A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FILOSOFIA FILOSOFIA. QUEM É JEAN-PAUL SARTRE? ESSE É O EXISTENCIALISTA SARTRE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FILOSOFIA FILOSOFIA. QUEM É JEAN-PAUL SARTRE? ESSE É O EXISTENCIALISTA SARTRE."— Transcrição da apresentação:

1 FILOSOFIA FILOSOFIA

2 QUEM É JEAN-PAUL SARTRE?

3 ESSE É O EXISTENCIALISTA SARTRE

4 SARTRE NASCEU EM 21 JUNHO DE 1905 NA FRANÇA. NASCEU EM 21 JUNHO DE 1905 NA FRANÇA. ORFÃO DE PAI DESDE 2 ANOS. ORFÃO DE PAI DESDE 2 ANOS. FEZ SEUS ESTUDOS SECUNDÁRIO EM PARÍS, LYCEE HENRI IV, EM 1924 INGRESSOU NA ÉCOLE NORMALE SUPÉRIEURE (ESCOLA NORMAL SUPERIOR). FEZ SEUS ESTUDOS SECUNDÁRIO EM PARÍS, LYCEE HENRI IV, EM 1924 INGRESSOU NA ÉCOLE NORMALE SUPÉRIEURE (ESCOLA NORMAL SUPERIOR). EM 1929, CONHECEU SIMONE DE BEAUVOIR. EM 1929, CONHECEU SIMONE DE BEAUVOIR. ESTUDOU FENOMOLOGIA NA ALEMANHA. ESTUDOU FENOMOLOGIA NA ALEMANHA. NÃO ACREDITAVA EM FORÇA DIVINA (ATEU). NÃO ACREDITAVA EM FORÇA DIVINA (ATEU). A FRASE: A EXISTÊNCIA PRECEDE A ESSÊNCIA; A FRASE: A EXISTÊNCIA PRECEDE A ESSÊNCIA;

5 EM 1939, SARTRE SE ENGAJA NO EXERCITO FRANCÊS, E SERVE NA 2° GUERRA MUNDIAL, COM METEOROLOGISTA, É APRISIONADO PELOS ALEMÃS EM 1940 ATE ABRIL DE EM 1939, SARTRE SE ENGAJA NO EXERCITO FRANCÊS, E SERVE NA 2° GUERRA MUNDIAL, COM METEOROLOGISTA, É APRISIONADO PELOS ALEMÃS EM 1940 ATE ABRIL DE SARTRE NÃO FOI CRIADO SEM RELIGIÃO, MAS POR CAUSA DA 2° GUERRA MUNDIAL E POR MUITOS SOFRIMENTOS O LEVARAM PARA LONGE DA FÉ. SARTRE NÃO FOI CRIADO SEM RELIGIÃO, MAS POR CAUSA DA 2° GUERRA MUNDIAL E POR MUITOS SOFRIMENTOS O LEVARAM PARA LONGE DA FÉ. EM 1964, VENCE O PRÊMIO NOBEL DE LITERATURA, QUE ELE RECUSA POIS SEGUNDO ELE NENHUM HOMEM MERECE SER CONSAGRADO EM VIDA. EM 1964, VENCE O PRÊMIO NOBEL DE LITERATURA, QUE ELE RECUSA POIS SEGUNDO ELE NENHUM HOMEM MERECE SER CONSAGRADO EM VIDA.

6 PASSOU SEUS ÚLTIMOS DIAS DE VIDA EXPLORANDO ASSUNTOS DE FÉ. PASSOU SEUS ÚLTIMOS DIAS DE VIDA EXPLORANDO ASSUNTOS DE FÉ. MORRE EM 15 DE ABRIL DE 1980, SEU FUNERAL FOI ACOMPANHADO POR MAIS DE PESSOAS. MORRE EM 15 DE ABRIL DE 1980, SEU FUNERAL FOI ACOMPANHADO POR MAIS DE PESSOAS.

7 O QUE É EXISTENCIALISMO? É UMA CORRENTE FILOSÓFICA E LITERÁRIA QUE DESTACA A LIBERDADE INDIVIDUAL, A RESPONSABILIDADE E A SUBJETIVIDADE DO SER HUMANO. É UMA CORRENTE FILOSÓFICA E LITERÁRIA QUE DESTACA A LIBERDADE INDIVIDUAL, A RESPONSABILIDADE E A SUBJETIVIDADE DO SER HUMANO. CONSIDERA CADA HOMEM COMO UM SER ÚNICO QUE É MESTRE DOS SEUS ATOS E DO SEU DESTINO. CONSIDERA CADA HOMEM COMO UM SER ÚNICO QUE É MESTRE DOS SEUS ATOS E DO SEU DESTINO.

8 ALGUNS CONCEITOS: A ESPÉCIE HUMANA TEM LIVRE ARBÍTRIO; A ESPÉCIE HUMANA TEM LIVRE ARBÍTRIO; A VIDA É UMA SÉRIE DE ESCOLHAS; A VIDA É UMA SÉRIE DE ESCOLHAS; POUCAS DECISÕES NÃO TÊM NENHUMA CONSEQUÊNCIA NEGATIVA; POUCAS DECISÕES NÃO TÊM NENHUMA CONSEQUÊNCIA NEGATIVA; ALGUMAS COISAS SÃO ABSURDAS OU IRRACIONAIS, SEM EXPLICAÇÕES; ALGUMAS COISAS SÃO ABSURDAS OU IRRACIONAIS, SEM EXPLICAÇÕES; SE VOCÊ TOMA UMA DECISÃO, DEVE LEVÁ-LA ATÉ O FIM; SE VOCÊ TOMA UMA DECISÃO, DEVE LEVÁ-LA ATÉ O FIM;

9 ORIGEM FOI INSPIRADO POR ALGUNS FILOSOFOS, MAS FOI POPULARIZADO NOS MEADOS DO SÉCULO XX PELO FILOSOFO FRANCÊS JEAN-PAUL SARTRE E SUA COMPANHEIRA. MUITOS FILOSOFOS LIGADO A ESTA CORRENTE FILOSOFICAS ERAM PESSOAS COM A SUA RELIGIÃO, CATÓLICA, PROTESTANTE, GRECO-ORTODOXO E TAMBÉM ATEUS.

10 EXISTENCIALISTA CRISTÃO: A FÉ DEFENDE O INDIVIDUO E GUIA AS DECISÕES COM UM CONJUNTO RIGOROSO DE REGRAS. EXISTENCIALISTA CRISTÃO: A FÉ DEFENDE O INDIVIDUO E GUIA AS DECISÕES COM UM CONJUNTO RIGOROSO DE REGRAS. EXISTENCIALISTA ATEUS: A IRONIA É A DE NÃO IMPORTA O QUANTO VOCÊ FAÇA PARA MELHORAR A SI OU OS OUTROS, VOCÊ VAI SEMPRE DETEREORAR E MORRER. EXISTENCIALISTA ATEUS: A IRONIA É A DE NÃO IMPORTA O QUANTO VOCÊ FAÇA PARA MELHORAR A SI OU OS OUTROS, VOCÊ VAI SEMPRE DETEREORAR E MORRER. PARA MUITOS EXISTENCIALISTA A GRANDE VITÓRIA DO INDIVIDUO É PERCEBER O ABSURDO DA VIDA E ACEITÁ-LA.

11 O EXISTENCIALISMO SARTTIANO EXISTÊNCIA PRECEDE A ESSÊNCIA EXISTÊNCIA PRECEDE A ESSÊNCIA EM-SI: SEGUNDO O EXISTENCIALISMO O MUNDO É POVOADO DE SERES EM-SI, PODEMOS ENTENDER UM EM-SI COMO QUALQUER OBJETO EXISTENTE NO MUNDO E QUE POSSUI UMA ESSÊNCIA DEFINIDA, ELE APENAS É. EM-SI: SEGUNDO O EXISTENCIALISMO O MUNDO É POVOADO DE SERES EM-SI, PODEMOS ENTENDER UM EM-SI COMO QUALQUER OBJETO EXISTENTE NO MUNDO E QUE POSSUI UMA ESSÊNCIA DEFINIDA, ELE APENAS É. PARA-SI : O PARA-SI NÃO TEM UMA ESSÊNCIA DEFINIDA. ELE É UM RESULTADO DE UMA DE UMA IDÉIA PRÉ-EXISTENTE. COMO O EXISTENCIALISMO SARTRIANO É ATEU, ELE NÃO ADMITE A EXISTÊCIA DE UM CRIADOR QUE TENHA PREDETERMINADO A ESSÊNCIA EOS FINS DE CADA PESSOA. PARA-SI : O PARA-SI NÃO TEM UMA ESSÊNCIA DEFINIDA. ELE É UM RESULTADO DE UMA DE UMA IDÉIA PRÉ-EXISTENTE. COMO O EXISTENCIALISMO SARTRIANO É ATEU, ELE NÃO ADMITE A EXISTÊCIA DE UM CRIADOR QUE TENHA PREDETERMINADO A ESSÊNCIA EOS FINS DE CADA PESSOA.

12 A LIBERDADE O SER HUMANO ESTÁ CONDENADO À LIBERDADE. ISSO SGNIFICA QUE CADA PESSOA PODE A CADA MOMENTO ESCOLHER O QUE FARÁ DE SUA VIDA, SEM QUE HAJA UM DESTINO PREVIAMNTE CONCEBIDO. O SER HUMANO ESTÁ CONDENADO À LIBERDADE. ISSO SGNIFICA QUE CADA PESSOA PODE A CADA MOMENTO ESCOLHER O QUE FARÁ DE SUA VIDA, SEM QUE HAJA UM DESTINO PREVIAMNTE CONCEBIDO. SARTRE CONSIDERAVA QUE TODAS AS PESSOAS SÃO MOVIDAS POR UM PROJETO FUNDAMENTAL, O PROJETO DE AUTO-REALIZAÇÃO, DA TRANSCENDÊCIA. SARTRE CONSIDERAVA QUE TODAS AS PESSOAS SÃO MOVIDAS POR UM PROJETO FUNDAMENTAL, O PROJETO DE AUTO-REALIZAÇÃO, DA TRANSCENDÊCIA. UM SER QUE REALIZOU TUDO O QUE PODIA ESGOTA SUAS POTENCIALIDADES, TORNA UM EM-SI. ISSO PODE ACONTECER, POR EXEMPLO QUANDO MORREMOS. UM SER QUE REALIZOU TUDO O QUE PODIA ESGOTA SUAS POTENCIALIDADES, TORNA UM EM-SI. ISSO PODE ACONTECER, POR EXEMPLO QUANDO MORREMOS.

13 A CONSCIÊNCIA DEIXA DE EXISTIR, E NOS TORNAMOS UM SER DE ESSÊNCIA CONHECIDA, COMPLETO E ACABADO. A CONSCIÊNCIA DEIXA DE EXISTIR, E NOS TORNAMOS UM SER DE ESSÊNCIA CONHECIDA, COMPLETO E ACABADO. SARTRE NOS DIZ QUE O PROJETO FUNDAMENTAL É TORNAR-SE UM SER QUE JÁ REALIZOU TUDO, MAS PRESERVA SUA COSCIÊNCIA, UM SER EM-SI-PARA-SI. EM OUTRAS PALAVRAS, PARA SARTRE, O HOMEM É UM SER QUE PROJETA TORNAR-SE DEUS. SARTRE NOS DIZ QUE O PROJETO FUNDAMENTAL É TORNAR-SE UM SER QUE JÁ REALIZOU TUDO, MAS PRESERVA SUA COSCIÊNCIA, UM SER EM-SI-PARA-SI. EM OUTRAS PALAVRAS, PARA SARTRE, O HOMEM É UM SER QUE PROJETA TORNAR-SE DEUS. OBVIAMENTE AS PESSOAS ESTÃO SUJEITAS A LIMITAÇÕES, QUE TORNAM A LIBERDADE POSSÍVEL, POIS SE PUDÉSSEMOS REALIZAR QUALQUER COISA QUE QUISÉSSEMOS, NÓS ESTARÍAMOS NO UNIVERSO DO SONHO. NO MUNDO REAL, SÃO AS LIMITAÇÕES QUE ME IMPÕEM ESCOLHAS. OBVIAMENTE AS PESSOAS ESTÃO SUJEITAS A LIMITAÇÕES, QUE TORNAM A LIBERDADE POSSÍVEL, POIS SE PUDÉSSEMOS REALIZAR QUALQUER COISA QUE QUISÉSSEMOS, NÓS ESTARÍAMOS NO UNIVERSO DO SONHO. NO MUNDO REAL, SÃO AS LIMITAÇÕES QUE ME IMPÕEM ESCOLHAS.

14 A RESPONSABILIDADE CADA ESCOLHA CARREGA CONSIGO UMA RESPONSABILIDADE. SE ESCOLHO IR A ALGUM LUGAR, FALAR ALGUMA COISA, ESCREVER UM ARTIGO, TENHO QUE TER CONSCIÊNCIA DE QUE QUALQUER CONSEQUÊNCIA DESSES ATOS TERÁ SIDO RESULTADO DE MINHA PRÓPRIA ESCOLHA. CADA ESCOLHA CARREGA CONSIGO UMA RESPONSABILIDADE. SE ESCOLHO IR A ALGUM LUGAR, FALAR ALGUMA COISA, ESCREVER UM ARTIGO, TENHO QUE TER CONSCIÊNCIA DE QUE QUALQUER CONSEQUÊNCIA DESSES ATOS TERÁ SIDO RESULTADO DE MINHA PRÓPRIA ESCOLHA. NÃO POSSO, SEGUNDO O EXISTENCIALISMO, ATRIBUIR A RESPONSABILIDADEPOR ESTES ATOSA NENHUMA FORÇA EXTERNA AO DESTINO OU A DEUS. NÃO POSSO, SEGUNDO O EXISTENCIALISMO, ATRIBUIR A RESPONSABILIDADEPOR ESTES ATOSA NENHUMA FORÇA EXTERNA AO DESTINO OU A DEUS. EIS A ESSÊNCIA DA RESPONSABILIDADE SEGUNDO OS EXISTENCIALISTA: EU, POR MINHA VONTADE E ESCOLHA EU AJO NO MUNDO E AFETO EIS A ESSÊNCIA DA RESPONSABILIDADE SEGUNDO OS EXISTENCIALISTA: EU, POR MINHA VONTADE E ESCOLHA EU AJO NO MUNDO E AFETO

15 O MUNDO TODO. É UMA RESPONSABILIDADE DA QUAL NÃO PODEMOS FUGIR. SER LIVRE TAMBÉM TEM QUE SER RESPONSÁVEL, LIBERDADE SO DÁ CERTO QUANDO O INDIVÍDUO AGE COM RESPONSABILIDADE. O MUNDO TODO. É UMA RESPONSABILIDADE DA QUAL NÃO PODEMOS FUGIR. SER LIVRE TAMBÉM TEM QUE SER RESPONSÁVEL, LIBERDADE SO DÁ CERTO QUANDO O INDIVÍDUO AGE COM RESPONSABILIDADE. POR CAUSA DA LIBERDADE, AS ESCOLHAS PELAS LIMITAÇÕES PRODUZ A RESPOSABILIDADE. POR CAUSA DA LIBERDADE, AS ESCOLHAS PELAS LIMITAÇÕES PRODUZ A RESPOSABILIDADE.

16 A ANGÚSTIA A RESPONSABILIDADE POR TODO O MUNDO É UM FARDO PESADO PARA QUALQUER PESSOA. A ANGÚSTIA EXISTECIAL DECORRE DA CONSCIÊNCIA DE QUE SÃO AS ESCOLHAS DESSA PESSOA QUE DEFINEM O QUE ELA É OU SE TORNARÁ. E TAMBÉM POR SABER QUE ESTAS ESCOLHAS PODEM AFETAR, DE MANEIRA IRREPARÁVEL, O PRÓPRIO MUNDO. A ANGÚSTIA DECORRE PORTANTO, DA CONSCIÊNCIA DA LIBERDADE E DO RECEIO DE USAR ESSA LIBERDADE DE FORMA ERRADA. A RESPONSABILIDADE POR TODO O MUNDO É UM FARDO PESADO PARA QUALQUER PESSOA. A ANGÚSTIA EXISTECIAL DECORRE DA CONSCIÊNCIA DE QUE SÃO AS ESCOLHAS DESSA PESSOA QUE DEFINEM O QUE ELA É OU SE TORNARÁ. E TAMBÉM POR SABER QUE ESTAS ESCOLHAS PODEM AFETAR, DE MANEIRA IRREPARÁVEL, O PRÓPRIO MUNDO. A ANGÚSTIA DECORRE PORTANTO, DA CONSCIÊNCIA DA LIBERDADE E DO RECEIO DE USAR ESSA LIBERDADE DE FORMA ERRADA.

17 É MUITO MAIS FÁCIL QUE EXISTE UM PLANO, UM PROPÓSITO NO UNIVERSO, E QUE NOSSOS ATOS SÃO GUIADOS POR UMA MÃO INVISÍVEL EM DIREÇÃO A ESSE PROPÓSITO. ( JOGA TUDO PARA DEUS ). NESTE CASO, MEUS ATOS NÃO SERIAM RESPOSABILIDADE MINHA, MAS APENAS O MEU PAPEL EM UM ROTEIRO MAIOR. MAS SARTRE NOS DÁ MAIS UM E SEUS CONCEITOS EM OPOSIÇÃO A ESSA CRENÇA: NÃO HÁ UM PROPÓSITO OU UM DESTINO UNIVERSAL. E O HOMEM DIANTE DESTA CONSTATAÇÃO SE DESALENTA. O DESALENTO É A CONSTATAÇÃO DE QUE NADA FORA DE NÓS DEFINE NOSSO PRÓPRIO FUTURO. APENAS NOSSA LIBERDADE. É MUITO MAIS FÁCIL QUE EXISTE UM PLANO, UM PROPÓSITO NO UNIVERSO, E QUE NOSSOS ATOS SÃO GUIADOS POR UMA MÃO INVISÍVEL EM DIREÇÃO A ESSE PROPÓSITO. ( JOGA TUDO PARA DEUS ). NESTE CASO, MEUS ATOS NÃO SERIAM RESPOSABILIDADE MINHA, MAS APENAS O MEU PAPEL EM UM ROTEIRO MAIOR. MAS SARTRE NOS DÁ MAIS UM E SEUS CONCEITOS EM OPOSIÇÃO A ESSA CRENÇA: NÃO HÁ UM PROPÓSITO OU UM DESTINO UNIVERSAL. E O HOMEM DIANTE DESTA CONSTATAÇÃO SE DESALENTA. O DESALENTO É A CONSTATAÇÃO DE QUE NADA FORA DE NÓS DEFINE NOSSO PRÓPRIO FUTURO. APENAS NOSSA LIBERDADE.

18 A MÁ-FÉ SEGUNDO SARTRE, A MÁ-FÉ É UMA DEFESA CONTRA A ANGÚSTIA E O DESALENTO, MAS UMA DEFSA EQUIVOCADA. PELA MÁ-FÉ RENUNCIAMOS À NOSSA PRÓPRIA LIBERDADE, FAZENDO ESCOLHAS QUE NOS AFASTAM DO PROJETO FUNDAMENTAL, ATRIBUINDO CONFORDAMENTE ESTAS ESCOLHAS A FATORES EXTERNOS, AO DESTINO, A DEUS, AOS ASTROS, A UM PLANO SOBRE HUMANO. SEGUNDO SARTRE, A MÁ-FÉ É UMA DEFESA CONTRA A ANGÚSTIA E O DESALENTO, MAS UMA DEFSA EQUIVOCADA. PELA MÁ-FÉ RENUNCIAMOS À NOSSA PRÓPRIA LIBERDADE, FAZENDO ESCOLHAS QUE NOS AFASTAM DO PROJETO FUNDAMENTAL, ATRIBUINDO CONFORDAMENTE ESTAS ESCOLHAS A FATORES EXTERNOS, AO DESTINO, A DEUS, AOS ASTROS, A UM PLANO SOBRE HUMANO. MÁ-FÉ, NO EXISTECIALISMO, NÃO É MENTIR PARA OUTRAS PESSOAS, MAS MENTIR PARA SI MESMO E PERMITIR-SE FUGIR DE SUA PRÓPRIA AUTO- DETERMINAÇÃO. MÁ-FÉ, NO EXISTECIALISMO, NÃO É MENTIR PARA OUTRAS PESSOAS, MAS MENTIR PARA SI MESMO E PERMITIR-SE FUGIR DE SUA PRÓPRIA AUTO- DETERMINAÇÃO.

19 QUANDO SARTRE REFERE-SE À MÁ-FÉ, ELE O FAZ NO SENTIDO DE QUE A MESMA COMPREENDE MENTIR PARA SI PRÓPRIO. PORÉM, O FATO DE NÃO UTILIZÁ-LA LEVA O INDIVÍDUO À ANGÚSTIA UMA VEZ QUE ELE NÃO MENTE MAIS PARA SI, TENDO CONSCIÊNCIA DE QUE TUDO AQUILO QUE LHE OCORRERA EM VIDA É ATRIBUÍDO ÀS ESCOLHAS, SOMADAS EVIDENTEMENTE ÀS LIMITAÇÕES NATURAIS, SOCILÓGICAS, ECONÔMICAS, HISTÓRICAS E CULTURAIS. ASSIM, NÃO HÁ COMO RESPOSABILIZARO DESTINO OU QUALQUER PROVIDÊNCIA DIVINA PELOS ACONTECIMENTOS DE SUA VIDA. DIRIA SARTRE: ESTAMOS SÓS E SEM DESCULPAS. QUANDO SARTRE REFERE-SE À MÁ-FÉ, ELE O FAZ NO SENTIDO DE QUE A MESMA COMPREENDE MENTIR PARA SI PRÓPRIO. PORÉM, O FATO DE NÃO UTILIZÁ-LA LEVA O INDIVÍDUO À ANGÚSTIA UMA VEZ QUE ELE NÃO MENTE MAIS PARA SI, TENDO CONSCIÊNCIA DE QUE TUDO AQUILO QUE LHE OCORRERA EM VIDA É ATRIBUÍDO ÀS ESCOLHAS, SOMADAS EVIDENTEMENTE ÀS LIMITAÇÕES NATURAIS, SOCILÓGICAS, ECONÔMICAS, HISTÓRICAS E CULTURAIS. ASSIM, NÃO HÁ COMO RESPOSABILIZARO DESTINO OU QUALQUER PROVIDÊNCIA DIVINA PELOS ACONTECIMENTOS DE SUA VIDA. DIRIA SARTRE: ESTAMOS SÓS E SEM DESCULPAS.

20 O OUTRO O HOMEM POR SI SÓ NÃO PODE SE CONHECER EM SUA TOTALIDADE. SÓ ATRAVÉS DOS OLHOS DE OUTRA PESSOA É QUE ALGUÉM SE VER COMO PARTE DO MUNDO. O SER PARA-SI SÓ É PARA-SI ATRAVÉS DO OUTRO. O SER PARA-SI SÓ É PARA-SI ATRAVÉS DO OUTRO. SÓ ATRAVÉS DOS OLHOS DOS OUTROS POSSO TER ACESSO A MINHA PRÓPRIA ESSÊNCIA AINDA QUE TEMPORARIA. SÓ ATRAVÉS DOS OLHOS DOS OUTROS POSSO TER ACESSO A MINHA PRÓPRIA ESSÊNCIA AINDA QUE TEMPORARIA.

21 CONCLUSÃO O EXISTENCIALISMO SERIA UMA FILOSOFIA EXCESSIVAMENTE PREOCUPADA COM O INDIVÍDUO, SEM LEVAR EM CONTA OS FATORES SÓCIO- ECONÔMICO, CULTURAIS E OS MOVIMENTOS HISTÓRICOS COLETIVOS QUE, SEGUNDO O MARXISMO EO ESTRTURALISMO, DETERMINAM AS ESCOLHAS E DIMINUEM A LIBERDADE INDIVIDUAL.

22 FIM FIM OBRIGADO PELA OBRIGADO PELA ATENÇÃO ATENÇÃO BOA NOITE BOA NOITE


Carregar ppt "FILOSOFIA FILOSOFIA. QUEM É JEAN-PAUL SARTRE? ESSE É O EXISTENCIALISTA SARTRE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google