A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Posi ç ão de sujeitos e coloca ç ão de cl í ticos em textos portugueses dos s é culos 16 a 19 Maria Clara Paixão de Sousa PG, IEL – Unicamp III Congresso.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Posi ç ão de sujeitos e coloca ç ão de cl í ticos em textos portugueses dos s é culos 16 a 19 Maria Clara Paixão de Sousa PG, IEL – Unicamp III Congresso."— Transcrição da apresentação:

1 Posi ç ão de sujeitos e coloca ç ão de cl í ticos em textos portugueses dos s é culos 16 a 19 Maria Clara Paixão de Sousa PG, IEL – Unicamp III Congresso Internacional da Abralin Rio de Janeiro, 15 de março de 2003

2 Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19 o b j e t i v o s investigar a evolução da ordem relativa sujeito-verbo em textos do Português Clássico hipótese inicial: Como dados preliminares, foram examinadas sentenças com clíticos, que possibilitam uma visão privilegiada sobre o problema da posição de sujeitos no português. a posição de sujeito mais frequente seria pós-verbal (VS) nos textos mais antigos, e pré-verbal (SV) nos textos modernos; a evolução de SV como ordem preferencial seria uma instanciação do surgimento da nova gramática (o Português Europeu Moderno).

3 Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19 d a d o s

4 padrões de ordem registrados: ambiente considerado: sentenças afirmativas finitas, matrizes e coordenadas assindéticas, com clíticos enclíticos e proclíticos (excluindo passivas) 15 textos morfologicamente anotados do Corpus Tycho Brahe (1571 dados) 1. sujeito nulo Vcl – sentenças verbo-iniciais XVcl - sentenças iniciadas por sintagmas preposicionais, advérbios, complementos; ênclise XclV - sentenças iniciadas por sintagmas preposicionais, advérbios, complementos; próclise 2. sujeito pós-verbal VclS – sentenças verbo-iniciais XVclS – sentenças iniciadas por sintagmas preposicionais, advérbios, complementos; ênclise XclVS – sentenças iniciadas por sintagmas preposicionais, advérbios, complementos; próclise 3. sujeito pré-verbal SVcl - sentenças iniciadas por sujeito; ênclise SclV - sentenças iniciadas por sujeito; próclise XSVcl - sentenças iniciadas por sintagmas preposicionais, advérbios, complementos, seguidos de sujeito; ênclise XSclV - sentenças iniciadas por sintagmas preposicionais, advérbios, complementos, seguidos de sujeito; próclise Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19: levantamento de dados l e v a n t a m e n t o d e d a d o s material pesquisado:

5 Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19: levantamento de dados p a d r õ e s r e g i s t r a d o s

6 s u j e i t o s p ó s – v e r b a i s Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19: levantamento de dados

7 s u j e i t o s p ó s – v e r b a i s : e x e m p l o s Vcl-suj: 1. [0Vcl-sou] Respondeu-lhe o Arcebispo sem detença que trazia trinchantes. (séc 16) x-clv-suj: 2. [pp-clv-suj-cou] Com isto o despedio o Governador com muitas honras, e peças, e se tornou a embarcar com Fernão de Sousa e com êle o Secretário António Cardoso, pera tomar entrega do dinheiro, e em catur ligeiro o levar a Cochim, e o repartir pelas náos do Reino. (séc 16) x-Vcl-suj: 3. [top-Vcl-suj-vie-s] A José deu-lhe Jacob por benção, que crescesse. (séc 17) 4. [pp-Vcl-suj-ort] A respeito de Prado diz-me Queiroz: Não sei se Você já o viu depois de casado. (séc 19)

8 Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19: levantamento de dados s u j e i t o s p ó s – v e r b a i s : p a d r õ e s

9 s u j e i t o s p r é – v e r b a i s Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19: levantamento de dados

10 s u j e i t o s p r é – v e r b a i s : e x e m p l o s suj-clv 1. [suj-clv-vie-c] Taquete nos diz que João Delgado Figueira vai a Roma por parte da Inquisição: (séc 17) 2. [suj-clv-cha] Quem lhe der auxílio lhe dará também as armas para a vitória. (séc 17) 3. [suj-clv-gtt] Eu lhe explico. (séc 18) x-suj-clv 4. [top-suj-clv-mel] Senhor, qual seja o meu estado, Vossa Senhoria o sabe; mas se particularmente lhe referisse o que eu estou padecendo, Vossa Senhoria se admiraria, como se o não soubesse. (séc 17) suj-Vcl 5. [suj-Vcl-mel] Esta fortuna pesa-me já muito. (séc 17) 6. [suj-Vcl-alo] Êle disse-me logo quanto era necessário para sossegar a minha inquietação. (séc 18) 7. [suj-Vcl-ort] O Almeida Campos deu -nos ontem um jantar a mim e ao Queiroz. (séc 19) x-suj-Vcl 8. [top-suj-Vcl-ver] este nome - Marcus Tullius Cícero - os Gregos escreveram-no nas medalhas - Markos Tyllios Kikeron -, que tem bastante diferença do latino. (séc 18) 9. [adv-suj-Vcl-ort] Felizmente o hábito de andar só e por sua conta desde pequeno torna-o apto desde já para entrar em uma escola superior sujeito ao rigor do serviço militar e obrigado a certas responsabilidades de procedimento e de conduta. (séc 19)

11 Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19: levantamento de dados s u j e i t o s p r é – v e r b a i s : p a d r õ e s

12 s u j e i t o s n u l o s Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19: levantamento de dados

13 s u j e i t o s n u l o s : e x e m p l o s Vcl 1. [0Vcl-cou] Prometeo-lhe mais de tomar seu carapução, e de seguir sua seita, como fez. (séc. 16) x-Vcl 2. [adv-Vcl-ort] Depois diz- me muito mal de Carracido, dos seus jantares, do seu talento, etc. (séc 19) 3. [ pp-Vcl-vie-s] À fidalguia chamam-lhe qualidade, e chamam-lhe sangue. (séc 17) 4. [top-Vcl-ort] A história que se prestava pelo pitoresco, contei- a com tão bom humor que fiz chorar de riso. (séc 19) x-clv 5. [adv-clv-cha] Hoje me parto. (séc 17) 6. [obj-clv-cou][ Isto lhe disse de todo seu ânimo; e certo que se lhe ElRei não mandára sucessor, que o houvera de fazer, porque era um Fidalgo muito determinado. (séc 16).

14 Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19: levantamento de dados s u j e i t o s n u l o s : p a d r õ e s

15 t e n d ê n c i a s Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19: levantamento de dados

16 SVcl/VS Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19: levantamento de dados

17 comparando SclV e nulos Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19: levantamento de dados

18 comparando SVcl e nulos Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19: levantamento de dados

19 comparando SVcl e SclV

20 SV versus XV : próclises Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19: levantamento de dados

21 SV versus XV : ênclises

22 c o n c l u s õ e s Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19

23 Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19: levantamento de dados r e s u m o d o l e v a n t a m e n t o ordem que desaparece: XclVS ordens que declinam: SclV, XclV, VclS ordens que aumentam: SVcl, XVcl ordem que surge: XSVcl I.

24 c o n j e c t u r a: a e s t r u t u r a d a o r a ç ã o Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19 G1 [ ZP __ ] [ __ V (S)...] [XP topicalizado] [ or XP fronteado; Verbo; (Sujeito); (Complementos)...] G2 [ ZP __ ] [ XP S V... ] [XP topicalizado] [ or (Sujeito); Verbo; (Complementos)...]

25 r e s u m o d o l e v a n t a m e n t o Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19: levantamento de dados A comparação da evolução de SclV - XclV por um lado, e SVcl - XVcl por outro mostra que o cerne da mudança para o sistema enclítico do PE pode ser localizado na posição dos sujeitos, uma vez que: · O declínio da próclise afetou o ambiente x inicial e s inicial igualmente (G 7) · O aumento da ênclise foi expressivo sobretudo no ambiente s inicial (G8) O conjunto das tendências revela um ponto de inflexão geral: a segunda metade do século 18 (corroborando as conclusões de GBPS sobre a evolução de P/E). · O declínio da ordem XclvS pode configurar uma confirmação para a hipótese do português clássico como sistema V2 A evolução da ordem XSvcl pode configurar uma confirmação para a hipótese do sujeito interno no PE (Galves, 2002; Costa e Galves, 2002) II.

26 f i n a l : n o v a s p e r g u n t a s Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19

27 f i n a l : n o v a s p e r g u n t a s Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19 A investigação sobre a posição de sujeitos nas sentenças com clíticos deverá prosseguir contemplando outros fatores que podem influenciar a variação: a.tipos de sujeito: pronominal, nominal, nomes próprios b.os sujeitos da passiva, e de verbos como parecer, custar (não incluídos neste levantamento) c.qual o estatuto semântico dos sujeitos fronteados com próclise? (cf. GBPS para os SVcl) d.diferentes tipos de verbo (ex: verbos dicendi) e.as locuções V+Aux f.a estrutura argumental dos verbos E finalmente: g.qual a importância do estilo de cada texto para se compreender os diferentes padrões quanto à inversão do sujeito? h.qual a importância dos fatores históricos marcantes que separam a produção literária dos séculos 17 e 18 em Portugal para se compreender o ponto de inflexão representado pela segunda metade do século 18? (ex.: barroco vs iluminismo; consolidação do ensino da língua materna nas escolas; fim do bilingüismo literário, entre outros – cf. Paixão de Sousa, 2001).

28 Posi ç ão de sujeitos e coloca ç ão de cl í ticos em textos portugueses dos s é culos 16 a 19 Maria Clara Paixão de Sousa PG, IEL – Unicamp Bolsisita de Doutorado Fapesp – 01/ Título da Tese em andamento: Mudança Lingüística e fatores extra- gramaticais: o caso do Português Clássico. III Congresso Internacional da Abralin Rio de Janeiro, 15 de março de 2003

29 r e c a p i t u l a n d o Posição de sujeitos e colocação de clíticos em textos portugueses dos séculos 16 a 19


Carregar ppt "Posi ç ão de sujeitos e coloca ç ão de cl í ticos em textos portugueses dos s é culos 16 a 19 Maria Clara Paixão de Sousa PG, IEL – Unicamp III Congresso."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google