A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UNIDADE E DIVERSIDADE A história: O cristianismo é a religião dos que acreditam que Jesus Cristo é Filho de Deus, morreu e ressuscitou; Filho de Deus.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UNIDADE E DIVERSIDADE A história: O cristianismo é a religião dos que acreditam que Jesus Cristo é Filho de Deus, morreu e ressuscitou; Filho de Deus."— Transcrição da apresentação:

1

2 UNIDADE E DIVERSIDADE

3 A história: O cristianismo é a religião dos que acreditam que Jesus Cristo é Filho de Deus, morreu e ressuscitou; Filho de Deus e de Maria, Jesus nasceu em Belém, num dos últimos anos de vida de Herodes, o Grande, sendo Imperador de Roma, César Augusto, 6 ou 7 anos antes da nossa era. ; Os seus discípulos espalharam a Boa Nova por toda a parte, a partir de Jerusalém; Pedro e Paulo difundem o Cristianismo na Europa; Durante três séculos os cristãos foram perseguidos pelos Imperadores; Com Constantino acabam as perseguições (séc. IV d.C.); Mais tarde, com Teodósio, o Cristianismo é proclamado religião do estado; Com os descobrimentos, o cristianismo expande-se pela América, Ásia e extremo Oriente. _________________________________________________________________________________________ Título atribuído a Jesus após a sua ressurreição: CRISTO; Ponto cardeal de onde é originário o Cristianismo: ORIENTE; Característica do Cristianismo que exprime dinamismo: VITALIDADE; Nome da pessoa que é o centro da fé cristã: JESUS; Nome atribuído aos amigos de Jesus que continuaram a sua missão: APOSTOLOS; Ponto cardeal que corresponde à região para onde o Cristianismo se expandiu e onde se enraizou: OCIDENTE; Atitude dos cristãos perante a vida, motivada pela certeza de que Deus é o senhor do futuro: ESPERANÇA; Característica que exprime a ausência de grandes separações no seio do Cristianismo durante o primeiro milénio: UNIDADE; Característica do Cristianismo que exprime a sua abertura a todos os povos da Terra: UNIVERSALIDADE; Religião que está na base do Cristianismo: JUDAICA; Principio ético fundamental do Cristianismo: AMOR; Uma das civilizações em que nasceu e se desenvolveu o Cristianismo: ROMANA.

4 CRISTIANISMO: UMA FÉ, VÁRIOS CAMINHOS

5 Após a divisão do império romano em duas partes (império romano do Ocidente (476), com capital em Roma, e império romano do oriente, com capital em Constantinopla) esta cidade adquiriu maior importância. As diferenças entre os dois impérios tornam-se cada vez maiores; no ocidente fala-se o latim e no oriente o grego. As diferenças são a todos os níveis: - culturais, políticas e religiosas. O bispo de Roma (Papa) e o bispo de Constantinopla (Patriarca do Oriente) foram afirmando a sua autoridade sobre o outro. No ano de 1045, tentaram chegar a um acordo mas a tentativa falhou e aconteceu a separação (Cisma). Surgem assim dois ramos no tronco do cristianismo: A Igreja Católica (latina), com sede em Roma e a Igreja Ortodoxa (grega), com sede em Constantinopla. CRISTÃOS ORTODOXOS O Cisma Do Oriente

6 OS ORTODOXOS VENERAÇÃO DOS ÍCONES Ícones

7 LUTERO, O GRANDE REFORMADOR Lutero ( Alemanha ) era um padre católico, monge agostiniano e professor. A sua grande preocupação era corrigir alguns comportamentos e ritos da Igreja Católica; Refletiu sobre a salvação do ser humano e condenou a venda das indulgências; No inicio do século XVI, a venda das indulgencias torna-se uma grande fonte de rendimentos para a construção da nova basílica de S. Pedro em Roma; Lutero revolta-se contra esta prática e põe em causa a função e o poder do papa, apresenta a Bíblia como única autoridade em matéria de fé e afirma que a salvação se alcança pela fé e não pelas obras; Lutero afixa 95 teses na porta da igreja do castelo de Witenberg, na Alemanha; Lutero foi excomungado (deixa de pertencer à Igreja Católica) pelo papa em 1521, inicia então outra vivência cristã que se chama Igreja protestante.

8 A REFORMA PROTESTANTE O movimento humanista na redescoberta da cultura greco-romana (Renascimento), aliado ao descontentamento das pessoas devido aos abusos da Igreja, faz surgir a necessidade de um retorno à mensagem original de Jesus Cristo. Causas da Reforma Protestante: - descrédito dos Papas; - Indulgências; - Ritualismo; - Valorização da razão humana; - Purificação da vivência cristã.

9 Cisma do Oriente (século XI ) Reforma (século XVI ) Cristianismo Primitivo Igreja Católica Cristão Católicos Latinos Igreja Ortodoxa Cristãos Ortodoxos Gregos Protestantismo Luteranismo Calvinismo Anglicanismo NO SÉCULO XVI O CRISTIANISMO ESTÁ DIVIDIDO EM CRISTÃOS: ORTODOXOS. PROTESTANTES E CATÓLICOS

10 No final do século XVI, o mapa religioso da Europa parecia um espelho quebrado: A Europa de Leste era e ainda é cristã ortodoxa; A Europa do Norte de um modo especial a Alemanha, era maioritariamente luterana; Na Inglaterra vigorava a igreja anglicana; No Sul da Europa permanece de um modo especial a igreja católica. A unidade da Fé do 1º milénio, vê-se assim dividida em vários grupos cristãos.

11 IGREJAS CRISTÃS - Semelhanças e diferenças FÉ MEIOS DE SALVAÇÃO AUTORIDADECULTOSACRAMENTOS Católicos:. Bíblia. Tradição Apostólica. Fé. Obras. Sacramentos. Papa sucessor de S. Pedro;. Bispos;. Padres;. Diáconos.. Celebração da Missa aos Domingos e durante a semana;. Oração.. Baptismo. Missa. Confissão. Crisma. Matrimónio. Ordem. Unção dos doentes Ortodoxos: - Séc. XI (Oriente). Bíblia. Tradição Apostólica. Fé. Obras. Sacramentos Não aceitam o Papa como seu chefe; Autoridade máxima:. Patriarca;. Bispos;. Padres.. Celebração da Missa aos Domingos;. Oração. Baptismo. Missa. Confissão. Crisma. Matrimónio. Ordem. Unção dos doentes Protestantes: - Séc. XVI – Lutero Alemanha. Bíblia. Fé Não aceitam o papa como seu chefe; Autoridade:. Pastores. Celebração da ceia do Senhor aos domingos;. Oração. Baptismo. Eucaristia (ceia do Senhor) Anglicanos: - Séc. XVI - Henrique VIII ( Inglaterra). Bíblia. Tradição Apostólica. Fé. Obras. Sacramentos Não aceitam o Papa como seu chefe; Autoridade máxima:. A rainha;. Bispos;. Sacerdotes.. Celebração da Missa só aos Domingos;. Oração.. Baptismo. Missa. Crisma. Ordem

12 A BÍBLIA – FONTE DE UNIDADE PARA TODAS AS IGREJAS CRISTÃS - A Bíblia é composta por 73 livros (Ant. Testamento 46 e Novo Test 27); - A. T. Narra os acontecimentos da história e da vida do povo de Israel, na sua relação com Deus e com os outros povos; - N. T. Narra a vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo, o anúncio da Boa Nova e a organização das primeiras comunidades cristãs; - A Bíblia é composta por vários estilos literários: Livros Históricos, Pentateuco, Livros Proféticos, Livros Sapienciais, (Ant. Testamento); - Novo Testamento: Evangelhos, Epistolas de S. Paulo, Apocalipse, Actos dos Apóstolos.

13 LIVROS DO NOVO TESTAMENTO EVANGELHOS: São Mateus São Marcos São Lucas São João Actos dos Apóstolos CARTAS DE PAULO: Carta aos Romanos 1ª Carta aos Coríntios 2ª Carta aos Coríntios Carta aos Gálatas Carta aos Efésios Carta aos Filipenses Carta aos Colossenses 1ª Carta Tessalonicen ses 2ª Carta Tessalonicen ses 1ª carta a Timóteo Timóteo 2ª Carta a Timóteo Carta a Tito Carta a Filémon Carta aos Hebreus CARTAS APOSTÓLICAS: Carta de Tiago 1ª Carta de Pedro 2ª Carta de Pedro 1ª Carta de João 2ª Carta de João 3ª Carta de João Carta de Judas Livro do Apocalipse

14 O ECUMENISMO Ecumenismo: é m movimento de reconciliação dentro do cristianismo, promovido pelo diálogo entre as diferentes Igrejas cristãs. O ecumenismo fundamenta-se na vontade de Jesus: que todos sejam um O ecumenismo consiste no esforço de entendimento, respeito, diálogo e reconhecimento da dignidade do outro. Em síntese: - Diálogo; - trabalho conjunto na construção de um mundo melhor; - oração em comum; - busca de caminhos para curar as feridas da separação; - Trabalho comum para a promoção da justiça e da paz. O Ecumenismo e a comunidade de Taizé: Esta comunidade foi fundada por um jovem protestante Roger Louis (francês). A finalidade foi acolher pessoas das diferentes igrejas cristãs e não cristãs para juntas rezarem e trabalharem pela unidade, pela paz e justiça.

15 PROJECTOS ECUMÉNICOS DE SOLIDARIEDADE Todos os membros das várias Igrejas Cristãs, têm como Missão colaborar na construção da unidade e da paz, através de acções concretas: - Defender e promover os direitos humanos; - Participar em iniciativas a favor dos marginalizados, dos imigrantes, dos pobres, dos sem-abrigo; - Defender os valores humanos e cristãos no mundo do trabalho, da política, da cultura, da educação, do desporto, da saúde; - Orar pela unidade dos cristãos; - Rezar juntos pela paz e pela justiça.


Carregar ppt "UNIDADE E DIVERSIDADE A história: O cristianismo é a religião dos que acreditam que Jesus Cristo é Filho de Deus, morreu e ressuscitou; Filho de Deus."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google