A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IFSP – Câmpus Avaré Prof. Me. Gerson Rossi dos Santos Eventos O texto narrativo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IFSP – Câmpus Avaré Prof. Me. Gerson Rossi dos Santos Eventos O texto narrativo."— Transcrição da apresentação:

1 IFSP – Câmpus Avaré Prof. Me. Gerson Rossi dos Santos Eventos O texto narrativo

2 I)Relacione as definições a seguir com: a)Texto descritivo b)Texto dissertativo c)Texto narrativo ( ) é figurativo (baseia-se em figuras, em objetos concretos); ( ) é figurativo, uma vez que opera com personagens, situações, episódios, tempos e espaços bem determinados (objetos concretos); ( ) expõe um conjunto de transformações de situações num tempo preciso e num espaço bem delimitado; ( ) há sempre uma progressão temporal entre os acontecimentos relatados, isto é, conta ele eventos concomitantes, anteriores ou posteriores uns aos outros; ( ) já que a pretende expor verdades gerais válidas para muitos fatos particulares, seu tempo verbal por excelência é o presente no seu valor atemporal; ( ) mostra mudanças de situação; ( ) os tempos verbais por excelência são o presente do indicativo e o pretérito imperfeito; ( ) os tempos verbais típicos são o pretérito perfeito, o pretérito imperfeito, o pretérito mais-que- perfeito e o futuro do pretérito; ( ) predominam nele os verbos de estado. Os verbos de ação são comumente substituíveis por verbos de estado; ( ) tem uma ordenação que obedece às relações lógicas: analogia, pertinência, causalidade, coexistência, correspondência, implicação etc.; ( ) todas as frases expõem ocorrências simultâneas. Não existe uma ocorrência que possa ser considerada cronologicamente anterior à outra. Portanto, não há progressão temporal; ( ) é temático, ou seja, não trata de episódios ou seres concretos ou particularizados, mas de análises e interpretações genéricas válidas para muitos casos concretos e particulares; opera predominantemente com termos abstratos.

3 Recapitulando: 1. O texto narrativo é figurativo ( temático) uma vez que expõe episódios percorridos por personagens em um espaço específico em um determinado tempo; João Gostoso era carregador de feira livre e morava no morro da Babilônia num barracão sem número Uma noite ele chegou no bar Vinte de Novembro Bebeu Cantou Dançou Depois se atirou na lagoa Rodrigo de Freitas e morreu afogado. (Bandeira, 1974) 2. Expõe um conjunto de transformações a partir de uma situação inicial; 3. Há sempre uma progressão temporal entre os eventos (anterioridade, concomitância e posterioridade) marcada, principalmente (não exclusivamente), pelos seguintes tempos verbais: pretérito perfeito: um fato aconteceu pretérito imperfeito: um fato acontecia pretérito mais-que-perfeito: um fato havia acontecido / um fato acontecera futuro do pretérito: um fato aconteceria

4 A Clarinda era uma mulatinha quase branca, cabelo bom, perfil fino e corpo vibrante. Tinha uma eletricidade de gata na espinha serpentina e uma velocidade de dardo no arremesso do gesto adejo de andorinha. Era mulata e mulata na sua glória. Aqui. Em Marrocos seria uma ouled; na Espanha, andaluza; na Itália, siciliana de tal modo o sangue africano tempera com graça idêntica as fêmeas que o têm nas veias. Teria seus catorze ou quinze anos, era um pouco dentuça, ria à toa, à toa, gostava de entremear as tranças com cravinas e folhas de manjericão mas logo a Inhá Luísa lhe esgadanhava os cabelos para acabar com aquelas faceirices. Te ensino, sem-vergonha! Te raspo essa cabeça piolhenta... Ela e as outras recortam-se na minha memória como sombras graciosas, como o friso de uma jarra antiga, como silhuetas mitológicas descendo a encosta do cabo Sounion, ao pôr do sol, contra céu impassível e mar temível. Ânfora que ficou da infância, cheia de suas formas e do forte cheiro daquelas adolescências brunidas pelo suor do trabalho doméstico. Ancilas... O tal de complexo ancilar. Ancilas servas! do sinhô, dos sinhozinhos e faça-se nelas segundo a sua vontade. Vontade deles, já se vê... A Catita, essa, era menina. Iria pelos seus sete anos e regulava com meu irmão José. Não se chamava Catita, não. Respondia pela graça de Evangelina Berta e logo minha avó pulou. O quê? Berta? Como minha filha? Absolutamente! Isso não é nome de negra. Nome de negra é Balbina, Clemência, Eufrosina, Porcina, Oportuna, Zerbina ou Catita. Vai ser Catita. A Catita fora posta pela mãe, dormindo, num trilho da Piau. Fica quieta, bem. Quietinha, fecha o olho, dorme, que já volto. Mas o diabinho acordou, levantou, saiu e ainda foi jogado contra o barranco pelo vento da locomotiva que passava bufando. Vieram entregá-la em nossa casa. (Nava, 1974)

5 No texto a seguir, 1. Sintetize os seguintes aspectos da narratividade: a)Como? b)Onde? c)Quando? d)Quem? e)O quê? 2. Adicione pontuação. 3. Destaque o trecho de natureza descritiva incorporado à narração.

6 Primeiro módulo de eventos visita a Aventure Sports Fair No dia 21 de abril de 2012 os alunos do primeiro módulo noturno do curso Técnico em Eventos do IFSP - Campus Avaré visitaram a Adventure Sports Fair a visita sob orientação da Profa. Fernanda Pereira Liguori foi organizada pelos próprios alunos e teve como objetivo a observação na prática dos conteúdos ministrados em sala de aula junto à disciplina Gestão Operacional e Logística em Eventos Acompanharam a excursão as professoras Adriana de Menezes Tavares da disciplina Introdução ao Turismo e Hérika Yumi Inou, da disciplina Hospitalidade em Eventos Dentre os pontos observados na feira estavama distribuição logística e organizacional do evento a qualidade da infraestrutura e do atendimento a comunicação visual limpeza e manutenção do espaço A Adventure Sports Fair é uma feira dedicada aos esportes e ao turismo de aventura que se realizou entre os dias 18 e 21 de abril de 2012 no prédio da Bienal do Ibirapuera em São Paulo e que acontece desde 1999 o evento reuniu fornecedores de equipamentos roupas e serviços voltados para prática de esportes radicais agências de turismo e órgãos turísticos que divulgaram destinos nacionais e latino-americanos Durante o percurso até o evento a Professora Hérika aplicou dinâmicas de lazer e recreação para excursões em ônibus fretado após a visita à feira a Profa. Fernanda guiou o grupo apresentando os principais pontos turísticos do Parque do Ibirapuera e por fim a Profa. Adriana acompanhou os alunos ao Museu Afro-Brasileiro A visita contou com seguintes patrocinadores da cidade de Avaré Dida Pats Ótica Vitória Casa de Embalagens Campião Auto-Escola e Despachante Almeida Spaço Viana Max Cartuchos e Tonners H. F. Pneus Casa do Tapeceiro Encontre em Avaré Rigocredi A.A.Avareense Floricultura Lenerô Supermercado Freitas Caçapa Eventos K&A Torres Promoções e Eventos Malharia Célia Regina Através da parceria com o comércio local foi possível custear o ônibus e os ingressos do grupo para o evento


Carregar ppt "IFSP – Câmpus Avaré Prof. Me. Gerson Rossi dos Santos Eventos O texto narrativo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google