A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

D ISTÚRBIOS DO T RATO D IGESTÓRIO Prof. Rafael Domingues COREN-RJ 033.916.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "D ISTÚRBIOS DO T RATO D IGESTÓRIO Prof. Rafael Domingues COREN-RJ 033.916."— Transcrição da apresentação:

1 D ISTÚRBIOS DO T RATO D IGESTÓRIO Prof. Rafael Domingues COREN-RJ

2 D ISTÚRBIOS DO TRATO DIGESTÓRIO G ASTRITE Gastrite – Inflamação do estômago com edema, hiperemia da membrana mucosa gástrica. (Causam erosões superficiais); (recorentes da produção insuficiente de muco);

3 D ISTÚRBIOS DO TRATO DIGESTÓRIO G ASTRITE Causas Imprudência na alimentação; Ingestão de Álcool; Ingestão excessiva de medicamentos; Ingestão de ácidos; Estresse; Sintomatologia Náuseas e vômitos; Pirose; Gastralgia; Eructação; Desconforto abdominal; Anorexia;

4 D ISTÚRBIOS DO TRATO DIGESTÓRIO G ASTRITE Complicações Sangramentos podem estar presentes; Tratamento de Enfermagem Administrar medicamentos segundo prescrição médica (Ranitidina ou Omeprazol); Na crise de gastrite, não encorajar o paciente a beber água; Orientar o cliente com relação aos hábitos alimentares e medicações (horários, tempo de mastigação, cimetidina ou hidróxido de alumínio);

5 D ISTÚRBIOS DO TRATO DIGESTÓRIO ÚLCERA PÉPTICA Úlcera Péptica - Lesão cavitária na mucosa gástrica ou mesmo intestinal. Sintomatologia Dor ou sensação de queimação; Pirose; Vômito; Anorexia; Constipação; Sangramentos;

6 D ISTÚRBIOS DO TRATO DIGESTÓRIO ÚLCERA PÉPTICA Complicações Constipação e sangramentos; Perfuração Gástrica; Irritabilidade; Obstrução Pilórica; Tratamento Controle da acidez gástrica; Redução do Estresse; Cicatrização da úlcera; Medicamentos (Ranitidina, Omeprazol, Cimetidine)

7 D ISTÚRBIOS DO TRATO DIGESTÓRIO TERMINOLOGIAS Pirose; Constipação Obstipação; Anorexia; Eructação; Gastralgia; Êmese; Hematemese; Melena;

8 D ISTÚRBIOS DO TRATO DIGESTÓRIO CIRROSE HEPÁTICA Cirrose Hepática – resultado final das agressões ao fígado, com alterações de sua conformidade celular (degeneração e necrose celular,); Causas Diversas; Álcool (alcoólica), ICD, ICC (cardíaca), Deficiência em Ferro, ou Vit. Complex. B (Nutricional), Hepatite B e C ou intox. medicamentosa (pós-necrótica); Sintomatologia Icterícia; Distúrbios gastrintestinais em geral, constipação ou diarréia, náuseas, vômitos, flatulência, anorexia, hepatomegalia; hematêmese (varizes esofagianas); Sangramentos (vit.K, protrombina/ coagulação); Ascite, Telangiectasias spider ou aranhas vasculares

9 A BDOME ASCÍTICO

10 I CTERÍCIA

11 D ISTÚRBIOS DO TRATO DIGESTÓRIO CIRROSE HEPÁTICA Complicações Insuficiência hepática crônica; Encefalopatia (confusão mental e coma); Tratamento Dieta hipervitamínica, hipoproteica, hipossódica, hipossódica; Repouso no leito, auxílio no autocuidado; Abstinência alcoólica completa; Mensurar circunferência abdominal; Atentar para o nível de consciência; Observar sinais de sangramento (Hematemese /melena); Aferir Sinais Vitais (PA, Pulso e FR)

12 V ARIZES ESOFAGIANAS Veias dilatadas e tortuosas na mucosa do esôfago, podendo acometer a extensão desde a parte superior do esôfago até o estômago; Hipertensão porta abdominal recorrente de fígado cirrótico; Hematêmese e melena podem ocorrer; Hemorragias podem ser causadas por: Tosse ou vômito; Irritação dos vasos (Alimentos mal mastigados líquidos irritantes); Fragilidade vascular;

13 V ARIZES ESOFAGIANAS Tratamento de Enfermagem Aferir SV (FR, P e P.A.); Sedação e repouso completo do esôfago (jejum e alimentação parenteral); Evitar vômitos (DLE, antieméticos); Administrar vit. K; Em casos de hematêmese (lavagem gástrica); Em casos de melena (Lavagem Intestinal);

14 C OLECISTITE Inflamação da vesícula biliar, acometendo uma síndrome dolorosa, na região hepática; Causas associadas: Litíase biliar (colelitíase) pedra na vesícula; Infecciosa; Verminose (presença ascaris); Cirrose Hepática; Sintomatologia: Dor; súbita; nauseas; êmese; anorexia; epigastralgia; eructações; flatulência; sudorese e desidratação. Tratamento de enfermagem SNG, medicamentos espasmódicos (buscopan) e antieméticos (plasil); Na fase aguda Dieta 0 após dieta hipogordurosa; Colecistectomia;

15 C OLELITÍASE Sais biliares a partir do colesterol do plasma, concentrando-se na vesícula Colesterol precipita-se formando cálculos biliares de colesterol

16 R EFERENCIAS Processo de enfermagem, SMELTZER, S. C.; BRUNNER.; B. G. tratado de enfermagem médico cirúrgica. 10° ed. Rio de Janeiro: Guanabara koogan, Porto, A; Viana, D. L. Curso Didático de Enfermagem, 5ª ed. São Caetano do Sul: Yendis, 2009.


Carregar ppt "D ISTÚRBIOS DO T RATO D IGESTÓRIO Prof. Rafael Domingues COREN-RJ 033.916."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google