A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O que é instinto? Livro A Gênese, capítulo III, item 11: O instinto é a força oculta que solicita os seres orgânicos a atos espontâneos e involuntários,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O que é instinto? Livro A Gênese, capítulo III, item 11: O instinto é a força oculta que solicita os seres orgânicos a atos espontâneos e involuntários,"— Transcrição da apresentação:

1

2 O que é instinto? Livro A Gênese, capítulo III, item 11: O instinto é a força oculta que solicita os seres orgânicos a atos espontâneos e involuntários, tendo em vista a conservação deles. Nos atos instintivos não há reflexão, nem combinação, nem premeditação.

3 Qual é a diferença entre instinto e inteligência? Livro A Gênese, capítulo III, item 12: A inteligência se revela por atos voluntários, refletidos, premeditados, combinados, de acordo com a oportunidade das circunstâncias. É incontestavelmente um atributo exclusivo da alma.

4 Todo ato maquinal é instintivo; o ato que denota reflexão, combinação, deliberação é inteligente. (A Gênese, cap. III, item 12) O instinto é guia seguro, que nunca se engana; a inteligência, pelo fato de ser livre, está, por vezes, sujeita a errar. (A Gênese, capítulo III, item 12) Instinto e Inteligência

5 O Livro dos Espíritos, questão 73 O instinto é independente da inteligência? R.: Precisamente, não, porque é uma espécie de inteligência. O instinto é uma inteligência não racional; e é por ele que todos os seres provêm as suas necessidades.

6 Será que o instinto se desenvolveu, ou sempre existiu? Como é que nosso corpo funciona, por instinto, independentemente de termos de pensar? O que faz nosso coração bater, o pulmão respirar, o estômago fazer a digestão, o fígado funcionar, o rim produzir urina, sem que precisemos pensar nisso o tempo todo?

7 Alguns irão responder: o cérebro! Realmente, e quem comanda o cérebro? O espírito, claro! E como o nosso espírito, ou seja, nós, aprendemos a fazer tudo isso, mesmo sem o conhecimento consciente de fisiologia, física, anatomia, química, etc.? E mesmo que tenhamos todo esse conhecimento, como fazemos tudo ao mesmo tempo, e ainda cuidamos de nossas atividades do dia a dia?

8 A FORMAÇÃO DO INSTINTO Livro Evolução em Dois Mundos, autor espiritual André Luiz, psicografia de Francisco Cândido Xavier, capítulo IV, Automatismo e Corpo Espiritual... sofre no plano terrestre e no plano extraterrestre as profundas experiências que lhe facultarão, no bojo do tempo, o automatismo fisiológico, pelo qual, sem qualquer obstáculo, executa todos os atos primários de manutenção, preservação e renovação da própria vida.

9 Lembrando a Evolução da Alma Átomo – reino mineral – vírus – bactéria – célula – reino das algas – reino protista – reino fungi – reino animal – reino hominal (ser humano) – reino angélico (arcanjo). Célula? Podemos considerar as células do nosso corpo como princípios inteligentes (ou espíritos) em evolução?

10 Livro Evolução em Dois Mundos, autor espiritual André Luiz, psicografia de Francisco Cândido Xavier, capítulo V, Células e Corpo Espiritual... surpreendemos as células como princípios inteligentes de feição rudimentar, a serviço do princípio inteligente em estágio mais nobre nos animais superiores e nas criaturas humanas, renovando-se continuamente...

11 Livro Roteiro, autor espiritual Emmanuel, psicografia de Francisco Cândido Xavier, capítulo V, Nos Círculos da Matéria... o Espírito reconhece a sua posição de internado nos círculos da matéria que, a seu turno, é simplesmente o conjunto das vidas inferiores... O Homem é um gênio divino em aperfeiçoamento ou um anjo nascituro, no grande império das existências microscópicas, em cujo âmbito é escravo natural das ordenações superiores e legítimo senhor das potências menores.

12 Evolução da Alma e Formação do Instinto 1. REINO MINERAL: lei de atração – início da formação do instinto O princípio inteligente, estagiando no átomo, começa a associação de moléculas (O2, H2O, etc.). 2. VÍRUS: o princípio inteligente inicia o processo de nutrição e reprodução por simbiose (a ciência ainda não decidiu a que reino pertence). 3. REINO MONERA (BACTÉRIAS): o princípio inteligente já aprende a metabolizar alguns compostos químicos, iniciando o aprendizado da reprodução por si mesmo. 4. CÉLULAS: inicialmente célula vegetal, depois célula animal, aprende o princípio inteligente no microcosmos o funcionamento do corpo físico, estagia em diversos órgãos do corpo, compreendendo a função específica de cada um deles. 5. REINO DAS ALGAS: aproxima-se o princípio inteligente mais do reino vegetal e inicia o aprendizado do sexo, possuindo já células femininas e masculinas. 6. REINO PROTISTA (Reino dos protozoários): compreende o princípio inteligente inicialmente o que é ser animal. 7. REINO FUNGI O princípio inteligente possui vida fixa como os vegetais, mas ainda não faz fotossíntese. 8. REINO VEGETAL: o princípio inteligente desenvolve as sensações, aprende a produzir seu próprio alimento através da fotossíntese, e ao mesmo tempo auxilia a atmosfera e todos os outros seres. Ensaia os passos iniciais da respiração, respirando à noite.

13 REINO ANIMAL 1. PORÍFEROS (ESPONJAS DO MAR): o princípio inteligente ainda não possui órgãos, mas tem algumas células nervosas espalhadas pelo corpo, sem função ativa: contato do princípio inteligente com o sistema nervoso. 2. CNIDARIA (MEDUSAS OU ÁGUAS VIVAS): após reconhecer as células nervosas, o princípio inteligente começa a aprender sobre a sinapse, recebendo uma rede de células nervosas espalhadas pelo corpo, e um único orifício para boca e ânus; cavidade gastrovascular. 3. PLATYHELMINTHES (TÊNIAS): o princípio inteligente inicia o processo de encefalização (formação do cérebro); assim sendo, formam-se 2 camadas de células nervosas na região da cabeça, de onde partem cordões nervosos (sistema nervoso ganglionar), recebe também uma boca com tubo que excreta para dentro do corpo. 4. ASCHELMITHES (ASCARIS): finalmente, o princípio inteligente já possui sistema digestivo completo, com boca, tubo e ânus. Inicia ideia muito rudimentar de rim, com 2 tubos que eliminam as excretas urinárias no tubo digestivo; já possui células nervosas que respondem a estímulos mecânicos (toque e luz); começa também a ter músculos longitudinais, com movimento mais definido. 5. ANELÍDEO (MINHOCAS): uma vitória - aqui já recebe nosso bebê espiritual o primeiro sistema circulatório, com 10 corações que se espalham ao longo do corpo; recebe nova camada de músculos circulares, além dos longitudinais; também já apresenta cerebelo rudimentar. 6. MOLUSCA (LESMAS, CARACÓIS, POLVOS): aqui o princípio inteligente pode possuir concha protetora ou não, dependendo da necessidade de aprendizado. Já recebe o pequeno espírito um rim primitivo.

14 7. ARTRÓPODA: comporta os crustáceos, arachida, chilopoda e insecta: recebe aqui o princípio inteligente uma cobertura endurecida no corpo, com o nome de exoesqueleto, aprendendo a caminhar em um corpo rígido e a manter o equilíbrio, para quando adentrar o mundo dos vertebrados e receber ossos já saber caminhar. a)Crustáceos (camarões): novo passo importante para nosso pequeno iniciante, aqui o bebê espírito recebe um sistema digestivo complexo – boca com mandíbulas – esôfago – estômago – intestino – ânus; apresenta uma circulação lenta e sangue azul; inicia a respiração braquial e também possui um sistema urinário mais complexo, com um rim rudimentar, na forma de duas glândulas na cabeça. O sistema nervoso é mais desenvolvido, já possui tato, gosto, olfato e uma visão rudimentar com olhos móveis; e um cerebelo mais desenvolvido, permitindo equilíbrio e orientação à gravidade. b)Arachida (aranhas, escorpiões): aqui o princípio inteligente já recebe órgãos mais complexos, como uma traqueia rudimentar e, em alguns casos, possuem pulmões rudimentares em forma de folhas; os passos da digestão mais completa se iniciam, recebendo um hepato-pâncreas; possuem também garras. O sistema nervoso está ainda mais desenvolvido, permitindo reconhecer alimentos, inimigos naturais; têm paladar, sensores de postura (tato), sensores auditivos (audição rudimentar) e já possuem centro óptico, com dois nervos ópticos; seus olhos são mais complexos (células de retina, cristalino e córnea rudimentar). Começa de maneira muito inicial a sentir cheiros através de fendas ao longo do corpo. c)Chilopoda (centopeias e lacraias): nesta fase recebe o princípio inteligente as glândulas salivares. d)Insecta (insetos): novo salto para nossa criança espiritual. Aqui aprende de maneira mais acentuada a vida em sociedade e trabalho (leis divinas). O princípio inteligente inicia aqui a divisão corporal: cabeça – tórax – abdômen. Os olhos formam imagens mais complexas em forma de mosaicos, tem boca com aparelhos que trituram ou sugam o alimento, asas (treinando para quando adentrar a fase de pássaro). Recebe o tímpano, permitindo uma audição mais desenvolvida e muitos dos seus órgãos já produzem hormônios.

15 8.CHORDATA: engloba as seguintes classes – cyclostomata; osteichthyes; chondrichthyes; amphibia; reptilia, aves e mammalia. a) Cyclostomata (lampreias): finalmente, aqui o espiritinho já tem sistema nervoso autônomo, começando a controlar os batimentos cardíacos automaticamente. Encontra-se preparado para receber crânio, coluna vertebral e encéfalo rudimentares. b)Osteichthyes (peixes – bagre, sardinha, carpa, corvina, piranha, truta, cavalo marinho, enguia, etc.): milhares e milhares e milhares de anos, e, finalmente, após tantos estágios, aprendendo e repetindo, o nosso companheirinho na tenra infância espiritual adentra o mundo dos vertebrados, e recebe ossos: já possui rins completos, localizados no tórax, começa a se deslocar para a reprodução (piracema), o estômago produz enzimas digestivas, o sistema nervoso se apresenta bem mais desenvolvido, com funções mais específicas e estruturas que se posicionam de maneira a formar as partes mais complexas do cérebro do futuro. O coração é composto por duas câmaras, um átomo e um ventrículo, aproximando-se mais do coração humano (dois átomos e dois ventrículos). Os peixes se dividem em machos e fêmeas, mas a fecundação do espermatozoide com o óvulo se dá na água. c)Chondrichthyes (tubarões e raias): recebe aqui o princípio inteligente pupilas, que se contraem em contato com a luz. Sua audição é bem mais desenvolvida para localizar sons a uma distância às vezes maior que 250 metros. Aprende a ter grande mobilidade e agilidade. O cérebro apresenta-se ainda mais complexo e já controla o corpo em conjunto com a coluna vertebral (sistema nervoso central). Os tubarões possuem o que os cientistas chamam de sexto sentido ou radar, formado por nervos na lateral do corpo, que lhes permite perceber a presença de outros animais ou inimigos naturais, frequência da água, direção, etc. A respiração se dá por meio de brânquias. No caso dos tubarões, a fecundação do espermatozoide com o óvulo já acontece dentro da fêmea, um salto no aprendizado da reprodução e do sexo.

16 e) Amphibia (sapos, rãs e lagartixas): HORA DE NOSSO BEBEZINHO SAIR DA ÁGUA, COMO VERTEBRADO. Perde as escamas, ganha membros, passa a infância na água, mas na vida adulta galgará terra firme. Durante a infância, respira por meio de brânquias, mas na vida adulta passa a ter pulmões. Como utilizar-se de pulmões ainda é um aprendizado, o princípio inteligente respira pela pele a maior parte do tempo; afinal, nada na natureza dá saltos. Seu coraçãzinho agora tem 3 câmaras, 2 átrios e 1 ventrículo. f)Reptilia (iguanas, tartarugas, cobras, lagartos, crocodilos): o bebê espírito agora já vive completamente no meio terrestre. O coração tem 2 átrios e começa a divisão dos ventrículos (exceção dos crocodilos, que já têm dois átrios e dois ventrículos). Movimenta a cabeça com mais facilidade e os rins já são abdominais. Já possui glândulas lacrimais e os ouvidos são mais completos (tímpano, ouvido interno e ouvido externo). Os ovos já possuem saco vitelino (serve para alimentar o feto – treino para a placenta do futuro). Nessa fase, o princípio inteligente começa a ter glândula pineal ou epífise de forma rudimentar, iniciando os passos que um dia culminarão na mediunidade. Até esta fase não sabe manter a temperatura corporal de forma constante, dependendo da temperatura do ambiente. g)Aves: importante passo para nosso querido irmão em evolução, aqui já recebe revestimento externo em forma de penas e agora conquista a capacidade de manter a temperatura do corpo constante, o que permite ocupar todas as regiões do Planeta, se adaptando às mais diversas situações de temperatura; possui asas que lhe permitem voar, cérebro mais desenvolvido e que já apresenta substância cinzenta; o cerebelo é bem desenvolvido, o que lhe garante grande equilíbrio, inclusive no voo. Aumento da região óptica, permitindo uma visão bem mais aguçada. Algumas aves já estão capacitadas a desenvolver instrumento, apresentando potencial de inteligência surpreendente, como os papagaios, observadores e com personalidade bem diferenciada; relacionam-se de maneira mais intensa com outros seres, inclusive o ser humano; atendem pelo nome, demonstrando já terem consciência de si mesmos. Algumas aves demonstram fidelidade no relacionamento durante toda a vida e dedicada atuação na família, chegando a morrer por seus filhos.

17 COMEMOREMOS A NOVA FASE DA CRIANÇA ESPIRITUAL Muitos milhares de séculos experimentando, repetindo, aprendendo, automatizando, vivendo e revivendo até a exaustão, dedicação, paciência, e o bebê espírito, após ter começado simples e ignorante, lá no átomo, trilhando todos os estágios evolutivos, recebendo um pouquinho de cada vez, em cada fase, tirou 10 e passará agora para o passo mais importante: OS MAMÍFEROS!

18 h) MAMÍFEROS: reúne todos os mamíferos, o que engloba mais de 400 animais, entre eles – onças, leopardos, leões, golfinhos, baleias, cães, gatos, cavalos, macacos, gorilas, elefantes, bois, vacas, porcos, cabras, ovelhas, coelhos, ratos, etc., e, claro, O HOMEM. O pequeno irmão espiritual ganha um tubo digestivo completo, separado do sistema urinário, já possuindo bexiga urinária. Pelos recobrindo o corpo. Placenta para alimentar os filhotes durante a gestação (o crescimento fetal não acontece mais no ovo, mas no útero materno); e glândula mamária para alimentar os filhotes após o nascimento. Passa a ter diafragma, separando o tórax do abdômen. Sistema nervoso bem mais desenvolvido, sistema autônomo (atividades reflexas) completo, com dominação inconsciente do corpo físico, permitindo iniciar de forma mais complexa o desenvolvimento da intelectualidade. Possui meninges recobrindo o cérebro e a medula espinhal. Cerebelo desenvolvido, permitindo equilíbrio e agilidade, com movimentos bem coordenados. Glândula pineal ou epífise, camada cinzenta do cérebro bem desenvolvida (parte do cérebro em que se desenvolve a memória e a construção do passado, apresentando-se como centro da inteligência dos mamíferos). Animais como vacas, baleias, golfinhos, primatas e o homem: parem somente 1 bebê por gestação, o que atribui uma infância e adolescência mais prolongada. No caso dos primatas e do homem, possuem mãos, menor número de dentes e grande desenvolvimento dos hemisférios cerebrais.

19 Nessa base de incessante repetição dos atos indispensáveis ao seu próprio desenvolvimento, vestindo-se de matéria densa no plano físico e desnudando-se dela no fenômeno da morte, para revestir-se... e renascer de novo na crosta da Terra, em inumeráveis estações de aprendizado, é que o princípio espiritual incorpora todos os cabedais da inteligência que lhe brilhariam no cérebro do futuro, pelas chamadas atividades reflexas do inconsciente. Livro Evolução em Dois Mundos, autor espiritual André Luiz, psicografia de Francisco Cândido Xavier, capítulo IV, Automatismo e Corpo Espiritual

20 Se, no círculo humano, a inteligência é seguida pela razão e a razão pela responsabilidade, nas linhas da civilização, sob os signos da cultura, observamos que, na retaguarda do transformismo, o reflexo precede o instinto, tanto quanto o instinto precede a atividade refletida, que é a base da inteligência nos depósitos do conhecimento adquirido por recapitulação e transmissão incessantes, nos milhares de milênios em que o princípio espiritual atravessa lentamente os círculos elementares da Natureza, qual vaso vivo, de fôrma em fôrma, até configurar-se no indivíduo humano, em trânsito para a maturação sublimada no campo angélico.

21 INSTINTO: AUTOMATISMO REFLEXO APRENDIZADO (INTELIGÊNCIA) E REPETIÇÃO AUTOMATISMO: INSTINTO

22 O SER HUMANO Agora que aprendemos a dominar o corpo físico e a utilizá-lo como instrumento de evolução, desde a fase em que adentramos os mamíferos, começamos o desenvolvimento da intelectualidade. Antes aprendizado, depois automatismo, hoje cabe ao homem, que segue para a angelitude, o aprendizado do amor, agora dedicada força de vontade de quem cai e recomeça; de quem levanta inúmeras vezes, ainda perdido no egoísmo e no orgulho. Dia chegará, depois de tanto repetir a lição, de tantas formas diferentes de fazer, que amaremos instintivamente, pois o amor é a potencia que trazemos latente desde o início de tudo... O átomo... E para o qual nos dirigimos no infinito de sabedoria que nos aguarda na eternidade: o arcanjo!

23 ORAÇÃO DE FRANCISCO DE ASSIS Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz. Onde houver ódio, que eu leve o amor. Onde houver ofensa, que eu leve o perdão. Onde houver discórdia, que eu leve a união. Onde houver dúvida, que eu leve a fé. Onde houver erro, que eu leve a verdade. Onde houver desespero, que eu leve a esperança. Onde houver tristeza, que eu leve a alegria. Onde houver trevas, que eu leve a luz. Ó, mestre! Fazei que eu procure mais consolar que ser consolado. Compreender que ser compreendido. Amar que ser amado. Pois é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado, e é morrendo que se vive para a vida eterna.


Carregar ppt "O que é instinto? Livro A Gênese, capítulo III, item 11: O instinto é a força oculta que solicita os seres orgânicos a atos espontâneos e involuntários,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google