A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DISCIPLINA CIÊNCIA E PESQUISA PROFESSOR: VILSON LEONEL Unidade de ensino: Ciência.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DISCIPLINA CIÊNCIA E PESQUISA PROFESSOR: VILSON LEONEL Unidade de ensino: Ciência."— Transcrição da apresentação:

1

2 DISCIPLINA CIÊNCIA E PESQUISA PROFESSOR: VILSON LEONEL Unidade de ensino: Ciência

3 CIÊNCIA Roteiro de estudo da unidade: definição de ciência; características do conhecimento científico; ciência e tecnologias; classificação das ciências; a perspectiva histórica da ciência.

4 Definição de ciência Etimologia: o significado etimológico da palavra ciência vem do latim (scientia) e significa saber, conhecer, arte, habilidade; apesar de a palavra ciência remontar à Antiguidade é somente no século XVII que surge como um conhecimento racional, sistemático, experimental, exato e verificável.

5 Características do conhecimento científico O conhecimento científico é verificável: corresponde à idéia de prova ou de constatação da experiência pela ação e demonstração de um fenômeno, com a preocupação básica de se testar a consistência da validade deste fenômeno. O método adotado em uma pesquisa científica deve permitir a outro pesquisador atingir os mesmos resultados alcançados desde que adote os mesmos critérios e procedimentos.

6 Características do conhecimento científico O conhecimento científico é Factual: diz respeito aos fatos que acontecem na realidade, que está a disposição da nossa observação. O conhecimento científico estuda fenômenos naturais e humanos que ocorrem ou acontecem na natureza ou vida humana.

7 Características do conhecimento científico O conhecimento científico é Racional: relaciona-se com a construção de conceitos e juízos a partir do uso sistemático do raciocínio. Procura [...] atingir uma sistematização coerente do conhecimento presente em todas as suas leis e teorias (KÖCHE, 1997, p. 31). As teorias científicas não podem apresentar ambigüidade ou incoerência entre seus enunciados, por isso, a necessidade de um conhecimento racional e lógico. Köche (1997) chama isso de verdade sintática.

8 Características do conhecimento científico O conhecimento científico é Objetivo: refere-se ao propósito de querer encontrar a verdade contida na realidade, dispensando-se as impressões imediatas que acobertam essa mesma realidade, permitindo inclusive a manipulação dos fatos e o desenvolvimento de uma linguagem específica inerente aos conceitos próprios de cada área do conhecimento científico. Quando se fala em objetividade científica quer se dizer que os enunciados, conceitos ou teorias científicas devem corresponder aos fatos. Objetividade, portanto, significa a correspondência da teoria com os fatos. Köche (1997) chama isso de verdade semântica.

9 Características do conhecimento científico O conhecimento científico é Intersubjetivo: [...] um enunciado científico é objetivo quando, alheio às crenças pessoais, puder ser apresentado à crítica, à discussão, e puder ser intersubjetivamente submetido a teste (POPPER, 1977 apud KÖCHE, 1997, p. 32).

10 Características do conhecimento científico O conhecimento científico é Intersubjetivo: Plutão não é mais o nono planeta do Sistema Solar. Cerca de astrônomos convocados pela União Astronômica Internacional (IAU) foram a Praga, na República Tcheca, e decidiram, no voto, rebaixar o astro descoberto em 1930 pelo americano Clyde Tombaugh.

11 Características do conhecimento científico O conhecimento científico é Preditivo: Esta característica remete ao entendimento de que, com o conhecimento científico, é possível prever como os fenômenos podem ocorrer. Não se trata de uma questão de simples vidência ou premunição, mas de previsão baseada na repetição contínua dos fatos.

12 Características do conhecimento científico O conhecimento científico é Preditivo: Com o aquecimento global, nos próximos 100 anos, o nível do mar deve subir 1 cm por ano, invadindo muitas cidades litorâneas, diz Enéas Salati, diretor da Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável. (Revista Istoé)

13 Características do conhecimento científico O conhecimento científico é Comunicável: Os resultados das investigações científicas devem ser comunicados a sociedade em geral e não ficar restrito ao meio acadêmico. Fazer uma pesquisa e guardar os resultados para si não é uma postura de quem deseja contribuir para o desenvolvimento do conhecimento científico.

14 Características do conhecimento científico O conhecimento científico é comunicável:

15 Características do conhecimento científico O conhecimento científico é Descritivo-explicativo: As leis e teorias surgem da necessidade de se ter de encontrar explicações para os fenômenos da realidade. Esses fenômenos são conhecidos pelas suas manifestações, pelas suas aparências, assim como se percebe pela cor e pelo perfume quando um fruto está maduro. Pode-se descobrir nos fenômenos da mesma natureza a manifestação de alguns aspectos que são comuns e invariáveis. Por exemplo: sempre que um objeto é jogado para o alto, cai. O estudo dessas manifestações pode conduzir à descoberta da uniformidade ou regularidade do comportamento desse fenômeno conjeturando sobre a estrutura dos fatores que interferem ou produzem essa regularidade. (KÖCHE, 1997, 90).

16 Características do conhecimento científico O conhecimento científico é metódico: Entre o sujeito que conhece (cientista) e o objeto que é conhecido há um conjunto de procedimentos, regras, instrumentos, técnicas e processos que permitem a elucidação mais precisa do objeto de estudo.

17 Características do conhecimento científico O conhecimento científico é Movido por paradigmas: baseia-se em modelos ou representações formadas por pressupostos teórico-filosóficos; Thomas Kuhn (2003, p. 13), em sua obra, a estrutura das revoluções científicas assim se expressa sobre os paradígmas: Considero paradígmas as realizações científicas universalmente reconhecidas que, DURANTE ALGUM TEMPO, fornecem problemas e soluções modelares para uma comunidade de praticantes de uma ciência.

18 Características do conhecimento científico O conhecimento científico é Movido por paradigmas:

19 Características do conhecimento científico O conhecimento científico é Movido por paradigmas:

20 Características do conhecimento científico O conhecimento científico é Movido por paradigmas: Embora não se deva imaginar a expansão Universo como uma bolha crescendo vista do lado de fora, (O lado de fora não existe, a matéria e o tempo tiveram seu início a partir do ponto zero), esta é uma das poucas maneiras de se tentar vislumbrar um espaço quadridimensional do Universo em expansão (Não se deve também assumir uma visão antropocêntrica). Ao centro, está representada em amarelo a Via Láctea os círculos coloridos excêntricos são todos os corpos celestes se afastando, azul para frente e vermelho para trás devido ao efeito Doppler, as esferas sem cor representam a posição real dos astros. (Wikipédia)

21 Ciência e tecnologias A técnica ou tecnologia (do grego téchne, que significa arte ou habilidade) pode utilizar tanto o conhecimento comum quanto os conhecimentos obtidos na pesquisa básica ou na ciência aplicada, para criar novos artefatos ou produtos (aparelhos elétricos, computadores, medicamentos, corantes etc.), melhorar a produção, modificar o ambiente ou amenizar as atividades humanas (GEWANDSZNAJDER, 1989, p. 16).

22 Ciência e tecnologias A eletricidade, a telefonia, a informática, o rádio, a televisão, a aviação, as aplicações tecnológicas no campo da medicina, das engenharias e das viagens espaciais, o uso da genética na agricultura e na agropecuária e tantos outros mostram a evolução crescente do uso do conhecimento científico na vida diária do homem, a tal ponto que dificilmente se desvincula a produção do conhecimento do seu benefício tecnológico e pragmático. (KÖCHE, 1997, p. 43).

23 Ciência e tecnologias

24

25 Para Barros e Lehfeld (1986, p. 70), a ciência é o meio mais adequado para o controle prático da natureza, transformando-a em [...] matriz de recursos técnicos e/ou tecnológicos, os quais utilizados com sabedoria contribuem para uma vida humana mais satisfatória enquanto efetivação instrumental do fazer e do agir. Ciência e tecnologias

26 Classificação das ciências Ciências Formais Factuais Lógica Matemática Naturais Culturais, Sociais ou Humanas Física Química Biologia Psicologia Fisiológica Antropologia Física Psicologia Social Antropologia Cultural Sociologia Economia Ciência Política História

27 A perspectiva histórica da ciência A ciência na Antiguidade Clássica Os gregos nos séculos VI a IV a.C. foram os primeiros a desenvolver um tipo de conhecimento racional desligado do mito; a noção de ciência na Grécia se voltava para a especulação racional e se desligava da técnica e das preocupações prática;

28 A perspectiva histórica da ciência A ciência na Antiguidade Clássica predominou esse modelo cosmológico aristotélico, posteriormente confirmado por Ptolomeu (um helênico do século II d.C.), que defendia a idéia de um mundo geocêntrico, finito, de forma esférica; o universo se achava dividido em dois mundos, sendo que um era considerado superior ao outro: o mundo sublunar, considerado inferior, correspondia à região da Terra [...] e o mundo supralunar, de natureza superior, correspondia aos Céus

29 A perspectiva histórica da ciência A ciência na Antiguidade Clássica Podemos atribuir à ciência grega, cinco características marcantes, que são: a) a ciência encontra-se ligada a filosofia; b) a ciência é qualitativa; c) a ciência não é experimental; d) a ciência é contemplativa; e) a ciência baseia-se em uma concepção estática do mundo.

30 A perspectiva histórica da ciência A ciência na Idade Medieval A ciência vincula-se aos interesses religiosos e se subordina aos critérios da revelação. A razão humana devia se submeter ao testemunho da fé; não houve desenvolvimento das ciências particulares; a lógica aristotélica passou a ser amplamente utilizada para justificar as verdades da fé.

31 A perspectiva histórica da ciência A ciência na Idade Moderna a visão moderna de ciência surge no final da Idade Média, perpassa o período renascentista e culmina no século XVII com a chamada Revolução Científica; a concepção de ciência de desvincula da visão grega através da chamada Revolução científica. Kepler, Copérnico, Bacon, Descartes, Galileu, Newton, entre outros foram os grandes expoentes que, do final da Idade Média, e durante a Idade Moderna criaram as bases do conhecimento científico

32 A perspectiva histórica da ciência A ciência na Idade Moderna Duas concepções marcaram a ciência no mundo moderno: a concepção racionalista e a concepção empirista; a concepção racionalista preconiza um conhecimento racional, dedutivo e demonstrativo e seu maior expoente é René Descartes ( );

33 A perspectiva histórica da ciência A ciência na Idade Moderna a concepção empirista defendia a posição de que não existem idéias inatas e a experiência é o parâmetro para todo aprendizado; o grande expoente da concepção empirista é John Locke ( ) que dizia que a mente era uma página em branca que a experiência viria preenchê-la.

34 A perspectiva histórica da ciência A ciência na Idade Moderna o modelo de cientificidade estava vinculado as ciências naturais e era baseado na matematização e na experimentação. a física era a ciência perfeita e considerada modelo de cientificidade.

35 A perspectiva histórica da ciência A ciência na Idade Contemporânea é marcada pelas rupturas epistemológicas não havendo um modelo exclusivo que caracterize o conhecimento científico; ruptura epistemológica significa revisão crítica do conhecimento; A concepção atual de ciência é marcada pela idéia de que não há verdades eternas, pois as teorias são transitórias e podem ser renovadas ou até substituídas.


Carregar ppt "DISCIPLINA CIÊNCIA E PESQUISA PROFESSOR: VILSON LEONEL Unidade de ensino: Ciência."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google