A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Função Sensorial Função Sensorial: Recebe milhares de informações vindas de receptores espalhados pelo nosso corpo, dos mais variados tipos e adaptados.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Função Sensorial Função Sensorial: Recebe milhares de informações vindas de receptores espalhados pelo nosso corpo, dos mais variados tipos e adaptados."— Transcrição da apresentação:

1

2 Função Sensorial Função Sensorial: Recebe milhares de informações vindas de receptores espalhados pelo nosso corpo, dos mais variados tipos e adaptados a responderem aos estímulos; Função Integrativa Função Integrativa: Nos permite processar as informações recebidas, armazená-las em bancos de memórias ou mesmo utilizá-las associando-as as novas sensações ; Função Motora Função Motora: Controla nosso corpo (secreções, ritmo respiratório, ritmo cardíaco e etc.), comanda as contrações musculares.

3 Sistema Nervoso (S.N) Sistema Nervoso (S.N): Sistema do corpo humano que comanda e coordena a comunição e as atividades das diversas partes do corpo humano; Neurônio Neurônio: Célula do Sistema Nervoso (S.N) que transmite as mensagens nervosas; Encéfalo Encéfalo: Parte do S.N protegido pelo crânio; Medula Espinhal Medula Espinhal: Parte do S.N que passa pelos orifícios das vértebras (ossos da coluna vertebral).

4 Cérebro Cerebelo Bulbo Protuberância Encéfalo Nervos Cranianos Medula Nervos Raquidianos

5 DivisãoPartes Funções Gerais Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Encéfalo Medula Espinhal NervosGânglios Processamento e Integração de informações Condução de informações entre órgão receptores de estímulos, o SNC e órgãos efetores (músculos, por ex.)

6 São as células do Sistema Nervoso; Através de impulsos nervosos, os neurônios são capazes de transmitir informações, para todo o corpo; A comunição entre neurônios ocorrem entre axônio – dendritos.

7 Dendritos: Dendritos: São eles que recebem o impulso nervoso de outro neurônio ou de órgãos sensoriais; Corpo Celular: Corpo Celular: É nele que estão localizados o núcleo, o citoplasma e as organelas citoplasmáticas; Axônio: Axônio: Responsável pela transmissão do impulso nervoso a outros neurônios ou a células de músculos e glândulas.

8 Dendritos Axônio Corpo Celular Sinapse

9 Conceito: É Conceito: É a comunicação entre um neurônio com outro. Essa comunicação é denominada de Sinapses; Em uma sinapse um neurônio não esta diretamente em contato com o outro, existe um pequeno espaco entre eles; O impulso nervoso que percorre o neuronio consegue atravessar a sinapse, pois ao chegar na extremidade do axonio, provoca liberacao de substancias quimicas, chamadas neurotransmissores.

10 O nervo é uma estrutura anatômica formada por múltiplos axônios e dendritos neuronais, responsável pela transmissão do impulso elétrico nervoso. Os nervos fazem parte do Sistema Nervoso Periférico. Nervos podem ser motores (eferentes), cujos axônios terminam todos em fibras musculares e estimulam a contração, sensoriais (aferentes) recebem sinais vindos dos órgãos dos sentidos e alguns nervos podem ser mistos e serem compostos tanto por fibras aferentes como eferentes.

11 Nervos Sensitivos: Nervos Sensitivos: Levam os estímulos nervosos do corpo para o encéfalo. Ex: Estímulos olfativos, auditivos, gustativas, táteis, a dor, ao frio, ao calor e etc.; Nervos Motores: Nervos Motores: Levam os estímulos nervosos do cérebro para o encéfalo. Ex: Envia, a mensagem ao músculo para que haja contração ; Nervos Mistos: Nervos Mistos: São sensitivos e motores ao mesmo tempo. Ex: Nervos Raquidianos.

12

13 A medula espinal é um órgão tubular, que parte do encéfalo e se estende pelo canal da coluna vertebral. Tem duas funções básicas no Sistema Nervoso: - Conduzir o impulso nervoso do encéfalo para os nervos espinais e dos nervos espinais para o encéfalo. - A segunda função é servir como um centro de reflexos.

14 De modo geral, os atos reflexos são respostas prontas" do organismo a situações que podem prejudicá-lo com ele, permitindo-lhe restabelecer o equilíbrio do corpo, para protegê-lo de acidentes. Ocorrem atos reflexos quando encostamos a pele em: - Superfícies quentes; - Superfícies frias; - Superfícies perfurantes e etc.

15

16 Hipotálamo Hipotálamo: Regula a temperatura do corpo, o apetite, a sede e as funções automáticas de vários órgãos; é também um centro de emoções; Tálamo: Tálamo: Retransmite ao cérebro informações sensoriais e motoras; Corpo Caloso: Corpo Caloso: Liga os hemisférios direito e esquerdo do cérebro; Cerebelo: Cerebelo: Coordena a parte sensorial de movimentos e armazena a memória de movimentos aprendidos;

17

18 Perda da Sensibilidade: Perda da Sensibilidade: A ausência da sensação de tato, de dor, de quente e frio – decorrer do fato de os impulsos nervosos, originários de sensores na pele, não chegarem até o encéfalo; Paralisia: Paralisia: Decorre pela interrupção da comunição nervosa. Dependendo da região medular afetada, o individuo pode ficar paraplégico, ou seja, membros inferiores paralisados ou tetraplégicos, com os quatros membros paralisados.

19 Área Afetada HemiplegiaParaplegiaTetraplegia

20 Estimulantes: Estimulantes: Algumas substâncias não naturais ao corpo, podem ser estimulantes ao organismo. São exemplos clássicos a cafeína presente em refrigerantes de cola, chás escuros, no chocolate e a nicotina, presente no tabaco; Depressores: Depressores: Álcool e certos medicamentos tranquilizantes, atuam como depressores, ou seja, atuam nas sinapses reduzindo a atividade do sistema nervoso.

21 Álcool – Substância Depressora ao S.N Nicotina – Substância Estimulante ao S.N Remédios Tranqüilizantes – Substância Depressora ao S.N Cafeína presente em refrigerantes de Cola – Substância Estimulante ao S.N

22 A palavra droga pode ser usada para indicar medicamentos em geral. De forma geral, as drogas podem diminuir ou acelerar a atuação de neurotransmissores, ou seja, estimulantes ou depressores. Portanto, as drogas afetam a comunição entre os neurônios. Seus complexos efeitos dependem das regiões do encéfalo que as drogas atuam. Quando nos referirmos ao S.N existem drogas: - Tóxicas; - Narcóticas; - Entorpecentes.

23 Fim


Carregar ppt "Função Sensorial Função Sensorial: Recebe milhares de informações vindas de receptores espalhados pelo nosso corpo, dos mais variados tipos e adaptados."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google