A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Jesus disse: Se teu irmão pecar contra ti, vai corrigi-lo, tu e ele a sós! Se ele te ouvir, terás ganho o teu irmão (Mt 18,15) Quantas vezes devo perdoar?

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Jesus disse: Se teu irmão pecar contra ti, vai corrigi-lo, tu e ele a sós! Se ele te ouvir, terás ganho o teu irmão (Mt 18,15) Quantas vezes devo perdoar?"— Transcrição da apresentação:

1

2 Jesus disse: Se teu irmão pecar contra ti, vai corrigi-lo, tu e ele a sós! Se ele te ouvir, terás ganho o teu irmão (Mt 18,15) Quantas vezes devo perdoar? Resp: Mt 18, 21-35

3 Fundamentação Bíblica Estavam ali sentados alguns escribas, que no seu coração pensavam:Como pode ele falar deste modo? Está blasfemando. Só Deus pode perdoar pecados! Pelo seu espírito, Jesus logo percebeu que eles assim pensavam e disse-lhes: Por que pensais essas coisas no vosso coração? 9 Que é mais fácil, dizer ao paralítico: Os teus pecados são perdoados, ou: Levanta-te, pega a tua maca e anda? 10 Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem na terra poder para perdoar pecados – disse ao paralítico – 11 eu te digo: levanta te, pega a tua maca e vai para casa! 12 O paralítico se levantou e, à vista de todos, saiu carregando a maca. Todos ficaram admirados e louvavam a Deus.... (Mc 2, 6-13) PR.: O Senhor esteja convosco AS.: Ele está no meio de nós? PR.: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos. AS.: Glória a Vós Senhor. AS.: Glória Vós Senhor.

4 Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça (1 Jo 1:8 - 10) Jesus disse, de novo: A paz esteja convosco. Como o Pai me enviou também eu vos envio. Então, soprou sobre eles e falou: Recebei o Espírito Santo. A quem perdoardes os pecados, serão perdoados; a quem os retiverdes, lhes serão retidos. (Jo 20,21-23) A declaração dos pecados ao sacerdote constitui uma parte essencial do sacramento da penitência!

5 É chamado sacramento da Confissão porque a declaração, a confissão dos pecados diante do sacerdote é um elemento essencial desse sacramento. Num sentido profundo esse sacramento também é uma confissão, reconhecimento e louvor da santidade de Deus e de sua misericórdia para com o homem pecador. (CIC 1424) É chamado sacramento da Reconciliação porque dá ao pecador o amor de Deus que reconcilia: Reconciliai-vos com Deus (2Cor 5,20). Quem vive do amor misericordioso de Deus está pronto a responder ao apelo do Senhor: Vai primeiro reconciliar-te com teu irmão (Mt 5,24). Também conhecido como: Sacramento da Conversão, Perdão e Penitência. Entre os atos do penitente, a contrição vem em primeiro lugar. Consiste numa dor da alma e detestação do pecado cometido, com a resolução de não mais pecar no futuro.

6 Sacerdote: Para celebrarmos dignamente os santos mistérios, reconheçamos que somos pecadores. Confessemos os nossos pecados. Todos: Confesso a Deus todo-poderoso e a vós, irmãos, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, atos e omissões, por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos Anjos e Santos, e a vós, irmãos, que rogueis por mim a Deus, Nosso Senhor. Sacerdote: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. Povo Povo: Amém.

7 Tipos de Pecados O pecado mortal destrói a caridade no coração do homem por uma infração grave da lei de Deus; desvia o homem de Deus, que é seu fim último e sua bem-aventurança, preferindo um bem inferior. O pecado venial deixa subsistir a caridade, embora a ofenda e fira. Convém avaliar os pecados segundo sua gravidade. Perceptível já na Escritura, a distinção entre pecado mortal e pecado venial se impôs na tradição da Igreja. A experiência humana a corrobora.

8 Pecado Mortal A matéria grave é precisada pelos Dez mandamentos, segundo a resposta de Jesus ao jovem rico: "Não mates, não cometas adultério, não roubes, não levantes falso testemunho, não dó fraudes ninguém, honra teu pai e tua mãe" (Mc 10,19). A gravidade dos pecados é maior ou menor: um assassinato é mais grave que um roubo. A qualidade das pessoas lesadas é levada também em consideração. A Violência exercida contra os pais é em mais grave que contra um estranho. O pecado mortal requer pleno conhecimento e pleno consentimento. Pressupõe o conhecimento do caráter pecaminoso do ato, de sua oposição à lei de Deus. Envolve também um consentimento suficientemente deliberado para ser uma escolha pessoal. A ignorância afetada e o endurecimento do coração não diminuem, antes aumentam, o caráter voluntário do pecado. CIC 1858

9 Pecado Venial Comete-se um pecado venial quando não se observa, em matéria leve, a medida prescrita pela lei moral, ou então quando se desobedece à lei moral em matéria grave, mas sem pleno conhecimento ou sem pleno consentimento. O pecado venial enfraquece a caridade; traduz uma afeição desordenada pelos bens criados; impede o progresso da alma no exercício das virtudes e a prática do bem moral; merece penas temporais. O pecado venial deliberado e que fica sem arrependimento dispõe nos pouco a pouco a cometer o pecado mortal. Mas o pecado venial não quebra a aliança com Deus. É humanamente reparável com a graça de Deus. "Não priva da graça santificante, da amizade com Deus, da caridade nem, por conseguinte, da bem- aventurança eterna. (CIC )

10 Erguei as mãos e dai glória a Deus. Erguei as mãos e cantai como os filhos do Senhor. Os animaizinhos subiram de dois em dois. O elefante e os passarinhos como os filhos do Senhor. (refrão) Os animaizinhos subiram de dois em dois. A minhoquinha e os pingüins como os filhos do Senhor. (refrão) Os animaizinhos subiram de dois em dois. O cangurú e o sapinho como os filhos do Senhor. Que Deus abençõe !


Carregar ppt "Jesus disse: Se teu irmão pecar contra ti, vai corrigi-lo, tu e ele a sós! Se ele te ouvir, terás ganho o teu irmão (Mt 18,15) Quantas vezes devo perdoar?"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google