A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O silêncio do professorado na educação Breve histórico Observatório da Educação - Diagnóstico: debate público sobre educação pautado público/poder executivo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O silêncio do professorado na educação Breve histórico Observatório da Educação - Diagnóstico: debate público sobre educação pautado público/poder executivo."— Transcrição da apresentação:

1

2 O silêncio do professorado na educação Breve histórico Observatório da Educação - Diagnóstico: debate público sobre educação pautado público/poder executivo - Objetivo: pluralizar, diversificar este debate - Na prática: estimular diferentes atores a participar do debate sobre educação como forma de concretizar direito universal à educação pública de qualidade. Mariângela Graciano – 26/11/07

3 Observatório da Educação Linhas estratégicas – intervenção na mídia Por que a mídia? forma bastante eficiente de intervenção e participação no debate público, mas não é a única Limites e possibilidades: interesses e posições privadas // trabalho justo Ações - acompanhamento da cobertura cerca 60 jornais e 4 revistas semanais - boletins para jornalistas – sugestão de pautas e fontes; e análise da cobertura Mariângela Graciano – 26/11/07

4 Mídia e Professorado E os professores? Constatação: Ausência do professor como fonte, sobretudo quando o tema é política educacional, Quando são ouvidos: - Dia dos Professores – profissão sacerdócio, experiências individuais e condições salariais - Vítimas de violência - Denúncias - Mal formados - Faltosos - Salário – destaque: setor empresarial - Imagem negativa: coitado ou vagabundo Mariângela Graciano – 26/11/07

5 Mídia e Professorado - Tema: Política ou ação governamental Fonte - sindicatos docentes - Destaque: importância e legitimidade do sindicatos na defesa dos direitos do professorado - Confusão na análise de mídia: Pesquisa Andi (2007) – sindicatos são ouvidos sobre financiamento – Piso Salarial Professores não foram ouvidos. Por exemplo: Fundeb Mariângela Graciano – 26/11/07

6 Mídia e Professorado - Qual ausência? Professor como intelectual, como ator político, como portador de um conhecimento que advém de sua formação acadêmica e também da sua prática na sala de aula. Um ator que se manifesta - analisa, critica – temas educacionais para além daqueles diretamente vinculados ao exercício da profissão, das condições de trabalho, do salário. Mariângela Graciano – 26/11/07

7 Mídia e Professorado - Por que não falam? > Professores e imprensa – difícil relação > Desconfiança > Medo de falar > Percurso burocrático inviável para o tempo da notícia Destaque: professores de universidades públicas também são funcionários e dão entrevistas Mariângela Graciano – 26/11/07

8 Silêncio difundido - Formulação de planos e políticas educacionais - não são ouvidos. Ex.: PDE e Plano Estadual/SP - Conselhos de educação – não há mecanismos de escuta ou participação - Contradição - Educação ganhou espaço na agenda pública - Novos atores – empresários: não apenas fontes, mas interlocutores - Resultado: Ex. Tema qualidade: culpabilização professores. Recursos x gestão empresarial, prêmios e sanções Mariângela Graciano – 26/11/07

9 Silêncio consentido? - Apesar da pressão... silêncio não foi quebrado. Por quê? Por que os professores não falam sobre educação? Por que sequer reagem às agressões? Seria então um silêncio consentido? - Debate Fala Mestra! Fala Mestre! O silêncio do professorado na educação. > pessoas da área do direito, educadores, sindicalistas, pesquisadores > debate instigou e ampliou ainda mais a discussão – o ofício docente Mariângela Graciano – 26/11/07

10 Fala Mestra! Fala Mestre! Alguns aspectos - Em relação à legislação > Lei estadual nº , de 28/10/ Ditadura Militar. Município SP - lei de 1979 > Apeoesp não é acionada há 10 anos sobre o tema; > Udemo não tem registro de processos judiciais > Caso concreto: diretora pediu exoneração por não suportar as pressões > Conclusão: lei é usada como forma de amedrontar, constranger os professores Mariângela Graciano – 26/11/07

11 Fala Mestra! Fala Mestre! Alguns aspectos Apatia Roubo da condição intelectual – trabalho quase mecânico (dar aulas). Resultado de opções políticas e econômicas - Consequências > Concretas: (salário, condição de trabalho etc) Simbólicas: desqualificação da imagem Esfacelamento do ofício docente – atuação no processo de ensino e aprendizagem + atuação pública (não é mais referência) Mariângela Graciano – 26/11/07

12 Fala Mestra! Fala Mestre! Alguns aspectos Reação Falta tempo, energia ou vontade de refletir e falar sobre seu trabalho – a educação pública. Necessidade do movimento contrário ao que está sendo imposto. – Requer ação, ação política.. é brigar por espaço, pelo direito à expressão, à opinião. Portanto: Fala Mestra! Fale Mestre! Mariângela Graciano – 26/11/07


Carregar ppt "O silêncio do professorado na educação Breve histórico Observatório da Educação - Diagnóstico: debate público sobre educação pautado público/poder executivo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google