A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto."— Transcrição da apresentação:

1 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus1 Lepo: Sistema de Apoio à Decisão Médica em Oftalmologia Baseado no Sistema Lepidus Antonio Carlos Roque 1, Juliana Mantovani Bottós 2, Ivan Torres Pisa 3, Andréia Cristina Galina 4, Paulo Roberto de Lima Lopes 5, Claudia Novoa Barsottini 6, Paulo Schor 7 1,4 Departamento de Física e Matemática (DFM), Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP), Universidade de São Paulo (USP), Brasil 2,7 Setor de Bioengenharia Ocular, Departamento de Oftalmologia, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP/EPM), Brasil 3,5,6 Departamento de Informática em Saúde (DIS), Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP/EPM), Brasil

2 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus2 Tópicos Histórico Objetivos Banco de dados Codificação Questionário Web Discussão Comentários Finais

3 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus3 Histórico Sistema de Apoio à Decisão Lepidus –Doutorado entre 1997 e 2000 –Dr. Roberto Silva –Prof. Dr. Antonio C. Roque –Laboratório de Sistemas Neurais (SisNe) – FFCLRP – USP –Software para Windows –Prêmio CBIS2000

4 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus4 Histórico Sistema de Apoio à Decisão Lepidus –Domínio em clínica geral –Para profissional em saúde habilitado e não para uso diretamente pelos pacientes –400 sinais/sintomas e 1130 diagnósticos –84% de acerto (37 primeiras sugestões) –Baseado em codificação inovadora através de cores (sinais senoidais) –Cálculos através de redes neurais

5 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus5 Histórico - Codificação Sistema de Apoio à Decisão Lepidus –Para cada sinal ou sintoma (descritor) Lugar (região do corpo, sistema, orgão etc) Processo fisiopatológico Intensidade –Na codificação Frequência Amortecimento Amplitude

6 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus6 Histórico - Codificação

7 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus7 Histórico – Sinais-sintomas

8 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus8 Histórico - Codificação Se o quadro clínico de uma doença D i é composto por n sintomas (S 1, S 2,...,S n ), então ela é representada pela soma dos n sinais-sintomas correspondentes:

9 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus9 Histórico – Sinais-doenças

10 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus10 Histórico - Programa

11 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus11 Histórico - Sintoma

12 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus12 Histórico - Diagnóstico

13 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus13 Histórico - Dificuldades Sistema de Apoio à Decisão Lepidus –Versão proprietária –Borland Visual Basic –VBScript (Internet) –Não usa banco de dados –Não usa metodologia de programação –Não usa planejamento de arquitetura –Dificulta experimentações científicas e adaptações tecnológicas

14 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus14 Objetivos Desenvolver uma versão do sistema de apoio à decisão médica Lepidus especializada em oftalmologia, denominada Lepidus Oftalmológico (Lepo)

15 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus15 Banco de Dados Diagnósticos diferenciais mais prevalentes em olho vermelho 1.conjuntivite viral 2.conjuntivite alérgica 3.conjuntivite bacteriana 4.conjuntivite de inclusão 5.pterígeo ou pinguécula 6.blefarite 7.calázio ou hordéolo 8.hemorragia subconjuntival 9.episclerite 10.esclerite 11.irite ou iridociclite 11.irite ou iridociclite, 12.dacriocistite 13.ceratite infecciosa 14.úlcera corneana não infecciosa 15.corpo estranho corneano ou conjuntival 16.olho seco 17.glaucoma agudo 18.endoftalmite 19.celulite pré-septal 20.celulite orbitária

16 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus16 Banco de Dados Consideraram-se 19 sinais e sintomas 1.vermelhidão ocular difusa, 2.vermelhidão perilímbica, 3.lacrimejamento, 4.sensação de corpo estranho, 5.prurido ocular, 6.edema palpebral, 7.eritema palpebral, 8.adenopatia pré-auricular, 9.diminuição do brilho corneano, 10.tumoração localizada, 11.quemose, 12.secreção/exsudação, 13.vesículas palpebrais, 14.fotofobia, 15.dor à movimentação, 16.dor constante, 17.dor à palpação, 18.alteração visual e 19.alteração pupilar.

17 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus17 Intensidade Para cada sintoma definiu-se as seguintes variações quanto à sua intensidade –Binocular intensa –Monocular intensa –Binocular de intensidade moderada –Monocular de intensidade moderada –Binocular de intensidade leve –Monocular de intensidade leve

18 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus18 Modo de Início Adotou-se os seguintes parâmetros Súbito/agudo Início de 0 a 1 dia Início de 2 a 3 dias Início de 4 a 7 dias Início de 8 a 14 dias Início de 15 a 21 dias Mais de 21 dias Insidioso/crônico Indefinido

19 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus19 História Clínica Considerou-se intensidade e relevância Uso de lentes de contato Cirurgia ocular prévia História de trauma ocular Quadro recidivante Associações sistêmicas (atopia, doenças reumáticas, febre, doenças metabólicas, nutricinais etc)

20 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus20 Codificação Sinal e Sintoma Freqüência Intensidade Amplitude Duração Taxa de decaimento DOENÇA Sintoma => S = A sen (wt). e -k intensidade local processo Doença => 1N1N

21 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus21 Questionário Web Foi criado um questionário na Web –Coletar experiências dos médicos colaboradores –Comparação das respostas com a literatura especializada –Foram adotados como padrão os sintomas, intensidades e durações mais freqüentemente destacados pelos profissionais e pela literatura pesquisada

22 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus22 Discussão O sistema LEPO preconiza o apoio à decisão diagnóstica na área oftalmológica a partir de um número limitado de hipóteses, o que passa a ser uma medida estratégica que pode viabilizar o diagnóstico dentro de determinadas circunstâncias de atendimento

23 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus23 Possíveis Aplicações Racionalização de pedidos de exames (controle de custos) Telemedicina (áreas carentes, presídios, plataformas de petróleo) Ensino (treinamento, capacitação) Pesquisa (terminologia médica, representação do conhecimento médico) Segunda opinião médica frente a diagnósticos incertos

24 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus24 Comentários Finais O sistema de apoio à decisão médica especializado em oftalmologia Lepo oferece uma ferramenta remota aos profissionais médicos no auxílio ao diagnóstico a partir de descritores simplificados sobre o estado do paciente

25 IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto Lepohttp://neuron.ffclrp.usp.br/lepidus25 Lepo: Sistema de Apoio à Decisão Médica em Oftalmologia Baseado no Sistema Lepidus Antonio Carlos Roque da Silva Filho 1, Juliana Mantovani Bottós 2, Ivan Torres Pisa 3, Andréia Cristina Galina 4, Paulo Roberto de Lima Lopes 5, Claudia Novoa Barsottini 6, Paulo Schor 7 1,4 Departamento de Física e Matemática (DFM), Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP), Universidade de São Paulo (USP), Brasil 2,7 Setor de Bioengenharia Ocular, Departamento de Oftalmologia, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP/EPM), Brasil 3,5,6 Departamento de Informática em Saúde (DIS), Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP/EPM), Brasil


Carregar ppt "IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Projeto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google