A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SISTEMA NERVOSO Células do Tec. Nervoso Células do Tec. Nervoso Morfologia do Neurônio Morfologia do Neurônio Impulso Nervoso Impulso Nervoso Sinapse.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SISTEMA NERVOSO Células do Tec. Nervoso Células do Tec. Nervoso Morfologia do Neurônio Morfologia do Neurônio Impulso Nervoso Impulso Nervoso Sinapse."— Transcrição da apresentação:

1

2 SISTEMA NERVOSO Células do Tec. Nervoso Células do Tec. Nervoso Morfologia do Neurônio Morfologia do Neurônio Impulso Nervoso Impulso Nervoso Sinapse Nervosa Sinapse Nervosa Anatomia do Sist. Nervoso Anatomia do Sist. Nervoso Divisão Funcional do Sistema Nervoso Divisão Funcional do Sistema Nervoso Arco Reflexo Arco Reflexo Principais Distúrbios Nervosos. Principais Distúrbios Nervosos.

3 DivisãoPartes Funções Gerais Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Encéfalo e Medula Espinhal Nervos e gânglios Processamento e Integração de informações Condução de informações entre órgão receptores de estímulos, o SNC e órgãos efetores (músculos, por ex.) Organização do Sistema Nervoso Humano

4 ESTRUTURA BÁSICA DO NEURÔNIO CORPO CELULAR Núcleo DENDRITOS AXÔNIO Bainha de mielina Célula de Schwann Axônio Bainha de mielina Nódulo de Ranvier

5 TIPOS DE NEURÔNIOS DENDRITOS CORPO CELULAR DENDRITOS Direção da condução AXÔNIO NEURÔNIO SENSORIAL NEURÔNIO ASSOCIATIVO NEURÔNIO MOTOR

6 _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ PROPAGAÇÃO DO IMPULSO NERVOSO Potencial de repouso: diferença de potencial entre a superfície externa e interna, mantida pela Bomba Na/K Potencial de ação: inversão (despolarização) do potencial de repouso, ocasionado pela mudança temporária de permeabilidade aos íons Na/K

7 Sinapse: local de comunicação entre neurônios ou entre neurônios e outras células (músculos, por ex.) MIOFIBRILA MITOCÔNDRIAS Neurotransmissores Fenda Sináptica Vesículas Sinápticas Potencial de Ação Axônio Proteínas receptoras

8 LOBOS CEREBRAIS LOBO FRONTAL: Pensamento, emoções ÁREA DE BROCA Parte motora da fala Área motora voluntária SULCO CENTRAL Tato e outras áreas sensoriais LOBO PARIETAL Área de interpretação LOBO OCCIPTAL Visão CEREBELO Equilíbrio PONTE e BULBO respiração e batimentos cardíacos LOBO TEMPORAL Audição

9 CÉREBRO- Corte Sagital CORPO CALOSO HIPÓFISE HIPOTÁLAMO TÁLAMO PONTE MEDULA CEREBELO Em coordenação regulam várias atividades do corpo O hipotálamo detecta alterações no corpo, libera neurotransmissores que atuam na hipófise que produz hormônios

10 PROTEÇÃO DO S. N. C. O encéfalo e a medula estão protegidos pelos elementos ósseos (crânio e vértebras), por membranas finas chamadas meninges e pelo líquido cefalorraquidiano (cerebroespinal) Existem três meninges: - A dura–máter, a camada mais externa, é espessa, dura e fibrosa, e protege o tecido nervoso do ponto de vista mecânico. - A aracnóide, a camada intermédia, é mais fina, sendo responsável pela produção do líquido cefalorraquidiano. - A pia-máter, a camada mais interna, é muito fina e é a única membrana vascularizada.

11 SIST. NERVOSO S.N. VOLUNTÁRIOS.N. AUTÔNOMO SIMPÁTICOPARASSIMPÁTICO TORÁCICA e LOMBAR ENCÉFALO e MEDULA FINAL (SACRAL) ADRENALINA e NORADRENALINA ACETILCOLINA Nervos que partem das regiões Principal neurotransmissor

12 DILATA CONTRAE (-) SECREÇÃO (+) SECREÇÃO DILATA BRONQUÍOLOS CONTRAE BRONQUÍOLOS AUMENTA BATIMENTOS DIMINUE BATIMENTOS SECRETA ADRENALINA DIMINUE SECREÇÃO AUMENTA SECREÇÃO DIMINUE MOTILIDADE AUMENTA MOTILIDADE RETÉM CONTEÚ- DO CÓLON ESVAZIA O CÓLON RETARDA O ESVAZIAMENTO ESVAZIA A BEXIGA S I M P Á T I C O P A R A S I M P Á T I C O

13 ATO REFLEXO Tipo de resposta involuntária e automática que ocorre em resposta a um estímulo. Arco reflexo é o caminho de neurônios que determina um ato reflexo. Existem os reflexos simples e complexos.

14 ARCO REFLEXO DORSAL VENTRAL Substância branca Substância cinzenta MEDULA corpo celular localizado no gânglio nio interneurônio neurônio sensitivo neurônio motor ESTÍMULO Receptor Corpúsculo de Paccini Músculo efetor

15 PRINCIPAIS DISTÚRBIOS DO SIST. NERVOSO Esclerose múltipla: uma doença auto-imune. Destruição da bainha de mielina. problemas visuais, dist ú rbios da linguagem, da marcha, do equil í brio, da for ç a.

16 PRINCIPAIS DISTÚRBIOS DO SIST. NERVOSO Alzheimer: Formação defeituosa de uma proteína (tau) que participa dos microtúbulos com conseqüente destruição dos neurônios. Afeta a memória, aprendizado e a fala.

17 PRINCIPAIS DISTÚRBIOS DO SIST. NERVOSO Parkinson: acentuada redução de dopamina nos centros motores, causando tremores, lentidão e dificuldade de locomoção

18 PRINCIPAIS DISTÚRBIOS DO SIST. NERVOSO AVC: obstrução de uma artéria. Lesão irreversível. Fatores de risco: pressão arterial elevada, alto colesterol, obesidade.


Carregar ppt "SISTEMA NERVOSO Células do Tec. Nervoso Células do Tec. Nervoso Morfologia do Neurônio Morfologia do Neurônio Impulso Nervoso Impulso Nervoso Sinapse."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google