nas negociações Elevada probabilidade de queda do crescimento mundial: Agudização dos impasses (imbricamento finanças x subsídios).

28 Políticas de preços/renda e comercialização: Ano de safra alta: apoio à comercialização PEPRO ( prêmio equalizador pago ao produtor); Opções/Futuro; e Novos Títulos do Agronegócio. Ano de safra baixa: regulação do mercado Mobilização de estoques (leilões). Subvenção do prêmio: Seguro da lavoura/produção; e P/ajustes diários nos contratos futuros.

29 Apoio à produção com qualidade: Investimento na renovação do parque produtivo: Novos materiais geneticamente superiores ; Estandes mais produtivos; Planejamento da lavoura; e Treinamento dos funcionários. Investimentos em preparo: Reforma/construção de terreiros; e Equipamentos: lavadores, descascadores e secadores.

30 SUMÁRIO 1 – Composição da Renda 2 – Políticas Públicas 3 – Gestão do FUNCAFÉ 4 – Coordenação do Agronegócio

31 GESTÃO DO FUNCAFE: Mais transparência das informações: Número de contratos por região; Numero de contratos para arábica/robusta Indicadores de eficiência do gasto: Atrasos, inadimplência e perdas Cálculo da Liquidez Geral. Inovações na política de crédito: subvenção do prêmio para seguro e ajustes Auditoria permanente nos estoques remanecentes e novos.

32 SUMÁRIO 1 – Composição da Renda 2 – Políticas Públicas 3 – Gestão do FUNCAFÉ 4 – Coordenação do Agronegócio

33 COORDENAÇÃO DO AGRONEGÓCIO: Conselho Deliberativo de Política Cafeeira: Criação de ouvidoria; e Representação do CPB&D-Café. Câmaras Setoriais: Ações com foco nos gargalos locais; Respaldo para introdução de inovações. Associações: Ações institucionais = marketing Investimento permanente em educação do consumidor. Torrefadoras, solubilizadoras e exportadoras: Responsabilidade social; Incentivos econômicos p/a produção c/qualidade;e Organização do mercado – Contratos!

34 OBRIGADO!


Carregar ppt "RECUPERAÇÃO DA RENDA DO CAFEICULTOR 9 o AGROCAFÉ – SALVADOR/BA Celso Luis Rodrigues Vegro fev.2008."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google